Abrir menu principal

Temporada da IndyCar Series de 2003

Temporada da IndyCar Series de 2003
Temporada
Corridas 16
Início 2 de março
Encerramento 12 de outubro
País(es) Estados Unidos Japão
Pilotos
Campeão Nova Zelândia Scott Dixon
Equipe Estados Unidos Chip Ganassi Racing
Rookie do ano Reino Unido Dan Wheldon
Vencedor das
500 Milhas de Indianápolis
Brasil Gil de Ferran
Cronologia da IndyCar Series
IRL 2002
IRL IndyCar Series 2004
Motorsport current event.svg Temporada 2019

A Temporada de 2003 da IRL IndyCar Series trouxe algumas das maiores mudanças em sua história. A categoria adotou o nome IndyCar Series, depois da validação de uma ação da CART proibido ela de utilizar o nome. Várias equipes da CART migraram para a IRL, principalmente as poderosas Chip Ganassi Racing e Andretti Green Racing, além das antigas fabricantes de motores da CART, Toyota e Honda, substituindo a Infiniti, que migrou para a nova categoria Infiniti Pro Series. Muitos da velha guarda da IRL, incluindo Robbie Buhl, Greg Ray e Buddy Lazier, tinham dificuldade em competir neste novo cenário. A categoria, também acrescentou sua primeira corrida internacional naquele ano, tirando a corrida de Twin Ring Motegi da CART.

As equipes mais bem sucedidas da temporada foram a Ganassi e a Team Penske, que havia feito a migração no ano anterior. O neozelandês Scott Dixon venceu a corrida de abertura da temporada em Homestead e correu muito consistentemente durante todo o ano para ganhar seu primeiro título aos 23 anos. Gil de Ferran venceu o título das 500 Milhas de Indianápolis pela Penske em maio e Scott Dixon terminou em segundo. O final da temporada, no entanto, foi marcado por um grave incidente que quase matou o ex-campeão da categoria e vencedor da Indy 500, Kenny Bräck. De Ferran venceu a corrida com Dixon em segundo sendo o suficiente para ganhar o título. Bräck acabaria se recuperando; no entanto, Tony Renna, um piloto de desenvolvimento da Ganassi, perdeu a vida em um acidente durante um teste em Indianápolis no final do ano.

Índice

TransmissãoEditar

Pelo terceiro ano consecutivo o Sportv continua com os direitos de transmissão da Fórmula Indy no Brasil pela TV Paga enquanto nos Estados Unidos a competição fica a cargo da Rede ABC.

CalendárioEditar

Pilotos e EquipesEditar

Equipe Chassis Motor Pneu Pilotos Corridas
  Chip Ganassi Racing G-Force Toyota F 9   Scott Dixon 1-16
10   Tomas Scheckter 1-16
  Panther Racing Dallara Chevrolet F 4   Sam Hornish, Jr. 1-16
44   Robby McGehee 4
98   Billy Boat 4
  Penske Racing Dallara/
G-Force
Toyota F 3   Helio Castroneves 1-16
6   Gil de Ferran[1] 1-2, 4-16
  Alex Barron[1] 3
  Andretti-Green Racing Dallara Honda F 7   Michael Andretti 1-4
11   Tony Kanaan 1-16
26   Dan Wheldon (R) 3-16
27   Bryan Herta 4
5, 7-16
  Dario Franchitti 1-2, 6
  Robby Gordon 4
  Kelley Racing Dallara Toyota F 8   Scott Sharp 1-16
31   Al Unser, Jr. 1-16
32   Tony Renna 4
  A. J. Foyt Enterprises Dallara/
G-Force
Toyota F 5   Jaques Lazier 5-8
  Shigeaki Hattori 1-4
14   A. J. Foyt IV (R) 1-16
41   Airton Daré 4
5
  Dreyer & Reinbold Racing Dallara Chevrolet F 22   Robbie Buhl 1-16
23   Sarah Fisher 1-16
  Team Rahal Dallara Honda/
Toyota
F 15   Kenny Bräck 1-16
19   Jimmy Vasser 4
  Mo Nunn Racing G-Force Toyota F 12   Toranosuke Takagi 1-16
20   Arie Luyendyk 4
  Alex Barron 4
21 9-13
  Felipe Giaffone 1-8, 14-16
  Fernández Racing Dallara Honda F 55   Roger Yasukawa (R) 1-16
  Cheever Racing Dallara Chevrolet F 52   Buddy Rice 1-13
  Alex Barron 14-16
  Beck Motorsports Dallara Chevrolet F 54   Shinji Nakano 3-4
  Team Menard Dallara Chevrolet F 2   Vitor Meira 4-12, 15-16
  Jaques Lazier 1-4
  Richie Hearn 14
  PDM Racing Dallara Chevrolet F 18   Ed Carpenter (R) 14-16
  Scott Mayer (R) 1-3
4
  Jimmy Kite 4
  Access Motorsports G-Force Honda F 13   Greg Ray 3-16
  Hemelgarn Racing Dallara Chevrolet F 91   Buddy Lazier 2-14
  Richie Hearn 15-16
  Sam Schmidt Motorsports G-Force Toyota F 99   Richie Hearn 4
  • (R) - Rookie
  •      Pilotos que disputaram todas as corridas 
  •      Pilotos que disputaram parcialmente a temporada 
  •      Corridas em que o piloto não se qualificou 
Notas

ResultadosEditar

PontuaçãoEditar

Pos Piloto HOM
 
PHO
 
MOT
 
IND
 
TX1
 
COL
 
RIC
 
KAN
 
NAS
 
MIC
 
GAT
 
KEN
 
NAZ
 
CHI
 
FON
 
TX2
 
Pts
1   Dixon 1 20 15 17 6 1 1 6 2 5 15 2 16 2 2 2 507
2   de Ferran 2 14 1 8 3 3 3 1 7 3 9 4 12 15 1 489
3   Castroneves 3 2 22 2 7 12 2 2 3 17 1 5 1 20 6 13 484
4   Kanaan 4 1 14 3 2 2 5 4 9 16 2 6 18 6 3 14 476
5   Hornish Jr. 10 21 6 15 10 5 4 17 11 2 6 1 2 1 1 17 461
6   Unser Jr. 13 4 5 9 1 14 10 14 8 9 20 4 6 19 9 9 374
7   Scheckter 8 15 16 4 18 8 18 9 10 3 4 10 19 5 5 15 356
8   Sharp 5 7 1 20 16 11 17 16 13 4 10 13 12 11 8 6 351
9   Bräck 11 5 2 16 4 7 7 5 6 18 19 19 5 21 20 16 342
10   Takagi 12 22 8 5 3[2] 6 13 18 7 6 7 18 14 9 18 7 317
11   Wheldon 7 19 20 19 8 21 4 20 5 8 7 4 4 3 312
12   Yasukawa 14 17 21 10 9 17 11 7 15 8 18 12 8 8 7 10 301
13   Herta NQ 5 14 1 12 19 21 3 3 3 22 5 277
14   Buhl 19 12 10 23 22 15 15 12 21 13 12 7 9 10 12 11 261
15   Ray 9 8 11 18 12 8 16 10 8 15 17 DNS 14 8 253
16   Rice 16 9 13 11 14 9 9 19 18 11 14 11 10 229
17   Barron 17 6 5 1 16 20 15 7 10 20 216
18   Fisher 15 8 23 31 15 20 19 11 20 15 13 14 DNS 18 19 12 211
19   B.Lazier 11 19 21 13 10 20 13 14 12 11 16 13 16 201
20   Giaffone 9 3 3 33 17 13 6 22 15 16 19 199
21   Foyt IV 17 18 18 18 21 22 21 15 17 14 17 17 11 17 17 22 198
22   Meira 12 12 16 22 20 19 21 9 DNS 11 4 170
23   J.Lazier 20 6 12 29 19 21 16 10 DNS 120
24   Mi.Andretti 6 13 4 27 80
25   Franchitti 7 16 4 72
26   Hattori 18 10 20 30 43
27   Carpenter 13 13 21 43
28   Hearn 28 14 21 18 39
29   Nakano 11 14 35
30   Renna 7 26
31   Mayer 21 19 24 NQ 26
32   Kite 13 17
33   Gordon 22 8
34   Daré 24 NQ 6
35   McGehee 25 5
36   Vasser 26 4
37   Boat 32 1
  Luyendyk NQ 0
Pos Piloto HOM
 
PHO
 
MOT
 
IND
 
TX1
 
COL
 
RIC
 
KAN
 
NAS
 
MIC
 
GAT
 
KEN
 
NAZ
 
CHI
 
FON
 
TX2
 
Pts
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2º lugar
Bronze 3º lugar
Verde 4º ao 5º lugar
Azul 6º ao 10º lugar
Roxo 11º lugar em diante
Púrpura Não terminou
Vermelho Não classificado (NQ)
Preto Desclassificado (DSQ)
Branco Não começou (NL)
Marrom Substituído (S)
Azul claro Apenas treino (AT)
Sem cor Não participou
Lesionado (LES)
Excluído (EX)
Negrito Pole-position
Itálico Líder por mais voltas
Rookie do ano
Rookie
Pontuação por prova
Posição 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 PP* VL
Pontos 50 40 35 32 30 28 26 24 22 20 19 18 17 16 15 14 13 12 12 12 12 12 12 12 10 10 10 10 10 10 10 10 10 1 2
Notas

O acidente de Bräck no Texas e o recorde de força GEditar

Em 12 de outubro, o sueco Kenny Bräck, campeão da IRL em 1999 e que regressara à categoria pela equipe Rahal após uma temporada sem brilho na Chip Ganassi em 2002 pela CART, sofreu um gravíssimo acidente nas últimas voltas do segundo GP do Texas (a primeira corrida foi em junho e batizada de "Bombardier 500"). Seu Dallara-Honda #15 toca no G-Force-Toyota #10 de Tomas Scheckter e usa o carro do sul-africano como plataforma de lançamento, decolando e desintegrando-se no alambrado. O cockpit permanece incrivelmente intacto por dentro, enquanto Bräck permanece desmaiado. Levado ao Parkland Memorial Hospital, o ex-campeão da IRL é diagnosticado com fraturas nos tornozelos, no fêmur, no úmero e na terceira vértebra cervical, ferimentos no rosto e uma concussão. No primeiro mês de internação no hospital, um coágulo quase fatal no pulmão do sueco foi diagnosticado, obrigando-o a submeter-se a uma cirurgia de emergência. O acidente de Bräck tornou-se o recordista em força G na história do automobilismo: 214G, superando o inglês David Purley, que sofrera um acidente cuja força gravitacional alcançou 178G, em 1977.

Após permanecer o ano de 2004 em recuperação, Bräck decidiu não voltar a disputar integralmente um campeonato inteiro. Porém, ele retomou a carreira em 2005, aos 39 anos, quando foi escalado pela Rahal-Letterman para substituir o lesionado Buddy Rice nas 500 Milhas de Indianápolis, onde obteve a maior média nos treinos oficiais, mas não repetiu o desempenho no pole-day: classificou-se em 23º lugar. Na prova, sua participação durou 92 voltas, abandonando-a com problemas mecânicos.

Ligações externasEditar