Tito Caléstrio Tirão Órbio Esperato

Tito Caléstrio Tirão Órbio Esperato (em latim: Titus Calestrius Tiro Orbius Speratus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto no segundo semestre de 122 com Caio Trébio Máximo[1].

Tito Caléstrio Tirão Órbio Esperato
Cônsul do Império Romano
Consulado 122 d.C.

OrigemEditar

Esperato foi um dos três Titos Caléstrios identificados na primeira metade do século II[2]. Um era o amigo de Plínio, o Jovem, que foi pretor em 93[3], e o terceiro foi Tito Caléstrio Tirão Júlio Materno, governador da Lícia e Panfília entre 136 e 138[4], filho de Esperato. O historiador Ronald Syme afirma que o nome "Caléstrio" é de origem etrusca e muito raro, sendo atestado apenas na cidade de Veios, na Itália romana[5].

CarreiraEditar

A carreira política de Esperato foi reconstituída parcialmente com base numa inscrição grega que seu filho erigiu em Iotapa[6]. O primeiro posto conhecido a ser ocupado por ele foi o de questor na Bitínia e Ponto. Depois, Esperato foi legado do procônsul da Gália Narbonense, tribuno da plebe e pretor. Terminado este último mandanto, Esperato foi nomeado superintendente da Via Valéria, da Via Tiburtina e de uma terceira estrada de nome perdido. Em seguida, ele foi nomeado legado da Legio V Macedonica, que estava estacionada na Síria. Depois disto, Esperato foi governador de duas províncias, a Acaia (111-112)[7] e a Cilícia (113-116)[8].

Depois disto, nada mais se sabe sobre ele além do consulado.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Marco Ânio Vero II

com Cneu Árrio Áugure
com Marco Herênio Fausto (suf.)
com Quinto Pompônio Marcelo (suf.)
com Tito Pompônio Antistiano Funisulano Vetoniano (suf.)
com Lúcio Pompônio Silvano (suf.)
com Marco Estatório Segundo (suf.)
com Lúcio Semprônio Mérula Auspicato (suf.)

Mânio Acílio Avíola
122

com Lúcio Corélio Nerácio Pansa
com Tibério Júlio Cândido Capitão (suf.)
com Lúcio Vitrásio Flaminino (suf.)
com Caio Trébio Máximo (suf.)
com Tito Caléstrio Tirão Órbio Esperato (suf.)

Sucedido por:
'Quinto Articuleio Petino

com Lúcio Venuleio Aproniano Otávio Prisco
com Tito Priférnio Gêmino (suf.)
com Públio Metílio Segundo (suf.)
com Tito Sálvio Rufino Minício Opimiano (suf.)
com Cneu Sêncio Aburniano (suf.)


Referências

  1. Alison E. Cooley, The Cambridge Manual of Latin Epigraphy (Cambridge: University Press, 2012), pp. 469
  2. Ronald Syme, "Legates of Cilicia under Trajan", Historia: Zeitschrift für Alte Geschichte, 18 (1969), pp. 359-362
  3. Plínio, o Jovem, Epístolas VII.16.1-2
  4. Werner Eck, "Jahres- und Provinzialfasten der senatorischen Statthalter von 69/70 bis 138/139", Chiron, 13 (1983), pp. 179-183
  5. Syme, "Legates of Cilicia", p. 362
  6. AE 1965, 320; AE 1966, 485
  7. Eck, "Jahres- und Provinzialfasten", pp. 351f
  8. Eck, "Jahres- und Provinzialfasten", pp. 355-360