Grande Prêmio do Barém de 2005

O Grande Prêmio do Barém de 2005 foi uma corrida de Fórmula 1 realizada em 3 de abril de 2005 no Circuito Internacional do Barém. Esta foi a terceira etapa da temporada de 2005, tendo como vencedor o espanhol Fernando Alonso.[2][nota 1]

Grande Prêmio do Barém
de Fórmula 1 de 2005
Bahrain International Circuit--Grand Prix Layout.svg
Segundo GP do Barém em Sakhir
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 3 de abril de 2005
Nome oficial II Gulf Air Bahrain Grand Prix[1]
Local Circuito Internacional do Barém, Sakhir, Barém
Percurso 5.412 km
Total 57 voltas / 308.484 km
Condições do tempo Ensolarado, 42°C (108°F)
Pole
Piloto
Espanha Fernando Alonso Renault
Tempo 3:01.902 (agregado)
Volta mais rápida
Piloto
Espanha Pedro de la Rosa McLaren-Mercedes
Tempo 1:31.447 (na volta 43)
Pódio
Primeiro
Espanha Fernando Alonso Renault
Segundo
Itália Jarno Trulli Toyota
Terceiro
Finlândia Kimi Räikkönen McLaren-Mercedes

ResumoEditar

  • A corrida foi o Grande Prêmio de F1 mais quente da história até ali, com temperatura ambiente de 42 °C e temperatura da pista de até 56 °C.
  • Essa foi a 100ª vitória, de um carro, equipados com motor, Renault.
  • Para a maioria dos pilotos, os motores utilizados nessa corrida também seriam usados em San Marino, como exigido pela nova regulamentação de 2005.
  • As comemorações no pódio foram mudas, por causa da morte do Papa João Paulo II na tarde anterior.
  • A Ferrari fez homenagem ao Papa João Paulo II com o bico do carro de preto em sinal de luto.

Pilotos de sexta-feiraEditar

Construtor Piloto
McLaren-Mercedes 35   Alexander Wurz
Sauber-Petronas 36   Can Artam
Red Bull-Cosworth 37   Vitantonio Liuzzi
Toyota 38   Ricardo Zonta
Jordan-Toyota 39   Ernesto Viso
Minardi-Cosworth 40   Juan Cruz Álvarez

ClassificaçãoEditar

Treinos oficiaisEditar

Pos. Piloto Equipe Q1 Q2 Q1+Q2 Grid
1 5   Fernando Alonso Renault 1:29.848 1:32.054 3:01.902 1
2 1   Michael Schumacher Ferrari 1:30.237 1:32.120 3:02.357 2
3 16   Jarno Trulli Toyota 1:29.993 1:32.767 3:02.660 3
4 8   Nick Heidfeld Williams-BMW 1:30.390 1:32.827 3:03.217 4
5 7   Mark Webber Williams-BMW 1:30.592 1:32.670 3:03.262 5
6 17   Ralf Schumacher Toyota 1:30.952 1:32.319 3:03.271 6
7 15   Christian Klien Red Bull-Cosworth 1:30.646 1:32.723 3:03.369 7
8 10   Pedro de la Rosa McLaren-Mercedes 1:30.725 1:32.648 3:03.373 8
9 9   Kimi Räikkönen McLaren-Mercedes 1:30.594 1:32.930 3:03.524 9
10 8   Giancarlo Fisichella Renault 1:30.445 1:33.320 3:03.765 10
11 3   Jenson Button BAR-Honda 1:30.957 1:33.391 3:04.348 11
12 12   Felipe Massa Sauber-Petronas 1:30.933 1:34.269 3:05.202 12
13 4   Takuma Sato BAR-Honda 1:31.113 1:34.450 3:05.563 13
14 14   David Coulthard Red Bull-Cosworth 1:31.211 1:34.633 3:05.844 14
15 2   Rubens Barrichello Ferrari 1:31.826 1:35.867 3:07.693 20†
16 11   Jacques Villeneuve Sauber-Petronas 1:32.318 1:35:665 3:07.983 15
17 18   Tiago Monteiro Jordan-Toyota 1:33.424 1:36.004 3:09.428 16
18 19   Narain Karthikeyan Jordan-Toyota 1:33.190 1:36.953 3:10.143 17
19 21   Christijan Albers Minardi-Cosworth 1:34.005 1:36.417 3:10.422 18
20 20   Patrick Friesacher Minardi-Cosworth 1:34.848 1:36.413 3:11.261 19
Fonte:[3]
  • † Rubens Barrichello foi punido por trocar o motor.

CorridaEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 5   Fernando Alonso Renault 57 1:29:18.531 1 10
2 16   Jarno Trulli Toyota 57 + 13.409 3 8
3 9   Kimi Räikkönen McLaren-Mercedes 57 + 32.063 9 6
4 17   Ralf Schumacher Toyota 57 + 53.272 6 5
5 10   Pedro de la Rosa McLaren-Mercedes 57 + 1:04.988 8 4
6 7   Mark Webber Williams-BMW 57 + 1:14.701 5 3
7 12   Felipe Massa Sauber-Petronas 56 + 1 volta 12 2
8 14   David Coulthard Red Bull-Cosworth 56 + 1 volta 14 1
9 2   Rubens Barrichello Ferrari 56 + 1 volta 20
10 18   Tiago Monteiro Jordan-Toyota 55 + 2 voltas 16
Ret 11   Jacques Villeneuve Sauber-Petronas 54 Suspensão 15
12 20   Patrick Friesacher Minardi-Cosworth 54 + 3 voltas 19
13 21   Christijan Albers Minardi-Cosworth 53 + 4 voltas 18
Ret 3   Jenson Button BAR-Honda 46 Embreagem 11
Ret 4   Takuma Sato BAR-Honda 27 Freios 13
Ret 8   Nick Heidfeld Williams-BMW 25 Motor 4
Ret 1   Michael Schumacher Ferrari 12 Pane hidráulica 2
Ret 6   Giancarlo Fisichella Renault 4 Motor 10
Ret 19   Narain Karthikeyan Jordan-Toyota 2 Pane elétrica 17
Ret 15   Christian Klien Red Bull-Cosworth 0 Pane elétrica 7
Fonte:[4]

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas.

Notas

  1. Voltas na liderança: Fernando Alonso 55 voltas (1-20; 22-41; 43-57), Jarno Trulli 2 voltas (21; 42).

Referências

  1. a b c «2005 Bahrain GP – championships (em inglês) no Chicane F1». Consultado em 3 de agosto de 2021 
  2. Fred Sabino (3 de abril de 2020). «Barein teve corrida de F1 mais quente de todos os tempos, há 15 anos, com vitória de Alonso». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 9 de agosto de 2021 
  3. «2005 Formula 1™ Gulf Air Bahrain Grand Prix - overall qualifying» (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  4. «2005 Formula 1™ Gulf Air Bahrain Grand Prix - race result» (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2020 

Precedido por
Grande Prêmio da Malásia de 2005
Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 2005
Sucedido por
Grande Prêmio de San Marino de 2005
Precedido por
Grande Prêmio do Barém de 2004
Grande Prêmio do Barém
2ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio do Barém de 2006


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Notícias no Wikinotícias