Marco Herênio Fausto

Marco Herênio Fausto Tibério Júlio Clemento Tádio Flaco (em latim: Marcus Herennius Faustus Tiberius Iulius Clementus Tadius Flaccus), conhecido apenas como Marco Herênio Fausto, foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de maio a junho de 121 com Quinto Pompônio Marcelo[1]. Fausto provavelmente era oriundo da Hispânia Bética, a província do imperador Adriano.

Marco Herênio Fausto
Cônsul do Império Romano
Consulado 121 d.C.

CarreiraEditar

Sua carreira política é conhecida através de uma inscrição recuperada nos Colossos de Mêmnon, gravada em 130 por ocasião da visita de Adriano ao Egito. Fausto serviu no comitê responsável pelos atos júri dos vigintíviros, depois foi tribuno da Legio III Augusta, questor numa província não nomeada e pretor. Em 114, foi legado a XIII Gemina e, em 121, foi nomeado cônsul sufecto. Além disto, Fausto foi admitido nos colégios dos septênviros epulões e sodais augustais. Além disto, nada mais se sabe sobre ele[2].

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Lúcio Catílio Severo Juliano Cláudio Regino II

com Antonino Pio I
com Caio Quíncio Certo Publício Marcelo (suf.)
com Tito Rutílio Propinquo (suf.)
com Caio Carmínio Galo (suf.)
com Caio Atílio Serrano (suf.)

Marco Ânio Vero II
121

com Cneu Árrio Áugure
com Marco Herênio Fausto (suf.)
com Quinto Pompônio Marcelo (suf.)
com Tito Pompônio Antistiano Funisulano Vetoniano (suf.)
com Lúcio Pompônio Silvano (suf.)
com Marco Estatório Segundo (suf.)
com Lúcio Semprônio Mérula Auspicato (suf.)

Sucedido por:
'Mânio Acílio Avíola

com Lúcio Corélio Nerácio Pansa
com Tibério Júlio Cândido Capitão (suf.)
com Lúcio Vitrásio Flaminino (suf.)
com Caio Trébio Máximo (suf.)
com Tito Caléstrio Tirão Órbio Esperato (suf.)


Referências

  1. Werner Eck & Andreas Pangerl, "Ein Consul Suffectus Q. Aburnius in drei fragmentarischen Diplomen", Zeitschrift für Papyrologie und Epigraphik, 185 (2013), pp. 239–247
  2. Françoise Des Boscs-Plateaux. Un parti hispanique à Rome?: ascension des élites hispaniques et pouvoir politique d’Auguste à Hadrien, 27 av. J.-C.-138 ap. J.-C. Casa de Velázquez, 2005. р. 562.