Toríbio de Mongrovejo

Toríbio de Mongrovejo ou Turíbio de Mongrovejo (Mayorga, Valladolid, 18 de novembro de 1538Saña, Peru, 1606) foi um prelado da Igreja Católica espanhol, arcebispo de Lima, hoje venerado como santo.

Toríbio de Mongrovejo
Santo da Igreja Católica
Arcebispo de Lima
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Lima
Nomeação 16 de maio de 1579
Entrada solene 24 de maio de 1581
Predecessor Dom Diego Gómez de Lamadrid, O.SS.T.
Sucessor Dom Bartolomé Lobo Guerrero
Mandato 1579 - 1606
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 1578
Nomeação episcopal 16 de maio de 1579
Ordenação episcopal 23 de agosto de 1580
Catedral de Sevilha
por Dom Cristóbal Rojas Sandoval
Nomeado arcebispo 16 de maio de 1579
Brasão arquiepiscopal
Template-Metropolitan Archbishop.svg
Santificação
Beatificação 28 de junho de 1679
Roma
por Papa Inocêncio XI
Canonização 10 de dezembro de 1726
Roma
por Papa Bento XIII
Veneração por Igreja Católica
Igreja Episcopal
Comunhão Anglicana
Festa litúrgica 23 de março
27 de abril (Antigo)
23 de agosto (Igreja Episcopal)
Atribuições Báculo
Padroeiro Bispos sul-americanos, índios, Peru
Dados pessoais
Nascimento Mayorga
16 de novembro de 1538
Morte Saña
23 de março de 1606 (67 anos)
Nacionalidade espanhol
dados em catholic-hierarchy.org
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

HagiografiaEditar

Estudou Direito nas Universidades de Coimbra e Salamanca. O rei Felipe II o nomeou juiz supremo da Tribunal da Santa Inquisição em Granada, no sul da Espanha.[1]

Embora fosse leigo, seu conhecimento teológico e sua piedade fizeram com que fosse nomeado arcebispo de Lima, no Peru, em 1579, pelo Papa Gregório XIII. Recebeu as ordens menores, foi ordenado sacerdote em 1578 e em recebeu a sagração episcopal em 23 de agosto de 1580, por Dom Cristóbal Rojas Sandoval, arcebispo de Sevilha[2], e chegou ao porto de Paita, Piura, em março de 1581 e partiu para Lima. Ele ingressou na capital do Peru em 12 de maio do mesmo ano.[1]

Aí revelou grande preocupação com a população indígena e verdadeiro benfeitor dos índios. Ele dedicou 17 de seus 25 anos como bispo às visitas pastorais. Ele celebrou 13 sínodos e fundou o primeiro Seminário da América em Lima (1591).[1]

Compreendeu o seu ministério episcopal como evangelizador e catequista. Fazendo eco a Tertuliano, gostava de repetir: «Cristo é verdade, não costume». Reiterava-o sobretudo em relação aos conquistadores que oprimiam os índios em nome de uma superioridade cultural e aos sacerdotes que não tinham coragem de defender a sorte dos mais pobres. Missionário incansável, percorria os territórios da sua Igreja, procurando sobretudo os indígenas para lhes anunciar a Palavra de Deus com uma linguagem simples e facilmente acessível. Nos seus vinte e cinco anos de episcopado organizou Sínodos diocesanos e provinciais, fez-se catequista, com a produção dos primeiros catecismos para os indígenas da América do Sul, em língua espanhola, em quéchua e em aymara.

Aos sessenta e oito anos, adoeceu em Pacasmayo, ao norte de Lima, partiu para a cidade de Santa e fez seu testamento no qual deixava seus pertences para seus servos e o restante de suas propriedades para os pobres.[1]

Seu processo de canonização foi iniciado de imediato após sua morte, com o reconhecimento de suas virtudes heróicas. Foi beatificado em 28 de junho de 1679 pelo Papa Inocêncio XI, mediante sua Bula Laudeamus e canonizado em 10 de dezembro de 1726 pelo Papa Bento XIII, mediante sua Bula Quoniam Spiritus.

A sua obra de evangelização deu frutos inesperados com milhares de índios que chegaram à fé, tendo encontrado Cristo na caridade do Bispo. Foi ele a conferir o sacramento da Confirmação a dois santos daquela Igreja: Martinho de Porres e Rosa de Lima. Em 1983, São João Paulo II proclamou-o patrono do Episcopado latino-americano. Assim, é sob a proteção deste grande catequista que se coloca também o novo Diretório para a Catequese.

Referências

  1. a b c d Arzobispado de Lima - Especial: Santo Toribio de Mogrovejo
  2. Catholic Hierarchy

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Toríbio de Mongrovejo


Precedido por
Diego Gómez de Lamadrid, O.SS.T.
 
Arcebispo de Lima

1579 - 1606
Sucedido por
Bartolomé Lobo Guerrero