Lista de governadores de Mato Grosso do Sul

artigo de lista da Wikimedia

Esta lista de governadores do estado de Mato Grosso do Sul compreende todas as pessoas que exerceram o cargo na história de Mato Grosso do Sul ou que, tendo sido eleitos, não exerceram o mandato por morte ou impedimento, desde a sua instalação oficial, em 1 de janeiro de 1979. O estado foi criado pela Lei Complementar nº 31, sancionada em 11 de outubro de 1977.

Governador de Mato Grosso do Sul
Duração 4 anos, com direito a uma reeleição
Criado em 1 de janeiro de 1979
Primeiro titular Harry Amorim Costa
Sucessão Através de sufrágio universal direto
Salário R$ 35.462,27
Website https://www.ms.gov.br

As cores indicam a forma como cada governador foi eleito, sendo os governadores eleitos por sufrágio direto, governadores que chegaram ao governo pela linha sucessória (por exemplo, quando um vice-governador assume o cargo de governador, ou quando um presidente da Assembleia Legislativa assume o governo caso não haja um vice-governador), e governadores eleitos por sufrágio indireto ou empossados através de movimentos revolucionários, incluindo aqueles que assumiram na qualidade de substitutos legais não eleitos diretamente.

O atual governador de Mato Grosso do Sul é Eduardo Riedel, eleito em 30 de outubro de 2022 e empossado no cargo em 1º de janeiro de 2023.

Lista editar

  Governadores eleitos diretamente
  Ascenderam pela linha sucessória
  Governadores nomeados diretamente pelo governo federal durante a ditadura militar
Governador Período do mandato
(duração do mandato)
Partido Vice-governador(es) Referências e notas Eleição
Ditadura Militar[1] (1 de abril de 1964 a 15 de março de 1985: 21 anos de duração)
1 Harry Amorim Costa   1º de janeiro de 1979
até
12 de junho de 1979

(5 meses e 11 dias)

Aliança
Renovadora Nacional

ARENA
cargo inexistente [2][3] -
- Londres Machado   12 de junho de 1979
até
30 de junho de 1979

(17 dias)

Aliança
Renovadora Nacional

ARENA
cargo inexistente [4] -
2 Marcelo Miranda   30 de junho de 1979
até
28 de outubro de 1980

(1 ano, 3 meses e 28 dias)

Partido
Democrático Social

PDS
cargo inexistente [2][5][6] -
- Londres Machado   28 de outubro de 1980
até
7 de novembro de 1980

(10 dias)

Partido
Democrático Social

PDS
cargo inexistente [4] -
3 Pedro Pedrossian   7 de novembro de 1980
até
15 de março de 1983

(2 anos, 4 meses e 1 semana)

Partido
Democrático Social

PDS
cargo inexistente [2][7][8] -
Sexta República Brasileira[1](15 de março de 1985 à atualidade)
4 Wilson Barbosa Martins   15 de março de 1983
até
14 de maio de 1986

(3 anos, 1 mês e 29 dias)

Partido do
Movimento Democrático Brasileiro

PMDB
Ramez Tebet [2][9][10] 1982
5 Ramez Tebet   14 de maio de 1986
até
15 de março de 1987

(10 meses)

Partido do
Movimento Democrático Brasileiro

PMDB
nenhum [2][11] -
6 Marcelo Miranda   15 de março de 1987
até
15 de março de 1991

(4 anos)

Partido do
Movimento Democrático Brasileiro

PMDB
George Takimoto [2][6] 1986
7 Pedro Pedrossian   15 de março de 1991
até
1º de janeiro de 1995

(3 anos, 9 meses e 16 dias)

Partido
Trabalhista Brasileiro

PTB
Ary Rigo [2][7] 1990
8 Wilson Barbosa Martins   1º de janeiro de 1995
até
1º de janeiro de 1999

(4 anos)

Partido do
Movimento Democrático Brasileiro

PMDB
Braz Melo
(1995-1996)

Nenhum
(1996-1998)
[nota 1]
[2][9]
1994
9 José Orcírio Miranda dos Santos

(Zeca do PT)

  1º de janeiro de 1999
até
1º de janeiro de 2007

(8 anos)

Partido dos
Trabalhadores

PT
Moacir Kohl [2][12] 1998
Egon Krakheche 2002
10 André Puccinelli   1º de janeiro de 2007
até
1º de janeiro de 2015

(8 anos)

Partido do
Movimento Democrático Brasileiro

PMDB
Murilo Zauith [2][13][14] 2006
Simone Tebet 2010
11 Reinaldo Azambuja   1º de janeiro de 2015
até 1° de janeiro de 2023

(8 anos)

Partido da
Social Democracia Brasileira

PSDB
Rose Modesto [15][16]. 2014
Murilo Zauith 2018
12 Eduardo Riedel   1º de janeiro de 2023
até
atualidade

(1 ano e 136 dias até o momento)

Partido da
Social Democracia Brasileira

PSDB
José Carlos Barbosa [17][18][19] 2022

Ex-governadores vivos editar

Atualmente, 5 ex-governadores estão vivos:

Além destes, o ex-governador interino e deputado estadual, Londres Machado, está vivo aos 80 anos.

Referências

  1. a b «Legislaturas Anteriores». Senado Federal do Brasil. Consultado em 23 de novembro de 2017. Arquivado do original em 12 de abril de 2016 
  2. a b c d e f g h i j «Ex-governadores de Mato Grosso do Sul». Consultado em 7 de julho de 2016. Arquivado do original em 23 de abril de 2016 
  3. «Harry Amorim Costa». Consultado em 7 de julho de 2016 
  4. a b Araújo, Willams (22 de fevereiro de 2016). «Recordista de mandatos no País, Londres prepara sua volta à Assembleia». O Progresso. Consultado em 7 de julho de 2016. (...) Ele foi por duas vezes governador interino de Mato Grosso do Sul 
  5. «Marcelo Miranda Soares». Consultado em 7 de julho de 2016 
  6. a b Bonifácio, Valdelice (11 de outubro de 2011). «MS 34 anos: "Aceitar a nomeação para governar o novo Estado foi um erro", diz Marcelo Miranda». Capital News. Consultado em 7 de julho de 2016. (...) Ele foi o segundo nome escolhido para governador do recém-criado estado de Mato Grosso do Sul dois anos após a divisão do Mato Grosso Uno ocorrida em 1977 
  7. a b Dos Santos, Aline (13 de agosto de 2013). «Aos 85, Pedrossian fala da paixão pela política e como "fez muita coisa"». Campo Grande News. Consultado em 7 de julho de 2016. (...) Em 1980, foi nomeado para comandar Mato Grosso do Sul, posto que retomou em 1991, quando foi eleito nas urnas 
  8. «Pedro Pedrossian». Consultado em 7 de julho de 2016 
  9. a b Aline Machado e Carlos Guessy (13 de agosto de 2014). «Depois de 'burburinho' Proncor desmente morte do ex-governador Wilson Barbosa Martins». Top Mídia News. Consultado em 7 de julho de 2016. Wilson Barbosa Martins foi (...) governador de 1983 a 1986 (...) e governador, pela segunda vez, de 1995 a 1998 
  10. «Wilson Barbosa Martins». Consultado em 7 de julho de 2016 
  11. G1. «Morre o senador Ramez Tebet». Consultado em 7 de julho de 2016 
  12. Morel, Lucia (9 de outubro de 2012). «MS: Zeca do PT, de governador a vereador mais votado». Terra. Consultado em 7 de julho de 2016. (...) Antes de ser eleito governador por dois mandatos (1998-2002/2002-2006), José Orcírio foi eleito vereador em 1988, mas em 1990 voltou para o Sindicato dos Bancários, como presidente da entidade 
  13. Terra. «André Puccinelli é eleito governador do MS». Consultado em 7 de julho de 2016 
  14. UOL Eleições. «André Puccinelli é reeleito em primeiro turno no Mato Grosso do Sul». Consultado em 7 de julho de 2016 
  15. Hass Carazzai, Estelita (26 de outubro de 2014). «Tucano Reinaldo Azambuja é eleito governador de Mato Grosso do Sul». Folha de S.Paulo. Consultado em 7 de julho de 2016 
  16. «Reinaldo Azambuja (PSDB) é reeleito governador de Mato Grosso do Sul». G1 – Mato Grosso do Sul. 28 de outubro de 2018. Consultado em 29 de outubro de 2018 
  17. «Eduardo Riedel (PSDB), eleito governador de MS, diz que vai investir na área social». G1. Consultado em 2 de novembro de 2022 
  18. «Com 52% de urnas apuradas, Eduardo Riedel lidera em Mato Grosso do Sul». Agência Brasil. 30 de outubro de 2022. Consultado em 2 de novembro de 2022 
  19. «MS: Eduardo Riedel, do PSDB, se elege governador com 56,51%». ISTOÉ Independente. 30 de outubro de 2022. Consultado em 2 de novembro de 2022 

Notas

  1. Braz Melo renunciou ao cargo em 1996 para concorrer à prefeitura de Dourados.

Ver também editar