Abrir menu principal
Fawzia do Egito
Princesa do Egito
Princesa da Pérsia
Período 16 de março, 1939 - 16 de setembro, 1941
Rainha Consorte da Pérsia
Período 16 de setembro, 194117 de novembro, 1948
Predecessor Tadj ol-Molouk Ayromlou
Sucessor Soraya Esfandiary-Bakhtiari
 
Cônjuge Maomé Reza Pálavi (1939-1948)
Ismail Hussain Shirin Bey (1949-1994)
Descendência Shahnaz Pahlavi
Nadia Shirin
Hussein Shirin
Nascimento 5 de novembro de 1921
  Palácio de Ras Al-Teen, Alexandria, Egito
Morte 2 de julho de 2013 (91 anos)
  Alexandria, Egito
Enterro Cairo, Egito
Pai Fuade I do Egito
Mãe Nazli Sabri

Fawzia bint Fuade (em árabe: فوزية بنت الملك فؤاد, em persa: فوزیه فؤاد) (Alexandria, 5 de novembro de 1921Alexandria, 2 de julho de 2013),[1][2] foi uma princesa do Egito, da deposta Dinastia de Maomé Ali. Foi princesa (1939–1941) e rainha consorte da Pérsia (1941–1948), como primeira esposa do príncipe e, posteriormente, Xá da Pérsia, Maomé Reza Pálavi.

Índice

BiografiaEditar

Primeiros anosEditar

Sua Alteza Sultanica, a Princesa Fawzia bint Fuade, nasceu no Palácio de Ras Al-Teen, em Alexandria. Era a filha mais velha do sultão Fuade I do Egito e do Sudão (mais tarde, rei Fuade I), e de sua segunda esposa, Nazli Sabri. Um de seus antepassados foi Suleiman Paşa,[3] um oficial do exército francês que serviu sob as ordens de Napoleão e supervisionou a reestruturação do exército egípcio. Além de suas irmãs, Faiza, Faika e Fathiya, e de seu irmão, Faruk, tinha dois meio-irmãos do casamento anterior de seu pai com a princesa Shivakiar Khanum Effendi, Fuade Ismail e Fawkia.

Primeiro casamento e divórcioEditar

 
Cerimônia de casamento da Princesa Fawzia do Egito e Sudão com o Príncipe Herdeiro da Pérsia, em 1939, no Palácio Abdine, Cairo. Da direita para a esquerda: Maomé Reza Pálavi, futuro Xá da Pérsia, Fawzia e o Rei Faruk do Egito, irmão da noiva.
 
Medalhão comemorativo do casamento de Mohammad Reza Shah Pahlavi com a Princesa Fawzia do Egito, em março de 1939. A peça encontra-se atualmente exposta no Palácio Sahebgharanie, no Complexo Palaciano de Niavaran.

Fawzia do Egito e Sudão casou-se com Maomé Reza Pálavi, o príncipe herdeiro da Pérsia, em 16 de março de 1939, no Palácio de Abdeen, em Cairo. Após sua lua de mel, as cerimônias de casamento foram repetidas em Teerã. Dois anos depois, o príncipe Mohammad sucedeu seu pai como Xá da Pérsia. Logo após a ascensão de seu marido ao trono, a rainha Fawzia foi capa da edição de 21 de setembro de 1942 da revista Life,[4] fotografada por Cecil Beaton, que a descreveu como uma "Vênus Asiática", com "um rosto perfeito em forma de coração e estranhamente pálido, mas penetrantes olhos azuis."

O casamento não foi bem sucedido. Após o nascimento da única filha do casal, a princesa Shahnaz Pahlavi, a rainha [5] obteve um divórcio egípcio, retornando ao Cairo em 1945. A anulação não foi reconhecida na Pérsia mas, em 17 de novembro de 1948, o divórcio oficial foi concedido e Fawzia recuperou sua distinção de Princesa do Egito e Sudão. Uma das principais condições para a concessão do divórcio foi a permanência da princesa Shahnaz na Pérsia. Curiosamente, o rei Faruk, irmão de Fawzia, divorciou-se de sua primeira esposa, a rainha Farida, na mesma semana.

No anúncio oficial do divórcio, foi afirmado que "o clima persa colocava em risco a saúde da Imperatriz [sic] Fawzia e, portanto, foi concedido o divórcio à irmã do Rei do Egito." Em outro comunicado oficial, o Xá disse que a dissolução do casamento "não poderia afetar, por qualquer meio, as relações de amizade existentes entre o Egito e a Pérsia." [6]

Segundo casamentoEditar

Fawzia casou-se em segundas núpcias no Cairo, em 28 de março de 1949, com o coronel Ismail Hussain Shirin Bey, seu primo distante e ministro egípcio da Guerra e da Marinha. O casal teve dois filhos:

  • Nadia (1950-2009)
  • Hussain (1955)

Notícias falsasEditar

A notícia da morte da princesa Fawzia foi erroneamente veiculada pela imprensa em janeiro de 2005. Na verdade os jornalistas a confundiram com sua sobrinha, a princesa Fawzia Faruk (1940-2005), uma das três filhas do rei Faruk.

MorteEditar

Fawzia Fuade morreu em 2 de julho de 2013, na cidade de Alexandria, aos 91 anos de idade. O anúncio da morte foi feita por seu sobrinho, o ex-rei Fuade II, através de uma nota ao povo egípcio: "A família real do Egito anuncia à nação o falecimento, nesta manhã, de Sua Alteza Real a Princesa Fawzia Fuade, filha de Sua Majestade o Rei Fuade I, irmã de Sua Majestade o Rei Faruk I, tia de Sua Majestade o Rei Fuade II e ex-Imperatriz do Irã (...) Os funerais de Sua Alteza a Princesa Fawzia acontecerão na quarta-feira, após as orações do meio-dia."[2]

Títulos e distinçõesEditar

  • Sua Alteza Sultânica, a Princesa Fawzia do Egito e Sudão
  • Sua Alteza Real, a Princesa Fawzia do Egito e Sudão
  • Sua Alteza Imperial e Real, a Princesa Herdeira Consorte da Pérsia
  • Sua Majestade Imperial, a Rainha Fawzia da Pérsia
  • Sua Alteza Imperial e Real, a Princesa Fawzia da Pérsia e Egito
  • Sua Alteza Real, a Princesa Fawzia do Egito e Sudão
  • Sua Alteza Real, a Princesa Fawzia do Egito e Sudão, Sra. Shirin
  • Sua Alteza Real, a Princesa Fawzia do Egito e Sudão, viúva a Sra. Shirin

AncestraisEditar

Fawzia também tinha ascendência albanesa, circassiana e francesa. A Casa de Maomé Ali, da qual ela fazia parte, era de origem albanesa.[7][8]

Ascendentes da princesa Fawzia Fuade do Egito [9]:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
16. Maomé Ali Paxá, uáli do Egito
 
 
 
 
 
 
 
8. Ibraim Paxá, uáli do Egito
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
17. Amine
 
 
 
 
 
 
 
4. Ismail Paxá, Quediva do Egito
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
9. Hoshyar
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2. Fuade I, Rei do Egito
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5. Ferial Hanem
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1. Princesa Fawzia do Egito
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6. Abdel Rahim Sabri Paşa
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
3. Nazli Sabri
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
28. Muhammad Said, Qadi de Meca
 
 
 
 
 
 
 
14. Maomé Xarife Paxá, Primeiro-Ministro do Egito
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7. Tewfika Hanim
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
30. Joseph Anthelme Sève (Suleiman Paşa)
 
 
 
 
 
 
 
15. Nazli Hanim
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
31. Mariam Hanim
 
 
 
 
 
 

Referências

  1. «Princess Fawzia Fuade of Egypt». The Telegraph (em inglês). 5 de julho de 2013. Consultado em 7 de julho de 2013 
  2. a b «Princess Fawzia Fuade dies aged 92». EuroNews (em inglês). 2 de julho de 2013. Consultado em 7 de julho de 2013 
  3. Nascido em Lyon como Joseph Anthelme Sève e, posteriormente, convertido ao Islamismo.
  4. Fac-simile da capa da revista Life, edição de 21 de setembro de 1942.
  5. O título de Imperatriz ainda não era utilizado, à época, na Pérsia.
  6. "2 Moslem Rulers let the man and wife divorce if they need to", The New York Times, 20 November 1948, p. 1.
  7. In the house of Muhammad Ali: a family album, 1805-1952, Hassan Hassan
  8. «Tale of 1001 Egyptian Royal Nights - Her Royal Highness Princess Fawzia of Egypt». Consultado em 10 de março de 2011. Arquivado do original em 30 de novembro de 2012 
  9. Montgomery-Massingberd, Hugh, ed. (1980). «The French Ancestry of King Farouk of Egypt». Burke's Royal Families of the World. Volume II: Africa & the Middle East. London: Burke's Peerage. p. 287. ISBN 9780850110296. OCLC 18496936 

NotaEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fawzia Fuad do Egito
Casa de Pahlavi
Fawzia Fuade
Nascimento: 5 de novembro de 1921
Precedido por
Tadj ol-Molouk Ayromlou
 
Rainha Consorte da Pérsia
19411948
Sucedido por
Soraya Esfandiary-Bakhtiari