Tecophilaeaceae

Tecophilaeaceae é uma família de plantas com flor monocotiledóneas da ordem Asparagales,[1] que na sua presente circunscrição inclui 9 géneros e cerca de 27 espécies, com distribuição natural nas regiões de clima subtropical e tropical.[2][3][4]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaTecophilaeaceae
Hábito de Kabuyea hostifolia mostrando os tubérculos.
Hábito de Kabuyea hostifolia mostrando os tubérculos.
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Tecophilaeaceae
Leyb.[1]
Géneros
Ver texto
Sinónimos
Inflorescência de Conanthera bifolia.
Inflorescência de Odontostomum hartwegii.
Inflorescência de Conanthera bifolia.
Inflorescência de Conanthera campanulata.
Inflorescência de Kabuyea hostifolia.
Inflorescência de Odontostomum hartwegii.
Detalhe das flores de Tecophilaea cyanocrocus.

DescriçãoEditar

Os membros da família Tecophilaeaceae são em geral pequenas plantas herbáceas perenes, com caules e folhas glabras, predominado os geófitos que apresentam como órgãos de armazenamento e de permanência tubérculos semelhantes a rizomas.

As folhas apresentam filotaxia alterna, dispostas em espiral ou em duas fileiras ao longo de caules curtos, que nalgumas espécies se reduzem a uma roseta basal de folhas. As folhas são simples, sésseis, por vezes decumbentes. A lâmina foliar, com veias paralelas bem marcadas, é linear a lanceolada, com a extremidade obvolada a arredondada. A margem da folha é lisa.

As flores são solitárias ou agrupadas em inflorescências terminais, simples ou compostas frequentemente racemosas, com brácteas bem desenvolvidas. São flores hermafroditas, trímeras, com simetria radial ou ligeiramente zigomórficas devido à presença de estames de tamanhos diferentes. As seis tépalas, iguais entre si, são livres ou mais ou menos soldadas. A cor das tépalas varia do amarelo ou branco a roxo a azul. Os estames são seis, soldados ou livres, geralmente desiguais, podendo ser todos férteis ou de um a três, raramente até cinco, estarem transformados em estaminódios. Os três carpelos são na maioria das espécies semi-ínferos, mas no género Walleria o ovário é súpero, com quatro a cinquenta óvulos por câmara. O estilete é recto a ligeiramente encurvado e termina num estigma cefálico a mais ou menos trilobado.

O fruto é uma cápsula contendo numerosas pequenas sementes, geralmente negras. O cotilédone não é fotossintético, mesmo quando exposto à luz solar.

Sistemática e distribuiçãoEditar

Nos sistemas de classificação clássica de base morfológica, os membros da moderna família Tecophilaeaceae eram integrados na família das Liliaceae sensu lato, situação que se manteve inclusive no sistema de Cronquist. Só recentemente, com o advento das técnicas da filogenética, este agrupamento de espécies foi reconhecida pelo Angiosperm Phylogeny Group, na versão de 1998 do sistema APG, como uma família autónoma.[5]

O sistema APG IV de 2016, manteve inalterada a solução das versões anteriores (desde o sistema APG de 1998), reconhecendo a família na sua presente circunscrição.[1][5]

A família inclui desde então 9 géneros, com cerca de 27 espécies consideradas validamente descritas, com distribuição natural na África, no oeste da América do Sul e no oeste da América do Norte. Esta circunscrição inclui o género Cyanastrum, que por vezes tem sido tratado como uma família separada sob a designação de Cyanastraceae.

Taxonomia e filogeniaEditar

Na presente circunscrição das Asparagales, é possível estabelecer uma árvore filogenética que, incluindo os grupos que embora reduzidos à categoria de subfamília foram até recentemente amplamente tratados como famílias, assinale a posição filogenética das Tecophilaeaceae:[6][7]

Asparagales

Orchidaceae





Boryaceae


Hypoxidaceae s.l.

Blandfordiaceae




Lanariaceae




Asteliaceae



Hypoxidaceae









Ixiolirionaceae



Tecophilaeaceae





Doryanthaceae




Iridaceae




Xeronemataceae



Asphodelaceae

Hemerocallidoideae (= Hemerocallidaceae)




Xanthorrhoeoideae (= Xanthorrhoeaceae s.s.)



Asphodeloideae (= Asphodelaceae)




Asparagales 'nucleares' 
Amaryllidaceae s.l.

Agapanthoideae (= Agapanthaceae)




Allioideae (= Alliaceae s.s.)



Amaryllidoideae (= Amaryllidaceae s.s.)




Asparagaceae s.l.



Aphyllanthoideae (= Aphyllanthaceae)




Brodiaeoideae (= Themidaceae)



Scilloideae (= Hyacinthaceae)





Agavoideae (= Agavaceae)





Lomandroideae (= Laxmanniaceae)




Asparagoideae (= Asparagaceae s.s.)



Nolinoideae (= Ruscaceae)













São sinónimos taxonómicos de Tecophilaeaceae Leyb. as seguintes designações: Androsynaceae Salisb., Conantheraceae (D.Don) Hook. f., Cyanastraceae Engl., Cyanellaceae Salisb. nom. cons. e Walleriaceae (R.Dahlgren) Takht. nom. cons.[3] A família das Tecophilaeaceae Leyb. é filogeneticamente próxima da família das Ixiolirionaceae Nakai, da qual constitui um grupo irmão, como se pode observar no cladograma acima.

Na sua presente circunscrição a família Tecophilaeaceae inclui os seguintes géneros:[2][8]

O género Lanaria esteve anteriormente incluído na família das Tecophilaeaceae mas foi autonomizado por razões filogenéticas estando agora na Lanariaceae H.Huber ex R.Dahlgren & A.E.vanWijk.

A distribuição natural desta família apresenta uma clara distribuição disjunta: os géneros que a integram ocorrem em África, no sudoeste da América do Sul e na Califórnia (o género Odontostomum). Todos os géneros que a integram ocorrem em regiões de clima temperado quente a tropical.

Na sua presente circunscrição a família Tecophilaeaceae integra cerca de 9 géneros[3] com cerca de 27 espécies:[4]

ReferênciasEditar

  1. a b c Angiosperm Phylogeny Group (2016). «An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG IV». Botanical Journal of the Linnean Society. 181 (1): 1–20. ISSN 0024-4074. doi:10.1111/boj.12385 
  2. a b Christenhusz, M. J. M.; Byng, J. W. (2016). «The number of known plants species in the world and its annual increase». Phytotaxa. 261 (3): 201–217. doi:10.11646/phytotaxa.261.3.1  Parâmetro desconhecido |name-list-style= ignorado (ajuda)
  3. a b c «Tecophilaeaceae». Agricultural Research Service (ARS), United States Department of Agriculture (USDA). Germplasm Resources Information Network (GRIN) .
  4. a b c d e f g h i j k l m Govaerts & al., Tecophilaeaceae em World Checklist of Selected Plant Families. The Board of Trustees of the Royal Botanic Gardens, Kew. Publicado na internet.
  5. a b Angiosperm Phylogeny Group III (2009), «An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG III», Botanical Journal of the Linnean Society, 161 (2): 105–121, doi:10.1111/j.1095-8339.2009.00996.x 
  6. Chase et al 2009
  7. Stevens 2016, Asparagales
  8. Conservation Genetics 2: 193–201, 2001.

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

O Wikispecies tem informações sobre: Tecophilaeaceae
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Tecophilaeaceae
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Tecophilaeaceae