João Miguel

ator, roteirista e diretor brasileiro

João Miguel Serrano Leonelli (Salvador, 1 de janeiro de 1970) é um ator, roteirista e diretor brasileiro, filho do político Domingos Leonelli e da artista plástica Magali Serrano.

João Miguel
João Miguel na TV Brasil em 2014
Nome completo João Miguel Serrano Leonelli
Nascimento 1 de janeiro de 1970 (51 anos)
Salvador, BA
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator, roteirista, diretor
Outros prêmios
Mostra Internacional de Cinema de São Paulo: Melhor Ator (2005)
Festival do Rio: Melhor Ator (2005)
Festival Internacional de Cinema de Guadalajara: Melhor Ator (2006)
Festival Internacional de Cinema de Punta del Este: Melhor Ator (2008)
Los Angeles Brazilian Film Festival: Melhor Ator (2012)
Grande Prêmio Cinema Brasil: Melhor Ator Coadjuvante (2013)

BiografiaEditar

Iniciou a carreira de ator aos 9 anos na televisão, no programa Bombom Show, de Nonato Freire. Com 13 ou 14 anos, estreia como ator principal na peça A Viagem de Um Barquinho, com direção de Petinha Barreto e com a participação de Leninha Barreto. Depois trabalhou em circo, e, junto a crianças de rua, apresentou peças em escolas, hospitais públicos e favelas de Salvador e do interior da Bahia. Aos 17 anos, foi para o Rio de Janeiro e teve a sua formação como ator na Casa de Arte das Laranjeiras (CAL), onde conheceu Luiz Carlos Vasconcelos, ator e diretor do Grupo Piolim. Em seguida, foi para João Pessoa, onde aperfeiçoou sua arte circense com Luiz Carlos, e depois viajou o Brasil e o mundo acompanhando a peça O Vau da Sarapalha.

Depois de muito trabalho, finalmente foi consagrado com o monólogo Bispo, que conta a história do artista sergipano Arthur Bispo do Rosário,[1][2] o qual encenou por anos em várias cidades brasileiras. Recebeu o convite do diretor Marcelo Gomes para estrelar o filme Cinema, Aspirinas e Urubus, com o qual ganhou muitos prêmios, inclusive no Festival de Cinema de Cannes. O próprio ator o considera um dos melhores filmes que já fez.[3] Hoje, tem mais de 20 longas-metragens rodados e várias participações em especiais da televisão, incluindo sua primeira participação em uma novela em Cordel Encantado,[1][3] João Miguel é um dos mais talentosos e versáteis atores de sua geração, como apontam os críticos.[4][5][6]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Notas
2002 Pastores da Noite Chico Pinóia
2005 Carandiru, Outras Histórias Edelso
2007 Amazônia, de Galvez a Chico Mendes Heraldo
Te Quiero América Francisco
A Grande Família Plínio Episódio: "Bonequinha do Papai"
Antônia Edmundo Episódio: "Ligação a Cobrar"
2008 Casos e Acasos Teles Episódio: "O Ex, a Promoção"
Ó Paí, Ó Mário Participação
A Grande Família Plínio Episódio: "A Grande Gentalha"
2009 O Louco dos Via-Dutos Jeremias
2011 Cordel Encantado Belarmino (Bel)
Força Tarefa Carlos Henrique Episódio: "10 de novembro"
2012 Xingu Cláudio Villas Bôas[7]
2013 O Canto da Sereia Só Love
Gonzaga - de Pai pra Filho Miguelzinho
2014 A Teia Jorge Macedo[8]
2015 Felizes para Sempre? Hugo Drummond[9]
2016–2018 3% Ezequiel[10] 1ª e 2ª Temporadas
2018 Assédio Odair [11]

CinemaEditar

Ano Título Papel Notas
2004 Esses Moços Arthur Bispo do Rosário
2005 Cinema, Aspirinas e Urubus Ranulpho
Eu Me Lembro Edgard Navarro
Cidade Baixa Edvan
2006 O Céu de Suely João
2007 Deserto Feliz Mão de Veia
Mutum Pai
Estômago Alecrim/Raimundo Nonato[5]
2008 Bonitinha, Mas Ordinária. Edgard
2009 Se Nada Mais Der Certo Wilson
Hotel Atlântico Sebastião
2010 Ex Isto René Descartes
A Suprema Felicidade Bené
2011 O Jardim das Folhas Sagradas Castro
2012 Xingu Cláudio Villas Bôas
À Beira do Caminho João
Era Uma Vez Eu, Verônica Gustavo
Gonzaga - de Pai pra Filho Miguelzinho
Periscópio Elvio
A Hora e a Vez de Augusto Matraga Augusto Matraga
2013 Éden Pastor Naldo[12] [13]
2015 Òrun Àiyé - A Criação do Mundo Olodumaré
2016 Canção da Volta Eduardo [14]
Quase Memória Ernesto [15]
2019 Pacarrete Miguel

TeatroEditar

Ano Título Papel Notas
1985 A Viagem de Um Barquinho
1992 O Vau da Sarapalha
2001 Bispo[16] Arthur Bispo do Rosário
2008 Zeluda Zeluda
2010 Ranulpho

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Categoria Premiação Nomeações Resultado
2001 Prêmio Braskem de Teatro[17] Melhor Ator
Bispo
Venceu
2003 Prêmio Shell de Teatro Melhor Ator Indicado
2005 Mostra Internacional de Cinema de São Paulo Melhor Ator
Cinema, Aspirinas e Urubus
Venceu
Festival Internacional de Cinema do Rio Melhor Ator Venceu
2006 Festival Sesc Melhores Filmes Melhor Ator Venceu
Prêmio Qualidade Brasil Melhor Ator em Cinema Indicado
Prêmio Contigo! de Cinema Nacional Melhor Ator Venceu
Festival Internacional de Cinema de Guadalajara Melhor Ator Venceu
Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá Melhor Ator Venceu
Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro Melhor Ator Venceu
Melhor Ator Revelação Indicado
2007 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Ator Indicado
Melhor Coadjuvante Ator
Cidade Baixa
Indicado
Festival Internacional de Cinema do Rio Melhor Ator
Estômago
Venceu
2008 Semana Internacional de Cine de Valladolid Melhor Ator Venceu
Prêmio Contigo! de Cinema Nacional Melhor Ator Indicado
Festival Internacional de Cinema de Punta del Este Melhor Ator Venceu
Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Coadjuvante Ator
O Céu de Suely
Indicado
Melhor Ator
Mutum
Indicado
2009 Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro Melhor Ator Coadjuvante Indicado
Melhor Ator
Estômago
Venceu
Festival Sesc Melhores Filmes Melhor Ator Venceu
Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Ator Indicado
Prêmio ACIE de Cinema Melhor Ator Venceu
Festival de Cinema Brasileiro de Paris Melhor Ator
Se Nada Mais Der Certo
Venceu
Miami Brazilian Film Festival Melhor Ator Venceu
2010 Prêmio Shell de Teatro Melhor Ator
Venceu
Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro Melhor Ator Coadjuvante
Hotel Atlântico
Indicado
2011 Prêmio Arte Qualidade Brasil Melhor Ator Coadjuvante
Cordel Encantado
Venceu
Festival Internacional de Cinema do Rio Melhor Ator
A Hora e a Vez de Augusto Matraga
Venceu
2012 Los Angeles Brazilian Film Festival Melhor Ator Venceu
Cine Pernambuco – Festival do Audiovisual Melhor Ator
À Beira do Caminho
Venceu
Prêmio Contigo! de Cinema Nacional Melhor Ator
Xingu
Indicado
2013 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Ator Indicado
Prêmio ACIE de Cinema Melhor Ator Indicado
Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro Melhor Ator Indicado
Melhor Ator Coadjuvante
À Beira do Caminho
Indicado
Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Coadjuvante Ator
Gonzaga - de Pai pra Filho
Venceu
Cine Pernambuco – Festival do Audiovisual Melhor Ator
Bonitinha, Mas Ordinária
Venceu
Festival Sesc Melhores Filmes Melhor Ator
Era Uma Vez Eu, Verônica
Venceu
2015 Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator de Série ou Minissérie
Felizes para Sempre?
Indicado
Prêmio Extra de Televisão Melhor Ator Coadjuvante Indicado
2016 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Ator
A Hora e a Vez de Augusto Matraga
Indicado
Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro Melhor Ator Indicado
Prêmio APCA de Cinema Melhor Ator Venceu
2019 Festival de Cinema de Gramado Melhor Ator Coadjuvante
Pacarrete
Venceu
2020 Prêmio Braskem de Teatro Melhor Direção
Das Coisas Dessa Vida
Indicado
2020 Festival Sesc Melhores Filmes[18] Melhor Ator Nacional
Pacarrete
Pendente

Referências

  1. a b «Do cinema para a TV: a estreia de João Miguel no cangaço de 'Cordel Encantado'». Veja. 27 de maio de 2011. Consultado em 14 de janeiro de 2015 
  2. Fernanda Teixeira. «Com João Miguel em cena, Só traz ao Brasil 1a. montagem de premiada dramaturga italiana». arteplural. Consultado em 18 de abril de 2015 
  3. a b «Conhecido no cinema e no teatro, João Miguel estreia na TV na novela Cordel Encantado». Diário Catarinense. 29 de março de 2011. Consultado em 15 de janeiro de 2015 
  4. Mauricio Stycer (15 de janeiro de 2015). «Especial da Globo ganha apelido de "Festival João Miguel"». UOL. Consultado em 15 de janeiro de 2015 
  5. a b Bianca Kleinpaul (4 de abril de 2008). «João Miguel fala sobre 'Estômago', que estréia na próxima sexta, e seu papel em 'Bonitinha mas ...». O Globo Online. Consultado em 18 de abril de 2015 
  6. Fernando Masini. «Entre o sertão e o abismo». Revista Trópico. Consultado em 18 de abril de 2015 
  7. TV Globo. «Xingu: microssérie narra a saga dos irmãos Villas Bôas a partir do dia 25». Consultado em 17 de março de 2015 
  8. TV Globo. «A Teia: assista a uma prévia da nova série policial, que estreia neste ano». Consultado em 12 de agosto de 2013 
  9. Giselle de Almeida (23 de janeiro de 2015). «No elenco de "Felizes para Sempre?", João Miguel confirma onipresença na TV». UOL Televisão. Consultado em 26 de janeiro de 2015 
  10. KOGUT, Patricia (agosto de 2015). «Bianca Comparato e João Miguel vão estrelar a primeira série original brasileira da Netflix.». O Globo. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  11. «Conheça a história e os personagens da série Assédio». Observatório do Cinema. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  12. «Ficha técnica completa de "Éden». Consultado em 9 de junho de 2013 
  13. «Ficha técnica completa de Éden no IMDb». Consultado em 9 de junho de 2013 
  14. Canção da Volta”, primeiro longa ficcional de Gustavo, protagonizado por Marina Person e João Miguel
  15. Filme Oblivious Memory (Quase memória) com João Miguel
  16. Larissa Paes. «Arthur Bispo do Rosário: a salvação pela arte». obvious. Consultado em 19 de abril de 2015 
  17. [http://especiais.correio24horas.com.br/premiobraskem/joao.html João Miguel: Prêmio Braskem}
  18. «Melhor Ator Nacional». Festival Sesc. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 

Ligações externasEditar