Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo pintor brasileiro, veja Pedro Alexandrino Borges.
Pedro Borges
Nome nativo Pedro Augusto Borges
Nascimento 29 de abril de 1851
Fortaleza
Morte 11 de setembro de 1922 (71 anos)
Cidadania Brasil
Alma mater Faculdade de Medicina da Bahia da Universidade Federal da Bahia
Ocupação político, médico

Pedro Augusto Borges, mais conhecido como Pedro Borges (Fortaleza, 29 de abril de 185111 de setembro de 1922), foi um político brasileiro.[1] Foi maçom pertencente à Loja Fraternidade Cearense.[2] Foi presidente do Estado do Ceará de 1900 a 1904, além de senador de 1904 a 1920 e deputado federal de 1894 a 1900.[3]

Índice

BiografiaEditar

Filho do Coronel Victoriano Augusto Borges e Umbelina Rocha Moreira, irmã do Dr. João da Rocha Moreira, nasceu em Fortaleza a 29 de Abril de 1851. Neto paterno de Martinho de Borges e Maria Rita Borges. O Coronel Victoriano Borges, brasileiro por naturalização, filho de Martinho de Borges, que foi proprietário da fazenda Soledade, caminho de Soure, casou três vezes, uma em Pernambuco, e duas no Ceará, com D.a Umbelina Moreira e D.a Anna Moreira, ambas filhas de João da Rocha Moreira, que foi vice-presidente da antiga Província.

Tendo feito os estudos preparatórios sob a direção do Dr. Abílio César Borges, mais tarde Barão de Macahubas, matriculou-se na Faculdade de Medicina da Bahia e nela graduou-se em 1873, tendo versado sua tese sobre Os Obstáculos ao parto provenientes do colo do útero e suas indicações, Typ. do “Diário da Bahia”, Largo do Theatro N.° 5, 1873.

De volta ao Ceará, exerceu a medicina, e teve ocasião de prestar relevantes serviços durante o calamitoso período de 1877 a 1879, e mais tarde na gloriosa campanha abolicionista, o que lhe valeu o desterro para a Colônia Chopin, na qualidade de médico militar que já então era. Como médico do Corpo de Saúde são estas as datas dos seus postos: Tenente 2º Cirurgião a 14 de Fevereiro de 1874, Capitão a 31 de Outubro de 1885, Major a 27 de Março de 1890, Tenente-Coronel a 13 de Abril de 1892, Coronel graduado a 29 de Maio de 1908 e efetivo a 20 de Janeiro de 1910, general de divisão a 13 de Julho de 1912.

Proclamada a República, Pedro Borges e foi eleito para Deputado ao Congresso Nacional nas Legislaturas de 1894 e 1897, sua escolha para substituto do Dr. Nogueira Accioly na Presidência do Estado, da qual foi empossado a 12 de Julho de 1900 e sua entrada para o Senado nas eleições procedidas em 1904 e 1912.

ObrasEditar

  • Documento Político. O Dr. Pedro Augusto Borges, Presidente do Estado do Ceará Eleito a 11 de Abril e empossado a 12 de Julho de 1900, Ao Povo Cearense, in-8.u de 17 pp. Typ. Econômica, Praça do Ferreira n.o 43. Ceará, 1900.
  • Mensagem apresentada á assembleia legislativa do Ceará em 1.º de Julho de 1901 pelo presidente do Estado Dr. Pedro Augusto Borges. Fortaleza, Typ. Econômica, 43 — Praça do Ferreira—1901.
  • Idem, idem em l.o de Julho de 1902, Ceará, Typ. Minerva, de Assis Bezena, 1902.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Senador Pedro Borges - Senado Federal». www25.senado.leg.br. Consultado em 4 de dezembro de 2017 
  2. MAGALHÃES, Zelito Nunes (2008). História da Maçonaria no Ceará. Fortaleza: Grande Loja Maçônica do Estado do Ceará. 251 páginas 
  3. «Portal da História do Ceará». www.ceara.pro.br. Consultado em 15 de setembro de 2018 

Ligações externasEditar