Abrir menu principal

José Ildefonso de Sousa Ramos

José Ildefonso de Sousa Ramos
Nascimento 28 de setembro de 1812
Baependi
Morte 23 de julho de 1883 (70 anos)
Nacionalidade brasileira

José Ildefonso de Sousa Ramos, 2º Visconde de Jaguari, (Baependi, 28 de setembro de 181223 de julho de 1883) foi um advogado e político brasileiro. Formou-se na Faculdade de Direito de São Paulo em 1834.

Foi deputado geral, presidente das províncias de Piauí, Minas Gerais e Pernambuco, ministro da Justiça e senador do Império do Brasil, de 1853 a 1883. Foi também conselheiro da seção de justiça do Conselho de Estado em 1872, emitindo parecer pela cessação da escravidão nos casos de graça imperial para crimes com prisão perpétua.

Filho de Tomé Venâncio Ramos e de Ana Leonor de Sousa, casou-se com Henriqueta Carolina de Sousa Ramos. Cavaleiro e grã-cruz da Imperial Ordem da Rosa e comendador e grã-cruz da Imperial Ordem de Cristo, recebeu o baronato por decreto imperial de 19 de outubro de 1867, cujo nome provém de sua fazenda em Valença, e o viscondado com grandezas por decreto imperial de 15 de outubro de 1872.

ReferênciasEditar

  • Tinoco, Antônio Luís Ferreira: Código criminal do Império do Brazil annotado. Ed. fac-sim. Brasília: Senado Federal, Conselho Editorial, 2003, p.127-135.

Ligações externasEditar