Abrir menu principal

Paul Joseph Watson

Paul Joseph Watson (24 de Maio de 1982),[1][2][3] também conhecido como PJW, é uma personalidade do YouTube, apresentador de rádio, escritor, editor e teórico da conspiração.[4][5][6][7][8] Foi descrito como alt-right (direita alternativa) por várias fontes,[8][9][10][11] embora não se associe a esse rótulo,[12] em vez disso identificando-se com a Nova Direita. Publica conteúdo com críticas ao Islão, ao feminismo e à política de esquerda e ao multiculturalismo.[13]

Paul Joseph Watson
Paul Joseph Watson em 2013.
Nascimento: 24 de maio de 1982 (37 anos)
Sheffield, Yorkshire
Inglaterra, Reino Unido.
Nacionalidade: Inglês
Conhecido como: PJW
Prison Planet
PropagandaMatrix
Cidadania: Britânico
Ocupação: Escritor
Editor
Personalidade do YouTube
Anos em atividade: 2002 - presente
Empregador: Alex Jones
Movimento: Conservative
Website: PrisonPlanetLive

É o editor geral da Infowars.com, uma publicação on-line que promove "teorias de conspiração" sobre políticas dos EUA e internacionais e contribui para o programa de rádio de entrevistas Investers The Alex Jones Show, onde ocasionalmente apresenta só ou em conjunto com o apresentador de rádio e teórico da conspiração, Alex Jones. Trabalha na Infowars.com desde Outubro de 2002.[14] Em Agosto de 2017, seu canal no YouTube passou a ter mais de um milhão de inscritos.[15]

Posicionamento políticoEditar

Juntamente com Alex Jones e a Infowars como um todo, costumava discutir teorias de conspiração como chemtrails, Nova Ordem Mundial e os Illuminati antes de focar sua atenção contra o feminismo, o Islão e a política de esquerda.[13] Numa entrevista, lembrou: "já falei sobre coisas bastante tenebrosas no passado nos meus dias de juventude, em termos de teorias de conspiração. Não acreditamos no que acreditávamos há dez anos".[16] Foi descrito como um membro da "nova extrema-direita" pelo The New York Times, que publicou em Agosto de 2017 que seus "vídeos são polêmicas nativistas diretas, com um foco particular na Europa" e também observou sua oposição à arquitetura modernista e arte moderna.[17]

Descreveu-se anteriormente como um libertário e apoiou Ron Paul na eleição presidencial nos Estados Unidos em 2012. Em tweet de 2016, disse que não considerava-se mais um libertário porque Gary E. Johnson "fez do termo um embaraço".[18] Numa publicação no Facebook em Novembro de 2016, descreveu-se como membro da "New Right" (nova direita)" que ele considera distinta da alt-right. Afirma que a alt-right "gosta de se degenerar em cantos escuros de sub-reddits e obcecar-se sobre judeus, superioridade racial e Adolf Hitler."[12] Junto a Mike Cernovich diverge de figuras como Richard B. Spencer e David Duke que vêem o nacionalismo branco como necessário para a alt-right. A direita alternativa refere-se a nova direita como como "alt-lite".[19] Também definiu-se como conservador e considera o conservadorismo moderno como um movimento contracultural.[20]

Apesar de dar apoio a Donald Trump na eleição presidencial de 2016, declarou via tweet de 6 de Abril de 2017 que estava "oficialmente fora do 'trem de Trump' " após a decisão do presidente de lançar ataques de mísseis contra a Síria em resposta a um ataque a gás vários dias antes, acreditando Trump descumprira sua promessa de não intervir na Síria. Depois de uma diminuição nos seguidores do twitter, ele negou que tivesse "voltado-se contra Trump", dizendo que ele estava "fora do 'Trump train' em termos da Síria."[21] Declarou em tweet separado que mudaria seu foco para apoiar Marine Le Pen candidata da Frente Nacional na eleição presidencial da França em 2017, na qual ela acabou por ser derrotada.[22]

Na mídiaEditar

Em 2016, foi um dos primeiros defensores das alegações de que Hillary Clinton sofria de numerosos e graves problemas médicos. Sua contribuição na fabricação e divulgação do rumor foi abordada na grande mídia como parte de uma discussão sobre o papel dos rumores e da teoria da conspiração na eleição presidencial dos EUA de 2016.[5] [23][24]

Em Fevereiro de 2017, ofereceu-se via twitter para pagar a qualquer jornalista que considerasse a Suécia segura para visitar o país e permanecer nos "subúrbios migratórios criados pelo crime" de Malmo.[8] [25] Muitos jornalistas aceitaram sua oferta.[25] [26] Escolheu o jornalista e videógrafo Tim Pool de Nova Iorque, que já planejava uma investigação semelhante.[27] Forneceu US$ 2.000 para a viagem de Pool.[25] [27] Tim Pool também realizou uma arrecadação de fundos para financiar uma investigação sobre outras "zonas proibidas" em áreas da Suécia e da Europa.[27]

Em Setembro de 2017, travou uma discussão no Twitter com o historiador Mike Stuchbery depois de afirmar que George Orwell se oporia ao movimento Antifa moderno. Stuchbery tuitou: "Paul, novamente, Orwell alistou-se para lutar com a milícia de um partido marxista espanhol, através do Independent Labour Party britânico. Foi assim que ele desprezou os fascistas."[28]

Vida pessoalEditar

Paul Joseph Watson nasceu em Sheffield, South Yorkshire, na Inglaterra [29][30] onde cresceu num conjunto habitacional.[2] Em entrevista de Novembro de 2016 ao The Tab, descreveu sua adolescência como "não particularmente convencional", disse que se exercita diariamente durante três horas e, que consome muito pouca bebida alcoólica.[31] Um de seus primeiros trabalhos foi limpeza de banheiros numa arena esportiva, mas que trocou isso para concentrar-se na InfoWars e em seu site PropagandaMatrix.[32][33]

Referências

  1. The Tab - An interview with Paul Joseph Watson. Marie-Elise Worswick, 7 de Novembro de 2016, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  2. a b Standard - Are these the faces of London's young 'alt-right'?. Hamish MacBain, 2 de Março de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  3. Propagandamatrix - Contact Information. (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  4. Walter, Damien (18 de fevereiro de 2017). «There's a very simple reason why the alt-right is not the new counterculture». The Independent 
  5. a b Vice - How Conspiracy Theories About Hillary Clinton's Health Went Mainstream. Harry Cheadle, 25 de Agosto de 2016, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  6. The Guardian - Britain’s extremist bloggers helping the ‘alt-right’ go global, report finds.
    "London-based Paul Watson, described as white supremacist and “editor, staff writer” for the conspiracy website InfoWars ... is named as a central disseminator of the conspiracy theory concerning Hillary Clinton having debilitating health issues ... During a series of unashamedly conspiratorial videos that were viewed millions of times, Watson, originally from Sheffield, suggested Clinton might have had syphilis, brain damage and Parkinson’s disease as well as alleging she was a drug abuser."
    (Paul Watson, baseado em Londres, descrito como supremacista branco e "editor, escritor" para o site conspiracionista InfoWars... é apontado como disseminador central da teoria da conspiração de que Hillary Clinton teria problemas de saúde debilitantes... Durante uma série de despudorados vídeos de conspiração vistos milhões de vezes, Watson, originalmente de Sheffield, sugeriu que Clinton poderia ter sífilis, danos cerebrais e doença de Parkinson, além de alegar que ela seria uma usuária abusiva de drogas).
    Mark Townsend, 11 de Fevereiro de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  7. The Washington Post - The alt-right’s take on Clinton’s speech: Botched, but legitimizing. David Weigel, 28 de Agosto de 2016, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  8. a b c BBC - Alt-right editor challenges journalists to visit Sweden. 21 de Fevereirode 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  9. The Daily Telegraph - Alt-right commentator gets 'schooled' by historian over diversity in Roman Britain. 27 de Julho de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  10. The Week - The alt-right's views of Trump are getting kind of complicated after his Syria strike. 10 de Abril de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  11. BuzzFeed - This Alt-Right Blogger Said Sweden Is Crime-Ridden And Now People Are Trolling Him With Memes. Paul Joseph Watson said: "Any journalist claiming Sweden is safe; I will pay for travel costs & accommodation for you to stay in crime ridden migrant suburbs of Malmo."
    Sara Spary, 20 de Fevereiro de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  12. a b Los Angeles Times - The 'alt-right' splinters as supporters and critics agree it was white supremacy all along. Matt PearceMatt Pearce, 29 de Novembro de 2016, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  13. a b The Guardian - How rightwing pundits are reacting to the Manchester attack.
    "Paul Joseph Watson, Alex Jones’s British mini-me, has followed the same broad path that the rest of the organization has. He was never on the left, of course, but over time his commentary has focused less and less on the Illuminati and chemtrails, and more and more on pushing a stridently anti-Muslim, anti-feminist and anti-left message."
    (Paul Joseph Watson, o mini-me britânico de Alex Jones, seguiu o mesmo caminho que o resto da organização. Ele nunca esteve à esquerda, é claro, mas ao longo do tempo seu comentário se concentrou cada vez menos nos Illuminati e nos chemtrails, e cada vez mais em empurrar uma mensagem estridentemente anti-muçulmana, anti-feminista e anti-esquerda).
    Jason Wilson, 24 de Maio de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  14. Salon - Infowars’ Paul Joseph Watson can’t get anything right. Watson’s fans include Donald Trump Jr. and the Trump administration. Eric Hananoki, 19 de Junho de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  15. The New Republic - How YouTube Became the Worldwide Leader in White Supremacy. Bob Moser, 21 de Agosto de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  16. World News - Paul Joseph Watson FULL interview: Mass immigration, left-wing hate and Brexit. Vídeo (em inglês), publicado em 8 de Setembro de 2017. Acessado em 25/09/2017.
  17. The New York Times - For the New Far Right, YouTube Has Become the New Talk Radio. JOHN HERRMAN, 3 de Agosto de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  18. Salon - Donald Trump and the libertarians: Why have so many people who claim to love freedom embraced a strongman?. Conor Lynch, 23 de Dezembro de 2016, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  19. The Daily Beast - InfoWars’ Big Alt-Right Breakup With Richard Spencer - and the KKK. Ben Collins, 14 de Março de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  20. The Independent - There's a very simple reason why the alt-right is not the new counterculture. Damien Walter, 16 de fevereiro de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  21. Indy100 - Paul Watson turns on Trump, then denies turning on Trump after losing hundreds of followers. Josh Withey, 8 de Abril de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  22. The Hill - Syria strike disappoints Trump backers in media. Max Greenwood, 7 de Abril de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  23. The Guardian - Conspiracy central: the activists painting Clinton as a sick, terrorist-friendly killer. Amber Jamieson, 26 de Agosto de 2016, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  24. The Daily Beast - 'Is Hillary Dying' Hoax Started by Pal of Alex Jones. Ben Collins, 9 de Agosto de 2016, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  25. a b c The Local - Far-right editor's offer to pay travel costs to 'crime-ridden Malmö' backfires as dozens accept. Lee Roden, 21 de Fevereiro de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  26. Huffington Post - Paul Joseph Watson’s Twitter Offer For Journalist Trip To Sweden Spectacularly Backfires. George Bowden, 20 de Fevereiro de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  27. a b c Huffington Post - Paul Joseph Watson Comes Good On Twitter Offer To 'Investigate Malmo, Sweden, Crimes'. George Bowden, 21 de Fevereiro de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  28. The Independent - Far-right commentator gets 'schooled' by historian over George Orwell and Antifa. Maya Oppenheim, 1 de Setembro de 2017, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  29. Prison Planet, (Twitter de PJW), (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  30. The Tab - An interview with Paul Joseph Watson. Marie-Elise Worswick, 7 de Novembro de 2016, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  31. The Tab - Meet the pro-Trump YouTuber from Sheffield who’s impacting the U.S. Election . Marie-Elise Worswick, 7 de Novembro de 2016, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  32. World News - Vídeo: Paul Joseph Watson from Cleaning Toilets to Breaking News. Publicado em 22 de Julho de 2013, (em inglês) Acessado em 25/09/2017.
  33. PropagandaMatrix (em inglês) Acessado em 25/09/2017.

Ligações externasEditar

  • World News - Paul Joseph Watson: I'm Leaving Youtube Until They Change Their Policies Against Us. Vídeo (em inglês), publicado em 11 de Agosto de 2017. Acessado em 25/09/2017.