Abrir menu principal

O Latin New Car Assessment Programme (Latin NCAP) ("Programa de Avaliação de Carros Novos para a América Latina e o Caribe") é um programa de avaliação de segurança automotiva fundado em outubro de 2010 pela Federação Internacional do Automóvel (FIA), International Consumer Research & Testing e a fundação Gonzalo Rodríguez. A iniciativa tem o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), adotando a metodologia utilizada pela Euro NCAP. O objetivo é testar a segurança ativa e passiva dos carros novos vendidos na América Latina e no Caribe.[1][2][3][4][5]

Índice

MetodologiaEditar

 
Ilustração do teste de colisão frontal
 
Ilustração do teste de colisão lateral
 
Ilustração do teste de colisão lateral de poste

Normalmente, os carros selecionados estão na lista dos mais vendidos por categoria e contam com o equipamento mais básico disponível no mercado. Os carros podem ser comprados com o orçamento disponível para o programa ou por meio de patrocínio da fabricante. Não importando a forma, são comprados em concessionárias independentes e selecionadas aleatoriamente, com a fatura sendo enviada à fabricante, se for o caso. O teste de colisão é feito em um laboratório perto de Munique, na Alemanha.[6][7]

A classificação é baseada no número de estrelas: quanto maior o número, mais seguro é o automóvel. O número de estrelas é individual para crianças e adultos, é sempre inteiro e vai de zero a cinco. Há também uma pontuação numérica para ocupantes adultos (até 16 pontos de 2010 a 2012; até 17 pontos de 2013 a 2015 e até 34 pontos de 2016 em diante) e crianças (até 49 pontos). Quanto maior a pontuação, melhor o resultado.[6]

No teste de colisão frontal, o carro atinge em 40% de sua largura máxima (excluindo espelhos retrovisores) uma barreira deformável (para simular um outro automóvel com massa e deformação similares) a 64 km/h. Na frente, são colocados dois dummies que simulam adultos de estatura média; atrás, dois dummies de crianças com 18 meses e 3 anos, com cadeirinhas de retenção adequadas à idade. Os dummies contam com várias leituras diferentes (tais como de carga e aceleração) para avaliar a segurança dos ocupantes em caso de uma real colisão.[3]

No teste de colisão lateral, o carro, que se encontra parado, é atingido a 50 km/h por um carrinho que conta com uma barreira deformável montada na frente, formando um ângulo reto em relação ao automóvel. Para se ter 5 estrelas, a aprovação no teste é obrigatória. O teste é feito por pedido e patrocínio da fabricante e/ou em caso de um bom desempenho na colisão frontal.[8]

O teste lateral de poste foi introduzido em 2016 para simular uma colisão com objetos mais rígidos (como postes ou árvores). Trata-se de um carrinho levando o veículo a 32 km/h contra um mastro de 25 cm de diâmetro. Apenas um dummie adulto é colocado no lado do motorista. A aprovação neste teste é obrigatória para se ter 5 estrelas.[9]

O número de estrelas não é determinado apenas pelo desempenho nos testes de colisão e/ou número de pontos. A segurança ativa dos modelos testados também é considerada. Para se conseguir três estrelas para adultos, o sistema antibloqueio das rodas (ABS) é requerido. O lembrete do uso do cinto de segurança é obrigatório em pelo menos dois lugares na frente, para assim conseguir 4 ou 5 estrelas. A partir de 2016, o controle eletrônico de estabilidade (ESC) é exigido para o alcance das 5 estrelas.[9]

Em adição à avaliação ativa e passiva com estrelas, a partir de 2016 há os prêmios Latin NCAP Advanced, para modelos de 5 estrelas que oferecem tecnologias de segurança adicionais ao requerido atualmente pela organização. As tecnologias incluídas são: proteção para pedestres e a frenagem autônoma de emergência (AEB).

AvaliaçõesEditar

Fabricante

Modelo

Airbag? Data de

divulgação

Passageiro adulto Passageiro infantil

Máx: 49.00 pts

Estrutura
BYD F0   Não 2016/08       00% (00.00 de 34)       26% (12.65) Estável
Chery Novo QQ   Não 2015/07 [10]       00% (00.00 de 17)       06% (03.00) Instável
Chevrolet Aveo   2 2017/12       51% (17.49 de 34)       61% (30.11) Instável
Chevrolet N300   Não 2017/08       35% (11.92 de 34)       27% (13.28) Instável
Chevrolet Spark   Não 2016/09 [11]       00% (00.00 de 34)       18% (08.78) Estável
Chevrolet Sail   Não 2016/04 [12]       00% (00.00 de 34)       47% (23.21) Instável
Chevrolet Aveo   Não 2015/11 [13]       00% (00.00 de 17)       37% (17.93) Instável
Chevrolet Onix   2 2017/05 [14]       00% (00.00 de 17)       56% (27.38) Estável
Chevrolet Onix   2 2014/12 [14]       63% (10.67 de 17)       41% (20.14) Estável
Chevrolet Spark   Não 2014/08 [15]       00% (00.00 de 17)       33% (16.29) Instável
Chevrolet Malibu   10 2013/11 [16]       86% (14.56 de 17)       17% (08.57) Estável
Chevrolet Agile   Não 2013/07 [17]       00% (00.00 de 17)       33% (16.35) Instável
Chevrolet Celta   Não 2011/08 [18]       24% (03.82 de 16)       46% (22.68) Instável
Chevrolet Corsa   Não 2011/08 [16]       14% (02.28 de 16)       19% (09.16) Instável
Chevrolet Cruze   2 2011/08 [16]       82% (13.18 de 16)       67% (32.59) Estável
Chevrolet Meriva   1 2010/08 [16]       54% (08.64 de 16)       18% (09.04) Instável
Citroën C3   2 2015/04 [3]       66% (11.19 de 17)       46% (22.67) Instável
Fiat Mobi   2 2017/08       56% (19.20 de 34)       55% (26.98) Estável
Fiat Novo Palio   2 2016/08       53% (18.09 de 34)       64% (31.57) Estável
Fiat Novo Palio   2 2015/07 [3]       67% (11.34 de 17)       52% (25.28) Estável
Fiat Novo Palio   Não 2014/08 [7]       00% (00.00 de 17)       37% (18.01) Estável
Fiat Novo Palio   2 2014/08 [7]       64% (10.84 de 17)       42% (20.37) Estável
Fiat Novo Uno   Não 2011/07 [18]       13% (02.00 de 16)       42% (20.73) Instável
Fiat Palio ELX 1.4   1 2010/08 [16]       67% (10.65 de 16)       43% (21.27) Instável
Fiat Palio ELX 1.4   Não 2010/08       31% (04.89 de 16)       46% (22.51) Instável
Ford Ka   2 2017/10       00% (00.00 de 34)       63% (30.98) Estável
Ford Ranger   2 2016/04 [12]       90% (30.62 de 34)       82% (40.17) Estável
Ford Ka   2 2015/11[3]       72% (12.17 de 17)       62% (30.58) Estável
Ford EcoSport   2 2013/11 [14]       86% (14.64 de 17)       63% (31.00) Estável
Ford Focus   2 2013/11 [16]       97% (16.52 de 17)       78% (38.06) Estável
Ford EcoSport   2 2013/03       80% (13.64 de 17)       63% (31.00) Estável
Ford New Fiesta   2 2012/06 [16]       80% (12.87 de 16)       77% (37.80) Estável
Ford Focus hatch   2 2011/09       85% (13.53 de 16)       69% (33.68) Estável
Ford Ka   Não 2011/07       15% (02.37 de 16)       62% (30.52) Instável
Geely CK   Não 2010/08 [16]       07% (01.06 de 16)       42% (20.37) Instável
Honda Fit   2 2015/11       96% (16.26 de 17)       81% (39.48) Estável
Honda City   2 2015/11 [2]       95% (16.07 de 17)       85% (41.81) Estável
Honda HR-V   2 2015/11 [2]       98% (16.70 de 17)       88% (43.30) Estável
Honda City   2 2012/06 [16]       75% (12.03 de 16)       78% (37.99) Estável
Hyundai Creta   2 2015/12       92% (15.57 de 17)       61% (29.87) Estável
Hyundai i10   Não 2015/09       00% (00.00 de 17)       42% (20.81) Instável
Hyundai HB20   2 2013/11 [14]       81% (13.80 de 17)       70% (34.52) Estável
Hyundai HB20   2 2013/03 [16]       60% (10.23 de 17)       10% (04.77) Estável
JAC J3   2 2012/05 [18]       22% (03.50 de 16)       27% (13.03) Instável
Jeep Renegade   2 2015/07 [2]       95% (16.12 de 17)       89% (43.54) Estável
Kia New Rio Sedan   1 2017/08       69% (23.55 de 34)       37% (18.27) Estável
Kia Rio Sedan   Não 2017/05       00% (00.00 de 34)       33% (16.15) Estável
Kia Picanto   Não 2016/06 [5]       00% (00.00 de 34)       27% (13.30) Estável
Lifan 320   Não 2014/12 [15]       00% (00.00 de 17)       10% (04.72) Instável
Mitsubishi Pajero   3 2015/12 [19]       98% (16.70 de 17)       63% (31.04) Estável
Nissan Kicks   2 2017/12       74% (25.39 de 34)       76% (37.41) Instável
Nissan Murano   7 2017/12       84% (32.65 de 34)       71% (34.66) Estável
Nissan March   2 2016/12 [3]       72% (12.32 de 17)       24% (11.58) Estável
Nissan Versa   2 2016/12 [3]       71% (12.03 de 17)       37% (18.22) Estável
Nissan Murano   7 2016/12[20]       67% (22.81 de 34)       72% (35.22) Instável
Nissan Tiida Sedan   2 2015/09       77% (13.08 de 17)       38% (18.67) Estável
Nissan Tiida Sedan   Não 2015/04       00% (00.00 de 17)       33% (16.41) Estável
Nissan Sentra B13   Não 2013/07 [16]       06% (01.00 de 17)       00% (00.00) Instável
Nissan March   2 2011/11 [16]       48% (07.62 de 16)       20% (09.68) Instável
Nissan Tiida Hatch   2 2011/11 [16]       82% (13.12 de 16)       19% (09.29) Estável
Nissan Tiida Hatch   1 2011/05 [18]       60% (09.54 de 16)       16% (08.00) Estável
Peugeot 208   2 2016/06 [5]       54% (18.27 de 34)       63% (30.65) Estável
Peugeot 208   2 2014/08 [21]       74% (12.64 de 17)       57% (28.13) Estável
Peugeot 207   1 2010/08 [18]       45% (07.13 de 16)       33% (16.26) Instável
Peugeot 207   Não 2010/08 [16]       40% (06.32 de 16)       33% (16.25) Instável
Renault Kwid   4 2017/11       67% (22.85 de 34)       69% (33.87) Estável
Renault Captur   4 2017/06       89% (30.27 de 34)       69% (33.68) Estável
Renault Duster   1 2015/09 [3]       65% (11.00 de 17)       44% (21.37) Instável
Renault Clio   Não 2013/07 [17]       00% (00.00 de 17)       18% (09.00) Instável
Renault Fluence   2 2012/09 [16]       75% (11.97 de 16)       43% (20.92) Instável
Renault Sandero   Não 2012/04 [16]       29% (04.61 de 16)       38% (18.78) Instável
SEAT Ateca   7 2017/03[22]       96% (32.65 de 34)       87% (42.48) Estável
SEAT León ST   6 2015/04 [13]       87% (14.71 de 17)       89% (43.39) Estável
SEAT León   6 2013/07 [16]       85% (14.52 de 17)       79% (38.55) Estável
Suzuki Swift   2 2014/11       60% (10.12 de 17)       07% (03.41) Instável
Suzuki Alto   Não 2013/07 [16]       00% (00.00 de 17)       51% (25.00) Instável
Suzuki Celerio   2 2013/07 [16]       76% (12.99 de 17)       37% (17.92) Estável
Toyota Corolla   7 2017/09       87% (29.60 de 34)       91% (44.88) Estável
Toyota RAV4   3 2015/12       97% (16.41 de 17)       75% (36.57) Estável
Toyota Hilux (Arg)   3 2015/12 [23]       92% (15.71 de 17)       90% (44.25) Estável
Toyota Hilux (Tai)   3 2015/09       93% (15.79 de 17)       77% (37.54) Estável
Toyota Corolla   3 2014/10 [24]       93% (15.83 de 17)       84% (41.25) Estável
Toyota Etios   2 2012/10 [16]       80% (12.87 de 16)       28% (13.78) Estável
Toyota Corolla   1 2010/08 [18]       85% (13.60 de 16)       26% (12.68) Estável
Volkswagen Polo   4 2017/09       95% (32.13 de 34)       88% (43.00) Estável
Volkswagen Golf (Bra)   7 2017/03[25]       98% (33.30 de 34)       89% (43.52) Estável
Volkswagen Fox   2 2015/12 [3]       67% (11.34 de 17)       43% (21.23) Estável
Volkswagen Jetta   2 2015/11 [26]       87% (14.73 de 17)       70% (34.16) Estável
Volkswagen Golf (Méx)   7 2014/10 [2]       97% (16.56 de 17)       90% (44.30) Estável
Volkswagen up!   2 2014/01 [27]       93% (15.86 de 17)       81% (39.54) Estável
Volkswagen Jetta   2 2013/11 [16]       90% (15.34 de 17)       80% (39.20) Estável
Volkswagen Bora   2 2012/08 [16]       64% (10.27 de 16)       73% (35.82) Instável
Volkswagen Polo   2 2012/08 [14]       71% (11.34 de 16)       75% (36.95) Estável
Volkswagen Gol   1 2010/08 [16]       63% (10.01 de 16)       43% (21.16) Instável
Volkswagen Gol   Não 2010/08 [18]       36% (05.75 de 16)       39% (18.89) Instável

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Latin NCAP

Referências

  1. «Após cinco anos de testes, Brasil vai cobrar segurança europeia de carros - Ultimas Notícias - UOL Carros». Consultado em 21 de julho de 2016 
  2. a b c d e «Os 5 melhores e 5 piores carros do Latin NCAP vendidos no Brasil - Ultimas Notícias - UOL Carros». Consultado em 26 de julho de 2016 
  3. a b c d e f g h i «Latin NCAP: os melhores e piores de 2015 em segurança». Consultado em 26 de julho de 2016 
  4. «Os 5 melhores e 5 piores carros do Latin NCAP vendidos no Brasil - Ultimas Notícias - UOL Carros». Consultado em 26 de julho de 2016 
  5. a b c «Peugeot 208 decepciona em novo crash test do Latin NCAP». Consultado em 26 de julho de 2016 
  6. a b «Os carros mais e menos seguros do Brasil, segundo testes». Exame.com. Consultado em 26 de julho de 2016 
  7. a b c «Onix e Palio obtêm 3 estrelas, entre 5, em teste de segurança do Latin NCap». 19 de agosto de 2014. Consultado em 26 de julho de 2016 
  8. «Peugeot 208 nacional recebe apenas 2 estrelas no Latin NCAP». Quatro Rodas. Consultado em 26 de julho de 2016 
  9. a b «Critério endurece, e seis carros nacionais perderiam nota em segurança - Ultimas Notícias - UOL Carros». Consultado em 26 de julho de 2016 
  10. «Jeep Renegade conquista nota máxima de proteção em crash test». Consultado em 26 de julho de 2016 
  11. «Resultados oficiais da avaliação de segurança doChevrolet Spark GT NO Airbag 2016». LATIN NCAP - PARA AUTOS MAS SEGUROS (em po). Consultado em 18 de março de 2017 
  12. a b «Ranger 2017 é três estrelas no Latin NCAP; Classic chinês zera - Ultimas Notícias - UOL Carros». Consultado em 26 de julho de 2016 
  13. a b «Honda HR-V atinge nota máxima em avaliação de segurança do Latin NCAP». Consultado em 26 de julho de 2016 
  14. a b c d e «Associação pede retirada do Onix após nota zero em teste». Quatro Rodas. Consultado em 13 de maio de 2017 
  15. a b «Latin NCAP: Lifan 320 dá vexame com "zero estrela" e Onix repete 3 estrelas». 4 de dezembro de 2014. Consultado em 26 de julho de 2016. Arquivado do original em 21 de setembro de 2016 
  16. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w «Novo Focus recebe 5 estrelas do Latin NCAP Carros Especial». caranddriverbrasil.uol.com.br. Consultado em 26 de julho de 2016. Arquivado do original em 21 de setembro de 2016 
  17. a b «Agile e Clio zeram em teste mais rigoroso do Latin NCAP - Ultimas Notícias - UOL Carros». Consultado em 26 de julho de 2016 
  18. a b c d e f g «Latin NCap divulga testes de segurança com carros latinos». 24 de julho de 2013. Consultado em 26 de julho de 2016 
  19. «Última rodada do LatinNCAP em 2015: Hilux leva 5 estrelas; Fox, March e Versa ganham 4». 15 de dezembro de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016. Arquivado do original em 1 de maio de 2016 
  20. «Mesmo com sete airbags, Nissan Murano vai mal em teste de segurança». revistaautoesporte.globo.com 
  21. «Fabricado no Brasil, Peugeot 208 recebe quatro estrelas no teste do Latin NCAP». Consultado em 26 de julho de 2016 
  22. «Resultados oficiais da avaliação de segurança doSeat Ateca + 7 Airbags 2017». LATIN NCAP - PARA AUTOS MAS SEGUROS (em po). Consultado em 18 de março de 2017 
  23. «Latin NCAP divulga resultados de crash test de Fox, March, Versa e Hilux». Consultado em 26 de julho de 2016 
  24. «Toyota Corolla nacional e Volkswagen Golf mexicano recebem cinco estrelas em crash test do Latin NCAP». Consultado em 26 de julho de 2016 
  25. «Resultados oficiais da avaliação de segurança doVolkswagen Golf VII + 7 Airbags 2017». LATIN NCAP - PARA AUTOS MAS SEGUROS (em po). Consultado em 18 de março de 2017 
  26. «VOLKSWAGEN JETTA RECEBE CINCO ESTRELAS DO LATIN NCAP». Consultado em 26 de julho de 2016 
  27. «Volkswagen up! recebe cinco estrelas em crash test». Consultado em 26 de julho de 2016