Abrir menu principal

O Grande Prêmio do Brasil de 2006 foi a décima oitava e última corrida da Temporada de Fórmula 1 de 2006. Foi marcada pela despedida do alemão Michael Schumacher, heptacampeão da categoria, além do segundo título mundial do espanhol Fernando Alonso e de sua equipe, a Renault. O vencedor foi o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, quebrando um jejum de 13 anos sem vitória de um piloto "da casa" no Grande Prêmio do Brasil. Marcou também a 90ª vitória de um brasileiro na Fórmula 1.

GP Brasil de F-1 2006
Autódromo José Carlos Pace (AKA Interlagos) track map.svg
Grande Prêmio do Brasil de 2006.
Detalhes da corrida
Data 22 de Outubro de 2006
Nome oficial XXXV Grande Prêmio do Brasil
Local Autódromo José Carlos Pace,
São Paulo
Total 71 voltas / 305.909 km
Pole
Piloto
Brasil Felipe Massa Ferrari
Tempo 1:10.680
Volta mais rápida
Piloto
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Tempo 1:12.162 (na volta 70)
Pódio
Primeiro
Brasil Felipe Massa Ferrari
Segundo
Espanha Fernando Alonso Renault
Terceiro
Reino Unido Jenson Button Honda

Índice

CorridaEditar

O piloto brasileiro Felipe Massa venceu o GP Brasil de 2006 praticamente de ponta a ponta sem sofrer quase nenhuma pressão dos adversários durante toda a prova, em segundo lugar ficou o espanhol Fernando Alonso que garantiu o título da temporada.

Na tentativa de evitar o título consecutivo de Alonso o alemão Michael Schumacher precisava vencer a prova e ainda torcer para que ele não fizesse nenhum ponto, por outro lado o espanhol tinha uma tarefa bem menos complicada que era marcar pelo menos 1 ponto.

Largando apenas na 10ª posição, Michael Schumacher pulou para quinto lugar em poucas voltas, mas acabou furando o pneu quando ultrpassou o italiano Giancarlo Fisichella, a parada nos boxes o colocou na última posição.

Passou então a fazer uma corrida de recuperação, parecia brincar na pista usando o máximo da capacidade de sua Ferrari, após mais uma série de ultrapassagens, inclusive sobre Kimi Raikkonen nas voltas finais, ele terminou a prova numa surpreendente quarta colocação, ainda marcou a melhor volta da corrida e se despediu da Fórmula 1 com mais um show de pilotagem.

Na terceira posição ficou o inglês Jenson Button que largando no meio do grid também fez uma excelente prova, superando inclusive seu companheiro de equipe Rubens Barrichello que largou em quinto mas terminou apenas na sétima posição.

O resultado garantiu também o título de construtores para a escuderia Renault e a despedida de Alonso que na próxima temporada vai correr pela McLaren.

FrasesEditar

  • "Nunca vou esquecer esse dia. O dia que sempre sonhei e esperei. Acho que sou iluminado" Felipe Massa
  • "Tem sido um fim de semana fantástico e eu preciso de algum tempo para acreditar que sou campeão novamente" Fernando Alonso
  • "Provavelmente foi a corrida mais fácil da minha carreira." Felipe Massa
  • "Nós tínhamos um carro insanamente rápido hoje. Provavelmente tínhamos velocidade possível para superar todos, pra ser honesto. Nós fizemos isso, de certa maneira." Michael Schumacher
  • "Não era para ser hoje, pra mim" Michael Schumacher
  • "Estou realmente feliz por Felipe por ter sido o primeiro brasileiro a vencer aqui após Senna" Michael Schumacher
  • "Eu fui extremamente sortudo em vencer um campeonato com Schumacher ainda correndo, foi um prazer correr com ele" Fernando Alonso
  • "Acho que temos que demonstrar grande respeito por Schumacher, porque o que ele fez ficará para a história da F-1" Flavio Briatore

Pilotos de sexta-feiraEditar

Treino de ClassificaçãoEditar

Pos País nome Equipe Parte 3 Parte 2 Parte 1
1   Felipe Massa Ferrari 1:10.680 1:10.775 1:10.643
2   Kimi Räikkönen McLaren Mercedes 1:11.299 1:11.386 1:12.035
3   Jarno Trulli Toyota 1:11.328 1:11.343 1:11.885
4   Fernando Alonso Renault 1:11.567 1:11.148 1:11.791
5   Rubens Barrichello Honda 1:11.619 1:11.578 1:12.017
6   Giancarlo Fisichella Renault 1:11.629 1:11.461 1:12.042
7   Ralf Schumacher Toyota 1:11.695 1:11.550 1:11.713
8   Nick Heidfeld Sauber BMW 1:11.882 1:11.648 1:12.307
9   Robert Kubica Sauber BMW 1:12.131 1:11.589 1:12.040
10   Michael Schumacher Ferrari s/tempo 1:10.313 1:11.565
11   Mark Webber Williams Cosworth 1:11.650 1:11.973
12   Pedro de la Rosa McLaren Mercedes 1:11.658 1:11.825
13   Nico Rosberg Williams Cosworth 1:11.679 1:11.974
14   Jenson Button Honda 1:11.742 1:12.085
15   Robert Doornbos RBR Ferrari 1:12.591 1:12.530
16   Vitantonio Liuzzi STR Cosworth 1:12.861 1:12.855
17   Scott Speed STR Cosworth 1:12.856
18   Christijan Albers MF1 Toyota 1:13.138
19   David Coulthard RBR Ferrari 1:13.249
20   Takuma Sato Aguri Honda 1:13.269
21   Sakon Yamamoto Aguri Honda 1:13.357
22   Tiago Monteiro MF1 Toyota s/tempo

Classificação Final da CorridaEditar

Pos No Piloto Equipe Volta Tempo/Abandono Grid Pontos
1 6   Felipe Massa Ferrari 71 1:31:53.751 1 10
2 1   Fernando Alonso Renault 71 +18.658 4 8
3 12   Jenson Button Honda 71 +19.394 14 6
4 5   Michael Schumacher Ferrari 71 +24.094 10 5
5 3   Kimi Räikkönen McLaren-Mercedes 71 +28.503 2 4
6 2   Giancarlo Fisichella Renault 71 +30.287 6 3
7 11   Rubens Barrichello Honda 71 +40.294 5 2
8 4   Pedro de la Rosa McLaren-Mercedes 71 +52.068 12 1
9 17   Robert Kubica Sauber-BMW 71 +1:07.642 9
10 22   Takuma Sato Super Aguri-Honda 70 +1 volta 19
11 21   Scott Speed STR-Cosworth 70 +1 volta 16
12 15   Robert Doornbos Red Bull-Ferrari 70 +1 volta 22
13 20   Vitantonio Liuzzi STR-Cosworth 70 +1 volta 15
14 19   Christijan Albers MF1-Toyota 70 +1 volta 17
15 18   Tiago Monteiro MF1-Toyota 69 +2 voltas 21
16 23   Sakon Yamamoto Super Aguri-Honda 69 +2 voltas 20
17 16   Nick Heidfeld Sauber-BMW 63 Acidente 8
Ret 14   David Coulthard Red Bull-Ferrari 14 Caixa de câmbio 18
Ret 8   Jarno Trulli Toyota 10 Suspensão 3
Ret 7   Ralf Schumacher Toyota 9 Suspensão 7
Ret 9   Mark Webber Williams-Cosworth 1 Accidente 11
Ret 10   Nico Rosberg Williams-Cosworth 0 Acidente 13

Voltas mais rápidasEditar

Pos No Piloto Equipe Volta Tempo
1 5   Michael Schumacher Ferrari 70 1:12.162
2 6   Felipe Massa Ferrari 23 1:12.877
3 1   Fernando Alonso Renault 70 1:12.961
4 12   Jenson Button Honda 70 1:13.053
5 2   Giancarlo Fisichella Renault 70 1:13.121
6 3   Kimi Räikkönen McLaren-Mercedes 58 1:13.281
7 23   Sakon Yamamoto Super Aguri-Honda 67 1:13.379
8 11   Rubens Barrichello Honda 48 1:13.391
9 22   Takuma Sato Super Aguri-Honda 47 1:13.401
10 20   Vitantonio Liuzzi STR-Cosworth 69 1:13.687
11 15   Robert Doornbos Red Bull-Ferrari 62 1:13.700
12 4   Pedro de la Rosa McLaren-Mercedes 63 1:13.817
13 21   Scott Speed STR-Cosworth 69 1:13.862
14 17   Robert Kubica Sauber-BMW 25 1:14.117
15 16   Nick Heidfeld Sauber-BMW 18 1:14.163
16 18   Tiago Monteiro Spyker MF1-Toyota 38 1:14.410
17 19   Christijan Albers Spyker MF1-Toyota 61 1:14.591
18 8   Jarno Trulli Toyota 9 1:14.882
19 14   David Coulthard Red Bull-Ferrari 12 1:16.045
20 7   Ralf Schumacher Toyota 8 1:16.835
21 9   Mark Webber Williams-Cosworth sem tempo
22 10   Nico Rosberg Williams-Cosworth sem tempo

RegistrosEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons

Tabela final do campeonatoEditar

Observe que somente as cinco primeiras posições estão incluídas na tabela.

Campeão

Ver tambémEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons

Ligações externasEditar