Abrir menu principal

São José Basketball

Equipe brasileira de basquete

O São José Basketball ou São José Basquete, por razões de patrocínio DM Card/São José, é um tradicional clube de basquete da cidade de São José dos Campos, no estado de São Paulo.

São José
São José logo
Nome completo São José Desportivo
Alcunha Águia
Torcedores Joseense
Mascote Águia
Ligas NBB
Campeonato Paulista
Fundação 1948 (71 anos) (como TC São José)
Arena Ginásio Lineu de Moura
Arena Capacidade 2.620 pessoas
Localização São José dos Campos, SP, Brasil
Cores Azul, Branco, Amarelo
              
Presidente Dalvi Rosa Moreira
Treinador Paulo César Martins
Títulos 1 Campeonato Brasileiro
5 Campeonato Paulista
Material esportivo RT Sports
Patrocinador Principal DM Card

HistóriaEditar

Início e primeiras conquistas (anos 40-80)Editar

O São José Basketball deu seus primeiros passos em 1948, depois que o Tênis Clube São José foi fundado com a finalidade de impulsionar os esportes de quadra, entre eles o basquete.[1] A primeira conquista de relevância da equipe foi o extinto Campeonato Paulista do Interior, organizado pela Federação Paulista de Basketball, em 1952. O principal destaque era Alberto Marson, que foi um dos responsáveis por iniciar a modalidade no clube e integrante da Seleção Brasileira, que havia conquistado a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de 1948. Também no ano de 1952, o São José foi vice-campeão do Campeonato Paulista ao perder a decisão para o Corinthians.

A equipe teve o seu auge na década de 80, quando montou grandes times, com excelentes jogadores como Carioquinha, Zé Geraldo, Nilo e Ubiratan, sob a direção de Edvar Simões. Em 1980, o time joseense, então representado pelo Tênis Clube, foi campeão paulista pela primeira vez, após bater o Franca na série decisiva por 2 a 1. Em 81, ficou com o bicampeonato paulista depois de vencer o Pentagonal Final, ficando à frente de Monte Líbano, Sírio, Franca e TC Campinas.[2] Ainda em 1981, ganhou seu primeiro Campeonato Brasileiro, ao faturar a primeira edição da Taça Brasil daquele ano, após vencer o Franca por 74 a 72. Este é o maior título de sua história. Com a conquista nacional, o São José garantiu vaga no Campeonato Sul-Americano de Clubes de 81, competição na qual ficou em segundo lugar.[3][4][5][6]

Volta à elite e tricampeonato paulista (2005-2010)Editar

Após ficar alguns anos da década de 80 e de 90 ausente de competições oficiais, a equipe joseense voltou a disputar o Paulista no ano de 2001,[7] mas foi rebaixado. A volta à elite aconteceu após o vice-campeonato do Toneio Novo Milênio de 2006.[8][9] A vaga no Novo Milênio foi conquistada com o título da Série A-2 do Paulista, em 2005.[10] Após o Novo Milênio de 2006, a gestão do São José Basketball passou do Tênis Clube para a Associação Esportiva São José.[11]

O São José sagrou-se campeão paulista pela terceira vez em sua história ao bater a equipe do Paulistano por três jogos a zero na final do Paulista de 2009, que ocorreu em janeiro de 2010.[12][2][13] Além disso, teve o armador Fúlvio eleito o jogador do campeonato.

No NBB 2009-10, o São José chegou aos playoffs de quartas de final e acabou eliminado pelo Flamengo. Em 2010, foi eliminado precocemente pelo Limeira nas quartas de final do Campeonato Paulista e viu o sonho do quarto título ir embora. No NBB 2010-11, chegou mais uma vez nas quartas, desta vez foi eliminado pelo vice-campeão Franca.

As frequentes eliminações fizeram com que alguns jogadores campeões paulista fossem negociados e outros acabaram chegando para a temporada 2011/12 como Jefferson, Dedé e Laws.

Destaque nacional e tetracampeonato paulista (2011-2012)Editar

Em 2011, a Prefeitura de São José, que já ajudava na gestão do projeto, passou a cuidar integralmente dele através da organização social São José Desportivo.[14][15] A temporada 2011/12 foi marcada pelo grande destaque nacional que o São José começou a ter novamente no basquete brasileiro. Primeiro, fez uma excelente campanha no Campeonato Paulista de 2011, conquistando o vice-campeonato. Depois, vieram as boas apresentações no torneio nacional. Na primeira fase do NBB, o time terminou na ponta da tabela com 23 vitórias e apenas cinco derrotas.

Outra marcas foram quebradas, como a maior sequência de vitórias do time no torneio nacional. A Águia ficou sem perder por 15 jogos seguidos.

Nos playoffs, mais tabus quebrados, pela primeira vez o time iniciou direto nas quartas de final e eliminou o Franca ao vencer a série por 3 a 0. Sendo assim, o time conseguiu ir à semi e bateu o Flamengo por 3 a 2 na série, conquistando o direito de jogar a final na cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo. Na decisão, o time enfrentou o experiente Lobos Brasília, que venceu por 78 a 62, e São José ficou com o vice-campeonato brasileiro do NBB.

Ainda em 2012, o São José Basketball conquistaria o tetracampeonato paulista[2][16] ao bater na final a equipe do Pinheiros por 3 a 2, em um playoff extremamente equilibrado e de tirar o fôlego.[17][18][19]

Anos recentes (2013-presente)Editar

No NBB 2012-13, o São José terminou em 4º lugar ao perder para o Flamengo por 3 X 2 na semifinal. No Campeonato Paulista de 2013, a equipe faz uma campanha boa na fase de classificação, ficando em segundo lugar. Nos playoffs, perdeu nas quartas de final para o Franca. No NBB 2013-14, a equipe novamente é eliminada na semifinal, dessa vez para o Paulistano, terminado na 3ª colocação. Após o NBB, a equipe sofreu baixas em seu elenco como consequência da redução do orçamento. Jogadores como Fúlvio, Jefferson e Quezada deixaram a equipe. No Paulista 2014, fez uma campanha ruim, caindo logo nas quartas. No NBB 2014-15, a equipe fica nas quartas de final após fazer uma série equilibrada contra o Flamengo. Antes do Paulista de 2015, a equipe passou dificuldade financeira e correu risco de encerrar suas atividades.[20] Após uma reformulação quase total, a equipe começou o campeonato desacreditada, mas chegou até a final e, no playoff melhor de três, venceu a equipe do Mogi das Cruzes por 2 x 1, sagrando-se campeã paulista pela quinta vez na sua história.[21]

No NBB 2015-16, terminou em 14º lugar. Após o NBB, a equipe chegou a se inscrever no Campeonato Paulista de 2015 depois de um período de indefinições, porém, acabou desistindo por problemas financeiros e pediu lincença das competições oficiais.[22] No entanto, suas equipes de base continuaram em atividades e conquistando resultados expressivos. O título do Paulista Sub-22 e o vice-campeonato da LDB (Brasileiro Sub-22), ambos em 2016, foram exemplos disso.[23][24] Em dezembro de 2017, o São José anunciou a volta da equipe adulta para a disputa da Liga Ouro de 2018.[25] O time joseense chegou até a decisão, mas acabou perdendo para o Corinthians por 3 X 1.[26] Mesmo com o vice campeonato, o time joseense garantiu vaga no NBB 2018-19, ao receber um convite para compor a lacuna deixada pela desistência do Caxias do Sul.

TítulosEditar

Nacionais
Competição Títulos Temporada
  Campeonato Brasileiro 1 1981
Estaduais
Competição Títulos Temporada
  Campeonato Paulista 5 1980, 1981, 2009, 2012 e 2015
  Campeonato Paulista - A-2 1 2005
  Campeonato Estadual da 1ª Divisão 1 1986
  Campeonato do Interior 2 1952 e 1969

  Outros torneiosEditar

Troféu Bandeirantes: 2 vezes (1951 e 1958).
Torneio Preparação da Divisão Especial: 1980.

Campanhas de destaqueEditar

Elenco atual (temporada 2019-2020)Editar

São José Basketball
Jogadores Comissão Técnica
Pos. # País Nome Altura Nascimento Último Clube
Armador 1     Guga 1,90 m 22/02/1995 Botafogo (BRA)
Armador 2     Daniel 1,78 m 28/04/2000 Paulistano (BRA)
Ala 4     Guido Mariani 1,94 m 18/08/1994 Argentino de Junín (ARG)
Ala 6     Matheus Eugeniusz 1,89 m 11/06/2000 Base
Ala/Pivô 7     Agustín Ambrosino 2,03 m 10/08/1990 Nacional Potosí (BOL)
Ala 8     Carlos Buemo 1,96 m 12/02/1996 Hispano Americano (ARG)
Armador 9     Diego Figueredo 1,85 m 27/12/1991 Libertad (ARG)
Ala/Armador 10     Duda Machado (C) 1,92 m 10/09/1982 Vasco da Gama (BRA)
Ala 11     Guirro 1,94 m 03/12/1999 Base
Ala/Pivô 16     Rafael Oliveira 1,98 m 23/01/1993 Vasco da Gama (BRA)
Pivô 18     Lupa 2,05 m 24/12/1989 Vasco da Gama (BRA)
Pivô 21     Sérgio 2,08 m 21/05/2000 Tijuca (BRA)
Ala 24     Léo Eltink 1,93 m 22/03/1995 Liga Sorocabana (BRA)
Pivô 33     Abner 2,02 m 28/05/1989 Corinthians (BRA)
Pivô 40     Vitor 1,97 m 15/09/2001 Base
Técnico
  • Paulo César "Jaú" Martins
Auxiliar Técnico
  • Cristiano Ahmed
Outros Membros
  • Luís Inácio Messias (Diretor)
  • Francisco Toledo (Supervisor)
  • Felipe Tinoco (Preparador Físico)
  • José Carlos Prado (Fisioterapeuta)
  • Marco Antônio Toledo (Médico)
  • Matheus Lopes (Estatístico)
  • Leonardo Campos (Mordomo)
  • Geraldo Sampaio (Mordomo)



Legenda
  • (C) Capitão
  • (S) Suspenso
  • (J) Juvenil
  •   Contundido

Elenco
• Última atualização: 09/10/2019

Últimas temporadasEditar

São José Basketball
Temporada Campeonato Brasileiro Champions League [a] Liga das Américas [a] Liga Sul-Americana Campeonato Paulista
Div. Pos. J V D Classificação Classificação Classificação Fase Máxima
2008/2009 NBB (1ª) 13º 28 7 21 O torneio não existia Quartas de final
2009/2010 NBB (1ª) 33 16 17 Final
2010/2011 NBB (1ª) 36 18 18 Quartas de final
2011/2012 NBB (1ª) 37 29 8 Final
2012/2013 NBB (1ª) 48 28 20 10º Final
2013/2014 NBB (1ª) 45 27 18 Quartas de final
2014/2015 NBB (1ª) 39 17 22 Quartas de final
2015/2016 NBB (1ª) 14º 28 7 21 Final
2016/2017
2017/2018 LO (2ª) 23 16 7
2018/2019 NBB (1ª) 12º 28 9 19 Quartas de final
2019/2020 NBB (1ª) Torneio extinto Quartas de final


  • a Com a criação da Champions League na temporada 2019-20, a Liga das Américas deixou de ser disputada.
Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Classificado à Champions League
     Classificado à Liga das Américas
     Classificado à Liga Sul-Americana
     Rebaixado à divisão inferior.
     Promovido à divisão superior.

Equipes anterioresEditar

Jogadores ilustresEditar

Referências

  1. «.: Tênis Clube . São José dos Campos :. História». www.tenisclubesaojose.com.br. Consultado em 17 de abril de 2017 
  2. a b c «FPB - Quem vai ser Campeão do Paulistão ?». www.fpb.com.br. Consultado em 27 de abril de 2017 
  3. Abril, Editora. Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  4. «SÃO JOSÉ VOLTA À ELITE DO BASQUETE NACIONAL | Data Basket». Data Basket. Consultado em 3 de maio de 2017 
  5. «Ídolos lamentam ausência do São José Basquete no Paulista e NBB». globoesporte.com 
  6. «De referência a afastado: o São José Basquete nos últimos 10 anos». globoesporte.com 
  7. «Folha de S.Paulo - Edição de 15/09/2001». acervo.folha.uol.com.br. Consultado em 6 de março de 2016 
  8. «Basquete de São José disputa 'final' com Casa Branca» 
  9. «Sistema de disputa do Novo Milênio 2006» (PDF) 
  10. «Basquete masculino de São José disputa vaga para série A-1» 
  11. «Jornal da Vermelinha» (PDF) 
  12. «São José recebe Paulistano pelo NBB nesta sexta-feira (14)» 
  13. «A.E. São José é campeã paulista de basquete». AESJ 
  14. «Entenda a polêmica sobre o comando do basquete de São José» 
  15. «O VALE». www2.ovale.com.br. Consultado em 27 de abril de 2017 
  16. «São José Basketball é o campeão Paulista de 2012» 
  17. «São José se vinga, bate Pinheiros no jogo 5 e é tetracampeão Paulista». ESPN. Consultado em 10 de outubro de 2015 
  18. «São José vence Pinheiros e é tetracampeão paulista | Data Basket». Data Basket. Consultado em 4 de maio de 2017 
  19. «São José: tetracampeão paulista de basquete! - Rede Life Informa». Rede Life Informa 
  20. «Cris Ahmed comemora primeiro título da carreira pelo São José Basquete». globoesporte.com. Consultado em 24 de outubro de 2015 
  21. «São José bate Mogi, cala Hugão e é campeão paulista de basquete». globoesporte.com. Consultado em 24 de outubro de 2015 
  22. «Após confirmar inscrição, S. José volta atrás e desiste do Paulista de Basquete». Consultado em 1 de julho de 2016 
  23. «São José Basquete vence S. Bernardo e leva o Campeonato Paulista Sub-22». globoesporte.com 
  24. «Franca vence São José, mantém a invencibilidade e fatura título da LDB». globoesporte.com 
  25. «São José é confirmado na Liga Ouro 2018; confira quem são os participantes». Globoesporte 
  26. «Corinthians campeão»