Mateus Solano

Ator Brasileiro

Mateus Solano Schenker Carneiro da Cunha (Brasília, 20 de março de 1981) é um ator brasileiro. Mateus tornou-se conhecido ao interpretar Ronaldo Bôscoli, na minisserie Maysa - Quando Fala o Coração, de 2009, os gêmeos idênticos Miguel e Jorge, em Viver a Vida, em 2009, o político Mundinho Falcão no remake de Gabriela, em 2012, o antagonista Félix Khoury, em Amor à Vida, de 2013, Zé Bonitinho no remake da série Escolinha do Professor Raimundo em 2015 e o vilão Rubião em Liberdade Liberdade, novela das 23h de 2016.[1]

Mateus Solano
Nascimento Mateus Solano Schenker Carneiro da Cunha
20 de março de 1981 (39 anos)
Brasília, DF
Nacionalidade brasileiro
Cônjuge Paula Braun (c. 2008)
Filho(s) 2
Ocupação Ator
Período de atividade 2003–presente

Fez fez participações em séries como Sob Nova Direção, Faça Sua História e Casos e Acasos. No cinema, protagonizou no filme Vida de Balconista, sendo ele mesmo. Além disso, também esteve no longa Linha de Passe como Marcelo, de 2008. Posteriormente, ainda trabalhou em propagandas para a operadora Oi e participou da série para celular Mateus, o Balconista.

BiografiaEditar

Nascido em Brasília, em 20 de março de 1981, Mateus é filho do diplomata João Solano Carneiro da Cunha e da psicóloga Miriam Schenker.[2][3] Foi albetizado em inglês, no qual residiu em Washington e Lisboa, capital dos Estados Unidos e Portugal, respectivamente.[2] Formado em Artes Cênicas na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Solano fez o Tablado e um estágio em 2002 na prestigiada companhia francesa Théâtre du Soleil.[2]

Carreira na televisãoEditar

 
Na ficção, Solano interpretou Ronaldo Bôscoli na minissérie Maysa, atuando como o namorado da cantora (foto).

Iniciou sua trajetória em 2003 encarnando na pele de Stuart Angel Jones no programa Linha Direta, no episódio "O Caso Zuzu Angel".[4] No ano seguinte, fez participação na série A Diarista, no episódio "Nete, a Feia".[5] Em 2006, interpretou Pedro Paulo Capeletti em Sob Nova Direção, no episódio "Sexo, Mentiras e Internet" e deu vida a Júlio Soares na minissérie JK.[5][6] Além disso, participou novamente em A Diarista, mas no episódio "Aquele da Copa", além de fazer uma rápida aparição na décima terceira temporada de Malhação como um apresentador do concurso de jovens talentos.[5][7]

Em 2007, estreou em telenovelas vivendo os personagens André e Jaime em Paraíso Tropical e como Guima em Pé na Jaca.[8][9] No mesmo ano, também atuou na série infantil Sítio do Picapau Amarelo e como Elzimar em Sob Nova Direção no episódio "Uma Babá Nada Perfeita".[5] No ano seguinte, participou da série Faça Sua História nos episódios "A Vingadora Capixaba" e "A Estrela do Irajá".[5] Além disso, foi protagonista no programa Mateus, o Balconista como Mateus Aguiar e fez participação em Casos e Acasos no episódio "O Trote, o Filho e o Fora".[5][10] Concluiu o decênio em 2009 encarnando na pele de Ronaldo Bôscoli em Maysa: Quando Fala o Coração, o namorado da cantora; além de interpretar os gêmeos Miguel e Jorge na telenovela Viver a Vida.[11][12]

Na década de 2010, viveu Ícaro na telenovela Morde & Assopra e foi Frederico na série A Mulher Invisível.[13][14] Em 2012, atuou como Heitor na série As Brasileiras no episódio "A Vidente de Diamantina", além de atuar como Mundinho Falcão em Gabriela.[15][16] No ano seguinte, deu vida ao vilão Félix em Amor à Vida.[17] Em 2015, atuou como Zé Bonitinho no humorístico Escolinha do Professor Raimundo.[18]

Em 2016, participou como ele mesmo em Tá no Ar: a TV na TV protagonizando a "Família Solano" (paródia da série The Sopranos) e interpretou Rubião na telenovela Liberdade, Liberdade.[19][20] No ano seguinte, viveu Eric Ribeiro em Pega Pega.[21] Em 2019, fez participação especial como o evangélico Josiel Dourado em A Dona do Pedaço.[22]

Carreira no cinemaEditar

Estreou nas telonas em 2004 na curta-metragem O Primeiro Grito.[23] Quatro anos mais tarde, interpretou Marcelo em Linha de Passe, além de viver um amante em Maridos, Amantes e Pisantes e como Sergio em Alice.[24][25][26] Em 2009, deu vida a seu primeiro protagonista, no filme Vida de Balconista, atuando como ele mesmo, mas sendo um balconista.[27]

Na década de 2010, viveu João Paulo em A Novela das 8.[28] Em 2014, atuou na pele de Caio em Confia em Mim e Domingos em O Menino no Espelho.[29][30] Dois anos mais tarde, interpretou o juiz federal Vitor no longa Em Nome da Lei.[31] Em 2018, esteve no elenco do filme Talvez uma História de Amor como Virgílio, além de atuar como Paçoca em Benzinho.[32][33] Concluiu esta década dublando o empresário Alaor em Tito e os Pássaros e participando do curta-metragem Cadeia Alimentar como um pescador.[34][35]

Carreira no teatroEditar

Estreou em 2003 no espetáculo O Homem que era Sábado.[36] Dois anos depois, esteve em Tudo é Permitido.[37] Em 2006, esteve na peça Não Existem Níveis Seguros para Consumo destas Substâncias e, no ano seguinte, em O Perfeito Cozinheiro das Almas desse Mundo e Últimos Remorsos Antes do Esquecimento, este último, interpretando Paul.[38][39][40] Em 2008, participou das obras 2 p/ viagem dando vida a dezesseis papéis; e em Lobo n.º 1 – A estepe, concluindo a década na pele de Horário em Hamlet.[41][42][43]

Na década de 2010, esteve nas peças Do Tamanho do Mundo como Arnaldo; viveu Claudio em Selfie e encerrou o decênio interpretando vários personagens no espetáculo O Mistério de Irma Vap.[44][45][46]

Vida pessoalEditar

Mateus nasceu em Brasília, mas no início da adolescência, já trabalhava em pequenos serviços. Buscando a sua independência pessoal e investindo na carreira de ator, mudou-se sozinho para Washington e depois para Lisboa. Após algum tempo, voltou a morar com sua mãe no Rio de Janeiro. É casado, desde 2008, com a atriz Paula Braun. Em 18 de outubro de 2010 nasceu a primeira filha do casal, Flora e em 1 de maio de 2015 nasceu o segundo filho do casal, Benjamin.[47] Mateus é primo das também atrizes Juliana Carneiro da Cunha e Gabriela Carneiro da Cunha.

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Personagem / Cargo Nota Ref
2003 Linha Direta Stuart Angel Jones Episódio: "O Caso Zuzu Angel" [5]
2005 A Diarista Paulão Episódio: "Nete, a Feia" [5]
2006 Sob Nova Direção Pedro Paulo Capeletti Episódio: "Sexo, Mentiras e Internet" [5]
2006 JK Júlio Soares [6]
2006 A Diarista Bruno Borges Episódio: "Aquele da Copa" [5]
2006 Malhação Carlos Episódio: "18 de agosto" [7]
2007 Paraíso Tropical André Jaime Episódios: "29 de março–2 de abril" [8]
2007 Pé na Jaca Ari Episódio: "26–28 de maio" [9]
2007 Sítio do Picapau Amarelo Pop Man Episódio: "O Anjinho da Asa Quebrada" [5]
2007 Sob Nova Direção Elzimar Episódio: "Uma Babá Nada Perfeita" [5]
2008–10 Mateus, o Balconista Mateus Aguiar [10]
2008 Faça Sua História Toby Crane
Cléber Augusto
Episódio: "A Estrela do Irajá"
Episódio: "A Vingadora Capixaba"
[5]
2008 Casos e Acasos Gilson Episódio: "O Trote, o Filho e o For" [5]
2009 Maysa: Quando Fala o Coração Ronaldo Bôscoli [11]
2009 Viver a Vida Miguel Guimarães Machado [12]
Jorge Guimarães Machado [12]
2011 Morde & Assopra Ícaro Sampaio [13]
2011 A Mulher Invisível Frederico Martins (Fred) Episódio: "6 de dezembro" [14]
2012 As Brasileiras Heitor Episódio: "A Vidente de Diamantina" [15]
2012 Gabriela Raimundo Falcão (Mundinho) [16]
2013 Amor à Vida Félix Rodriguez Khoury [17]
2015–
presente
Escolinha do Professor Raimundo Zé Bonitinho[48] [18]
2016; 18–19 Tá no Ar: a TV na TV Ele Mesmo[49][50] Episódio: "1 de março"
Episódio: "23 de janeiro"
Episódio: "12 de fevereiro"
[19]
2016 Liberdade, Liberdade José Maria Loredano Rubião (Rubião) [20]
2017 Pega Pega Eric Ribeiro[51] [21]
2019 A Dona do Pedaço Josiel Dourado[52] Participação Especial [22]
2021 A Morte Pode Esperar Guilherme [53]
2021 Mal Secreto [54]

CinemaEditar

Ano Título Personagem Nota Ref
2004 O Primeiro Grito Curta-metragem [23]
2008 Linha de Passe Marcelo [24]
2008 Maridos, Amantes e Pisantes Amante Curta-metragem [25]
2008 Alice Sergio Curta-metragem [26]
2009 Vida de Balconista Mateus [27]
2011 A Novela das 8 João Paulo [28]
2014 Confia em Mim Caio [29]
2014 O Menino no Espelho Domingos [30]
2016 Em Nome da Lei Vitor [31]
2018 Talvez uma História de Amor Virgílio [32]
2018 Benzinho Paçoca [33]
2019 Tito e os Pássaros Alaor Souza Dublagem [34]
2019 Cadeia Alimentar Jorge Curta-metragem [35]
2020 Bob Esponja: O Incrível Resgate Rei Poseidon Dublagem

TeatroEditar

Ano Título Personagem Ref
2003 O Homem que era Sábado[55] [36]
2005 Tudo é Permitido[56] [37]
2006 Não Existem Níveis Seguros para Consumo destas Substâncias [38]
2007 O Perfeito Cozinheiro das Almas desse Mundo [39]
2007 Últimos Remorsos Antes do Esquecimento Paul [40]
2008 2 p/ viagem 16 papéis [41]
2008 Lobo n º 1 – A estepe [42]
2009 Hamlet Horácio [43]
2013–14 Do Tamanho do Mundo Arnaldo [44]
2014–18 Selfie Claudio [45]
2019 O Mistério de Irma Vap Vários personagens [46]

Prêmios e indicaçõesEditar

 
Solano durante o 25º Premio da Musica Brasileira no Theatro Municipal.
Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref.
2009 Prêmio Extra de Televisão Melhor Revelação
Maysa: Quando Fala o Coração
Indicado [57]
Prêmio Arte Qualidade Brasil Melhor Ator Coadjuvante de Série ou Minissérie Venceu [58]
Melhores do Ano Melhor Ator Revelação
Viver a Vida
Venceu [59]
Prêmio Quem de Televisão Melhor Ator Indicado [60]
2010 Prêmio Extra de Televisão Melhor Ator Indicado [61]
Troféu Imprensa Revelação do Ano Venceu [carece de fontes?]
Veja Rio - Os Cariocas do Ano Ator Venceu [62]
Meus Prêmios Nick Ator Favorito Venceu [63]
Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator de Novela Venceu [64]
Melhor Ator Revelação
Maysa: Quando Fala o Coração
Indicado
Festival de Cinema de Maringá Melhor Ator
Vida de Balconista
Venceu [65]
2013 Prêmio Extra de Televisão Melhor Ator
Amor à Vida
Venceu [66]
Prêmio APCA Melhor Ator Venceu [67]
Melhores do Ano Melhor Ator Venceu [68]
Prêmio Quem de Televisão Melhor Ator Venceu [69]
Meus Prêmios Nick Ator Favorito Venceu [70]
Troféu ISTOÉ - Brasileiros do Ano Televisão Venceu [71]
2014 Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator de Novela Venceu [72]
Troféu Imprensa Melhor Ator Venceu [carece de fontes?]
Troféu Internet Melhor Ator Venceu
2016 Melhores do Ano Melhor Ator de Novela
Liberdade, Liberdade
Indicado [73]
Prêmio Arte Qualidade Brasil Melhor Ator - Comédia
Selfie
Venceu [74]
2018 Troféu Nelson Rodrigues Melhor ator Venceu
2019 Prêmio Bibi Ferreira Melhor Ator
O Mistério de Irma Vap
Venceu [75]

Referências

  1. «"Não estudei para ser só galã" diz Mateus Solano». Terra Networks 
  2. a b c «Perfil completo - Mateus Solano». Memória Globo. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  3. «11 fatos sobre a vida e a carreira de Mateus Solano». Listas BOL. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  4. «Zuzu Angel - Linha Direta Justiça». Memória Globo. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  5. a b c d e f g h i j k l m n «Trabalhos na Globo - Mateus Solano». Memória Globo. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  6. a b «Juscelino adoece e retorna a Diamantina». Central Globo de Comunicação. 3 de janeiro de 2006. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  7. a b Xavier, Nilson. «Malhação 2006». Teledramaturgia. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  8. a b Xavier, Nilson. «Paraíso Tropical». Teledramaturgia. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  9. a b «Ficha Técnica - Pé na Jaca». Memória Globo. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  10. a b Mazza, Florença (11 de abril de 2010). «Antes de 'Viver', Mateus Solano e Carolina Chalita flertaram no cinema». Patrícia Kogut - O Globo. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  11. a b «Mateus Solano será o compositor Ronaldo Bôscoli na minissérie "Maysa"». UOL Televisão. 13 de setembro de 2008. Consultado em 5 de setembro de 2020. Fonte especifica que Ronaldo era namorado de Maysa 
  12. a b c Felícia, Carla (17 de setembro de 2009). «Mateus Solano dá vida a gêmeos em 'Viver a vida'». Extra. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  13. a b «'Morde & Assopra': Naomi admite traição para Ícaro; saiba desfechos». Terra. 14 de outubro de 2011. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  14. a b «Paixão Antiga». Central Globo de Comunicação. 2 de dezembro de 2011. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  15. a b «Série apresenta A Vidente de Diamantina, no ar 31/05». Central Globo de Comunicação. 28 de maio de 2012. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  16. a b «Mundinho Falcão é o quarto bom moço da carreira de Mateus Solano». Jornal Correio. 5 de agosto de 2012. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  17. a b Borges, Luana (13 de outubro de 2013). «No ar em 'Amor à Vida', Mateus Solano diz: "Félix é um parque de diversões"». Terra. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  18. a b Wolff, Eduardo (18 de dezembro de 2015). «Mateus Solano brilha como Zé Bonitinho na 'Escolinha' e ganha aprovação da filha: 'Ela se divertiu'». Gshow - Bastidores. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  19. a b Santos, Sergio (25 de janeiro de 2018). «Tá no Ar: a TV na TV continua inteligente, afiado e atual». TV História. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  20. a b «Joaquina mata Rubião e é levada à forca no final de Liberdade, Liberdade». Notícias da TV. 30 de julho de 2016. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  21. a b Bittencourt, Carla (3 de julho de 2017). «'Pega pega': Eric leva tiro para proteger Luiza e Bebeth cuida do pai». Extra. Telinha. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  22. a b Teixeira, Julia (13 de abril de 2010). «Mateus Solano tem o cabelo cortado pela própria esposa». Ofuxico. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  23. a b «O Primeiro Grito». Porta Curtas. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  24. a b «Filmografia - Linha de Passe». Cinemateca brasileira. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  25. a b «Maridos, Amantes e Pisantes». Porta Curtas. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  26. a b «Alice». Porta Curtas. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  27. a b Antunes, Elizabete (19 de setembro de 2009). «Mateus Solano é um balconista no primeiro filme estrelado por ele». Patrícia Kogut - O Globo. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  28. a b Berrêdo, José Raphael (17 de março de 2012). «'Ainda é um tabu', diz Mateus Solano sobre beijo gay em 'Novela das oito'». G1. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  29. a b «Supercine traz Mateus Solano no longa metragem 'Confia em Mim'». Rede Globo. 8 de abril de 2016. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  30. a b Fan, Ritter (10 de agosto de 2014). «Crítica - O Menino no Espelho». Plano Crítico. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  31. a b Gonçalves, Anderson (21 de abril de 2016). «Juiz jurado de morte inspira trama de "Em Nome da Lei"». Gazeta do Povo. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  32. a b Glioche, Reinaldo (24 de abril de 2016). «Mateus Solano vive personagem desconcertado pelo amor em "Talvez uma História de Amor"». Cineclube iG. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  33. a b «'Benzinho', filme com Adriana Esteves, vai competir no Festival de Sundance». G1. 30 de novembro de 2017. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  34. a b Malacarne, Juliana (12 de fevereiro de 2019). «Tito e os Pássaros: animação aposta em criatividade ao falar sobre medo para crianças». Revista Crescer. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  35. a b «Atafona é cenário do filme "Cadeia Alimentar"». Folha1 - Cultura e Lazer. 15 de outubro de 2018. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  36. a b «Blocos vai ao teatro». Blocos Online. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 2 de agosto de 2014 
  37. a b «Papo de Teatro com Mateus Solano». SP Papo de Teatro. 27 de setembro de 2010. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  38. a b «Currículo». Alkaparra Produções. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  39. a b «Peça recupera garçonnière modernista». Folha de S.Paulo. 12 de maio de 2007. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  40. a b «Últimos Remorsos Antes do Esquecimento». Enciclopédia Itaú Cultural. 2 de março de 2007. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 19 de fevereiro de 2017 
  41. a b «Miguel Thiré e Matheus Solano vivem 16 personagens em '2 p/ viagem'». Jornal do Brasil. 17 de abril de 2008. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 29 de junho de 2016 
  42. a b Dale, Joana (23 de abril de 2008). «Peça 'Lobo nº 1 - A estepe' ganha sessão extra sábado no Rio». Extra. O Globo. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  43. a b «Mateus Solano substitui Caio Junqueira em Hamlet». Glamurama. 9 de janeiro de 2009. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  44. a b Vicente, Felipe (12 de abril de 2014). «Mateus Solano comprova talento em peça "Do Tamanho do Mundo"». Setor VIP. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 21 de abril de 2015 
  45. a b «Selfie - Mostra 2015 - Comédia». Festival de Teatro de Curitiba 2015. Consultado em 5 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 3 de maio de 2015 
  46. a b Cunha, Gustavo (20 de junho de 2019). «'O mistério de Irma Vap' ganha nova montagem com Mateus Solano e Luís Miranda». Jornal O Globo. Consultado em 5 de setembro de 2020. Bloqueia o JavaScript para ter acesso a página 
  47. Nasce Flora, filha de Mateus Solano
  48. Fernando Oliveira (4 de novembro de 2015). «Nova 'Escolinha do Professor Raimundo' substitui 'Tomara Que Caia'». F5 - Colunistas. Consultado em 7 de novembro de 2015 
  49. «Mateus Solano grava participação no humorístico 'Tá no Ar', de Marcelo Adnet». Globo Play. 1 de março de 2016. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  50. «Tá no Ar reúne time de atores veteranos em esquetes especiais». Observatório da Televisão. 12 de fevereiro de 2019. Consultado em 13 de fevereiro de 2019. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2019 
  51. «Mateus Solano será um viúvo milionário em "Pega Ladrão"». Boa Informação. 9 de fevereiro de 2017. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2017 
  52. «Ator incorpora Félix para negar volta em A Dona do Pedaço; saiba quem Solano será». Notícias da TV - UOL. Consultado em 8 de novembro de 2019 
  53. «Mateus Solano será cirurgião em 'A morte pode esperar'. Saiba tudo sobre a novela». O Globo. 18 de janeiro de 2020. Consultado em 18 de janeiro de 2020 
  54. Redação (13 de janeiro de 2020). «Nova série do Globoplay, 'Mal Secreto' é cercada de mistérios e impõe cláusulas de sigilo». F5. Consultado em 14 de janeiro de 2020 
  55. «O HOMEM QUE ERA SÁBADO - Texto e direção de Pedro Brício. Com Igor Paiva, Isabel Cavalcanti, Mateus Solano e Sarah Lavigne». Blocos Online. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  56. «Papo de Teatro com Mateus Solano». SP Escola de Teatro. 27 de setembro de 2009. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 19 de fevereiro de 2017 
  57. Ganhadores do Prêmio Extra de TV 2009
  58. Caminho das Índias é grande vencedora do Prêmio Arte Qualidade Brasil. Jornal do Brasil. 17/11/2009. Página visitada em 18 de Fevereiro de 2017.
  59. Melhores do Ano: Confira todos os vencedores das 14 edições do prêmio
  60. Vencedores e indicados ao Prêmio Quem 2009
  61. Ganhadores do Prêmio Extra de TV 2010
  62. «Veja Rio elege Cariocas do Ano 2010». Diario do rio. Consultado em 27 de setembro de 2019 
  63. «"Meus Prêmios Nick" conta com shows de Luan Santana, Drake Bell e Restart». IG 
  64. Patrícia Teixeira (4 de maio de 2010). «Estrelas da TV agitam o Prêmio Contigo, no Copacabana Palace». O Fuxico. Consultado em 27 de setembro de 2011 
  65. Whitaker, Guilherme (30 de maio de 2010). «Premiados no 7º Festival de Cinema de Maringá». Curta o Curta. Consultado em 4 de novembro de 2014 
  66. "Amor à Vida" vence em seis categorias no Prêmio Extra de TV; Huck leva pela 8ª vez
  67. Conheça os vencedores do Prêmio APCA
  68. M. Solano, Tatá Werneck: veja vencedores do Melhores do Ano
  69. Prêmio QUEM 2013: Conheça os vencedores na categoria TV
  70. Vencedores do Meus Prêmios Nick 2013
  71. Confira quem são os Brasileiros do Ano de 2013
  72. Os vencedores do 16º Prêmio Contigo!
  73. 'Melhores do Ano': conheça os indicados ao prêmio em 2016. GShow. 13/11/2016. Página visitada em 22 de dezembro de 2017.
  74. Confiram os ganhadores do Prêmio Arte Qualidade Brasil 2016 . Woo Magazine. 01/12/2016. Página visitada em 18 de Fevereiro de 2017.
  75. «Mateus Solano e Luis Miranda dividem vitória em categoria de Melhor Ator». G1. Consultado em 27 de setembro de 2019 

Notas