Abrir menu principal

Rafael Faraco (político brasileiro)

Disambig grey.svg Nota: Se procura o padre e político catarinense, homônimo deste, veja Rafael Faraco.
Rafael Faraco
Replace this image male.png
Rafael Faraco
Vereador de Manaus
Período 1956-1960
Deputado estadual do Amazonas
Período 1963-1971
Deputado federal pelo Amazonas
Período 1971 (fevereiro a novembro)
1975-1982
Dados pessoais
Nascimento 7 de fevereiro de 1931 (88 anos)
Maués, AM
Morte 14 de outubro de 2018
manaus
Alma mater Centro de Ensino Unificado de Brasília
Partido PST, ARENA, PDS, PSB, PMDB
Profissão advogado, técnico em contabilidade

Rafael Faraco (Maués, 7 de fevereiro de 1931) é um advogado, técnico em contabilidade e político brasileiro que exerceu o mandato de deputado federal[1] pelo Amazonas.[2]

Dados biográficosEditar

Filho de Brás Faraco e Rosa Faraco. Antes de eleger-se vereador em Manaus em 1956, foi técnico em contabilidade, e em 1973 formou-se em direito no Centro de Ensino Unificado de Brasília.[2] Sua carreira política seguiu ao eleger-se suplente de deputado estadual pelo Partido Social Trabalhista (1946) (PST) em 1962, exercendo o mandato mediante convocação, reelegendo-se pela Aliança Renovadora Nacional (ARENA) em 1966.

Eleito deputado federal em 1970, foi reposicionado como suplente pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas ante a validação de algumas urnas suspeitas de fraude em Fonte Boa, e assim o mandato foi entregue a Raimundo Parente.[3] Reeleito em 1974 e primeiro suplente em 1978, foi titular quando o governador José Lindoso nomeou Mário Haddad para a Secretaria de Justiça.[2]

Filiado nos anos seguintes ao Partido Democrático Social (PDS), Partido Socialista Brasileiro (PSB) e Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), foi suplente de deputado federal nas três eleições seguintes e, em 1988, perdeu a eleição para a prefeitura de Parintins.

Referências

  1. «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 11 de março de 2015 
  2. a b c «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Rafael Faraco». Consultado em 11 de março de 2015 
  3. «Deputado assume na Câmara. O Estado de S. Paulo, 30/11/1971.». Consultado em 11 de março de 2015