Nicolau de Ragualdo

Nicolau de Ragualdo (em latim: Nicolaus Ragvaldi; em sueco: Nils Ragvaldsson; nascido na década de 1380 em Fjällskäfte, na província histórica da Sudermânia — 17 de fevereiro de 1448) foi um eclesiástico sueco que ascendeu a bispo de Växjö e culminou a sua carreira como arcebispo de Upsália (1438-1448). É o predecessor do movimento cultural patriótico conhecido como Goticismo.[1][2]

Nicolau de Ragualdo
Nascimento Década de 1380
Fjällskäfte, Sudermânia
Morte 1448
Nacionalidade sueco
Ocupação Eclesiástico
Bispo de Växjö
Arcebispo de Upsália

Nicolau Ragualdo é conhecido pelo seu discurso no Concílio de Basileia em 1434, em representação do rei sueco Érico da Pomerânia. Durante a escolha dos lugares na sala da reunião, tendo em conta a posição das diferentes casas reais, Ragualdo surpreendeu os presentes afirmando representar um povo, cujo monarca descendia dos antigos reis dos Godos, um povo que tinha ainda o mérito de ter participado na Guerra de Troia, vencido os reis persas Ciro e Dario, conquistado a cidade de Roma através do seu antepassado Alarico, e avançando ainda com a afirmação de que a Suécia era o berço dos Godos, dos Vândalos e dos Saxões.[3][4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Nils Ragvaldsson» (em sueco). Projekt Runeberg - Nordisk familjebok 
  2. Göran Dahlbäck. «Nicolaus Ragvaldi» (em sueco). Svenskt biografiskt lexikon (Riksarkivet) - Dicionário Biográfico Sueco (Arquivo Nacional Sueco) 
  3. Henrikson, Alf; Björn Berg (1963). «Patriotismens uppvaknande». Svensk historia (em sueco). Estocolmo: Bonnier. p. 157-158. 1062 páginas. ISBN 91-0-055344-1 
  4. «Nicolaus Ragvaldis tal i Basel 1434.» (em sueco). Projekt Runeberg - Samlaren 
  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.