V (álbum de Vanessa Hudgens)

(Redirecionado de Let's Dance (canção))
V
Álbum de estúdio de Vanessa Hudgens
Lançamento Estados Unidos 26 de Setembro de 2006
(ver outras datas)
Gravação 1 de Junho de 2006 – 31 de Agosto de 2006
Gênero(s)
Duração 38:28
Formato(s)
Gravadora(s) Hollywood Records
Produção
Cronologia de Vanessa Hudgens
Identified
(2008)
Capa do Japão
Capa da edição Deluxe
Singles de V
  1. "Come Back to Me"
    Lançamento: 12 de Setembro de 2006
  2. "Say OK"
    Lançamento: 12 de Janeiro de 2007

V é o primeiro álbum de estúdio solo da cantora e atriz norte-americana Vanessa Hudgens. Foi lançado no dia 26 de Setembro de 2006 nos Estados Unidos. O álbum segue a linha do gênero teen pop presente na trilha sonora do filme High School Musical, porém tem mais influência do dance-pop e R&B contemporâneo, além de notáveis guitarras ao fundo de algumas canções. Hudgens afirmou que o título vem tanto da letra inicial do seu nome, como para variety (em português: variedade), porque o álbum é uma mistura de diferentes estilos e gêneros musicais. O CD foi eleito o 4º melhor álbum pop e o 7º melhor do ano de 2007 pela escolha dos leitores da revista musical Billboard.

Antecedentes e contextoEditar

"Fiz tudo do meu jeito. Meu single ("Come Back to Me") é meio pop e R&B, mas o resto do CD traz também um pouco de pop rock, música eletrônica e algumas baladas. É uma mistura de tudo".

— Hudgens, que a princípio pensou em fazer um álbum apenas dançante.

Em 2006, após ter participado do filme High School Musical e ter contribuído para grande parte de sua trilha sonora, Hudgens foi convidada a assinar um contrato com a gravadora Hollywood Records para iniciar uma carreira musical solo. A gravação do álbum ocorreu de 1 de junho a 31 de agosto de 2006, já que a gravadora fez questão de que o álbum fosse produzido rapidamente.[2]

O presidente da Buena Vista Music Group, Bob Cavallo, disse: "Estamos encantados de ter Vanessa na [gravadora] Hollywood. Ela não só é talentosa, ela é incansável na sua ética de trabalho e tem uma visão para sua carreira. As pessoas ficarão muito impressionadas quando ouvirem sua voz e o seu desempenho".

Foram lançadas diversas versões do álbum, algumas contendo diferentes faixas bônus e capas. A edição padrão do álbum contém 12 faixas, enquanto a versão japonesa do álbum contém quatro faixas bônus e uma capa exclusiva. As lojas Wal-Mart, Target e iTunes também lançaram versões especiais do álbum, cada uma contendo duas faixas bônus.

O álbum foi mais tarde relançado em alguns países asiáticos, com uma nova capa, na edição Deluxe, contendo CD com 18 faixas (incluindo as faixas bônus) e DVD com os videoclipes e performances ao vivo dos singles oficiais, além de uma entrevista exclusiva com Hudgens.[3] A faixa "Whatever Will Be", presente no álbum, é uma versão cover da atriz e cantora Tammin Sursok.

Para promover o álbum, Hudgens cantou o single "Come Back to Me" nos programas Good Morning America e Live with Regis and Kelly. Hudgens também promoveu o álbum durante suas apresentações como ato de abertura na turnê The Party's Just Begun Tour da banda The Cheetah Girls, onde cantou diversas canções do álbum, e mais tarde na turnê High School Musical: The Concert, na qual ela participou ao lado de seus colegas de High School Musical, cantando as faixas "Come Back to Me", "Say OK" e "Let's Dance", que viriam a ser as três músicas de trabalho do álbum (essa última lançada apenas de forma promocional).

RecepçãoEditar

Performance comercialEditar

Na primeira semana, o álbum vendeu 34 mil cópias nos Estados Unidos, estreando no 24º lugar na Billboard 200, sua posição de pico. O álbum permaneceu 32 semanas na tabela norte-americana. Em 27 de Fevereiro de 2007, o álbum foi certificado ouro nos Estados Unidos pelas vendas de 500 mil cópias no país. No final de 2007, ficou em 153º lugar na lista dos 200 álbuns com o melhor desempenho do ano no país. Até abril de 2008, o álbum vendeu mais de 570 mil cópias nos Estados Unidos.[4]

Na Argentina, o álbum foi certificado platina por vendas de 8 mil cópias no país (o álbum foi enquadrado como DVD pela CAPIF). No Brasil, o álbum não recebeu certificação, mas vendeu mais de 20 mil cópias. Mundialmente, o álbum vendeu mais de 1 milhão de cópias.

CríticaEditar

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic       (link)
Common Sense Media       (link)
Digital Spy      
G1 Mixada (link)
MSN       (link)
Rhapsody Positiva (link)
Rolling Stone      

O álbum recebeu críticas positivas. Tony Whittum do Common Sense Media disse: "O primeiro álbum de Hudgens está bem posicionado para ganhar a aprovação do mercado adolescente. Suas 12 relativamente simples, românticas e doces canções pop sobre garotos, sair com amigos, dançar, poder feminino e as atribulações de uma vida muito jovem são entregues com o mais recente liso, reciclado, programado em computador e com batidas de hip-hop". Ele ainda completou: "Hudgens é forte, estável e confortável no médio porte, como quando ela está cantando a música dance "Let's Dance" e do pop rock "Never Underestimate a Girl". Caso contrário, sua voz pode variar do diminutivo e tímido ao estridente extremo. Com sua voz e seu talento musical maduros, seria bom ver Hudgens assumir mais riscos e produzir algo mais original. Então, como seu público amadurece, eles não vão deixá-la para trás".

Nate Cavalieri do Rhapsody disse: "Esta coleção de pop açucarado e R&B mantém as mensagens absolutamente limpas, mesmo com dicas de que ela está disposta a quebrar sua timidez. Os singles são bem construídos e as melhores são "Come Back to Me", a dançante "Let's Dance" e uma dedicatória surpreendentemente emotiva de longa distância, "Afraid".". Mencionado na crítica de Identified, Heather Phares do Allmusic elogiou o álbum: "Lançada pela gravadora Hollywood Records, usou o pop soul de Christina Aguilera como modelo, mesmo se suas músicas eram um pouco 'sem rosto', tiveram produção surpreendentemente sofisticada." Ela observou que Hudgens canta sobre o amor, dança e sair com amigas e repetiu novamente em Identified, "a produção excede as músicas e o canto".

SinglesEditar

  • "Come Back to Me" foi lançado como primeiro single do álbum em 12 de Setembro de 2006 nos Estados Unidos e em 27 de Novembro de 2006 na Europa. Foi composta e produzida por Antonina Armato e Tim James (são atribuídos também a Peter Beckett e J.C. Crowley os créditos de composição pelo sample da música "Baby Come Back" da banda Player). É o single de maior sucesso da carreira solo de Hudgens, atingindo as posições 55 na EUA Billboard Hot 100, 8 na Itália, 12 na França, 17 na Espanha, 58 na Alemanha, 36 na Austrália, 6 na Nova Zelândia, entre outras. O videoclipe foi dirigido por Chris Applebaum e estreou no dia 25 de Agosto de 2006.
  • "Say OK" foi lançado como segundo e último single oficial do álbum no dia 12 de Janeiro de 2007 nos Estados Unidos e em 28 de Maio de 2007 na Europa. Foi composta por Arnthor Birgisson e Savan Kotecha e produzida por Birgisson. Atingiu a posição 61 na EUA Billboard Hot 100, obtendo mais sucesso na América Latina e Portugal. Dois videoclipes foram lançados; o primeiro dirigido por Chris Applebaum que estreou em 12 de Janeiro de 2007 e o segundo (oficial), dirigido por Darren Grant, que estreou em 16 de Março de 2007.

Outras músicasEditar

  • "Let's Dance" foi lançado como single promocional do álbum nos Estados Unidos e Canadá, tendo lançamento somente digital em 25 de Setembro de 2007.[5] A música foi composta por Matthew Gerrard, Jonas Jeberg e Bridget Benenate, com produção de Gerrard e Jay Jay. Foi usada no lançamento digital a versão ao vivo da música, gravada durante a turnê High School Musical: The Concert. A canção foi incluída no CD Disney Girlz Rock, Vol. 2, da Walt Disney Records, bem como no jogo de videogame Wii We Cheer 2. A canção também foi usada no programa Dancing with the Stars da emissora americana ABC. Não foi produzido um videoclipe para a música, embora haja vídeos de Hudgens cantando a música durante a turnê High School Musical: The Concert. A música falhou a entrar nas tabelas musicais.

FaixasEditar

Edição padrão
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Come Back to Me"  Antonina Armato, Tim James, Peter Beckett, J.C. CrowleyArmato, T. James 2:47
2. "Let Go"  Andrew Bojanic, Elizabeth Hooper, Ivy LevanWizards of Oz 2:48
3. "Say OK"  Arnthor Birgisson, Savan KotechaArnthor 3:41
4. "Never Underestimate a Girl"  Matthew Gerrard, Robbie NevilGerrard, Nevil 3:01
5. "Let's Dance"  Gerrard, Jonas Jeberg, Bridget BenenateGerrard, Jay Jay 2:52
6. "Drive"  Leah Haywood, David NorlandNorland, Daniel James, Haywood 3:25
7. "Afraid"  D. James, Haywood, Bradley SpalterD. James, Haywood 3:17
8. "Promise"  D. James, Haywood, Shelly PeikenD. James, Haywood 3:16
9. "Whatever Will Be"  Kotecha, Carl Falk, Jake SchulzeKent Larsson, AJ Junior 3:47
10. "Rather Be with You"  Bojanic, Hooper, LevanWizards of Oz 3:33
11. "Psychic"  Johnny VieiraVieira 3:01
12. "Lose Your Love"  VieiraVieira 3:01
Duração total:
38:28
Créditos de sample

Tabelas e certificaçõesEditar

Tabelas semanaisEditar

Histórico de lançamentoEditar

Edição padrãoEditar

Edição DeluxeEditar

País Data Gravadora
Japão 22 de Agosto de 2007 Avex Trax
Malásia EMI Records
Taiwan 6 de Novembro de 2007 Universal Music

CréditosEditar

Referências

  1. «AllMusic Review by AllMusic». allmusic. Consultado em 20 de abril de 2019 
  2. «Vanessa Hudgens Biography». imdb. Consultado em 20 de abril de 2019 
  3. «この作品またはアーティストは、配信期間外、または何らかの理由により現在配信されておりません。 誠に申し訳ありませんが、ご了承下さい。». mora.jp. Consultado em 20 de abril de 2019 
  4. «Interest In Cyrus' Music Continues Amid Photo Scandal». billboard. Consultado em 20 de abril de 2019 
  5. «Let's Dance (Live) - Single». apple. Consultado em 20 de abril de 2019 
  6. «Argentina Albums - February 25 - March 03, 2007». Consultado em 20 de abril de 2019. Cópia arquivada em 29 de dezembro de 2014 
  7. «Official Scottish Albums Chart Top 100» (em inglês). officialcharts.com. Consultado em 20 de abril de 2019 
  8. «Vanessa Hudgens». billboard. Consultado em 20 de abril de 2019 
  9. a b c d «"V" em charts». acharts.us. Consultado em 20 de abril de 2019 
  10. «ホーム ヴァネッサ・ハジェンズ 売上ランキング アルバム売上ランキング». oricon news. Consultado em 20 de abril de 2019 
  11. «Chart Log UK». zobbel. Consultado em 20 de abril de 2019 
  12. «TOP BILLBOARD 200 ALBUMS». billboard. Consultado em 20 de abril de 2019 
  13. «Certificação ouro nos Estados Unidos». RIAA. Consultado em 20 de abril de 2019 
  14. http://music.msn.com/music/album-credits/vanessa-hudgens/v.1/?silentchk=1&