Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para o programa sobre economia da TVI24, veja Olhos nos Olhos (programa de televisão).
Olhos nos Olhos
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 60 minutos
Criador(es) Rui Vilhena
País de origem Portugal Portugal
Idioma original português
Produção
Produtor(es) NBP
Elenco Paulo Pires
José Wallenstein
Paula Neves
Marco Delgado
Eunice Muñoz
Ruy de Carvalho
Bárbara Norton de Matos
Luisa Cruz
Sofia Grillo
Gracinda Nave
Tema de abertura Mais que uma Vez- João Pedro Pais
Tema de encerramento Mais que uma Vez- João Pedro Pais
Exibição
Emissora de televisão original TVI
Formato de exibição 4.3
Transmissão original 7 de Outubro de 2008 a 11 de Julho de 2009
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 223
Cronologia
Fascínios
Sentimentos (novela)

Olhos nos Olhos é uma telenovela portuguesa transmitida pela TVI entre 7 de outubro de 2008 a 11 de julho de 2009 em 223 capítulos substituindo Fascínios e sendo substituída por Sentimentos (telenovela) .É da autoria de Rui Vilhena. Contou com Paulo Pires, José Wallenstein, Paula Neves, São José Correia, Rita Salema, Marcantónio Del Carlo, Marco Delgado, Sofia Grillo e Diogo Amaral nos papéis principais.

Foi reposta no canal TVI Ficção,entre 25 de Julho de 2013 e 28 de Janeiro de 2014 substituindo Meu Amor e sendo substituída por Sentimentos (telenovela).

Foi reposta nas madrugadas da TVI entre 24 de Julho de 2014 e 8 de Outubro de 2014 substituindo Dei-te Quase Tudo e sendo substituida por O Teu Olhar.

SinopseEditar

Vasco e Victor (Paulo Pires) são irmãos gémeos. Mesma cara, mesmo corpo... mesma ambição. Odeiam-se mutuamente, sendo esse o único laço que os une. Contrariando o típico par gémeo bom e gémeo mau, ambos são vilões. Disputavam brinquedos na infância, namoradas na adolescência e, agora nos seus caminhos em busca de fortuna, Victor e Vasco cruzam-se com os Viana Levi, uma família judaica, detentora de uma empresa de cosméticos com forte nome no mercado, mas que atravessa uma das suas maiores crises. Objectivo dos gémeos: chegar à presidência da empresa.

Dessa família também faz parte o internacionalmente consagrado maestro Leonardo Viana Levi (José Wallenstein). É aqui que nos deparamos com um dos vários mistérios da trama: o que acontece às mulheres de Leonardo? O maestro já vai no terceiro casamento, com Beatriz (Paula Neves). A morte da sua primeira mulher acontece num acidente de viação. Mais tarde, a segunda mulher, Antónia (Anabela Teixeira) morre numa derrocada fatal de um prédio, num dia em que Lisboa é assolada por um ciclone, fruto das constantes e preocupantes mudanças climáticas que o planeta sofre. A verdade é que, horas antes de morrer na derrocada, Antónia planeava fugir de casa e levar consigo o filho Miguel (Frederico Barata), em segredo do marido e da família. O que quer que fosse que aterrorizava Antónia levanta uma dúvida: que responsabilidade tem Leonardo nestas mortes? Será azar o que persegue as suas relações ou será que ele esconde algo de tenebroso?

O ciclone em Lisboa vai ser o fio condutor para outras personagens. Dos escombros do prédio é resgatada Isabel Silva Pereira (Marisa Cruz), uma mulher grávida, que sofre de morte cerebral e que levará a sua família a enfrentar um grande dilema moral: deverão mantê-la viva até ao nascimento do bebé ou desligar as máquinas e deixá-los os dois, evitando que a criança nasça deficiente? E o que fazer para descobrir quem é o pai da criança, informação essa que Isabel nunca confidenciou a ninguém? Para o descobrir, a irmã de Isabel, Eva (Bárbara Norton de Matos), e os seus avós, Teófilo (António Montez) e Rosário (Eunice Muñoz), levarão a cabo uma cruzada em busca da verdade, que pode manchar a memória da falecida.

Final trágico também tem Bernardo Santos Oliveira (Pedro Granger), um homossexual assumido renegado pela família, que é apanhado no ruir do prédio. Engenheiro informático de profissão, Bernardo conseguiu amealhar uma pequena fortuna com a venda de um site. Quem tem direito ao dinheiro de Bernardo? Mário (Nuno Távora), o companheiro com quem viveu os seus últimos anos, ou os pais preconceituosos, Rute (Luísa Cruz) e Augusto (Vítor Norte), que o rejeitaram pela sua orientação sexual e agora reclamam a totalidade da herança? A verdade é que a família Santos Oliveira vive um problema com que muitos se identificarão: o das famílias endividadas que pagam cartão de crédito com cartão de crédito e que tentam manter um nível de vida muito superior às suas reais possibilidades.

Elenco principalEditar

- Actores convidados:

- Participações especiais:

- Elenco infantil:

Elenco adicionalEditar

Banda sonoraEditar

Álbum Olhos nos Olhos (2009, CD, Farol Música).[1]

AudiênciaEditar

O primeiro episódio, e o único transmitido a seguir ao Jornal Nacional, registou 17.6% de audiência média e 43% share, o que acabou por ser o melhor registo da novela. Olhos nos Olhos fixou-se no período das 23 às 24 horas, no qual também foi exibido último episódio com o resultado de 10.2% de audiência média e 40.5% de share. Os 233 capítulos transmitidos registraram média de 9.1% de audiência e 35.6% de share.[2]


Referências

  1. «Catálogo - Detalhes do registo de "Olhos nos olhos"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 11 de Abril de 2014 
  2. «Olhos nos Olhos chega ao fim : Notícia - Grupo Marktest». www.marktest.com. Consultado em 9 de janeiro de 2017 

Ligações externasEditar