Abrir menu principal

Festival Eurovisão da Canção 1998

(Redirecionado de Se eu te pudesse abraçar)
Festival Eurovisão da Canção 1998
 Reino Unido
NIA, Birmingham.jpg
Logo do Festival Eurovisão da Canção 1998
Edição
43.ª edição
Datas
Final 9 de maio de 1998
Anfitrião
Local National Indoor Arena, Birmingham,Reino Unido
Apresentador(es) Reino Unido Ulrika Jonsson
Reino Unido Terry Wogan
Diretor Reino Unido Geoff Posner
Maestro Reino Unido Martin Koch
Supervisor executivo França Christine Marchal-Ortiz
Produtor executivo Reino Unido Kevin Bishop
Reino Unido Jonathan King
Estação anfitriã BBC.svg British Broadcasting Corporation
Atuações
Atuações de abertura Birmingham, Old and New
Atuações nos intervalos Jupiter, The Bringer of Joviality
Participantes
Número de entradas 25 países
Países estreantes  Macedónia do Norte
Países de regresso  Bélgica
 Eslováquia
 Finlândia
 Israel
 Roménia
Países de saída  Áustria
 Bósnia e Herzegovina
 Dinamarca
 Islândia
 Itália
 Rússia
Mapa dos países participantes
Portugal no Festival Eurovisão da CançãoEspanha no Festival Eurovisão da CançãoSan Marino no Festival Eurovisão da CançãoFrança no Festival Eurovisão da CançãoReino Unido no Festival Eurovisão da CançãoIrlanda no Festival Eurovisão da CançãoIslândia no Festival Eurovisão da CançãoBélgica no Festival Eurovisão da CançãoPaíses Baixos no Festival Eurovisão da CançãoSuíça no Festival Eurovisão da CançãoAlemanha no Festival Eurovisão da CançãoDinamarca no Festival Eurovisão da CançãoMalta no Festival Eurovisão da CançãoItália no Festival Eurovisão da CançãoNoruega no Festival Eurovisão da CançãoSuécia no Festival Eurovisão da CançãoFinlândia no Festival Eurovisão da CançãoEstónia no Festival Eurovisão da CançãoLetónia no Festival Eurovisão da CançãoLituânia no Festival Eurovisão da CançãoEslováquia no Festival Eurovisão da CançãoÁustria no Festival Eurovisão da CançãoEslovénia no Festival Eurovisão da CançãoHungria no Festival Eurovisão da CançãoCroácia no Festival Eurovisão da CançãoBósnia e Herzegovina no Festival Eurovisão da CançãoSérvia e Montenegro no Festival Eurovisão da CançãoSérvia e Montenegro no Festival Eurovisão da CançãoAlbânia no Festival Eurovisão da CançãoMacedónia no Festival Eurovisão da CançãoGrécia no Festival Eurovisão da CançãoBulgária no Festival Eurovisão da CançãoRoménia no Festival Eurovisão da CançãoMoldávia no Festival Eurovisão da CançãoUcrânia no Festival Eurovisão da CançãoBielorrússia no Festival Eurovisão da CançãoRússia no Festival Eurovisão da CançãoGeórgia no Festival Eurovisão da CançãoAzerbaijão no Festival Eurovisão da CançãoTurquia no Festival Eurovisão da CançãoChipre no Festival Eurovisão da CançãoIsrael no Festival Eurovisão da CançãoArménia no Festival Eurovisão da CançãoMarrocos no Festival Eurovisão da CançãoLiechtenstein no Festival Eurovisão da CançãoAndorra no Festival Eurovisão da CançãoMónaco no Festival Eurovisão da CançãoPolónia no Festival Eurovisão da CançãoRepública Checa no Festival Eurovisão da CançãoLuxemburgo no Festival Eurovisão da CançãoLíbano no Festival Eurovisão da CançãoTunísia no Festival Eurovisão da CançãoArgélia no Festival Eurovisão da CançãoUm mapa colorido dos países da Europa
Sobre esta imagem

     Países confirmados que já escolheram o seu artista e/ou canção     Países que não se classificaram para a final     Países que participaram no passado mas não em 1998

Votação
Sistema de
voto
A votação baseou-se num júri por país que atribuiu 12, 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 ponto às suas 10 canções favoritas, por ordem de preferência.
Votos nulos  Suíça
Vencedor(a)  Israel
Dana International
"Diva"
Website Sítio oficial
Cronologia
Fleche-defaut-gauche-gris-32.png   1997     Wiki Eurovision Heart (Infobox).svg     1999   Fleche-defaut-droite-gris-32.png

O Festival Eurovisão da Canção 1998 (em inglês: Eurovision Song Contest 1998 e em francês: Concours Eurovision de la chanson 1998) foi o 43º Festival Eurovisão da Canção e realizou-se a 9 de maio de 1998 em Birmingham, Inglaterra, no Reino Unido. Os apresentadores foram Terry Wogan e Ulrika Jonsson. Dana International, a representar Israel, venceu a edição deste ano com a canção "Diva", escrito por Svika Pick e Ginai Yoav. A cantora atraiu muita atenção, tanto em Israel como na Europa, por causa da sua mudança de sexo em 1993, sendo a primeira artista transexual a entrar na competição.

LocalEditar

 Mais sobre a cidade anfitriã: Birmingham

O Festival Eurovisão da Canção 1998 ocorreu em Birmingham, Inglaterra, no Reino Unido. Birmingham é uma cidade e distrito metropolitano do condado de Midlands Ocidentais, na Inglaterra. É a segunda maior e mais importante cidade do Reino Unido, atrás apenas da capital Londres. Com uma população estimada de 1.028.701 (estimativa de 2009), integra a conurbação de West Midlands, cuja população é de 2.284.093 habitantes (censo de 2001), sendo responsável por cerca 40% da população do condado. É um centro industrial e de transportes. A cidade medieval era já um centro comercial e manufactureiro importante. Desenvolveu-se ainda mais a partir da Revolução Industrial. Foi seriamente danificada durante os bombardeamentos alemães na Segunda Guerra Mundial. A cidade é também é lar Aston Villa FC, que dispurará a temporada a Premier League 2011-12 e campeão da UEFA Champions League 1981-1982, e o Birmingham City, que foi rebaixado da Premier League 2010-11 e disputará a Football League Championship 2011-12 (segunda divisão). A cidade foi berço de algumas das bandas de rock mais influentes do heavy metal, como Black Sabbath e Judas Priest, e também de bandas de rock como Duran Duran e The Moody Blues.

O festival em si realizou-se no National Indoor Arena uma arena multi-uso situada que, na época de sua inauguração, em 1991, era a maior de todo o Reino Unido e, atualmente, comporta 15 800 assentos.[1][2]

FormatoEditar

Este ano foi notável por várias razões: término da orquestra, televoto em massa e suspense na votação final.

A BBC esperou 16 anos para voltar a organizar o grande certame europeu. Após a vitória de Katrina and The Waves, foi imediatamente decidido que o evento não teria a mesma organização que as edições anteriores produzidas no Reino Unido. Várias cidades competiam para receber a final. Finalmente, a escolha recaiu sobre Birmingham e na National Indoor Arena, um estádio coberto de 4500 lugares que foi inaugurado em 1991.

A Grécia, a França, a Suíça, a Malta, o Israel e a Bélgica não utilizaram orquestra, cantaram com backing tracks. França, de facto, usou uma secção de violino da orquestra, mas como eles não trouxeram um maestro próprio, nenhum condutor foi mostrado antes da sua entrada. Por outro lado, a Alemanha e a Eslovénia apresentaram maestros, apesar de utilizarem faixas de apoio total e sem orquestra.

Macedónia, apresentada como Antiga República Jugoslava da Macedónia, participou pela primeira vez. Bélgica, Finlândia, Israel, Roménia e Eslováquia participaram, após a sua ruptura no concurso do ano anterior; Áustria, Bósnia e Herzegovina, Dinamarca, Rússia e Islândia não participaram por causa da sua baixa pontuação média dos últimos cinco anos. A emissora italiana, RAI, decidiu retirar-se do concurso, um movimento que iria ver a Itália ausente da competição durante 13 anos, antes do seu retorno em 2011.

Depois dos resultados finais, ficou claro que Israel, Malta e Reino Unido estavam a lutar pelo primeiro lugar. Israel e Malta foram aparentemente vinculados com 166 pontos, após a penúltima votação. Tudo se decidiu com a votação da Macedónia, que Israel foi recompensado com 8 pontos, Reino Unido 10 e 12 pontos para a Croácia. No 50 º aniversário do estabelecimento do estado de Israel, Dana International levou à nação a sua 3ª vitória no concurso. Além disso, Edsilia Rombley, que ficou em quarto lugar com 150 pontos, garantiu o melhor resultado para os Países Baixos, desde sua vitória em 1975.

Outros participantes foram notáveis, como a Alemanha com Guildo Horn, cuja comédia chocante culminou. Controverso, escolhido para representar a Alemanha, foi criticado pela sua falta de seriedade. O seu 7º lugar foi decepcionante para alguns alemães e foi o início de quatro anos consecutivos a acabar no top-ten.

Uma marca d'água mostrando o nome do país apareceu na tela durante as apresentações pela primeira vez. Esta inovação ainda está em vigor hoje.

As regras desta edição foram publicadas em setembro de 1997.[3]

VisualEditar

A abertura da competição começou com um vídeo sobre Birmingham. Pontos de vista do passado e do presente da cidade foram justapostos para dar um vislumbre de sua história. A câmera terminou com um tiro na Arena Indoor. A orquestra apareceu, assim como as trombetas dos Guardas da Vida que soaram no começo da retransmissão. Um breve vídeo resumindo a primeira competição organizada pela televisão pública britânica em 1960 em Londres também aprareceu. Lá apareceu Katie Boyle, a mítica apresentadora britânica, que se encontrava na audiência.

A orquestra, que foi utilizada pela última vez, foi dirigida por Martin Koch.

O palco dividia-se em três partes: à esquerda, a orquestra foi instalada num buraco encimado por três arcos. Os dois primeiros arcos viram a parte superior deles com vista para o pódio central. O terceiro arco, decorado com padrões em relevo, continuou a abranger o chamado pódio central. No centro estava o espaço para intérpretes. Foi decorada com uma forma orgânica, que lembrava a cauda de uma baleia e estava incrustada com lâmpadas elétricas. No fundo, foram instalados quatro elementos metálicos, cada um composto por duas hastes e uma placa conectando-os. Finalmente, à direita, estava o espaço reservado para votação. Consistia de uma passarela de metal coberta por uma tela branca. Esta ponte foi equipada com uma mesa de controle e uma parede de telas.

Os apresentadores foram Terry Wogan e Ulrika Jonsson[4], que falaram aos espectadores em inglês e francês.

Os cartões postais começaram com um retrato em preto e branco dos artistas. Em seguida, seguiu um vídeo de duas partes. Um apresentando um aspecto da cultura britânica reconstituído no passado e depois mostrado no presente. Cada vídeo terminou com uma aparição surpresa na paisagem, a bandeira do país participante.

O intervalo foi intitulado de Jupiter, The Bringer of Joviality. Foi um potpourri cantado e dançado, destacando o multiculturalismo do Reino Unido. Peças inspiradas nas culturas inglesa, escocesa, galesa, irlandesa, indiana e zulu foram tocadas. Lá apareceu em particular a violinista Vanessa-Mae e a soprano Lesley Garrett.

VotaçãoEditar

21 dos 25 países usaram o televoto, onde, às 10 canções mais votadas, eram atriuídos 12, 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 ponto, com um júri de salvaguarda, em caso de erros. Um júri nacional era usado em casos de força maior, em que não se pudesse utilizar o televoto. Nos restantes países, foi usado o júri.

A supervisora executiva da EBU foi Christine Marchal-Ortiz.

Durante a votação, a câmera fez vários close-ups dos artistas. Em particular, Dana International, Imaani e Chiara apareceram.

Pela primeira vez em várias décadas, apareceu um mapa da Europa ao longo da votação. Esta tradição manter-se-ia até aos dias de hoje.

Prémio Barbara DexEditar

Pela segunda vez, o fansite House of Eurovision apresentou o Prêmio Barbara Dex, um prémio de humor dado ao artista mais mal vestido a cada ano no concurso. É nomeado após a artista belga, Barbara Dex, que ficou em último na edição de 1993, em que ela usava o seu próprio vestido projetado. A House of Eurovision continuaria a fornecer o Barbara Dex Award até 2016, quando outro fansite da Eurovision, songfestival.be, assumiu as rédeas do prémio e o apresenta todos os anos a partir de 2017.

Guildo Horn da Alemanha ganhou o Prémio Barbara Dex 1998.

Participações individuaisEditar


ParticipantesEditar

 
  Países participantes
País Título original da Canção Artista Processo Data da Selecção
Tradução em Português Idiomas de Interpretação
  Alemanha "Guildo hat euch lieb!" Guildo Horn Countdown Grand Prix 1998 26 de fevereiro de 1998
O Guildo ama-vos Alemão
  Bélgica "Dis oui" Mélanie Cohl Concours Eurovision de la Chanson – Finale Nationale 1998 13 de março de 1998
Diz sim Francês
  Chipre "Genesis" (Γένεσις) Michalis Hatzigiannis Kýprioi Telikoú tis Diagonismós Tragoudioú Eurovision 1998 1 de março de 1998
Génesis Grego
  Croácia "Neka mi ne svane" Danijela Dora 1998 6 de março de 1998
Que a madrugada nunca chegue Croata
  Eslováquia "Modlitba" Katarína Hasprová Selecção interna -
Oração Eslovaco
  Eslovénia "Naj bogovi slišijo" Vili Resnik EMA 1998 6 de fevereiro de 1998
Que os deuses oiçam Esloveno
  Espanha "¿Qué voy a hacer sin ti?" Mikel Herzog Selecção interna -
O que é que eu vou fazer sem ti? Castelhano
  Estónia "Mere lapsed" Koit Toome Eurolaul 1998 24 de janeiro de 1998
Crianças do mar Estónio
  Finlândia "Aava" Edea Euroviisut 1998 14 de fevereiro de 1998
Vasta Finlandês
  França "Où aller" Marie Line Selecção interna -
Onde ir Francês
  Grécia "Mia krifi evesthisia" (Μια κρυφή ευαισθησία) Thalassa Ellinikoú Telikoú tis Diagonismós Tragoudioú Eurovision 1998 7 de março de 1998
Uma sensibilidade secreta Grego
  Hungria "A holnap már nem lesz szomorú" Charlie Selecção interna -
A tristeza acabará amanhã Húngaro
  Irlanda "Is Always Over Now?" Dawn Martin Eurosong 1998 8 de março de 1998
Acabou o sempre agora? Inglês
  Israel "Diva" (דיווה) Dana International Selecção interna -
Diva Hebraico
  Macedónia do Norte "Ne zori, zoro" (Не зори, зоро) Martin Vučić Skopje Fest 1998 7 de março de 1998
Não amanheças, amanhecer Macedónio
  Malta "The One That I Love" Chiara Malta Song For Europe 1998 7 de fevereiro de 1998
Aquele que eu amo Inglês
  Noruega "Alltid sommer" Lars Fredriksen Melodi Grand Prix 1998 28 de fevereiro de 1998
Sempre Verão Norueguês
  Países Baixos "Hemel en aarde" Edsilia Nationaal Songfestival 1998 8 de março de 1998
Céu e terra Holandês
  Polónia "To takie proste" Sixteen Selecção interna -
É fácil Polaco
  Portugal "Se eu te pudesse abraçar" Alma Lusa Festival RTP da Canção 1998 7 de março de 1998
Se eu te pudesse abraçar Português
  Reino Unido "Where Are You?" Imaani A song for Europe 1998 15 de março de 1998
Onde estás? Inglês
  Roménia "Eu cred" Mălina Olinescu Selecţia Naţională 1998 14 de março de 1998
Eu acredito Romeno
  Suécia "Kärleken är" Jill Johnson Melodifestivalen 1998 14 de março de 1998
O amor é Sueco
  Suíça "Lass ihn" Gunvor Schweizer Auscheidung 1998 18 de dezembro de 1997
Deixa-o Alemão
  Turquia "Unutamazsın" Tüzmen Eurovision Şarkı Yarışması Türkiye Finali 1998 28 de fevereiro de 1998
Não podes esquecer Turco

FestivalEditar

# País Idioma[5] Artista Canção Tradução para Português Lugar Pontuação
  Croácia Croata Danijela "Neka mi ne svane" Que a madrugada nunca chegue 131
  Grécia Grego Thalassa "Mia krifi evesthisia"
(Μια κρυφή ευαισθησία)
Uma sensibilidade secreta 20º 12
  França Francês Marie Line "Où aller" Onde ir 24º 3
  Espanha Castelhano Mikel Herzog "¿Qué voy a hacer sin ti?" O que é que eu vou fazer sem ti? 16º 21
  Suíça Alemão Gunvor "Lass ihn" Deixa-o 25º 0
  Eslováquia Eslovaco Katarína Hasprová "Modlitba" Oração 21º 8
  Polónia Polaco Sixteen "To takie proste" É fácil 17º 19
  Israel Hebraico Dana International "Diva" (דיווה) Diva 172
  Alemanha Alemão Guildo Horn "Guildo hat euch lieb!" O Guildo ama-vos 86
10º   Malta Inglês Chiara "The One That I Love" Aquele que eu amo 165
11º   Hungria Húngaro Charlie "A holnap már nem lesz szomorú" A tristeza acabará amanhã 23º 4
12º   Eslovénia Esloveno Vili Resnik "Naj bogovi slišijo" Que os deuses oiçam 18º 17
13º   Irlanda Inglês Dawn Martin "Is Always Over Now?" Acabou o sempre agora? 64
14º   Portugal Português Alma Lusa "Se eu te pudesse abraçar" Se eu te pudesse abraçar 12º 36
15º   Roménia Romeno Mălina Olinescu "Eu cred" Eu acredito 22º 6
16º   Reino Unido Inglês Imaani "Where Are You?" Onde estás? 166
17º   Chipre Grego Michalis Hatzigiannis "Genesis" (Γένεσις) Génesis 11º 37
18º   Países Baixos Holandês Edsilia "Hemel en aarde" Céu e terra 150
19º   Suécia Sueco Jill Johnson "Kärleken är" O amor é 10º 53
20º   Bélgica Francês Mélanie Cohl "Dis oui" Diz sim 122
21º   Finlândia Finlandês Edea "Aava" Vasta 15º 22
22º   Noruega Norueguês Lars Fredriksen "Alltid sommer" Sempre Verão 79
23º   Estónia Estónio Koit Toome "Mere lapsed" Crianças do mar 13º 36
24º   Turquia Turco Tüzmen "Unutamazsın" Não podes esquecer 14º 25
25º   Macedónia do Norte Macedónio Vlado Janevski "Ne zori, zoro" (Не зори, зоро) Não amanheças, amanhecer 19º 16

ResultadosEditar

A ordem de votação no Festival Eurovisão da Canção 1998, foi a seguinte:[6]

 
  Vencedor
  2º classificado
  3º classificado
Rosa - Televoto; Azul - Júri
Países Votantes Países Pontuados
                                                 
  Croácia 1 8 7 3 2 12 4 10 5 6
  Grécia 5 10 3 6 2 1 7 12 8 4
  França 8 4 2 12 6 1 10 3 5 7
  Espanha 1 10 12 5 6 3 4 7 8 2
  Suíça 5 6 10 12 8 2 3 7 4 1
  Eslováquia 10 12 4 2 1 5 6 7 8 3
  Polónia 6 10 8 2 7 5 3 12 4 1
  Israel 10 3 7 2 6 12 1 8 5 4
  Alemanha 10 5 7 8 2 1 6 4 3 12
  Malta 10 12 6 2 8 1 7 4 3 5
  Hungria 2 7 6 10 1 12 8 3 5 4
  Eslovénia 12 7 8 3 1 5 6 10 2 4
  Irlanda 3 6 8 12 5 10 2 7 4 1
  Portugal 2 12 10 5 1 6 4 7 8 3
  Roménia 10 7 6 1 5 8 12 4 2 3
  Reino Unido 2 5 6 12 8 3 10 1 7 4
  Chipre 7 12 1 4 10 5 2 8 6 3
  Países Baixos 4 6 12 8 7 5 10 3 2 1
  Suécia 3 5 6 1 7 8 2 10 12 4
  Bélgica 5 3 10 7 8 1 6 2 12 4
  Finlândia 3 10 1 5 4 8 7 6 2 12
  Noruega 6 3 12 2 4 5 8 10 7 1
  Estónia 3 7 1 5 2 8 12 6 10 4
  Turquia 4 5 10 3 8 6 12 7 2 1
  Macedónia do Norte 12 2 8 7 4 10 3 6 1 5
Total 131 12 3 21 0 8 19 172 86 165 4 17 64 36 6 166 37 150 53 122 22 79 36 25 16
Lugar 20º 24º 16º 25º 21º 17º 23º 18º 12º 22º 11º 10º 15º 12º 14º 19º
Países Votantes                                                  
Países Pontuados
Resultados acumulados
Países Votantes Países Pontuados
                                                 
  Croácia 0 0 0 1 0 8 0 0 0 7 0 3 2 0 0 12 4 10 0 0 0 0 0 5 6
  Grécia 5 0 0 1 0 8 0 10 3 13 0 5 2 1 0 19 16 18 0 4 0 0 0 5 6
  França 13 0 0 5 0 8 2 22 3 19 1 5 2 11 0 22 16 23 0 11 0 0 0 5 6
  Espanha 14 0 0 5 0 8 2 32 15 24 1 5 2 17 0 25 16 27 0 18 0 8 2 5 6
  Suíça 19 0 0 11 0 8 2 42 27 32 1 5 4 17 0 28 16 34 0 22 0 9 2 5 6
  Eslováquia 29 0 0 11 0 8 2 42 27 44 1 5 8 19 0 29 21 40 0 29 0 9 10 5 9
  Polónia 35 0 0 11 0 8 2 52 27 52 1 5 10 19 0 36 21 45 3 41 0 13 11 5 9
  Israel 45 0 0 14 0 8 2 52 27 59 1 5 10 21 6 48 22 53 3 46 0 17 11 5 9
  Alemanha 55 0 0 14 0 8 7 59 27 67 1 5 12 21 6 49 22 59 3 50 0 20 11 17 9
  Malta 65 0 0 14 0 8 7 71 27 67 1 5 18 23 6 57 23 66 7 53 0 25 11 17 9
  Hungria 65 0 0 14 0 8 9 71 27 74 1 5 24 23 6 67 24 78 15 56 0 30 15 17 9
  Eslovénia 77 0 0 14 0 8 9 78 35 77 1 5 25 23 6 72 24 78 15 62 0 40 17 17 13
  Irlanda 80 0 0 14 0 8 9 84 43 89 1 5 25 23 6 77 24 88 17 69 0 44 18 17 13
  Portugal 82 0 0 14 0 8 9 96 53 94 2 5 26 23 6 83 28 95 17 77 0 47 18 17 13
  Roménia 82 0 0 14 0 8 19 103 59 94 2 10 34 23 6 95 32 95 17 77 0 47 18 19 16
  Reino Unido 84 0 0 14 0 8 19 108 65 106 2 10 42 23 6 95 35 105 18 84 0 51 18 19 16
  Chipre 91 12 1 18 0 8 19 118 65 111 2 10 42 25 6 103 35 105 18 90 0 54 18 19 16
  Países Baixos 95 12 1 18 0 8 19 124 77 119 2 10 42 25 6 110 35 105 23 100 0 57 20 20 16
  Suécia 98 12 1 18 0 8 19 129 77 125 2 10 43 25 6 117 35 113 23 102 10 69 24 20 16
  Bélgica 103 12 1 21 0 8 19 139 84 133 2 10 43 26 6 123 37 125 23 102 10 73 24 20 16
  Finlândia 106 12 1 21 0 8 19 149 85 138 2 14 43 26 6 131 37 132 29 102 10 75 36 20 16
  Noruega 112 12 1 21 0 8 19 152 85 150 4 14 47 26 6 136 37 140 39 109 11 75 36 20 16
  Estónia 115 12 1 21 0 8 19 159 86 155 4 14 49 26 6 144 37 140 51 115 21 79 36 20 16
  Turquia 119 12 1 21 0 8 19 164 86 165 4 17 57 32 6 156 37 147 53 116 21 79 36 20 16
  Macedónia do Norte 131 12 3 21 0 8 19 172 86 165 4 17 64 36 6 166 37 150 53 122 22 79 36 25 16
Lugar 20º 24º 16º 25º 21º 17º 23º 18º 12º 22º 11º 10º 15º 12º 14º 19º
Países Votantes                                                  
Países Pontuados

12 pontosEditar

Os países que receberam 12 pontos foram os seguintes:

# Países Pontuados Países Votantes
4   Malta Eslováquia, Irlanda, Noruega, Reino Unido
  Reino Unido Croácia, Israel, Roménia, Turquia
3   Israel França, Malta, Portugal
  Alemanha Espanha, Países Baixos, Suíça
2   Croácia Eslovénia, Macedónia
  Países Baixos Bélgica, Hungria
1   Bélgica Polónia
  Chipre Grécia
  Estónia Finlândia
  Grécia Chipre
  Noruega Suécia
  Suécia Estónia
  Turquia Alemanha

Média de pontuaçõesEditar

Cinzento - País anfitrião; Amarelo - Países excluídos
# País Pontuação em 1993 Pontuação em 1994 Pontuação em 1995 Pontuação em 1996 Pontuação em 1997 Total Média
  Irlanda 187 226 44 162 157 776 155,2
-   Reino Unido 164 63 76 77 227 607 121,4
  Noruega 120 76 148 114 0 458 91,6
  França 121 74 94 18 95 402 80,4
  Itália 45 - - - 114 159 79,5
  Malta 69 97 76 68 66 376 75,2
  Suécia 89 48 100 100 36 373 74,6
  Polónia - 166 15 31 54 266 66,5
  Chipre 17 51 79 72 98 317 63,4
  Espanha 58 17 119 17 96 307 61,4
10º   Estónia - 2 - 94 82 178 59,33
11º   Hungria - 122 3 - 39 164 54,67
12º   Croácia 31 27 91 98 24 271 54,2
13º   Turquia 10 - 21 57 121 209 52,25
14º   Grécia 64 44 68 36 39 251 50,2
15º   Suíça 148 15 - 22 5 190 47,5
16º   Portugal 60 73 5 92 0 230 46
17º   Países Baixos 92 4 - 78 5 179 44,75
18º   Eslovénia 9 - 84 16 60 169 42,25
19º   Alemanha 18 128 1 - 22 169 42,25
20º   Dinamarca 9 - 92 - 25 126 42
21º   Rússia - 70 17 - 33 120 40
22º   Áustria 32 19 67 68 12 198 39,6
23º   Islândia 42 49 31 51 18 191 38,2
24º   Bósnia e Herzegovina 27 39 14 13 22 115 23

MaestrosEditar

Em baixo encontra-se a lista de maestros que conduziram a orquestra, na respectiva actuação de cada país concorrente.

País Maestro
  Croácia Stipica Kalogjera
  Grécia Nenhum
  França Martin Koch (nos ensaios)
Nenhum (ao vivo)
  Espanha Alberto Estébanez
  Suíça Nenhum
  Eslováquia Vladimir Valović
  Polónia Wiesław Pieregorólka
  Israel Nenhum
  Alemanha Stefan Raab
  Malta Nenhum
  Hungria Miklós Malek
  Eslovénia Mojmir Sepe
  Irlanda Noel Kelehan
  Portugal Mike Sergeant
  Roménia Adrian Romcescu
  Reino Unido James McMillan
  Chipre Costas Cacogiannis
  Países Baixos Dick Bakker
  Suécia Anders Berglund
  Bélgica Nenhum
  Finlândia Olli Ahvenlahti
  Noruega Geir Langslet
  Estónia Heiki Vahar
  Turquia Ümit Eroğlu
  Macedónia do Norte Aleksandar Džambazov
Maestro anfitrião Martin Koch

Artistas repetentesEditar

Alguns artistas repetiram a sua experiência Eurovisiva. Em 1998, os repetentes foram:

País (1998) Foto Artista Ano Anterior País Representado Canção Tradução Pontuação Classificação
  Croácia   Danijela ESC 1995 Croácia (como parte dos Magazin) "Nostalgija" Nostalgia 91
  Suíça   Egon Egemann (como violinista) ESC 1990 Suíça "Musik klingt in die Welt hinaus" A música soa à volta do Mundo 5 11º
  Portugal   José Cid (como parte dos Alma Lusa) ESC 1980 Portugal "Um grande, grande amor" Um grande, grande amor 80

Referências

  1. «Brands at the NEC Group» (em inglês). NEC Group. Consultado em 19 de agosto de 2017 
  2. «Venue Information | Barclaycard Arena, Birmingham» (em inglês). Barclaycard Arena. Consultado em 19 de agosto de 2017 
  3. http://www.myledbury.co.uk/eurovision/pdf/esc1998.pdf
  4. https://eurovision.tv/event/birmingham-1998
  5. «Eurovision Song Contest 1998». The Diggiloo Thrush. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  6. A ordem de votação foi efectuada através da visualização de vídeos da edição do festival, à semelhança de outras secções deste artigo

NotasEditar

  • Os mapas presentes neste artigo, respeitam as fronteiras geográficas estabelecidas na altura em que o festival ocorreu.

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Festival Eurovisão da Canção 1998