Abrir menu principal

Scuderia Ferrari

equipe de automobilismo

Scuderia Ferrari[8] é uma equipe de automobilismo da montadora italiana Ferrari que compete no campeonato da Fórmula 1. É a equipe mais antiga em atividade na categoria.

Itália Ferrari
Logotipo da Scuderia Ferrari.svg
Nome completo Scuderia Ferrari
Sede Maranello, Itália
Fundador(es) Enzo Ferrari
Chefe de equipe Mattia Binotto
Site oficial formula1.ferrari.com
Temporada de Fórmula 1 de 2019
Pilotos 5. Alemanha Sebastian Vettel[1]
16. Mónaco Charles Leclerc[2]
Pilotos de teste Itália Antonio Fuoco[3]
Nova Zelândia Brendon Hartley[4]
Itália Davide Rigon[3]
Alemanha Pascal Wehrlein[5]
Chassis SF90[6]
Motor Ferrari
Pneus Pirelli
Combustível Shell V-Power
Histórico na Fórmula 1
Estreia GP de Mônaco de 1950
Último GP GP da Hungria de 2019
Grandes Prêmios 983 (980 largadas[7])
Campeã de construtores 16 (1961, 1964, 1975, 1976, 1977, 1979, 1982, 1983, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2007, 2008)
Campeã de pilotos 15 (1952, 1953, 1956, 1958, 1961, 1964, 1975, 1977, 1979, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2007)
Vitórias 235[7]
Pódios 761[7]
Pole Position 222[7]
Voltas rápidas 251[7]
Pontos 8 014,5[7]
Posição no último campeonato
(2018)
2º (571 pontos)

Índice

HistóriaEditar

A Scuderia Ferrari foi fundada por Enzo Ferrari em 1929 e tornou-se a equipe de corrida da Alfa Romeo. Em 1938, a Alfa Romeo tomou a decisão de entrar nas corridas com seu próprio nome, que institui a organização Alfa Corse, que absorveu o que tinha sido a Ferrari. Enzo Ferrari não concordou com esta mudança na política e foi, finalmente, demitido pela Alfa em 1939. Os termos de sua saída proibiu-o de participar do automobilismo em seu próprio nome, por um período de quatro anos.

Em 1939, a Ferrari começou a trabalhar um carro de corrida de sua autoria, o Tipo 815 (oito cilindros, 1,5 L de deslocamento). O 815S, projetado por Alberto Massimino, foram, assim, os primeiros carros da Ferrari. A Segunda Guerra Mundial pôs um fim temporário às corridas. A Ferrari e concentrou-se em uma alternativa de uso para sua fábrica durante os anos de guerra, fazendo o trabalho de máquinas-ferramenta.

Após a guerra, a Ferrari recrutou vários de seus ex-funcionarios da Alfa e estabeleceu uma nova Ferrari, querendo projetar e construir seus próprios carros.

SedeEditar

A equipe foi inicialmente baseado em Modena desde a sua fundação e pré-guerra até 1943, quando Enzo Ferrari mudou a equipe para uma nova fábrica em Maranello em 1947, e ambos a Scuderia e a fabrica Ferrari permanecem em Maranello até hoje. A equipe possui e opera uma pista de testes no mesmo local, o Circuito de Fiorano construído em 1972, que é usado para testar carros de rua e de corrida.

Nome e LogotipoEditar

A equipe tem o nome de seu fundador, Enzo Ferrari. O cavalo rampante era o símbolo do avião do piloto Francesco Baracca, morto na I Guerra Mundial, e logo depois tornou-se o logotipo da Ferrari depois de os pais do aviador, bons amigos de Enzo Ferrari, pedirem-lhe para continuar sua tradição de cavaleirismo, desportivismo e ousadia.

RecordesEditar

A Ferrari é o mais antigo time restante no campeonato, sem mencionar o mais bem sucedido: a equipe tem quase todos os recordes da Fórmula 1. Os recordes da equipe incluem quinze títulos do Campeonato Mundial de pilotos (1952, 1953, 1956, 1958, 1961, 1964, 1975, 1977, 1979, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2007), dezesseis títulos do Campeonato Mundial de Construtores (1961, 1964, 1975, 1976, 1977, 1979, 1982, 1983, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2007 e 2008), 225 vitórias em grande prêmio, 6 697,50 pontos, 708 pódios, 208 pole positions, 13.994 voltas lideradas, além de 238 voltas mais rápidas em 930 grandes prêmios disputados.[9]

InicioEditar

Em 1947 á Ferrari construiu o 12 cilindros 1.5 L Tipo 125, o primeiro carro de corrida a carregar o nome de Ferrari.

Uma versão de Fórmula 1 do Tipo 125 , a Ferrari 125 F1 foi desenvolvido em 1948 e entrou em vários Grande Prêmios, em um momento em que o Campeonato Mundial ainda não tinha sido estabelecido.

Década de 50Editar

Em 1950, o Campeonato Mundial de Fórmula Um foi estabelecido, e a Scuderia Ferrari entrou nesta primeira temporada. É a única equipe a ter competido em cada todas as temporadas do mundial, de seu começo aos dias atuais.

Na verdade, a equipe da Ferrari perdeu a primeira corrida do campeonato, o Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 1950 , devido a uma disputa sobre o "dinheiro inicial" pago aos participantes,  a equipe estreou no Grande Prêmio de Mônaco de 1950 com a 125 F1, ostentando uma versão supercharger do 125 V12 e três experientes e bem sucedidos pilotos, Alberto AscariRaymond Sommer e Luigi Villoresi .  A equipe mudou mais tarde para motores naturalmente aspirados nos modelos 275, 340, e 375  . A equipe Alfa Romeo dominou a Temporada de Fórmula 1 de 1950, ganhando todas os onze corridas que entrou (seis corridas do campeonato mundial e cinco corridas não oficiais), mas a Ferrari quebrou a hegemonia em 1951 quando o piloto argentino José Froilán González venceu o Grande Prêmio da Grã-Bretanha.

Após a Temporada de Fórmula Um de 1951 a equipe Alfa Romeo se retirou da F1, levando as autoridades a adotar os carros de Fórmula 2 , Devido à falta de carros de F1 adequados. A Ferrari entrou com o Ferrari Tipo 500 de 2.0 L 4 cilindros , que ganhou quase todas as corridas em que competiu na Temporada de Fórmula 1 de 1952 com os pilotos Alberto AscariGiuseppe Farina e Piero Taruffi.  Ascari levou o Campeonato Mundial depois de vencer seis corridas consecutivas. Na Temporada de Fórmula 1 de 1953 Ascari venceu apenas cinco corridas, mas foi o bicampeão mundial, No final da temporada Juan Manuel Fangio bateu a Ferrari em uma Maserati pela primeira vez.

Temporada de Fórmula 1 de 1954 trouxe novas regras de motores de 2,5 L; O novo Ferrari Tipo 625 , dificilmente poderia competir contra Fangio com a Maserati e depois com o Mercedes-Benz W196 que apareceu em julho. a Ferrari teve somente duas vitórias, González no Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 1954 e Mike Hawthorn no Grande Prémio da Espanha da 1954 . Na Temporada de 1955, A Ferrari não melhorou, conquistando apenas o Grande Prêmio de Mônaco em 1955 com o piloto Maurice Trintignant . No final da trágica temporada de 1955, a equipe da Ferrari comprou o chassi D50 da equipe Lancia depois que eles se retiraram após a morte de Ascari. Fangio, Peter Collins e Eugenio Castellotti correram com sucesso com o D50 na Temporada de Fórmula 1 de 1956 com Collins vencendo duas corridas e Fangio vencendo três corridas e se sagrando campeão.

Na Temporada de Fórmula 1 de 1957 Fangio voltou a Maserati, a equipe ainda usando envelhecido Lancia, não conseguiu vencer uma corrida. Os pilotos Luigi Musso e Alfonso de Portago juntaram-se a Castellotti. Castellotti morreu durante o teste e Portago bateu em uma multidão no Mille Miglia, matando doze e fazendo com que a Ferrari fosse acusada de homicídio culposo.

Na Temporada de Fórmula 1 de 1958 , um Campeonato de Construtores foi introduzido, e vencido pela Vanwall . Carlo Chiti projetou um carro inteiramente novo para Ferrari: o Ferrari 246 Dino , nomeado com o nome do filho recentemente falecido de Enzo Ferrari. A equipe manteve os pilotos Collins, Hawthorn e Musso, mas Musso morreu no Grande Prêmio da França de 1958 e Collins morreu no GP da Alemanha de 1958Hawthorn venceu o Campeonato Mundial e anunciou sua aposentadoria, e morreu meses depois em um acidente de viação.

A Ferrari contratou cinco novos pilotos: Tony BrooksJean BehraPhil HillDan Gurney e ocasionalmente Cliff Allison para a Temporada de Fórmula 1 de 1959 . A equipe não se deu bem, Behra foi demitido depois de socar o treinador Romolo Tavoni, Brooks foi competitivo até o final da temporada, mas no final ele por pouco perdeu o campeonato para Jack Brabham com a Cooper.

Década de 2000Editar

De 2000 a 2004, Michael Schumacher dominou a Fórmula 1 como nenhum outro piloto da história desse esporte. Sendo que apenas em 2003 ele teve dificuldades ao enfrentar três novos talentos da nova geração: Montoya, Raikkonen e Alonso.

Em 2005 no entanto, o rendimento da Ferrari caiu bastante. A equipe começou a temporada com uma versão modificada do carro do ano anterior (F2004M) enquanto desenvolvia o o novo modelo. Essa talvez tenha sido uma das causas para o fraco desempenho nessa temporada. Outro fator, teria sido a fraca performance dos pneus Bridgestone. Próximo ao fim do ano, Rubens Barrichello anuncia estar deixando a equipe, para juntar-se a Honda F1 Team.

Em 2006 Felipe Massa assume o lugar de Barrichello como companheiro de Schumacher, no que seria seu último ano na categoria.

Em 2007 Kimi Räikkönen estreia na equipe, consagrando-se campeão na ultima corrida da temporada.

A temporada de 2008 foi marcada por diversos erros da equipe e dos pilotos, resultando com Felipe Massa terminando em segundo lugar no Mundial de F1 de 2008, a um ponto do campeão Lewis Hamilton. O título foi decidido na última corrida da temporada, o Grande Prêmio do Brasil. Na penúltima curva da última volta Hamilton ultrapassou Timo Glock, conseguindo a quinta colocação e o título, que até esse momento seria de Massa, vencedor da prova.

Com diversas modificações no regulamento da Fórmula 1 em 2009, o Ferrari F60 não foi bem sucedido e a equipe não pontuou nos primeiras três corridas do ano. O pior resultado desde 1981.

Década de 2010Editar

Em 2010, com um campeonato bastante equilibrado, a equipe esteve bem perto de conseguir o título, com a estréia do espanhol Fernando Alonso, que terminou o campeonato a quatro pontos de Sebastian Vettel.

Em 2014, Kimi Räikkönen retornou para a equipe, assumindo o lugar de Felipe Massa, que foi para Williams F1. Sebastian Vettel foi anunciado como piloto da Ferrari para 2015, substituindo o espanhol Fernando Alonso. Maurizio Arrivabene substituiu Marco Mattiaci no comando da equipe em novembro de 2014.

Em 2015, a equipe conseguiu três vitórias na temporada (Malásia, Hungria e Singapura com Sebastian Vettel) e incluindo também uma pole position (Vettel em Singapura).

Em 2017, a equipe conseguiu cinco vitórias na temporada (Austrália, Bahrein, Mônaco, Hungria e Brasil, todas de Vettel) e incluindo também cinco pole positions (Vettel nas etapas da Rússia, Hungria, Singapura e México, e Raikkonen em Mônaco).

Títulos mundiais de pilotosEditar

Títulos mundiais de construtoresEditar

PilotosEditar

 
Phil Hill pilotando o modelo Ferrari 156 F1 da temporada de 1962.
 
Felipe Massa pilotando o modelo F60 em março de 2009.
 
Fernando Alonso testando o modelo F10 em Jerez de la Frontera em fevereiro de 2010.
 
Felipe Massa pilotando o modelo Ferrari F2012 em Jerez de la Frontera no início de 2012.
 
Fernando Alonso pilotando o modelo Ferrari F138 em Jerez de la Frontera no início de 2013.
Ano Nome Carro Pneus Motor Óleo Pilotos Pilotos de testes Classificação
2019 Scuderia Ferrari SF90 P Ferrari Shell   Sebastian Vettel
  Charles Leclerc
  Antonio Fuoco
  Brendon Hartley
  Davide Rigon
  Pascal Wehrlein
2018 Scuderia Ferrari SF71H P Ferrari Shell   Sebastian Vettel
  Kimi Raikkonen
  Daniil Kvyat
  Antonio Giovinazzi
  Marc Gené
2º lugar
571 pontos
2017 Scuderia Ferrari SF70H P Ferrari Shell   Sebastian Vettel
  Kimi Raikkonen
  Antonio Giovinazzi
  Marc Gené
2º lugar
522 pontos
2016 Scuderia Ferrari SF16-H P Ferrari Shell   Sebastian Vettel
  Kimi Raikkonen
  Antonio Fuoco
  Charles Leclerc
  Jean-Éric Vergne
  Marc Gené
3° lugar
398 pontos
2015 Scuderia Ferrari SF15-T P Ferrari Shell   Sebastian Vettel
  Kimi Raikkonen
  Esteban Gutiérrez
  Jean-Éric Vergne
  Marc Gené
  Davide Rigon
2º lugar
242 pontos
2014 Scuderia Ferrari F14 T P Ferrari Shell   Kimi Raikkonen
  Fernando Alonso
  Davide Rigon
  Marc Gené
  Pedro de la Rosa
4º lugar
216 pontos
2013 Scuderia Ferrari F138 P Ferrari Shell   Fernando Alonso
  Felipe Massa
  Davide Rigon
  Marc Gené
  Pedro de la Rosa
3º lugar
354 pontos
2012 Scuderia Ferrari F2012 P Ferrari Shell   Fernando Alonso
  Felipe Massa
  Giancarlo Fisichella
  Davide Rigon
  Marc Gené
2º lugar
400 pontos
2011 Scuderia Ferrari Marlboro
Scuderia Ferrari
F150th Italia P Ferrari Shell   Fernando Alonso
  Felipe Massa
  Giancarlo Fisichella
  Jules Bianchi
  Marc Gené
3° lugar
375 pontos
2010 Scuderia Ferrari Marlboro F10 B Ferrari Shell   Felipe Massa
  Fernando Alonso
  Giancarlo Fisichella
  Marc Gené
  Luca Badoer
3° lugar
396 pontos
2009 Scuderia Ferrari Marlboro F60 B Ferrari Shell   Felipe Massa
  Kimi Räikkönen
  Luca Badoer
  Giancarlo Fisichella
  Luca Badoer
  Marc Gené
4º lugar
70 pontos
2008 Scuderia Ferrari Marlboro F2008 B Ferrari Shell   Kimi Räikkönen
  Felipe Massa
  Luca Badoer
  Marc Gené
Campeã
172 pontos
2007 Scuderia Ferrari Marlboro F2007 B Ferrari Shell   Felipe Massa
  Kimi Räikkönen
  Luca Badoer
  Marc Gené
Campeã
204 pontos
2006 Scuderia Ferrari Marlboro 248 F1 B Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Felipe Massa
  Luca Badoer
  Marc Gené
2° lugar
201 pontos
2005 Scuderia Ferrari Marlboro F2004M
F2005
B Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Rubens Barrichello
  Luca Badoer
  Marc Gené
3º lugar
100 pontos
2004 Scuderia Ferrari Marlboro F2004 B Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Rubens Barrichello
  Luca Badoer
  Luciano Burti
Campeã
262 pontos
2003 Scuderia Ferrari Marlboro F2003-GA B Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Rubens Barrichello
  Luca Badoer
  Felipe Massa
Campeã
158 pontos
2002 Scuderia Ferrari Marlboro F2002 B Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Rubens Barrichello
  Luca Badoer
  Luciano Burti
Campeã
221 pontos
2001 Scuderia Ferrari Marlboro F2001 B Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Rubens Barrichello
  Luca Badoer Campeã
179 pontos
2000 Scuderia Ferrari Marlboro F2000 B Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Rubens Barrichello
  Luca Badoer Campeã
170 pontos
1999 Scuderia Ferrari Marlboro F399 B Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Eddie Irvine
  Mika Salo
  Luca Badoer
  Mika Salo
Campeã
128 pontos
1998 Scuderia Ferrari Marlboro F300 G Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Eddie Irvine
  Luca Badoer 2° lugar
133 pontos
1997 Scuderia Ferrari Marlboro F310B G Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Eddie Irvine
  Gianni Morbidelli 2° lugar
102 pontos
1996 Scuderia Ferrari F310 G Ferrari Shell   Michael Schumacher
  Eddie Irvine
  Nicola Larini 2° lugar
70 pontos
1995 Scuderia Ferrari 412T2 G Ferrari Agip   Jean Alesi
  Gerhard Berger
  Nicola Larini 3° lugar
73 pontos
1994 Scuderia Ferrari 412T
412T1B
G Ferrari Agip   Jean Alesi
  Gerhard Berger
  Nicola Larini
  Nicola Larini 3º lugar
71 pontos
1993 Scuderia Ferrari F93A G Ferrari Agip   Jean Alesi
  Gerhard Berger
  Nicola Larini
  Gianni Morbidelli
4º lugar
28 pontos
1992 Scuderia Ferrari F92A
F92AT
G Ferrari Agip   Jean Alesi
  Ivan Capelli
  Nicola Larini
  Nicola Larini
  Gianni Morbidelli
4º lugar
21 pontos
1991 Scuderia Ferrari 642
643
G Ferrari Agip   Alain Prost
  Jean Alesi
  Gianni Morbidelli
  Gianni Morbidelli
  Andrea Montermini
  Dario Benuzzi
3º lugar
55.5 pontos
1990 Scuderia Ferrari F1 641 G Ferrari Agip   Alain Prost
  Nigel Mansell
  Gianni Morbidelli 2º lugar
110 pontos
1989 Scuderia Ferrari SpA SEFAC F1 640 G Ferrari Agip   Nigel Mansell
  Gerhard Berger
  Roberto Moreno
  Gianni Morbidelli
  JJ Lehto
3º lugar
59 pontos
1988 Scuderia Ferrari SpA SEFAC F1/87/88C G Ferrari Agip   Michele Alboreto
  Gerhard Berger
  Roberto Moreno
  Gianni Morbidelli
  Dario Benuzzi
2º lugar
65 pontos
1987 Scuderia Ferrari SpA SEFAC F1/87 G Ferrari Agip   Michele Alboreto
  Gerhard Berger
4º lugar
53 pontos
1986 Scuderia Ferrari SpA SEFAC F1/86 G Ferrari Agip   Michele Alboreto
  Stefan Johansson
4º lugar
37 pontos
1985 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 156/85 G Ferrari Agip   Michele Alboreto
  René Arnoux
  Stefan Johansson
  Johnny Dumfries '2º lugar
82 pontos
1984 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 126 C4 G Ferrari Agip   Michele Alboreto
  René Arnoux
2º lugar
57.5 pontos
1983 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 126 C2B/126 C3 G Ferrari Agip   Patrick Tambay
  René Arnoux
Campeã
89 pontos
1982 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 126 C2 G Ferrari Agip   Gilles Villeneuve
  Didier Pironi
  Patrick Tambay
  Mario Andretti
Campeã
74 pontos
1981 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 126 CK G Ferrari Agip   Gilles Villeneuve
  Didier Pironi
5º lugar
34 pontos
1980 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 312T5 M Ferrari Agip   Jody Scheckter
  Gilles Villeneuve
10º lugar
8 pontos
1979 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 312T3
312T4
312T4B
M Ferrari Agip   Jody Scheckter
  Gilles Villeneuve
Campeã
113 pontos
1978 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 312T3
312T4
312T4B
M Ferrari Agip   Carlos Reutemann
  Gilles Villeneuve
3º lugar
65 pontos
1977 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 312T2 G Ferrari Agip   Niki Lauda
  Carlos Reutemann
  Gilles Villeneuve
Campeã
95 pontos
1976 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 312T/312T2 G Ferrari Agip   Niki Lauda
  Clay Regazzoni
Campeã
83 pontos
1975 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 312B3
312T
G Ferrari Agip   Clay Regazzoni
  Niki Lauda
Campeã
72.5 pontos
1974 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 312B3 G Ferrari Agip   Clay Regazzoni
  Niki Lauda
'2º lugar
65 pontos
1973 Scuderia Ferrari SpA SEFAC 312B2/312B3 G Ferrari Agip   Jacky Ickx
  Arturo Merzario
6º lugar
12 pontos

Patrocinadores atuais (2018)[10]Editar

Fornecedores oficiaisEditar

FornecedoresEditar

CuriosidadesEditar

 
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
 
Maior bandeira da Fórmula 1 do mundo.
  • Na mesma decisão do campeonato de 1997 houve um acordo entre Williams e McLaren com o intuito de prejudicar a Ferrari.

David Coulthard quase foi demitido da McLaren por não concordar com esse acordo.

Resultados da equipe na temporada de 2018Editar

Pos Piloto Carro AUS
 
BHR
 
CHN
 
AZE
 
ESP
 
MON
 
CAN
 
FRA
 
AUT
 
GBR
 
ALE
 
HUN
 
BEL
 
ITA
 
SIN
 
RUS
 
JAP
 
EUA
 
MEX
 
BRA
 
ABU
 
Pts Pts da Equipe Pos da Equipe
2   Sebastian Vettel 5 1 1 8 4 4 2 1 5 3 1 Ret 2 1 4 3 3 6 4 2 6 2 189 571
3   Kimi Raikkonen 7 3 Ret 3 2 Ret 4 6 3 2 3 3 3 Ret 2 5 4 5 1 3 3 Ret 146

Negrito = Pole Position.

Itálico = Volta Mais Rápida

Ret = Não completou a prova.

= Classificado pois completou 90% ou mais da prova.

½ = Foram dados a metade dos pontos. A corrida foi interrompida pelo mau tempo.

Desc = Desclassificado da prova.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Extension of the agreement between Scuderia Ferrari and Sebastian Vettel». Scuderia Ferrari (em inglês). Ferrari. 26 de agosto de 2017. Consultado em 10 de janeiro de 2018 
  2. «Charles Leclerc to drive for Scuderia Ferrari in 2019». Scuderia Ferrari. Consultado em 11 de setembro de 2018 
  3. a b «Como a Ferrari planeja, usando a Alfa Romeo, acabar com jejum de 10 anos». esporte.uol.com.br. 6 de fevereiro de 2019. Consultado em 15 de fevereiro de 2019 
  4. «Ferrari confirma Brendon Hartley como piloto de simulador para 2019». gazetaesportiva.com. 4 de fevereiro de 2019. Consultado em 15 de fevereiro de 2019 
  5. «Ex-Mercedes, Wehrlein será piloto de desenvolvimento da Ferrari». br.motorsport.com. 8 de janeiro de 2019. Consultado em 15 de fevereiro de 2019 
  6. «Ferrari apresenta SF90 vermelho e preto fosco para a temporada 2019 da F1». terra.com.br. 15 de fevereiro de 2019. Consultado em 15 de fevereiro de 2019 
  7. a b c d e f «Ferrari». STATS F1. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  8. «2019 FIA Formula One World Championship Entry List». Fédération Internationale de l'Automobile. 28 de fevereiro de 2019. Arquivado do original em 28 de fevereiro de 2019 
  9. F1, STATS. «Ferrari • STATS F1». www.statsf1.com. Consultado em 27 de março de 2017 
  10. «Site Oficial da Scuderia Ferrari» (em inglês). ferrari.com. Consultado em 21 de janeiro de 2016 
  11. «Ganhou, mas não levou» 
  12. «Argentino acusa Ferrari de atitude antidesportiva em 1997» 
  13. «Argentino afirma que atrapalhou Villeneuve» 
  14. «Piloto fala: teve de prejudicar Jacques em 97» [ligação inativa]
  15. Ferrari's dirty trick revealed Arquivado em 12 de março de 2007, no Wayback Machine.(em inglês)
  16. The truth will out?(em inglês)
  17. http://infordesporto.sapo.pt/Informacao/Modalidades/DesportosMotorizados/noticiadespmotorizados_autf1ferrari_200906_325843.asp  Em falta ou vazio |título= (ajuda)[ligação inativa]
  18. http://www.portalf1.com/site/noticia.asp?id=6257  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  19. http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/0,,AA1270535-1311,00.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  20. «Na China, Raikkonen comemora 200ª vitória da Ferrari». estadao.com.br. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  21. «Raikkonen dá 200ª vitória para a Ferrari». globoesporte.com. Consultado em 21 de dezembro de 2011 

Ligações externasEditar