Paulo Lopes

município de Santa Catarina (BR)
Paulo Lopes
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Paulo Lopes
Bandeira
Brasão de armas de Paulo Lopes
Brasão de armas
Hino
Gentílico paulo-lopense
Localização
Localização de Paulo Lopes em Santa Catarina
Localização de Paulo Lopes em Santa Catarina
Mapa de Paulo Lopes
Coordenadas 27° 57' 43" S 48° 41' 02" O
País Brasil
Unidade federativa Santa Catarina
Região metropolitana Florianópolis
Municípios limítrofes Garopaba, Imaruí, Imbituba, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz, São Bonifácio e São Martinho
Distância até a capital 55 km
História
Fundação 20 de dezembro de 1961 (58 anos)
Administração
Prefeito(a) Nadir Carlos Rodrigues (PP, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 450,372 km²
População total (Censo IBGE/2012[2]) 6 692 hab.
Densidade 14,9 hab./km²
Clima Mesotérmico úmido com verões quentes (Cfa)
Altitude 2 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 88490-000
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,759 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 71 008,261 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 9 865,00
Website paulolopes.sc.gov.br (Prefeitura)

Paulo Lopes é um município brasileiro do estado de Santa Catarina localizado na Região Metropolitana de Florianópolis. Sua população estimada em 2012 era de 6 692 habitantes.[2]

Está a uma altitude de 2 metros e possui uma área de 450,372 km².

HistóricoEditar

O fundador da cidade foi o imigrante açoriano coronel Paulo Lopes Falcão, que se estabeleceu na região por volta de 1800 junto com mais imigrantes açorianos .Com a ajuda dos índios carijós, ele passou a cultivar milho e a produzir farinha de mandioca. Mais tarde, migrantes vindos de São Paulo se uniram ao pequeno núcleo populacional que havia surgido. Em 1890 foi criada a Freguesia de Paulo Lopes. Porém, durante muitos anos, a localidade foi chamada de Olaria, em função de suas inúmeras indústrias de fabricação de tijolos. Paulo Lopes conta com forte imigração açoriana, alemã, italiana e mais recentemente gauchos e argentinos.

Em 8 de abril de 1890, o governador Lauro Severiano Müller criou a freguesia de Paulo Lopes e em 1892 instalou o primeiro cartório de paz. Apesar de ter sido registrado com este nome, por força da quantidade de olarias, a localidade foi chamada de Olaria por muitos anos.

Município criado em 21 de dezembro de 1961, pela Lei n. 804, por desmembramento de Palhoça. Instalação do município em 30 de dezembro de 1961. Uma das praias do local é famosa Praia da Guarda do Embaú.

ComunicaçõesEditar

Possui uma rádio, a Rádio Paulo Lopes FM 98,3. E Possui um Jornal, o Jornal de Paulo Lopes.

Ver tambémEditar

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. a b «2012 Populational Estimate» (PDF). Censo Populacional 2012. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Julho 2012. Consultado em 10 de setembro de 2012 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar

O Wikivoyage possui o guia Paulo Lopes
  Este artigo sobre municípios de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.