Abrir menu principal

Wikipédia β

Christian (lutador)

(Redirecionado de Jason Reso)

William Jason "Jay" Reso (Kitchener, 30 de novembro de 1973),[1] é um ex-lutador de luta livre profissional canadense mais conhecido pelos nomes de ringue Christian e Christian Cage, sendo mais conhecido por trabalhar para a WWE e para a Total Nonstop Action Wrestling.

Christian
Christian WM Axxess 2015.jpg
Christian em março de 2015.
Informações pessoais
Nome completo William Jason Reso
Nascimento 30 de novembro de 1973 (44 anos)
Kitchener, Ontário, Canadá
Residência Tampa, Flórida, Estados Unidos
Cônjuge(s) Denise Hartmann (c. 2001)
Filho(s) 1
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
The Canadian Rage[1]
Christian[2]
Christian Cage[1]
Conquistador Dos[3]
The Suicide Blonde[1]
The Male Nurse[4]
Altura
anunciada
1 85 m[1][2]
Peso
anunciado
212 lb (96 kg)[2]
Anunciado
de
Toronto, Ontário,Canadá[2] Tampa, Florida (WM18, TNA)
Treinado
por
Dory Funk Jr.[1]
Ron Hutchinson[5]
Estreia 1995[5]
Aposentadoria 2015

Reso foi treinado pelos lutadores Ron Hutchinson, Dory Funk, Jr. e Tom Prichard, estreando em junho de 1995. Durante seu tempo em pequenas promoções independentes, ele competiu como lutador individual e de duplas, com Edge, seu, na história, irmão. Em 1998, Reso foi contratado pela WWF, capturando o Campeonato dos Pesos-Leves da WWF. Edge e ele ganhariam o Campeonato Mundial das Duplas da WWF em sete ocasiões diferentes. Deixou a WWE em 2005 e foi para a Total Nonstop Action Wrestling (TNA).

No total, Reso ganhou 22 títulos na WWE e TNA, sendo seis vezes campeão mundial (duas vezes Campeão Mundial dos Pesos-Pesados da NWA, duas vezes Campeão da ECW e duas vezes Campeão Mundial dos Pesos-Pesados), sendo também uma vez Campeão dos Pesos-Leves da WWF, uma vez Campeão Hardcore da WWF, uma vez Campeão Europeu da WWF, quatro vezes Campeão Intercontinental da WWF/E e nove vezes Campeão Mundial das Duplas. Em maio de 2011, Reso se tornou o vigésimo terceiro Campeão da Tríplice Coroa e o décimo primeio Campeão do Grand Slam na história da WWE.

Índice

Vida pessoalEditar

William Jason Reso nasceu em Kitchener, Ontario, Canadá em 30 de novembro de 1973, filho de um pai estadunidense e uma mãe canadense.[1][6] Na infância, Reso jogou hockey e era fã de wrestling profissional.[6] Após mudar-se para Orangeville, Reso conheceu Adam Copeland, que tornou-se seu melhor amigo e, mais tarde, parceiro de luta como "Edge" e "Sexton Hardcastle".[5][7] Os dois foram ao colégio juntos na Orangeville District Secondary School.[5][7] Antes de mudar-se para Orangeville, Reso viveu em Huntsville e East Luther-Grand Valley.[6] Ele é bom amigo do também lutador Terry Gerin, mais conhecido como "Rhino", "Rhyno" e "Rhino Richards".[7] Reso atualmente vive em Tampa, Flórida, com sua esposa, Denise, com quem é casado desde 2001.[1]

Carreira no wrestling profissionalEditar

Início (1994—1998)Editar

Em setembro de 1994, Reso passou a frequentar uma escola de wrestling profissional no Sully's Gym, sendo treinado por Ron Hutchinson.[5] Um dos primeiros nomes usados por Reso, "Christian Cage", foi a combinação dos nomes de dois atores, Christian Slater e Nicolas Cage.[5][7] A carreira de Christian começou em junho de 1995, em uma luta contra Zakk Wyld (Keith Assoun), que terminou em empate.[5] Em 1997, ele fez parte do grupo THUG Life, uma aliança que incluia Joe E. Legend, Zakk Wyld, Rhino Richards e Sexton Hardcastle. Como dupla no circuito independente canadense, Copeland e Reso eram conhecidos como "High Impact" e "The Suicide Blondes". A dupla conquistou títulos em diversas promoções independentes, competindo também no Japão e nos Estados Unidos.[8] Reso ganhou o Heavyweight Championship da East Coast Wrestling Association (ECWA) em 18 de julho de 1998, o mantendo até 15 de outubro de 1999.[9]

Quando Copeland recebeu uma luta-teste na World Wrestling Federation (WWF), Reso foi com ele. Os dois se enfrentaram em uma luta-teste não-televisionada e Copeland foi contratado.[8] Com Copeland no território de desenvolvimento, ele fez com que Reso fosse convidado para treinar no "The Funking Conservatory" de Dory Funk, Jr. em 1998.[10] Após completar o treinamento, Reso foi contratado pela WWF.[8]

World Wrestling Federation / Entertainment (1998—2005)Editar

The Brood (1998—1999)Editar

 Ver artigo principal: The Brood (wrestling profissional)
 
Christian (esquerda) com Edge em suas vestes de Brood, que trajavam com símbolos góticos.

Quando Reso foi contratado pela World Wrestling Federation (WWF), ele diminuiu seu nome para Christian.[5] Reso fez sua estreia televisiva em 27 de setembro de 1998, no Breakdown: In Your House, distraindo Edge durante sua luta contra Owen Hart para revelar sua aliança com Gangrel.[11][12] Ele conquistou o WWF Light Heavyweight Championship em sua estreia, ao derrotar Taka Michinoku em 18 de outubro de 1998, no Judgment Day: In Your House.[5][13]

Christian, interpretando um vampiro, formou um grupo ("stable") com Gangrel e Edge, que, na história, foi finalmente persuadido a unir-se a eles. O grupo foi batizado de The Brood.[14] The Brood, por pouco tempo, rivalizou e mais tarde uniu-se ao Ministry of Darkness de The Undertaker. Ao descobrir que Christian havia sido espancado para contar a Ken Shamrock sobre o paradeiro de Stephanie McMahon, The Undertaker o puniu, espancando-o.[14] Mais leais à The Brood do que ao Ministry, Edge e Gangrel traíram Undertaker e salvaram Christian de um futuro sacrifício.

Edge & Christian (1999—2001)Editar

 Ver artigo principal: Edge e Christian
 
Christian assinando autógrafos em 1999.

Em 1999, Christian e Edge separaram-se de Gangrel, que associou-se aos The Hardy Boyz (Jeff e Matt Hardy) para formar The New Brood. Como resultado, eles começaram uma rivalidade com The Hardy Boyz, competindo em uma luta de escadas no No Mercy em 17 de outubro de 1999 pelo direito de ter Terri Runnels como manager e $100,000. Os Hardyz venceram, no entanto.[15] No WrestleMania 2000 em 2 de abril de 2000, Christian e Edge derrotaram The Hardy Boyz e The Dudley Boyz (Bubba Ray e D-Von) para ganhar o WWF Tag Team Championship em uma luta Triangle Ladder, o que levou a criação da luta Tables, Ladders, and Chairs (TLC).[16][17]

 
Christian (direita) e Edge no King of the Ring de 2000 realizando a pose de cinco segundos.

Após a vitória, Christian e Edge passaram a interpretar vilões "legais", que posavam por cinco segundos para fotos "daqueles sem flash".[5][18] No SummerSlam em 27 de agosto de 2000, a dupla defendeu o título na primeira luta TLC contra The Hardy Boyz e The Dudley Boyz.[19] No Royal Rumble em 21 de janeiro de 2001, Christian e Edge perderam o título para os Dudley Boyz.[20][21] Eles não conseguiram conquistar o título no mês seguinte, no No Way Out,[22] o recuperando no WrestleMania X-Seven na segunda luta TLC envolvendo também os Hardy Boyz.[23][24] Christian e Edge foram derrotados pelos Brothers of Destruction (Kane e The Undertaker) pelo título no SmackDown! de 19 de abril de 2001.[25]

Após perder o título, desentendimentos entre a dupla começaram após Edge ganhar o torneio King of the Ring de 2001 em 24 de junho.[26] Durante essa época, Edge tornou-se um mocinho durante a "Invasion". Christian traiu Edge logo depois,[27] resultando em uma rivalidade pelo WWF Intercontinental Championship de Edge por vários meses, com o título mudando de mãos duas vezes.[28]

Campeão Intercontinental (2002—2004)Editar

Christian começou sua carreira individual conquistando o WWF European Championship de Bradshaw em outubro de 2001,[29] o perdendo para Diamond Dallas Page em janeiro de 2002. Após uma série de derrotas, Christian anunciou que estava deixando a WWF, mas Page persuadiu Christian a reconsiderar sua decição, o adotando como discípulo.[5] Christian traiu Page e o enfrentou pelo European Championship no WrestleMania X8 em 17 de março de 2002, sendo derrotado.[5] Durante o mesmo evento, Christian derrotou Mighty Molly para ganhar o WWF Hardcore Championship, mas perdeu o título para Maven mais tarde naquela noite.[30]

 
Christian em 2002 como Campeão Mundial de Duplas com Lance Storm.

Após o WrestleMania X8, Christian formou uma aliança com os lutadores canadenses Lance Storm e Test em junho de 2002, formando um grupo chamado The Un-Americans. Juntos, Christian e Storm conquistaram o WWE Tag Team Championship, antes conhecido como WWF Tag Team Championship em 21 de julho de 2002 no Vengeance, perdendo no WWE Raw de 23 de setembro para The Hurricane e Kane.[31] Ele formou uma dupla com Chris Jericho, com quem conquistou o World Tag Team Championship, o renomeado WWE Tag Team Championship, em 14 de outubro de 2002.[31][32] Christian e Jericho perderam o título em uma luta de eliminação também envolvendo The Dudley Boyz, Booker T & Goldust e William Regal & Lance Storm, no Armageddon.[33]

Em 2003, após receber apoio de The Rock, Christian proclamou-se "People's Champion" ("Campeão das Pessoas"), chamando seus fãs de "The Peeps".[34][35] Ele venceu uma battle royal de nove lutadores no Judgment Day em 18 de maio de 2003 pelo WWE Intercontinental Championship, o renomeado "WWF Intercontinental Championship".[28] No Raw da noite seguinte, ele apareceu no talk show de Jericho, The Highlight Reel, com um novo corte de cabelo e roupas de luta.[36] Christian perderia o Intercontinental Championship para Booker T no Raw de 7 de julho de 2003.[28] Christian, no entanto, reconquistaria o título em um evento não-televisionado em 10 de agosto, após Booker se lesionar.[28]

Também em 2003, Christian e Jericho começariam romances com as WWE Divas Trish Stratus e Lita, respectivamente. Como parte da história, os dois haviam apostado um dólar canadense em quem conseguisse dormir com a sua respectiva Diva primeiro.[37][38] Apesar da aposta, Jericho continuaria sua relação com Stratus, o que resultaria em uma briga entre os dois. No WrestleMania XX, em 14 de março de 2004, Jericho e Christian se enfrentaram. Durante a luta, Stratus acidentalmente acertou Jericho, permitindo que Christian vencesse.[39] Stratus aliou-se a Christian, tornando-se sua namorada. Durante uma luta em uma jaula contra Jericho no Raw de 10 de maio de 2004, Christian sofreu uma lesão nas costas, o que fez com que Christian deixasse as lutas por quatro meses.[7][40] Ele retornou no Raw de 30 de agosto, marcando contra Jericho uma luta de escadas pelo Intercontinental Championship no Unforgiven. No evento, Jericho derrotou Christian.[41]

Captain Charisma (2004—2005)Editar

O personagem de Christian tornou-se um arrogante vilão, chamando a si mesmo de "Captain Charisma" ("Capitão Carisma") em outubro de 2004. Em 6 de dezembro de 2004, ele foi forçado por Chris Jericho a lutar como Captain Charisma, vestindo uma fantasia de super-herói.[42] Christian passou a ser acompanhado por Tyson Tomko, que interferia em suas lutas para assegurar-lhe a vitória. Mesmo como vilão, Christian conseguiu conquistar alguns fãs, a quem chamava de "Peeps",[43] "Peepulation"[44] ou "Christian Coalition".[45]

Em abril de 2005, Christian participou da primeira luta Money in the Bank, no WrestleMania 21.[46] Após isso, Christian passou a comentar as ações de John Cena, dizendo-se um rapper melhor.[7] Logo depois, Cena, o então-Campeão da WWE, ser transferido para o Raw, defendendo o título contra Christian e Jericho no Vengeance.[47]

No SmackDown! de 30 de junho, Christian foi transferido para o SmackDown! como parte da WWE Draft Lottery. Ele substituiu The Big Show em uma luta de eliminação de trios pelo recém-criado SmackDown! Championship, sendo derrotado por John "Bradshaw" Layfield.[48] Logo depois, ele tornou-se o apresentador de um programa de entrevistas no SmackDown!, o The Peep Show.[49]

Em 31 de outubro de 2005, o contrato de Reso com a WWE expirou.[49] De acordo com o jornalista Dave Meltzer, Reso recusou-se a renovar o contrato.[49] Sua última luta foi durante as gravações do SmackDown! de 4 de novembro.[49] Mesmo sem contrato, Christian apareceu no Raw de 31 de outubro e no Taboo Tuesday no dia seguinte, cumprindo suas obrigações contratuais com a companhia, já que era um dos cinco lutadores que poderia ser votado pelos fãs para enfrentar Snitsky e Chris Masters no evento.[50][51]

A partir de 2007, Reso passou a referir-se a si mesmo como "The Instant Classic" ("Clássico Instantâneo"), apesar de continuar a chamar-se "Captain Charisma" em aparições fora da televisão e usar roupas com "Captain Charisma" escrito durante suas entradas em eventos não-televisionados.[52]

Total Nonstop Action Wrestling (2005—2008)Editar

Estreia e sucesso instantâneo (2005—2006)Editar

 
Reso, com Coach Scott D'Amore, durante sua estreia no Genesis em novembro de 2005.

Reso fez sua estreia na Total Nonstop Action Wrestling (TNA) em 13 de novembro de 2005, no Genesis sob o nome "Christian Cage".[53] Na ocasião, Reso falou sobre suas intenções, entre elas, ganhar o NWA World Heavyweight Championship de Jeff Jarrett.[53] Coach Scott D'Amore e Bobby Roode do grupo Team Canada ofereceram uma vaga no grupo.[53] Durante o evento, Cage e Team Canada (D'Amore, Roode e Eric Young) tentaram atacar Jarrett.[53] Cage, no entanto, tornou-se um mocinho ao trair D'Amore.[53][53]

Cage fez sua primeira aparição no TNA Impact! em 19 de novembro de 2005, discutindo com Monty Brown.[54] Eles se enfrentaram em um combate para definir o desafiante pelo NWA World Heavyweight Championship no Turning Point, e Cage venceu a luta.[55] Antes da luta, Cage fez sua estreia nos ringues no Impact! de 8 de dezembro, derrotando Bobby Roode.[56] No Final Resolution, em 15 de janeiro de 2006, Cage aliou-se a Sting para derrotar Monty Brown e Jeff Jarrett.[57] Cage derrotou o então-Campeão Mundial dos Pesos-Pesados da NWA Jarrett pelo título no Against All Odds.[58]

Cage teve sua primeira defesa de cinturão contra Brown no Destination X; Cage derrotou Brown para manter o NWA World Heavyweight Championship.[59] Nos Impact!s de 25 de março e 2 de abril, Abyss, Father James Mitchell e Alex Shelley confrontando a esposa de Cage, Denise,[60] e atacando a casa de Christian, quase afogando Cage em sua piscina.[61] Cage enfrentou Abyss no Lockdown em uma luta Six Sides of Steel Cage pelo NWA World Heavyweight Championship, com Cage vencendo. Após a luta, Cage tentou atacar Mitchell, mas foi impedido por Abyss, que o atacou com uma cadeira. Abyss e Mitchell roubaram o cinturão do NWA World Heavyweight Championship e fugiram.[62] No Sacrifice, Cage derrotou Abyss e manteve o NWA Championship em uma luta Full Metal Mayhem rules.[63]

No Slammiversary, Cage foi derrotado por Jeff Jarrett para perder o NWA World Heavyweight Championship em uma luta King of the Mountain, que também envolveu Abyss, Ron Killings e Sting.[64] A luta foi declarada não oficial por Larry Zbyszko e Earl Hebner.[64] O título foi declarado vago por Jim Cornette, que entregou o título a Jarrett. No Victory Road, Cage enfrentou Samoa Joe, Scott Steiner e Sting para definir o desafiante pelo título, luta vencida por Sting.[65] Sting.[66]

Diversas rivalidades (2006—2007)Editar

 
Reso em um evento da TNA em 2006

Após o Victory Road, Cage tornou-se amigo do novo desafiante Sting no Impact! de 17 de julho de 2006, ao desculpar-se por seu comportamento.[67] Ele anunciou que havia sido autorizado por Jim Cornette a ficar no córner de Sting durante sua luta contra Jarrett pelo NWA World Heavyweight Championship no Hard Justice.[67] Sting aceitou a oferta de Christian.[68] No Hard Justice, Cage tentou ajudar Sting a vencer, até traí-lo, quebrando o violão de Jarrett na cabeça de Sting, tornando-se um vilão.[69][69]

Após o evento, Cage começou uma rivalidade com Rhino, que havia questionado as ações de Cage no Impact! de 17 de agosto; Cage respondeu que havia custado o título de Sting para o bem da TNA.[70] Durante uma entrevista conduzida por Mike Tenay, Cage anunciou que atacou Sting porque este não havia mostrado real vontade de conquistar o título.[71] No Impact! da semana seguinte, Cage foi atacado por Rhino, mas conseguiu incapacitá-lo com cadeiradas.[72] Os dois se enfrentaram no No Surrender, com Cage derrotando Rhino.[73] Cage voltou a derrotar Rhino no Bound for Glory, em uma 8 Mile Street Fight.[74][75]

No Impact! de 23 de novembro, Christian aliou-se novamente a Tomko, que o ajudou a derrotar Sting.[68] No Turning Point, Cage enfrentou Sting e Abyss em uma luta pelo NWA Championship, mas foi derrotado.[76]

Christian's Coalition e demissão (2007—2008, 2012)Editar

 Ver artigo principal: Christian's Coalition
 
Reso [direita] e Tomko reuniram-se na TNA, na Christian's Coalition.

Cage lutou pelo NWA Championship novamente no Final Resolution em 14 de janeiro de 2007 contra Abyss e Sting, dessa vez em uma luta de eliminação. Cage derrotou os dois para conquistar o título.[77] Após Final Resolution, Cage preparou-se para defender o título contra Kurt Angle, que havia derrotado Samoa Joe em uma luta Iron Man de 30 minutos no Final Resolution.[77] Antes da luta no Against All Odds em 11 de fevereiro, Cage anunciou no Impact! de 17 de janeiro que havia contratado um treinador especial.[78] No Impact! de 8 de fevereiro, foi revelado que o treinador era Scott Steiner, que atacou Angle após um combate entre Angle & Joe contra Cage & A.J. Styles.[79] Cage manteve o NWA World Heavyweight Championship contra Angle no Against All Odds em uma luta com Joe como fiscal.[80]

No Impact! de 8 de março, Cage proclamou que ele, Tomko e Steiner eram uma "família inseparável", batizando o trio de Christian's Coalition.[81] Após derrotar Samoa Joe no Destination X,[82] Cage foi anunciado como capitão de um dos times para a luta Lethal Lockdown no Lockdown contra o time de Angle.[83] O time de Cage, consistindo de Cage, Tomko, Steiner, A.J. Styles e Abyss, seria derrotado pelo time de Angle, consistindo de Angle, Joe, Rhino, Sting e Jeff Jarrett no Lockdown.[84] Como estipulação prévia, Sting tornou-se desafiante pelo NWA World Heavyweight Championship no Sacrifice.[84][85]

 
Reso como "Christian Cage"

Mais tarde, Abyss foi expulso do grupo após atacar Cage no Impact! de 19 de abril de 2007.[86] Steiner foi o próximo a deixar o grupo, atacando Tomko após eles perderem uma luta de duplas no Sacrifice.[87] Cage deveria defender o NWA Championship contra Sting no Sacrifice, mas, no Impact! de 3 de maio, Angle foi colocado no combate.[88] No dia do evento, a National Wrestling Alliance (NWA), donos do NWA World Heavyweight e NWA World Tag Team Championships, tiraram os títulos de Cage e Team 3D.[89] O diretor executivo da NWA Robert K. Trobich afirmou que tomou a ação porque Cage recusava-se a defender o título em eventos da NWA.[89] No evento, Cage defendeu o título contra Angle e Sting, apesar de ser conhecido apenas como "World Heavyweight Championship". Angle venceu o combate.[87] No Impact! após o evento, Angle anunciou ter o TNA World Heavyweight Championship.[90] Devido a controvérsia sobre o fim da luta no Sacrifice, o título foi declarado vago. O campeão seria escolhido por uma luta King of the Mountain no Slammiversary.[90] Cage conquistou uma vaga no combate ao derrotar Abyss no Impact! de 14 de junho.[91] Angle foi o vencedor, no entanto.[92]

Após derrotar Harris no Victory Road em 17 de julho de 2007[93] e Tomko, Styles, e sendo derrotado por Andrew Martin, Sting e Abyss no Hard Justice em uma luta Doomsday Chamber of Blood para tornar-se o desafiante pelo TNA Championship,[94] Cage reiniciou sua rivalidade com Samoa Joe. Os dois se enfrentaram no No Surrender em 9 de setembro, quando Cage derrotou Joe por desqualificação após Joe recusou-se a soltar um movimento de submissão.[95] Os dois se enfrentaram novamente no Bound for Glory com Matt Morgan como regulador das regras. Joe derrotou Cage para acabar com seus 23 meses sem derrotas.[96] Cage e Joe enfrentaram-se mais uma vez no Impact! de 18 de outubro, com uma vaga no Torneio Fight for the Right de 2007 para tornar-se desafiante pelo TNA Championship.[97] Cage defeated Joe to gain entry.[97] Cage chegou à final do torneio, enfrentando Kaz no Impact! de 8 de novembro. Cage derrotou Kaz após interferência de Styles e Tomko, a luta acabou sem final, com a final determinada no Genesis em uma ladder match.[98] Cage, no entanto, falhou em vencer o torneio.[99]

 
Reso em setembro de 2008

Mais tarde, Styles e Tomko ajudaram Angle o reter o título.[99] Styles e Tomko tornaram-se membros da The Angle Alliance, o que resultou em uma luta entre Angle e Cage no Final Resolution, em 6 de janeiro de 2008, fazendo de Cage um mocinho.[100] No Impact! de 3 de janeiro, Tomko abandonou a Christian's Coalition e a The Angle Alliance.[101] Cage falhou em ganhar o título no Final Resolution, após ser traído por Styles, encerrando a Christian's Coalition.[102] Cage conseguiu uma revanche contra Angle no Against All Odds com Samoa Joe como reforçador de regras. Ele novamente foi derrotado após interferência de Tomko.[103]

Cage aliou-se a Joe e Kevin Nash, chamando-se Unlikely Alliance, no Destination X em 9 de março de 2008, para derrotar a Angle Alliance (Angle, Styles e Tomko).[104] Cage, com Tomko, foram anunciados como capitães de times opostos na luta Lethal Lockdown no Lockdown.[105] Team Cage (Cage, Rhino, Nash, Morgan e Sting) derrotou Team Tomko (Tomko, Styles, Brother Devon, Brother Ray e James Storm) no evento.[106] Mais tarde, Cage e Rhino passaram a competir como uma dupla regular, envolvendo-se no Torneio Deuce's Wild Tag Team pelo TNA World Tag Team Championship. Eles falharam em conquistar o título no Sacrifice.[107] Cage e Rhino envolveram-se como lutadores individuais na luta King of the Mountain pelo TNA Championship no Slammiversary, mas foram derrotados.[108] Cage e Rhino aliaram-se a Styles, sendo derrotados por Angle, Brother Devon e Brother Ray em uma luta Full Metal Mayhem no Victory Road em 13 de julho de 2008.[109] No Hard Justice, Cage e Rhino derrotaram Team 3D em uma New Jersey Street Fight.[110] Cage enfrentou Samoa Joe e Angle pelo TNA Championship no No Surrender, mas novamente não tornou-se campeão.[111] Cage, então, foi derrotado em uma luta que também envolveu Styles e Booker T no Bound for Glory IV.[112] Cage foi derrotado por Booker em sua última luta na TNA em 9 de novembro de 2008, pelo Legends Championship no Turning Point, com a estipulação de que, se perdesse, Cage deveria unir-se a Main Event Mafia.[113] No Impact! de 13 de novembro, Cage fez sua última aparição na TNA antes do fim de seu contrato, sendo atacado por Angle, Booker T, Nash e Scott Steiner.[114]

Reso retornou à TNA para uma aparição no Slammiversary (2012) como Christian Cage, anunciando um dos momentos escolhidos pelos telespectadores (o retorno de Sting no Final Resolution de 2006). Como parte do contrato, Ric Flair pôde ser usado pela WWE e introduzido ao Hall da Fama como membro dos Four Horsemen.

Retorno a World Wrestling Entertainment / WWE (2009—2015)Editar

ECW (2009—2010)Editar

 
Reso em um evento da WWE.

Durante uma entrevista com a presidente da TNA Dixie Carter, ela confirmou que o contrato de Reso com a TNA havia expirado e ele havia sido recontratado pela World Wrestling Entertainment (WWE).[115] Reso não apareceu na promoção até 10 de fevereiro de 2009, durante um episódio da ECW sob o nome "Christian", como um mocinho confrontando o então-Campeão da ECW Jack Swagger.[116] Mais tarde na mesma noite, Christian derrotou Swagger.[116] Na ECW em 24 de fevereiro, Christian foi derrotado por Swagger em uma luta pelo título.[117] Christian ganhou uma battle royal na ECW de 10 de março, conquistando uma vaga na luta Money in the Bank no WrestleMania XXV.[118] Christian, no entanto, não venceu o combate.[119]

Christian venceu um torneio ao derrotar Finlay no WWE Superstars de 16 de abril, tornando-se desafiante pelo ECW Championship no Backlash.[120] No evento, Christian derrotou Swagger para conquistar o título.[121] Tommy Dreamer derrotou Christian e Swagger pelo título no Extreme Rules.[122]

Christian enfrentou Dreamer pelo ECW Championship no Raw de 15 de junho, mas foi derrotado.[123] Após ser novamente derrotado no The Bash em uma Championship Scramble, que também incluiu Swagger, Finlay e Mark Henry, Christian reconquistou o título ao derrotar Dreamer no Night of Champions.[124][125]

Christian manteria o título contra Dreamer em uma luta Extreme Rules na ECW de 4 de agosto.[126] Christian começou uma rivalidade com William Regal pelo título. No SummerSlam, Christian derrotou Regal.[127] Eles se enfrentaram novamente no Breaking Point, com Christian novamente vencendo.[128] Após defender o título contra lutadores como Zack Ryder e Yoshi Tatsu,[129][130] Christian derrotou Shelton Benjamin em uma ladder match para manter o título no TLC: Tables, Ladders & Chairs.[131] Christian tornou-se recordista ao manter o título por mais tempo na era da WWE em dezembro de 2009.[132] No Royal Rumble em 31 de janeiro de 2010, Christian defendeu o título contra Ezekiel Jackson.[133] Ele perdeu o título para Jackson no último episódio da ECW, em 16 de fevereiro de 2010, em uma luta Extreme Rules.[134]

Diversas rivalidades e Campeão Mundial dos Pesos-Pesados (2010—2011)Editar

 
Reso em abril de 2010

No Raw de 22 de fevereiro, Christian foi recontratado pelo Raw. Na mesma noite, ele derrotou Carlito para conquistar uma vaga na luta Money in the Bank do WrestleMania XXVI, a qual ele não venceu.[135] Mais tarde, foi revelado que ele seria um WWE Pro no WWE NXT, mentorando Heath Slater.[136]

Christian foi transferido para o SmackDown no WWE Draft de 2010.[137] No SmackDown de 7 de maio, ele passou a participar de um torneio pelo WWE Intercontinental Championship derrotando Cody Rhodes para chegar às finais, sendo derrotado por Kofi Kingston.[138][139] No SmackDown de 2 de julho, foi anunciado que ele participaria de uma das lutas Money in the Bank no evento Money in the Bank.[140] Novamente, Christian não venceu o combate.[141]

Em setembro de 2010, Christian lesionou seu músculo peitoral, deixando as lutas por cinco meses.[142][143] Na história, Alberto Del Rio teria causado a lesão ao atacar Christian nos bastidores do SmackDown de 24 de setembro de 2010.[144]

Em 20 de fevereiro de 2011, Christian fez seu retorno durante o evento Elimination Chamber, salvando Edge de um ataque de Alberto Del Rio.[145] No SmackDown de 4 de março, ele salvou Edge de um novo ataque de Del Rio.[146] No Raw de 7 de março, Christian derrotou o guarda-costas de Del Rio, Brodus Clay.[147] No SmackDown de 11 de março, Christian e Edge derrotaram Del Rio e Clay.[148] Na semana seguinte, Christian derrotou Del Rio em uma luta em uma jaula, mas acabou sendo atacado por Del Rio e Clay.[149]

No SmackDown de 8 de abril, ele foi derrotado Del Rio, que tornou-se o desafiante pelo World Heavyweight Championship. Após a aposentadoria de Edge, Christian venceu uma battle royal, ganhando o direito de enfrentar Del Rio pelo World Heavyweight Championship no Extreme Rules. No evento, Christian derrotou Del Rio, ganhando o título. Ele tornou-se, assim, o primeiro homem a ganhar o NWA, ECW e World Heavyweight Championships,[150] e o terceiro a tornar-se Campeão Mundial na NWA e WWE, após Buddy Rogers e Ric Flair.

No SmackDown de 6 de maio, cinco dias após o Extreme Rules, Christian perdeu o título para Randy Orton.[151] No Over the Limit, ele não conseguiu derrotar Orton pelo título.[152] No SmackDown de 3 de junho, Christian foi o árbitro da luta pelo World Heavyweight Championship entre Orton e Sheamus. Orton venceria a luta, mas seria atacado por Christian, que tornou-se um vilão pela primeira vez desde 2005. No Capitol Punishment, Christian foi novamente derrotado por Orton.[153] No Money in the Bank, Christian ganhou o World Heavyweight Championship, após Orton ser desqualificado após chutar as partes baixas de Christian; como estipulação da luta, Orton perderia o título se fosse desqualificado.[154] No SummerSlam, Christian perdeu World Heavyweight Championship para Orton em uma luta No Holds Barred.[155][156] Christian começou uma rialidade com Sheamus, sendo derrotado por ele no Hell in a Cell e Vengeance.[157][158]

No SmackDown de 4 de novembro, Christian foi atacado por Big Show, tendo que, na história, sofrer uma cirurgia no pescoço, o que o impedia de competir.[159] Durante uma turnê europeia, Christian lesionou seu tornozelo.[160] Ele retornou em dezembro, fazendo aparições nos Slammy Awards e WWE Tribute to the Troops.[161][162]

Retorno e Campeão Intercontinental (2012—2014)Editar

 
Christian como Campeão Intercontinental.

Christian retornou no Elimination Chamber em 19 de fevereiro de 2012, aliando-se a John Laurinaitis.[163] No SmackDown de 16 de março, Christian apresentou uma edição do 'Peep Show', tornando-se membro do time de Laurinaitis no WrestleMania XXVIII.[164] No Raw de 26 de março, Christian novamente lesionou seu ombro em uma luta contra CM Punk.[165] Mesmo lesionado, Christian introduziu Edge ao Hall da Fama, mas não participou do WrestleMania.[166]

Christian fez seu retorno no Over the Limit, vencendo uma battle royal e tornando-se desafiante pelo United States Championship ou Intercontinental Championship. Ele tornou-se um mocinho ao escolher enfrentar Cody Rhodes pelo Intercontinental Championship. Ele derrotou Rhodes e ganhou o título pela quarta vez em sua carreira.[167][168] No No Way Out, Christian derrotou Rhodes para manter o título.[169] No SmackDown de 29 de junho, Christian e o Campeão dos Estados Unidos Santino Marella derrotaram Rhodes e David Otunga para se qualificar para a luta Money in the Bank por uma chance pelo World Heavyweight Championship.[170] No Money in the Bank, o combate foi vencido por Dolph Ziggler.[171] No Raw 1000, em 23 de julho, Christian perdeu o título para The Miz.[172] Ele foi derrotado em uma revanche no SmackDown quatro dias depois.[173] No SmackDown de 14 de setembro, Christian, novamente lesionado, fez uma aparição via satélite, condenando o movimento Brogue Kick de Sheamus, aliando-se a Alberto Del Rio, David Otunga e Ricardo Rodriguez.[174]

Ele retornou no Raw de 17 de junho de 2013, como um mocinho, derrotando Wade Barrett. No SmackDown da semana seguinte, Christian derrotou Randy Orton e Rob Van Dam para se tornar o desafiante pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados de Alberto Del Rio no SummerSlam. No Raw de 9 de setembro, Triple H ordenou que a Shield atacasse Christian como represália a Edge. No Raw de 9 de dezembro, Christian entregou o Slammy Award pelo Momento "This is Awesome" do Ano. Mais tarde, ele participou cerimônia de elevação dos títulos mundiais da WWE.

Christian retornou no SmackDown de 31 de janeiro de 2014, derrotando Jack Swagger em uma luta qualificatória para a Elimination Chamber pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE.[175] No episódio do Raw em 17 de fevereiro de 2014, Christian atacou Bryan por trás, após uma distração de Kane antes de perder para o mesmo logo depois.[175] No Elimination Chamber ele eliminou Sheamus antes de ser eliminado por Bryan.[176] No Raw em 24 de fevereiro, Christian perdeu para Sheamus após discutir com o mesmo anteriormente.[177] Um M~es depois, no Raw de 24 de março, Christian ganhou uma luta fatal four way incluindo Alberto Del Rio, Dolph Ziggler e Sheamus para desafiar Big E pelo WWE Intercontinental Championship, mas devido a ele sofrer uma concussão depois da luta, não pode competir.

Aparições ocasionais e aposentadoria (2014–presente)Editar

 
Christian apresentando o Peep Show no Night of Champions.

Após sofrer a concussão, Christian apareceu em painéis de discussão do pré-show de eventos da WWE incluindo o NXT TakeOver, Money in the Bank e Battleground.[178][179][180] Ele também realizou o Peep Show com Chris Jericho no Night of Champions em setembro e com Dean Ambrose no SmackDown de 7 de novembro.

Christian e Edge foram os convidados especiais do Raw de 29 de dezembro.[181] Durante a transmissão, de forma não oficial, o comentarista Jerry Lawler se dirigiu a Christian com "aposentado". O PWInsider subsequentemente corroborou com a afirmação de Lawler, dizendo ainda que devido a múltiplas concussões e outras lesões durante sua passagem pela WWE, e a despeito dele ainda ter um ano de contrato, a empresa considerava Christian como aposentado dos ringues.[182] Christian posteriormente desmentiu isso;[carece de fontes?] Entretanto, no podcast de Stone Cold Steve Austin em 7 de setembro de 2015 no WWE Network ele discursou sobre sua carreira em sentenças no pretérito e falando como era se "arrumar" para a "vida depois do wrestling".[183] Em 27 de outubro, o perfil de Christian no site da WWE foi movido para seção de ex-empregados, confirmando sua aposentadoria.[2]

Em meados de 2016, Reso foi liberado de seu contrato como lutador.[184]

No wrestlingEditar

Títulos e prêmiosEditar

Referências

  1. a b c d e f g h i j k «Christian Cage's profile». Online World of Wrestling. Consultado em 5 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 23 de junho de 2012 
  2. a b c d e «Christian's bio». World Wrestling Entertainment. Consultado em 27 de abril de 2010 
  3. «Bodyslamming profile». Bodyslamming. Consultado em 26 de março de 2014. Cópia arquivada em 26 de junho de 2009 
  4. Talk is Jericho. «TIJ - EP184 - Jericho 25th Anniversary». PodcastOne.com. PodcastOne. Consultado em 11 de outubro de 2015 
  5. a b c d e f g h i j k l Milner, John; Kamchen, Richard. «Christian Cage Bio». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer 
  6. a b c Mackinder, Matt (4 de novembro de 2007). «Cage DVD worth it for extras». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  7. a b c d e f «Straight Shootin' with Christian Cage». Ring of Honor. Cópia arquivada em 25 de maio de 2009 
  8. a b c Evans, Ant. «Power Slam». Jay’s Reso-lution. SW Publishing LTD. p. 26. 132 
  9. a b Dupree, Jim. «ECWA – East Coast Wrestling Association World Heavyweight Title History». Solie.org. Consultado em 23 de outubro de 2009 
  10. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge. [S.l.]: WWE Books. p. 116. ISBN 978-1-4165-1130-4 
  11. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge. [S.l.]: WWE Books. p. 119. ISBN 978-1-4165-1130-4 
  12. Powell, John (28 de setembro de 1998). «Austin loses title at Breakdown». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de janeiro de 2009 
  13. a b «History Of The Light Heavyweight Championship – Christian (1)». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2 de junho de 2008 
  14. a b Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge. [S.l.]: WWE Books. p. 120. ISBN 978-1-4165-1130-4 
  15. Powell, John (18 de outubro de 1999). «Tag match highlights No Mercy». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de janeiro de 2008 
  16. «2007 Wrestling almanac & book of facts». Wrestling’s historical cards. Kappa Publishing. 2007. p. 105 
  17. Russo, Ric; Brian Fritz (7 de abril de 2000). «WrestleMania Fallout – Solofa 'Rikishi' Fatu Is Riding High After 10 Years In Ring». The Orlando Sentinel: 21 
  18. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge. [S.l.]: WWE Books. p. 155. ISBN 978-1-4165-1130-4 
  19. Powell, John (28 de agosto de 2000). «Stunts highlight SummerSlam». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de março de 2009 
  20. Powell, John. «Surprises dominate Rumble 2001». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 22 de dezembro de 2008 
  21. Rose, Chris (23 de janeiro de 2001). «Blood, sweat and cheers – When the World Wrestling Federation comes to town, the arena is full, the rock 'n' roll is loud and you definitely better be ready to rumble». The Times-Picayune: 01 
  22. «No Way Out 2001 Results». World Wrestling Entertainment. Consultado em 10 de maio de 2012 
  23. «2007 Wrestling almanac & book of facts». Wrestling’s historical cards. Kappa Publishing. 2007. p. 106 
  24. «2007 Wrestling almanac & book of facts». Wrestling’s historical cards. Kappa Publishing. 2007. p. 107 
  25. «Brothers of Destruction's first reign». World Wrestling Entertainment. Consultado em 23 de maio de 2007 
  26. Powell, Jason (25 de junho de 2001). «Angle and Edge rule KOTR». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 19 de março de 2009 
  27. Quijones, Eric (13 de setembro de 2001). «'Smackdown!' to be aired live». The Star-Ledger: 80 
  28. a b c d e «History Of The Intercontinental Championship». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2 de junho de 2008 
  29. a b «History Of The European Championship – Christian (1)». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2 de junho de 2008 
  30. Gramlich, Chris (18 de março de 2002). «Hogan passes torch at WrestleMania». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 24 de março de 2009 
  31. a b c «History Of The World Tag Team Championship». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2 de junho de 2008 
  32. Marvez, Alex (18 de outubro de 2002). «Newest Story Line For No Mercy Show Makes No Sense». South Florida Sun-Sentinel: 42 
  33. «Armageddon 2002 results». World Wrestling Entertainment. 15 de dezembro de 2002. Consultado em 10 de maio de 2012 
  34. «WWE RAW RESULTS – April 7, 2003». Online World Of Wrestling. 7 de abril de 2004. Consultado em 2 de maio de 2008 
  35. «WWE RAW RESULTS – June 2, 2003». Online World Of Wrestling. Consultado em 2 de maio de 2008 
  36. «Raw results – May 19, 2003». Online World of Wrestling. 19 de maio de 2003. Consultado em 24 de março de 2009. Christian, who comes out with a brand new short haircut [...] Christian says he's a new man, with a new look, and couldn't have done it without his loyal fans. 
  37. «Raw results – December 8, 2003». Online World of Wrestling. 8 de dezembro de 2003. Consultado em 24 de março de 2009 
  38. Kahuna, Big (11 de dezembro de 2003). «Still solid as The Rock». The Malay Mail 
  39. «WrestleMania XX Results». World Wrestling Entertainment. Consultado em 10 de maio de 2012 
  40. Martin, Adam (10 de maio de 2004). «Full WWE Raw Results – 5/10/04 – San Jose, CA (Five big matches and more)». WrestleView. Consultado em 24 de março de 2009 
  41. «Orton becomes the Hunter» (Internet Archive). WrestleView. World Wrestling Entertainment. 30 de agosto de 2004. Consultado em 24 de março de 2009 
  42. Rocko, Mumbo (9 de dezembro de 2004). «Lita gets her Stratus-faction». The Malay Mail 
  43. Jensen, J.J. (19 de maio de 2004). «Everett wrestling fans answer brawl of the wild». The Seattle Times. Consultado em 30 de agosto de 2009 
  44. Robinson, Jon (3 de abril de 2009). «WWE: Christian is the King of Pain». ESPN. Consultado em 30 de agosto de 2009 
  45. Sokol, Chris (8 de julho de 2005). «Smackdown: BWO triumphs; terrorist angle airs». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de agosto de 2009 
  46. Plummer, Dale (4 de abril de 2005). «Batista, Cena go over but undercard steals the show». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 11 de dezembro de 2009 
  47. Sokol, Chris (27 de junho de 2005). «Batista retains with a Vengeance». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de agosto de 2009 
  48. Carrington, L. Anne (30 de junho de 2005). «SmackDown Results – 6/30/05 – Anaheim, CA (Final two draft picks)». WrestleView. Consultado em 30 de agosto de 2009 
  49. a b c d «Christian, WWE part ways». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. 31 de outubro de 2005. Consultado em 20 de janeiro de 2009 
  50. Keller, Wade (31 de outubro de 2005). «Keller's Raw report 10/31: Ongoing "virtual time" coverage of live show». PWTorch.com. Consultado em 31 de outubro de 2009 
  51. Sokol, Chris (2 de novembro de 2005). «Taboo Tuesday delivers decently». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 11 de dezembro de 2009 
  52. «WWE & Christian Fighting Over "Captain Charisma"». 411mania.com. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  53. a b c d e f LaCroix, Corey David (15 de janeiro de 2008). «Genesis turns Christian and much more». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 18 de setembro de 2009 
  54. Madavi, Paul (20 de novembro de 2005). «11/19 TNA Impact review: TNA Airs Solid Show with Good Character Development». PWTorch.com. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  55. Kapur, Bob (12 de dezembro de 2005). «Ups and downs to Turning Point». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  56. Caldwell, James (9 de dezembro de 2005). «Caldwell's Impact report 12/8: Christian's first TNA match, Samoa Joe dominates, Jarrett's green hair». PWTorch.com. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  57. Brady, Hicks. «2006: The year in wrestling». 2007 Wrestling Almanac and book of facts. Kappa Publications. p. 16. 2007 Edition 
  58. Clevett, Jason (13 de fevereiro de 2006). «Against All Odds Christian Cage crowned champion». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  59. Martin, Adam (12 de março de 2006). «Destination X PPV results 3/12/06 Orlando, FL (Scott Steiner debuts)». WrestleView.com. Consultado em 29 de setembro de 2009 
  60. Sokol, Chris (26 de março de 2006). «Impact: Team USA warms up». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  61. Sokol, Chris (2 de abril de 2006). «Impact: Steeling for a PPV & schedule change». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  62. Sokol, Chris (24 de abril de 2006). «Lockdown not a letdown». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  63. Sokol, Chris (14 de maio de 2006). «TNA makes good on Sacrifice PPV». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  64. a b Sokol, Chris (19 de junho de 2006). «Title held up after TNA Slammiversary». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  65. Droste, Ryan (30 de junho de 2006). «iMPACT! Results – 6/29/06 (Cornette's Company Meeting, much more)». WrestleView.com. Consultado em 29 de setembro de 2009 
  66. Sokol, Chris (17 de julho de 2006). «Sting succeeds on Victory Road». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de setembro de 2009 
  67. a b Droste, Ryan (28 de julho de 2006). «Impact! results – 7/27/06 (Rhino vs. Samoa Joe, 4-Way Match, more)». WrestleView.com. Consultado em 30 de setembro de 2009. Christian Cage's theme comes on, and he makes his way to the ring with a mic in hand. The fans chant his name, but he says the gesture is appreciated but he doesn't deserve it tonight. He says he came out to apologize to Sting for the last couple of months. He says he doubted Sting, his character, and the reasons he came to TNA. He says he realized something when Sting won the number one contender's match. He says Sting came back to make TNA the greatest wrestling promotion in the world. He says Sting came back to pave the road for guys like him, and the only way to do that is to get rid of the cancer. Christian says he didn't see it at the time, he was too busy being selfish and worrying about his own agenda. Christian says for that, he is saying that he is sorry. He says last week he asked Cornette if he can be in Sting's corner at Hard Justice. Cornette told him he needs Sting's approval. Sting's theme comes on. Sting is up in the rafters. Sting says he didn't come here to try and make TNA the best promotion in the world, it already is number one. Sting says Christian will get his answer in due time, but right now the only thing on his mind is removing the cancer from TNA at Hard Justice. 
  68. a b Caldwell, James (3 de agosto de 2006). «Caldwell's Impact report 8/3: Ongoing "virtual time" coverage of show». PWTorch.com. Consultado em 29 de setembro de 2009 
  69. a b Sokol, Chris (16 de agosto de 2006). «Cage turns on Sting at fiery Hard Justice». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 29 de setembro de 2009 
  70. Sokol, Chris (18 de agosto de 2006). «Impact: Natural storylines continue». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de setembro de 2009 
  71. Caldwell, James (17 de agosto de 2006). «Caldwell's Impact report 8/17: Ongoing "virtual time" coverage of show». PWTorch.com. Consultado em 30 de setembro de 2009 
  72. Keller, Wade (27 de agosto de 2006). «Keller's Impact report 8/24: Styles & Daniels vs. LAX for tag titles, Christian-Rhino angle». PWTorch.com. Consultado em 30 de setembro de 2009 
  73. Clevett, Jason (25 de setembro de 2006). «Ultimate X steals No Surrender». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de setembro de 2009 
  74. Sokol, Chris (23 de outubro de 2006). «Sting new champ after Bound For Glory». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de setembro de 2009 
  75. Sokol, Chris (16 de novembro de 2006). «Impact: Hot show genesis of something bigger». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de setembro de 2009 
  76. Sokol, Chris (11 de dezembro de 2006). «Samoa Joe finally tops Angle at Turning Point». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 1 de outubro de 2009 
  77. a b Sokol, Chris (15 de janeiro de 2007). «Cage, Angle on top after Final Resolution». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 1 de outubro de 2009 
  78. Caldwell, James (17 de janeiro de 2007). «Caldwell's Impact report 1/18: Ongoing live coverage on Spike TV show». PWTorch.com. Consultado em 1 de outubro de 2009 
  79. Sokol, Chris (9 de fevereiro de 2007). «Impact: Steiner revealed as Cage's consultant». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 1 de outubro de 2009 
  80. Sokol, Chris (11 de fevereiro de 2007). «Christian retains belt Against All Odds». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 1 de outubro de 2009 
  81. Caldwell, James (8 de março de 2007). «Caldwell's Impact report 3/8: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV show». PWTorch.com. Consultado em 2 de outubro de 2009 
  82. Sokol, Chris (12 de março de 2007). «Samoa Joe denied at Destination X». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de outubro de 2009 
  83. Caldwell, James (15 de março de 2007). «Caldwell's Impact report 3/15: Ongoing "virtual time" coverage of Spike TV show». PWTorch.com. Consultado em 2 de outubro de 2009 
  84. a b Sokol, Chris (16 de abril de 2007). «Lockdown pulled down by gimmick matches». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de outubro de 2009 
  85. Caldwell, James (5 de abril de 2007). «Caldwell's Impact report 4/5: Ongoing virtual time coverage of Spike TV show». PWTorch.com. Consultado em 2 de outubro de 2009 
  86. Sokol, Chris (19 de abril de 2007). «Impact: Champions collide in main event». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  87. a b Sokol, Chris (14 de maio de 2007). «World title picture muddied after good Sacrifice». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  88. Martin, Adam (3 de maio de 2007). «Impact! results – 5/3/07 ('Sacrifice' main event announced and more)». WrestleView.com. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  89. a b «NWA/Trobich strips TNA/Cage/Team 3D of NWA branded Championships». National Wrestling Alliance. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  90. a b Caldwell, James (18 de maio de 2007). «Caldwell's TNA Impact report 5/17: Angle-Rhino, Daniels-Raven, blood, Gore, and Stomper». PW Torch.com. Consultado em 20 de outubro de 2009. The fans chanted for Christian and Angle said he is the new TNA champion. 
  91. Martin, Adam (14 de junho de 2007). «Impact! results – 6/14/07 (Final KOTM Qualifier, Slammiversary PPV)». Total Nonstop Action Wrestling. WrestleView.com. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  92. Clevett, Jason (17 de junho de 2007). «TNA scores with Slammiversary». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  93. Sokol, Chris (16 de julho de 2007). «Victory Road full of surprises». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  94. Sokol, Chris (13 de agosto de 2007). «Bad booking mars Hard Justice». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  95. Sokol, Chris (10 de setembro de 2007). «No Surrender delivers on Angles and a new TV deal». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  96. Sokol, Chris (15 de outubro de 2007). «Angle gets stung at Bound For Glory». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  97. a b Caldwell, James (18 de outubro de 2007). «Caldwell's TNA Impact report 10/18: Ongoing "virtual time" coverage of two-hour show». PWTorch.com. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  98. Caldwell, James (8 de novembro de 2007). «Caldwell's TNA Impact report 11/8: Ongoing "virtual time" coverage of two-hour show». PWTorch.com. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  99. a b Sokol, Chris (12 de novembro de 2007). «Booker T the surprise, but Angle still champ after Genesis». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  100. Martin, Adam (20 de dezembro de 2007). «Impact results – 12/20/07 (Christmas theme, & Final Resolution PPV)». WrestleView.com. Consultado em 22 de outubro de 2009 
  101. Sokol, Chris (4 de janeiro de 2008). «Impact: Gauntlets rule the night». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de outubro de 2009 
  102. Xamin, Mark (6 de janeiro de 2008). «Styles sides with Angle costing Cage at Final Resolution». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  103. Sokol, Chris (11 de fevereiro de 2008). «Against All Odds: Angle still TNA champ». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  104. Clevett, Jason (10 de março de 2008). «Destination X spotty at best». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  105. Sokol, Chris (14 de março de 2008). «Impact: Lethal Lockdown begins to take shape». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  106. Sokol, Chris (12 de abril de 2008). «TNA Lockdown: Joe captures gold». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  107. Martin, Adam (11 de maio de 2008). «Sacrifice PPV results – 5/11 – Orlando, FL (New main event and more)». WrestleView.com. Consultado em 22 de outubro de 2009 
  108. Martin, Adam (9 de junho de 2008). «Slammiversary PPV results – 6/8 – Southaven, MS (KOTM, AJ & Angle)». WrestleView. Consultado em 23 de outubro de 2009 
  109. Martin, Adam (13 de julho de 2008). «Victory Road PPV Results – 7/13 – Houston, TX (Samoa Joe vs Booker)». WrestleView.com. Consultado em 23 de outubro de 2009 
  110. Martin, Adam (10 de agosto de 2008). «Hard Justice PPV results – 8/10 – Trenton, NJ (Joe vs. Booker T, more)». WrestleView. Consultado em 23 de outubro de 2009 
  111. Martin, Adam (14 de setembro de 2008). «No Surrender PPV results – 9/14 – Oshawa, ON (Joe vs Angle vs Cage)». WrestleView.com. Consultado em 23 de outubro de 2009 
  112. Sokol, Chris; Sokol, Bryan (13 de outubro de 2008). «Sting takes title at Bound for Glory». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  113. Sokol, Chris; Sokol, Bryan (10 de novembro de 2008). «Turning Point: Mafia gains momentum». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 20 de outubro de 2009 
  114. Boutwell, Josh (14 de novembro de 2008). «Impact results – 11/13/08 – Orlando, FL». WrestleView. Consultado em 23 de outubro de 2009 
  115. Lennon, Patrick (15 de janeiro de 2009). «Exclusive: Deep Impact». Daily Star. Consultado em 5 de outubro de 2009. It’s interesting, he was the first big name to jump ship to us and he’s been the first to jump back. 
  116. a b Stephens, David (11 de fevereiro de 2009). «ECW on Sci Fi results – 2/10/09». WrestleView. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  117. Tedesco, Mike (25 de fevereiro de 2009). «ECW on Sci Fi results – 2/24/09». WrestleView. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  118. Stephens, David (11 de fevereiro de 2009). «ECW on Sci Fi results – 3/10/09». WrestleView. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  119. Plummer, Dale (6 de abril de 2009). «Wrestlemania 25: HBK-Undertaker steals the show». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  120. Mackinder, Matt (16 de abril de 2009). «WWE Superstars: Debut show a dud». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  121. Bishop, Matt (27 de abril de 2009). «Backlash: All 3 world titles change hands». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  122. Mackinder, Matt (7 de junho de 2009). «Extreme Rules sees many title changes, but fails to live up to its name». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  123. Martin, Adam (15 de junho de 2009). «Result of three title matches on Raw». WrestleView. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  124. Elliott, Brian (1 de agosto de 2009). «Mysterio & Jericho save The Bash from wash-out». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  125. Elliott, Brian (1 de agosto de 2009). «Night of Champions: Punk loses title, but keeps star performer tag». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  126. Stephens, David (5 de agosto de 2009). «ECW on SyFy results – 8/4/09». WrestleView. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  127. Plummer, Dale; Nick Tylwalk (31 de agosto de 2009). «TLC Match and the return of a fan favorite liven up SummerSlam». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  128. Elliott, Brian (18 de setembro de 2009). «Montreal fans 'screwed' again in Breaking Point sham». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  129. Caldwell, James (22 de setembro de 2009). «CALDWELL'S ECW TV REPORT 9/22: Complete coverage of Christian vs. Zack Ryder». PWTorch. Consultado em 2 de junho de 2012 
  130. Caldwell, James (27 de outubro de 2009). «CALDWELL'S ECW TV REPORT 10/27: Ongoing "virtual time" coverage of Christian vs. Yoshi ECW Title match». PWTorch. Consultado em 2 de junho de 2012 
  131. Keller, Wade (13 de dezembro de 2009). «Keller's WWE TLC PPV report 12/13: Ongoing "virtual time" coverage of live event». PWTorch.com. Consultado em 14 de dezembro de 2009 
  132. Martin, Andrew (29 de dezembro de 2009). =dark «Interesting stat on Christian/ECW Title» Verifique valor |url= (ajuda). WrestleView. Consultado em 30 de dezembro de 2009 
  133. Plummer, Dale; Nick Tylwalk (2 de fevereiro de 2010). «The 2010 Royal Rumble is Rated R in Atlanta». SLAM! Sports: Wrestling. Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de fevereiro de 2010 
  134. Bishop, Matt (16 de fevereiro de 2010). «ECW: Extreme ending for Christian, what's NXT». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2012 
  135. Adkins, Greg (22 de fevereiro de 2010). «Results:Taking the bull by the horns». WWE. Consultado em 7 de março de 2010 
  136. Caldwell, James (16 de fevereiro de 2010). «WWE News: Complete cast of the NXT show revealed including The Miz mentoring Bryan Danielson». Pro Wrestling Torch. Consultado em 24 de setembro de 2010 
  137. Stephens, David (27 de abril de 2010). «Raw Results – 4/26/10». WrestleView. Consultado em 24 de setembro de 2010 
  138. Keller, Wade (7 de maio de 2010). «WWE SmackDown Report 5/7: Drew McIntyre stripped of IC Title, four-man tournament to crowd new champ, Swagger vs. Kane». Pro Wrestling Torch. Consultado em 24 de setembro de 2010 
  139. Keller, Wade (14 de maio de 2010). «WWE SmackDown Report 5/14: McIntyre returns after Kofi beats Christian in IC Finals, Mysterio vs. Punk, Swagger shows off trophies». Pro Wrestling Torch. Consultado em 24 de setembro de 2010 
  140. Tedesco, Mike (3 de julho de 2010). «Smackdown Results – 7/2/10». WrestleView. Consultado em 24 de setembro de 2010 
  141. «Kane won SmackDown Money in the Bank Ladder Match». WWE. 18 de julho de 2010. Consultado em 10 de maio de 2012 
  142. Martin, Adam (23 de setembro de 2010). «Report: Christian suffers injury, out for six months». WrestleView. Consultado em 24 de setembro de 2010 
  143. «Christian undergoes surgery after Del Rio attack». World Wrestling Entertainment. 30 de setembro de 2010. Consultado em 1 de outubro de 2010 
  144. Wilkins, Mike (21 de setembro de 2010). «WWE News: Smackdown spoilers – Results for Friday's final Smackdown on MyNet airing Sept. 24 (including surprise return)». WrestleView. Consultado em 24 de setembro de 2010 
  145. Hillhouse, Dave (20 de fevereiro de 2011). «Elimination Chamber mostly eliminates dramatic intrigue». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 22 de março de 2011 
  146. Hillhouse, Dave (5 de março de 2011). «Smackdown: Del Rio looks to disarm the champ». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 22 de março de 2011 
  147. Plummer, Dale (7 de março de 2011). «RAW: Stone Cold stuns Cole's Wrestlemania plans». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 22 de março de 2011 
  148. Hillhouse, Dave (12 de março de 2011). «Smackdown: Less rock, more talk». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 22 de março de 2011 
  149. Hillhouse, Dave (19 de março de 2011). «Smackdown: At wrestlemania 27 christian 27.Matchesgalore». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 22 de março de 2011 
  150. «Christian def. Alberto Del Rio (World Heavyweight Championship Ladder Match)». WWE. Consultado em 2 de maio de 2011 
  151. WWE (6 de maio de 2011). «WWE SmackDown ep. 611». WWE SmackDown. Temporada 13. Episódio 18. No minuto approx. 118. Syfy. ...new world heavyweight champion, Randy Orton 
  152. Caldwell, James (22 de maio de 2011). «Caldwell's WWE Over the Limit PPV Results 5/22: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV – Cena vs. Miz I Quit, Orton vs. Christian, Cole vs. Lawler». PWTorch. Consultado em 19 de junho de 2011 
  153. Kapur, Bob (19 de junho de 2011). «Cena, Orton retain titles at Capitol Punishment». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  154. Caldwell, James. «CALDWELL'S WWE MONEY IN THE BANK PPV RESULTS 7/17: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV – Cena vs. Punk, MITB ladder matches». Pro Wrestling Torch. Consultado em 22 de dezembro de 2011 
  155. «World Heavyweight Champion Christian vs. Randy Orton (No Holds Barred Match». WWE. Consultado em 14 de agosto de 2011 
  156. Passero, Mitch (30 de agosto de 2011). «SuperSmackDown results: Mark Henry crashes the cage». World Wrestling Entertainment. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  157. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Hell In A Cell PPV Results 10/2: Complete "virtual time" coverage of live PPV». Pro Wrestling Torch. Consultado em 12 de outubro de 2011 
  158. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Vengeance PPV Results 10/23: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV – Triple H & Punk, Cena vs. Del Rio, Henry vs. Show». Pro Wrestling Torch. Consultado em 24 de outubro de 2011 
  159. «SmackDown results: Big Show gets another chance at Mark Henry» 
  160. Styles, Joey (14 de novembro de 2011). «Christian injured; out of Survivor Series». WWE. Consultado em 20 de dezembro de 2011 
  161. «WWE RAW 12/12/11». Expertscolumn.com. 13 de dezembro de 2011. Consultado em 6 de maio de 2012 
  162. «WWE Tribute to the Troops Date Revealed». IGN. 1 de dezembro de 2011. Consultado em 1 de dezembro de 2011 
  163. Linder, Zach (19 de fevereiro de 2012). «Former champions return to support John Laurinaitis» 
  164. «PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 3/16: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including the return of Christian's Peep Show» 
  165. Tom Herrera (26 de março de 2012). «Christian injured on Raw SuperShow, rendered unable to compete at WrestleMania». WWE. Consultado em 26 de março de 2012 
  166. Murphy, Ryan (9 de janeiro de 2012). «WWE "Edge":». Wwe.com. Consultado em 9 de janeiro de 2012 
  167. «Christian def. Intercontinental Champion Cody Rhodes» 
  168. Keller, Wade. «KELLER'S TV SIX PACK: Quick thoughts on WWE Smackdown including Booker's jaw-dropping statement, Ross being mocked, Christian's good explanation». Pro Wrestling Torch. Consultado em 10 de junho de 2012 
  169. Giannini, Alex. «Intercontinental Champion Christian def. Cody Rhodes». WWE. Consultado em 17 de junho de 2012 
  170. «PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 6/29: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Triple Threat match for the World Title» 
  171. Money in the Bank Ladder Match for a World Championship Contract, WWE, consultado em 29 de junho de 2012 
  172. Ryan, Mike. «WWE RAW 1000 Results - July 23, 2012». Wrestling Attitude. Consultado em 23 de julho de 2012 
  173. «WWE News: Smackdown SPOILERS 7/27 - complete results for Friday's show featuring #1 contender match» 
  174. Burdick, Michael. «Christian offered his opinion of the Brogue Kick ban and a WrestleMania rematch was made for the SmackDown main event». Consultado em 6 de novembro de 2012 
  175. a b «WWE World Heavyweight Championship Elimination Chamber Match BY John Clapp» 
  176. Asher, Matthew. «Wyatts win, Batista bombs and Randy retains at the Elimination Chamber». SLAM! Wrestling. Consultado em 25 de fevereiro de 2014 
  177. «Hogan comes home, Bryan issues a challenge and The Undertaker confronts Brock Lesnar». WWE. Consultado em 25 de fevereiro de 2014 
  178. Johnson, Mike. «WWE Takeover pre-game show coverage». PWInsider.com. Consultado em 31 de dezembro de 2014 
  179. Caldwell, James. «Caldwell's WWE MITB PPV report 6/29 (Pre-Show): Daniel Bryan returns, addresses health & potential return». PWTorch.com. Consultado em 31 de dezembro de 2014 
  180. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Battleground report 7/20 (Pre-Show): Fandango vs. Rose, Cameron vs. Naomi, more». PWTorch.com. Consultado em 31 de dezembro de 2014 
  181. Keller, Wade. «Keller's WWE Raw report 12/29: Lesnar and Heyman show up, Ziggler vs. Rusev in a champion vs. champion match, Edge & Christian host, Bryan's big announcement». PWTorch.com. Consultado em 31 de dezembro de 2014 
  182. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome retired
  183. «SASc - EP255 - Edge & Christian». PodcastOne. Consultado em 27 de setembro de 2015 
  184. «Two notable WWE cuts». Pro Wrestling.Net. Consultado em 27 de maio de 2016 
  185. a b Csonka, Larry (12 de outubro de 2008). «411's TNA Bound for Glory IV Report 10.12.08». 411Mania. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  186. Trionfo, Richard. «WWE RAW REPORT: THE NEW GM MAKES HER IMPACT; WHO IS THE CRAZY ONE NOW?; WHO FACES CM PUNK AT SUMMERSLAM?; WHO DESTROYS HEATH SLATER THIS WEEK?». PWInsider. Consultado em 1 de agosto de 2012 
  187. Ryan, Mike. «WWE SMACKDOWN RESULTS - JULY 27, 2012». Wrestling Attitude. Consultado em July 28  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  188. Dunn, J.D. (8 de janeiro de 2008). «The Final Resolution 2008 Breakdown». 411Mania 
  189. Trionfo, Richard. «WWE RAW 1000 REPORT: LEGENDS RETURN; SOME FORGOTTEN FACES RETURN; A FEW SURPRISES; A WRESTLING WEDDING . . . WHAT COULD GO WRONG; WE HAVE A NEW RAW GENERAL MANAGER; DOES JOHN CENA CONTINUE THE MONEY IN THE BANK STREAK?; WHO GETS TO BEAT HEATH SLATER THIS WEEK?; WHAT WAS BROCK LESNAR'S ANSWER TO HHH?». PWInsider. Consultado em 24 de julho de 2012 
  190. a b c d e f Caldwell, James (22 de setembro de 2009). «Caldwell's ECW TV Report 9/22: Complete coverage of Christian vs. Zack Ryder». PWTorch 
  191. Dunn, J.D. (7 de outubro de 2005). «411mania.com: Wrestling – The Smackdown Breakdown 10.07.05». 411Mania. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  192. Tedesco, Mike (17 de setembro de 2009). «Superstars Results – 9/17/09». WrestleView. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  193. Yahoo, Sports (23 de outubro de 2011). «WWE Vengeance: 2011 Pay-Per-View Results». Yahoo Sports. Consultado em 4 de maio de 2012 
  194. Furious, Arnold (8 de dezembro de 2007). «The Furious Flashbacks – 1PW Know Your Enemy 2006 Night Two». 411Mania. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  195. Caldwell, James (25 de setembro de 2009). «Caldwell'S WWE Breaking Point PPV REPORT 9/13: Review Cena vs. Orton, Punk vs. Taker, DX vs. Legacy before the Hell in a Cell PPV». PW Torch 
  196. Ryan, Mike. «WWE Smackdown Results, August 10». Wrestling Attitude. Consultado em 16 de agosto de 2012 
  197. Trionfo, Richard. «WWE RAW 1003 REPORT: MORE MATCHES ANNOUNCED FOR SUMMERSLAM; THE STAKES ARE RAISED FOR TRIPLE H/LESNAR; PUNK VOWS TO BRING HONOR TO WWE; PIPER'S PIT; AND MORE». PWInsider. Consultado em 16 de agosto de 2012 
  198. Fried, Scott (4 de novembro de 2005). «411'ss WWE Smackdown Report 11.04.05». 411Mania. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  199. Tedesco, Mike (25 de maio de 2009). «ECW on Sci Fi Results – 2/24/09». WrestleView. Consultado em 14 de outubro de 2009 
  200. Copeland, Adam (2004). Adam Copeland on Edge. [S.l.]: WWE Books. pp. 116–117. ISBN 978-1-4165-1130-4 
  201. «Christian's profile» (em alemão). CageMatch.de. Consultado em 12 de fevereiro de 2010 
  202. Martin, Adam (8 de outubro de 2006). «Update on WWE vs. Christian battle over the rights to 'Captain Charisma'». Wrestleview.com. Consultado em 27 de outubro de 2009 
  203. Martin, Adam (13 de novembro de 2005). «Genesis PPV Results – 11/13/05 – Orlando (Former WWE star debuts)». Wrestleview. Consultado em 2 de julho de 2010 
  204. a b Total Nonstop Action Wrestling. TNA Wrestling: The Instant Classic Christian Cage. TNA Home Video 
  205. World Wrestling Entertainment. WWF The Music, Vol. 3. Koch Records 
  206. World Wrestling Entertainment. WWF The Music, Volume 4. Koch Records 
  207. World Wrestling Entertainment. WWE Anthology. Koch International 
  208. World Wrestling Entertainment. WWE ThemeAddict: The Music, Vol. 6. Columbia Records 
  209. Total Nonstop Action Wrestling. 3rd Degree Burns: The Music of TNA Wrestling Vol. 1. TNA Knockout Music, LLC 
  210. «Dan's Ramlings 2/18/09». Story of the Year. Consultado em 20 de outubro de 2009. As many of you have already figured out, we recorded a song for the WWE. We covered the theme song for a wrestler named "Christian". They came to us and asked if we wanted to put a Story Of The Year twist on one of their songs and we said, "of course". We recorded it here in St. Louis with our friend Jason McEntire at Sawhorse Studios. It turned out great. We should have a version out for you guys to hear real soon 
  211. «Pennsylvania Championship Wrestling Heavyweight Title history». Solie.org. Consultado em 29 de setembro de 2009 
  212. Duncan, Royal; Gary Will, Matt Benaka, Earl Oliver, Brian Westcott, Richard Sullivan, Andrew Zadarnowski, Joe Dean, Jason Fitzgerald, and Manual Gonzalez. «NWA World Heavyweight Title history». Wrestling Title Histories by Gary Will and Royal Duncan. Solie.org. Consultado em 29 de setembro de 2009 
  213. a b Pro Wrestling Illustrated. 33 (3): 98. 2012 
  214. «Pro Wrestling Illustrated (PWI) 500 for 2007». Internet Wrestling Database in association with Pro Wrestling Illustrated. Consultado em 7 de março de 2012 
  215. «Pro Wrestling Illustrated (PWI) 500 for 2012». The Internet Wrestling Database. Consultado em 25 de agosto de 2012 
  216. «ECW Championship history». World Wrestling Entertainment. Consultado em 29 de setembro de 2009 
  217. «World Heavyweight Championship history». World Wrestling Entertainment. Consultado em 2 de maio de 2011 
  218. «WWE Hardcore Championship history». World Wrestling Entertainment. Consultado em 29 de setembro de 2009 
  219. Meltzer, Dave, «2000 Wrestling Observer Newsletter Awards», Campbell, CA, Wrestling Observer Newsletter, ISSN 1083-9593, pp. 1–12 
  220. Meltzer, Dave (22 de janeiro de 2007), «2006 Wrestling Observer Newsletter Awards», Campbell, CA, Wrestling Observer Newsletter, ISSN 1083-9593, pp. 1–12 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Christian