Abrir menu principal

Wikipédia β

Presidente da Coreia do Sul

O Presidente da República da Coreia (대한민국의 대통령; 大韓民國大統領) é, conforme a Constituição da Coreia do Sul, o chefe de governo, comandante-em-chefe das forças armadas e chefe de Estado da Coreia do Sul. A Constituição e a Lei de Eleição Presidencial de 1987 alterada prevêem a eleição do presidente por sufrágio e votação secreta, terminando com os dezessies anos de eleições presidenciais indiretas sob os dois governos anteriores. O Presidente é eleito por sufrágio direto para um mandato de cinco anos sem possibilidade de reeleição.[1] Se a vaga presidencial ficar vacante, um sucessor deve ser eleito no prazo de sessenta dias, durante os quais os deveres presidenciais devem ser atendidos pelo primeiro-ministro ou outros membros do gabinete de primeiro nível em ordem de prioridade, conforme determinado por lei. Enquanto está no cargo, o chefe do executivo vive na "Casa Azul" (Cheong Wa Dae), e está isento de responsabilidade criminal (com exceção de insurreição ou traição).

Presidente da República da Coreia
대한민국 대통령
Seal of the President of the Republic of Korea.svg
Selo Presidencial
Moon Jae-in May 2017.jpg
No cargo
Moon Jae-in

desde 10 de maio de 2017
Residência Casa Azul, Seul
Duração 5 anos, não-renovável
Criado em 24 de julho de 1948
Primeiro titular Syngman Rhee
Website president.go.kr
Estandarte Presidencial da Coreia do Sul.

O atual presidente é Moon Jae-in.

Índice

Poderes e deveres do presidenteEditar

O parágrafo 4 da Constituição da República da Coreia contém os deveres e os poderes do Presidente. O presidente é obrigado a:

  • defender a Constituição
  • preservar a segurança e a pátria da República da Coreia
  • trabalhar para a paz

Além disso, o presidente recebe os poderes:

  • como o líder do poder executivo do governo
  • como o comandante-em-chefe das Forças Armadas da Coreia do Sul
  • para declarar guerra
  • para realizar referendos sobre questões de importância nacional
  • para emitir ordens executivas
  • para outorgar medalhas em honra de serviço para a nação
  • para emitir indultos
  • para declarar estado de emergência suspendendo todas as leis ou decretar um estado de lei marcial
  • Qualquer sul coreano que entrar na casa azul sem autorização do governo pode ser preso com pena de até 25 anos sem pode pegar fiança ou sair antes do tempo por arbiascopos ou bom comportamento e será indiciado por aterrorizar a segurança do presidente do país. Estrangeiros que invadiram a casa azul ou entrar sem autorização São imediatamente depostos do país e levam multa.

Lista de presidentesEditar

Park Geun-hyeLee Myung-bakRoh Moo-hyunGoh KunRoh Moo-hyunKim Dae-jungKim Young-samRoh Tae-wooChun Doo-hwanPark Choong-hoonChoi Kyu-hahPark Chung-heePark Chung-heeYun Bo-seonHeo JeongRhee Syng-man 

Ex-presidentes vivosEditar

Atualmente, três ex-presidentes estão vivos:

Nome Período do mandato Idade
Chun Doo-hwan 1980–1988 86 anos e 183 dias
Roh Tae-woo 1988–1993 84 anos e 228 dias
Lee Myung-bak 2008–2013 75 anos e 213 dias
Park Geun-hye 2013–2017 65 anos e 168 dias

O presidente mais velho foi Yun Bo-seon, que morreu em 18 de julho de 1990 (com a idade de 92 anos e 326 dias).

O presidente mais recente a falecer foi Kim Young-sam, que morreu em 22 de novembro de 2015 (com a idade de 87 anos e 337 dias).

NotasEditar

  1. O Governo Provisório da República da Coreia foi um governo no exílio estabelecido em Xangai, China. Embora a atual Constituição da Coreia do Sul reconheça de jure a sua soberania sobre o povo coreano na época, o governo provisório não foi reconhecido por muitos poderes internacionais.
  2. Hong Jin é também conhecido como Hong Myeon-hui (홍면희).
  3. Heo Jeong (허정) também liderou um governo interino por um breve período após a Revolução de Abril de 1960, que derrubou a Primeira República.
  4. De 1961 a 1963, Park Chung-hee deteve o poder real como presidente do Conselho Supremo para a Reconstrução Nacional.
  5. De 12 de março a 14 de maio de 2004, o Primeiro-ministro Goh Kun (고건) foi o presidente em exercício.

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar