Abrir menu principal

Grande Prêmio da Argentina de 1996

GP da Argentina de F-1 1996
Autódromo Oscar y Juan Gálvez Circuito N° 6 por Senna.svg
Grande Prêmio da Argentina de 1996.
Detalhes da corrida
Data 7 de abril de 1996
Nome oficial XIX Gran Premio Marlboro de Argentina
Local Autódromo Oscar Alfredo Gálvez, Buenos Aires, Argentina
Total 72 voltas / 306.648 km (191.296 mi) km
Pole
Piloto
Reino Unido Damon Hill Williams-Renault
Tempo 1:30.346
Volta mais rápida
Piloto
França Jean Alesi Benetton-Renault
Tempo 1:29.413 (na volta 66)
Pódio
Primeiro
Reino Unido Damon Hill Williams-Renault
Segundo
Canadá Jacques Villeneuve Williams-Renault
Terceiro
França Jean Alesi Benetton-Renault

Resultados do Grande Prêmio da Argentina realizado em Buenos Aires à 7 de abril de 1996.

Índice

Resumo da corridaEditar

TreinosEditar

Damon Hill fez o melhor tempo tendo Michael Schumacher em segundo e Jacques Villeneuve em terceiro.

CorridaEditar

Hill e Schumacher mantiveram suas posições e saíram à frente das Benetton de Alesi e Berger com Coulthard e Barrichello completando a zona de pontuação, nas logo os dois primeiros duelavam pela liderança com o inglês sendo acossado pelo alemão da Ferrari, situação que durou até que a Williams fez valer seu conjunto e assim Hill se afastou de Schumacher que estava na alça de mira de Alesi. Ressalte-se que os quatro primeiros lugares permaneceram inalterados ao fim da "janela" inaugural de pit stops. Na volta vinte e sete a Forti de Luca Badoer capotou ao tocar a Ligier de Pedro Diniz e isso exigiu uma breve intervenção do carro de segurança. Pouco depois o carro de Diniz pegou fogo ao voltar do reabastecimento.[1]

Nem mesmo a combinação do safety car com um novo giro de pit stops alterou o panorama vigente, pois os quatro líderes eram Hill, Schumacher e as duas Benetton com Villeneuve em quinto tempos depois de uma largada onde ele caiu para o nono lugar graças a um erro no momento de acionar a embreagem.[2] A sorte do canadense mudou em razão das quebras de Schumacher e Berger entre as voltas quarenta e seis e cinquenta e seis e uma parada ruim de Alesi nos boxes, mas a cinco voltas do final o piloto francês reduziu a diferença para a Williams, contudo Villeneuve soube recompor sua vantagem.

Quanto a Damon Hill sua corrida transcorreu sem sustos, vide a vantagem de doze segundos que o mesmo possuía ao realizar seu derradeiro pit stop quando retornou à frente de Gerhard Berger até que o austríaco abandonasse a prova e esta diferença ficou inalterada quando Villeneuve ascendeu ao segundo lugar.[2] Assim Hill venceu pela segunda vez consecutiva o Grande Prêmio da Argentina com Villeneuve em segundo em mais uma dobradinha da Williams com a Benetton de Alesi em terceiro,[3] embora seu carro tenha ficado sem combustível ao cruzar a linha de chegada. A zona de pontuação foi completada por Barrichello, Irvine e Verstappen.

Foi a quarta vitória consecutiva de Damon Hill desde o Grande Prêmio da Austrália de 1995 com o adendo que o piloto inglês venceu todas as provas da temporada de 1996 até o momento.

ClassificaçãoEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 5   Damon Hill Williams-Renault 72 1:54:55.322 1 10
2 6   Jacques Villeneuve Williams-Renault 72 +12.167 3 6
3 3   Jean Alesi Benetton-Renault 72 +14.754 4 4
4 11   Rubens Barrichello Jordan-Peugeot 72 +55.131 6 3
5 2   Eddie Irvine Ferrari 72 +1:04.991 10 2
6 17   Jos Verstappen Footwork-Hart 72 +1:08.913 7 1
7 8   David Coulthard McLaren-Mercedes 72 +1:13.400 9  
8 9   Olivier Panis Ligier-Mugen-Honda 72 +1:14.295 12  
9 14   Johnny Herbert Sauber-Ford 71 +1 volta 17  
10 23   Andrea Montermini Forti-Ford 69 +3 voltas 22  
Ret 4   Gerhard Berger Benetton-Renault 56 Suspensão 5  
Ret 1   Michael Schumacher Ferrari 46 Aerofólio 2  
Ret 20   Pedro Lamy Minardi-Ford 39 Transmissão 19  
Ret 19   Mika Salo Tyrrell-Yamaha 36 Regulador 16  
Ret 12   Martin Brundle Jordan-Peugeot 34 Colisão 15  
Ret 21   Tarso Marques Minardi-Ford 33 Colisão 14  
Ret 15   Heinz-Harald Frentzen Sauber-Ford 32 Spun off 11  
Ret 10   Pedro Diniz Ligier-Mugen-Honda 29 Fogo 18  
Ret 18   Ukyo Katayama Tyrrell-Yamaha 28 Transmissão 13  
Ret 16   Ricardo Rosset Footwork-Hart 24 Oil pump 20  
Ret 22   Luca Badoer Forti-Ford 24 Colisão 21  
Ret 7   Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 19 Regulador 8  

NotasEditar

  • Volta mais rápida: Jean Alesi 1:29.413
  • Pole position: Damon Hill 1:30.346

Referências