Abrir menu principal
Marcos Antonio Pereira
Vice-presidente da Câmara dos Deputados do Brasil
Período 1º de fevereiro de 2019
até atualidade
Antecessor Fábio Ramalho
Deputado Federal por São Paulo
Período 1º de fevereiro de 2019
até atualidade
Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil
Período 12 de maio de 2016
até 3 de janeiro de 2018
Presidente Michel Temer
Antecessor Armando Monteiro
Sucessor Marcos Jorge de Lima
Dados pessoais
Nascimento 4 de abril de 1972 (47 anos)
Linhares, Espírito Santo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Alma mater Universidade Presbiteriana Mackenzie
Cônjuge Margareth Pereira
Partido PRB
Religião Protestante (Neopentecostal)
Profissão Advogado Especialista em Direito e Processo Penal e Presidente Nacional do PRB
Website Site Oficial
linkWP:PPO#Brasil

Marcos Antônio Pereira (Linhares, 4 de abril de 1972) é um advogado, bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, professor e político brasileiro, filiado ao PRB. É o atual 1º vice-presidente tanto da Câmara dos Deputados quanto do Congresso Nacional do Brasil.

Foi o Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil e é ex-presidente nacional do Partido Republicano Brasileiro (PRB).

BiografiaEditar

Formado em Direito pela Universidade Paulista e especialista em Direito e Processo Penal pela Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Exerce, entre outras atividades, a docência em Direito Penal no Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) e é membro fundador da Comissão de Juristas de Língua Portuguesa.

Ministro da Indústria e Comércio Exterior e ServiçosEditar

Em 12 de maio de 2016 foi nomeado, no governo interino de Michel Temer, para o cargo de Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, e a nomeação foi publicada na edição de 13 de maio do Diário Oficial da União (DOU).[1] Pediu demissão em 3 de janeiro de 2018 após ser mencionado na Operação Lava Jato, como beneficiário de propina da empresa Odebrecht; logo após houve renúncia do cargo para “tratar” de questões pessoais e partidárias.[2]

Referências

  1. «Imprensa Nacional - Visualização dos Jornais Oficiais». pesquisa.in.gov.br. Consultado em 9 de janeiro de 2017 
  2. Arbex, Thais (3 de janeiro de 2018). «Ministro da Indústria e Comércio pede demissão; governo Temer tem terceira baixa em um mês». Folha de S. Paulo. Consultado em 3 de janeiro de 2018 
  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.