Abrir menu principal

Um Adeus Português

filme de 1986 dirigido por João Botelho
Um Adeus Português
Portugal Portugal
1986 •  cor •  85[1] min 
Realização João Botelho
Produção João Botelho
Coprodução Manuel Guanilho
Argumento
Género drama
Música Olivier Messiaen
Direção de fotografia Acácio de Almeida
Edição
  • João Botelho
  • Leandro Ferreira
Companhia(s) produtora(s)
Distribuição Doperfilme
Lançamento Portugal 17 de Abril de 1986
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Um Adeus Português é um filme português do género drama, realizado e escrito por João Botelho e Leonor Pinhão.[2] Foi protagonizado por Maria Cabral, Isabel de Castro, Fernando Heitor e Ruy Furtado, e estreou-se em Portugal a 17 de Abril de 1986.[3]

ArgumentoEditar

Anos depois da morte do seu filho na Guerra Colonial Portuguesa, um casal de idosos viaja até Lisboa para começar uma nova vida e reencontrar sua antiga nora, apesar das memórias dolorosas do passado.[4]

ElencoEditar

ProduçãoEditar

O filme foi inteiramente rodado em Portugal, mas com algumas cenas feitas em África. Entre os vários assistentes da longa-metragem, estiveram os realizadores Margarida Cardoso e Pedro Costa. As cenas de 1985, em Portugal, foram filmadas a cores, enquanto as cenas de 1973, em África, foram filmadas a preto e branco, em alusão à emissão televisiva da Guerra Colonial Portuguesa.

Os militares portugueses inicialmente hesitaram em conceder a assistência necessária com equipamentos e consultoria. Contudo, o exército não tinha objecção, mas os soldados não estavam mentalmente preparados por causa do trauma psicológico causado pela guerra.[5]

Maria Cabral, considerada a actriz-símbolo do Novo Cinema português, fez sua última aparição no cinema, neste filme, após mudar-se para França.[6]

RecepçãoEditar

O filme foi lançado mundialmente a 5 de Abril de 1986 nos Estados Unidos e no Festival de Cinema de Londres.[7] No mesmo ano, o filme foi exibido no Festival de Berlim, onde ganhou o Prémio Promocional da Organização Católica Internacional do Cinema, e no Festival do Rio, onde recebeu o prémio Tucano de Ouro.[8] Também foi exibido no canal alemão Hessischer Rundfunk a 31 de Janeiro de 1987.

Referências

  1. «Um Adeus Português». SAPO Mag. SAPO. Consultado em 25 de novembro de 2015 
  2. Leitão de Ramos, Jorge (1989). Dicionário do Cinema Português 1962-1988. Lisboa: Editorial Caminho. 426 páginas. ISBN 9789722104463 
  3. «Cinema Português: Cronologia — 1986». Instituto Camões. Consultado em 25 de novembro de 2015 
  4. «Um Adeus Português». Cinecartaz. Público. Consultado em 25 de novembro de 2015 
  5. Alcides Murtinheira e Igor Metzeltin (2010). Geschichte des portugiesischen Kinos Gebundene Ausgabe (em alemão) 1 ed. Viena: Praesens Verlag. 240 páginas. ISBN 978-3-7069-0590-9 
  6. Chevrie, Marc (1987). Entre-Temps (em francês). nº 393. [S.l.]: Cahiers du Cinéma 
  7. «Um Adeus Português (1985)» (em inglês). The New York Times. Consultado em 25 de novembro de 2015 
  8. «João Botelho — Prémios e Distinções». Universidade do Porto. Consultado em 25 de novembro de 2015 

Ligações externasEditar