Sabor de Mel

Sabor de Mel é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Bandeirantes e exibida de 4 de abril a 22 de julho de 1983 às 20h[1]. em 95 capítulos, substituindo Renúncia e sendo substituida por uma reprise compacta de Os Imigrantes. exibida pela emissora.

Sabor de Mel
Informação geral
Formato Telenovela
Criador(es) Jorge Andrade
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Roberto Talma
Elenco ver "Elenco"
Tema de abertura "Tantas Palavras" - Chico Buarque
Exibição
Emissora original Brasil Rede Bandeirantes
Transmissão original 4 de abril de 1983 - 22 de julho de 1983
Episódios 95

Escrita por Jorge Andrade (substituído por Lafayette Galvão) e dirigida por Roberto Talma.

TramaEditar

Laura Lorek (Sandra Bréa) é uma mulher bela, rica e misteriosa. Sua fortuna foi herança de seu falecido marido, que se suicidou temendo ir a falência. Desde o corrido Laura nunca mais se relacionou com nenhum homem. Ela começa a ter uma relação com Alberto (Raul Cortez), o diretor executivo de sua empresa que sempre teve um amor platônico por ela. Alberto se fascina cada vez mais por Laura devido ao mistério de sua vida pessoal. Laura decide publicar em um anuncio de jornal um enigma, que quem fosse capaz de decifrar seria recompensado com 20 milhões de reais. Seu enigma era; “Não existia, mas aprisionou e torturou, envenenou e corrompeu, atormentou, levando à ignorância e ao medo. Suplício do qual o homem, cumprindo seu destino, libertou-se e transcendeu. Dragão maligno que os jovens de hoje, venceram com a espada da esperança“.

Com todo o mistério, várias pessoas começam a se aproximar de Laura na intenção de decifrar o enigma e utilizar o dinheiro para algum proposito; Albertina (Karin Rodrigues), que esta é divorciada de um português tem a intenção de utilizar o dinheiro para viajar a Portugal e recuperar a guarda da filha. Pedrão (Gianfrancesco Guaranieri), um operário aposentado que apesar de inicialmente desejar apenas o dinheiro, acaba se apaixonando por Laura. Marta, que sonha em realizar uma volta ao mundo e os jovens Sérgio, Willian e Paulo (Carlo Briani, Taumaturgo Ferreiro e Giuseppe Oristâno) que pretendem utilizar o dinheiro para custear uma pós-graduação no exterior.

ElencoEditar

Participações especiais

ExibiçãoEditar

A telenovela estreou em 4 de abril de 1983, após um hiato de 1 ano sem uma novela das oito desde o repentina retirada de Renúncia da programação da emissora. Em seus primeiros capítulos demonstrou uma audiência bastante favorável para a Rede Bandeirantes, que alcançava os 18 pontos contra o Jornal Nacional e a reprise compacta de O Casarão na Rede Globo.

A novela foi reprisada entre 17 de julho e 31 de outubro de 1989, ás 16h30 com 77 capítulos substituindo Cavalo Amarelo e sendo substituída pela série Casa de Irene.

CuriosidadesEditar

  • O ator Paulo Autran foi contratado para interpretar Pedrão na novela, chegando a ser mencionado nas chamadas de estreia da novela. Entretanto o ator não fechou contrato com a Bandeirantes e foi para a Globo, onde protagonizou Guerra dos Sexos no mesmo ano. Quanto a Bandeirantes, o novo cotado para interpretar o personagem foi Gianfrancesco Guarnieri.
  • Na época a Rede Globo exibia no horário das oito uma reprise compacta de O Casarão de 1976, já que pouco antes o autor Jardel Mello, que escreveu Sol de Verão havia falecido e a mesma teve seu final antecipado. Entretanto a sucessora Louco Amor ainda estava em fase de produção, por isso a trama de 1976 estava como um "tapa-buraco". Aproveitando-se disso, a Bandeirantes começou a realizar as chamadas e exibir Sabor de Mel com o slogan "A Novela das Oito mudou de canal!" para que o público passasse a acompanhar a trama e logo depois "Quem não sabe que a Carolina não vai casar com João Maciel? Dia 4, mude de atitude. A Bandeirantes não reprisa emoção, cria!” como um spoiler da novela global.
  • No dia de estreia da novela, a Rede Globo esticou o Jornal Nacional até as 20h45 para manter sua audiência e atrapalhar a da concorrente, mas tal ato não surtiu efeito e em seus primeiros Sabor de Mel teve 18 pontos de audiência. Com isso a Globo antecipou a estreia de Louco Amor.
  • A história da trama foi da ficção para a vida real: o “enigma de Laura” virou um concurso promovido pela Bandeirantes no qual Sandra Bréa sorteava cartas enviadas pelos telespectadores. No decorrer da novela, algumas dicas foram fornecidas em alguns capítulos e sinalizadas com o logotipo da emissora em um canto da tela. O vencedor do concurso foi sorteado após a apresentação do último capítulo, em 22 de julho de 1983, ao vivo, pelo diretor Roberto Talma. O enigma: “Não existia, mas aprisionou e torturou, envenenou e corrompeu, atormentou, levando à ignorância e ao medo. Suplício do qual o homem, cumprindo seu destino, libertou-se e transcendeu. Dragão maligno que os jovens de hoje, venceram com a espada da esperança”. A resposta certa era “o pecado”.
  • A novela terminou em 22 de julho de 1983, um sabado, já que no dia anterior a Bandeirantes havia exibido uma matéria jornalistica sobre a Greve Nacional dos Trabalhadores, o que era proibido e a emissora teve seus transmissores lacrados durante 15 horas.
  • Apesar da alta audiência, a Band decidiu encerrar o núcleo de dramaturgia naquele momento devido a problemas financeiros para arcar com as produções, reprisando Os Imigrantes em um compacto de 30 capítulos na sequência. A emissora só voltou a produzir novelas 12 anos depois em 1995 com A Idade da Loba. Como notado pela imprensa, o abandono da dramaturgia no momento de maior audiência de suas novelas, que eram vice-líder e chegavam a incomodar a Globo, representou uma perda jamais recuperada.
  • Primeira novela da atriz Cristina Prochaska. Também houve a participação especial de Clodovil Hernandes.

Referências

  1. «Sabor de Mel». Teledramaturgia. Consultado em 5 de maio de 2016 

Ligações externasEditar