Wagner Lopes

futebolista brasileiro

Wagner Augusto Lopes, mais conhecido como Wagner Lopes ou apenas Lopes (em japonês: 呂比須 ワグナー) (Franca, 29 de janeiro de 1969), é um treinador de futebol e ex-futebolista brasileiro naturalizado japonês que atuava como atacante. Atualmente está no: Vila Nova F.C

Wagner Lopes
Informações pessoais
Nome completo Wagner Augusto Lopes
Data de nasc. 29 de janeiro de 1969 (52 anos)
Local de nasc. Franca, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
japonêês[1]
Altura 1,82 m
Ambidestro
Apelido Wagninho
Informações profissionais
Período em atividade Como jogador: 1985–2002
Como treinador: 2005–presente
Equipa atual Botafogo SP
Posição ex-Atacante
Função Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes
1985–1987
1987–1990
1990–1994
1995–1996
1997–1998
1999–2000
2001
2001–2002
São Paulo
Nissan Motors
Kashiwa Reysol
Honda
Bellmare Hiratsuka
Nagoya Grampus Eight
FC Tokyo
Avispa Fukuoka
Seleção nacional
1997–1999 Japão
Times/Equipas que treinou
2005–2007
2010
2010
2011
2012
2013
2013
2014
2014
2014
2015
2015
2016
2016
2017
2017
2018
2018–2019
2020
Paulista (assistente)
Paulista
Pão de Açúcar
Paulista
Gamba Osaka (assistente)
Comercial
São Bernardo
Botafogo-SP
Criciúma
Atlético Goianiense
Goiás
Bragantino
Atlético Goianiense
Sampaio Corrêa
Paraná
Albirex Niigata
Paraná
Atlético Goianiense
Botafogo-SP

CarreiraEditar

Tendo iniciado a carreira nas categorias de base do São Paulo, Wagner Lopes naturalizou-se japonês após alguns anos jogando no futebol do Japão, como Kashiwa Reysol, Honda, Bellmare Hiratsuka, Nagoya Grampus Eight, FC Tokyo e Avispa Fukuoka, onde se aposentou em 2002. Defendeu também a Seleção Japonesa na Copa de 1998 e na Copa América de 1999, na qual o país participou na condição de convidado. Pelos Samurais Azuis, foram 20 jogos e 5 gols marcados.

Mais tarde inicia sua carreira de treinador no Paulista, onde foi assistente e depois comandou, depois foi para o Pão de Açúcar[2] e retornou ao comando do Paulista.[3] No início de 2012, retornou ao Japão, agora como auxiliar técnico de José Carlos Serrão, no Gamba Osaka.[4]

No inicio de 2013, comandou o Comercial e o São Bernardo. Ele já tinha acertado para comandar a Ferroviária de Araraquara, mas preferiu comandar o Botafogo de Ribeirão Preto.

Em 2014, acertou sua transferência para o Criciúma, onde comandaria a equipe até o final do Brasileirão da série A,[5] porém meses depois acertou com o Atlético Goianiense[6] após decisão unânime da diretoria.

Em 16 de dezembro de 2014 foi contratado pelo Goiás para comandar o clube em 2015.[7] Foi demitido em 2 de abril de 2015, mesmo tendo aproveitamento de 75%: quinze partidas conquistando trinta e quatro dos quarenta e cinco pontos disputados.[8] Ainda no mesmo ano, acertou com o Bragantino.[9] Em 23 de dezembro de 2015, Wagner Lopes deixou o comando do Bragantino, e no mesmo dia acerta com o Atlético Goianiense para a temporada de 2016.[10] No dia 25 de abril de 2016, Wagner Lopes foi demitido do comando do Atlético Goianiense - os maus resultados no estadual e na Copa do Brasil foram os principais motivos por sua demissão.[11] Em 24 de maio de 2016, Wagner Lopes acertou com o Sampaio Corrêa para comandá-lo no restante da temporada.[12] No mês de agosto, é demitido do Sampaio Corrêa com 23,5% de aproveitamento.[13]

Em novembro, é confirmado como novo treinador do Paraná para a temporada seguinte.[14]No dia 5 de maio, surpreende a todos e deixa o Tricolor com 65% de aproveitamento.[15] Pouco depois, é contratado pelo Albirex Niigata, com o objetivo de evitar o rebaixamento do clube para a Segunda Divisão.

No dia 10 de dezembro de 2017, a diretoria do Paraná confirmou novamente Wagner Lopes como novo técnico do Tricolor da Vila, ele já tinha comandado o clube no início da temporada, onde fez um bom trabalho.[16]Porém com um início ruim na temporada, com apenas uma vitória, três empates e três derrotas em sete partidas, o Paraná demitiu o técnico Wagner Lopes, no dia 16 de fevereiro de 2020.

EstatísticasEditar

Atualizado em 16 de outubro 2019.

Como treinadorEditar

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas
Criciúma 15 4 5 6
Atlético Goianiense 74 41 20 13
Goiás 15 10 4 1
Paraná 29 13 10 6
Albirex 26 6 5 15
Botafogo-SP 0 0 0 0

TítulosEditar

Como treinadorEditar

Goiás
Paulista
Atlético-GO

Como jogadorEditar

São Paulo
Nagoya Grampus

Referências

  1. [1]
  2. técnico do Pão de Açúcar Wagner Lopes se apresenta aos jogadores
  3. Diário de SP (28 de novembro de 2011). «Wagner Lopes não é mais técnico do Paulista». Consultado em 1 de dezembro de 2011 
  4. Futebol Plus (21 de novembro de 2011). «Ao contrário do esperado, Wagner Lopes não será o técnico do Gamba Osaka em 2012». 19:26. Consultado em 16 de maio de 2012 
  5. GloboEsporte.com. «Criciúma fecha com Wagner Lopes para substituir técnico Caio Júnior». Consultado em 30 de abril de 2014 
  6. GloboEsporte.com (5 de setembro de 2014). «Atlético-GO contrata técnico Wagner Lopes para tentar reação na Série B». 13h36. Consultado em 7 de setembro de 2014 
  7. «Goiás confirma acerto com técnico Wagner Lopes, ex-Atlético-GO». Globo Esporte. 16 de dezembro de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  8. «Desgastado internamente, Wagner Lopes é demitido e deixa o Goiás». Globo Esporte. 02 de abril de 2015. Consultado em 02 de abril de 2015  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  9. Futebol Interior. «EXCLUSIVO! Bragantino contrata Wagner Lopes, que dirigiu o Goiás no Brasileirão». Consultado em 9 de julho de 2015 
  10. [2]
  11. «Wagner Lopes não é mais técnico do Atlético após eliminação no Goiano». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 20 de dezembro de 2016 
  12. «EXCLUSIVO! Wagner Lopes é o novo técnico do Sampaio Corrêa». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 20 de dezembro de 2016 
  13. «Sampaio Corrêa anuncia a demissão do técnico Wagner Lopes». globoesporte.com 
  14. «Após despedida da Série B, Paraná acerta com técnico Wagner Lopes». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 20 de dezembro de 2016 
  15. «Wagner Lopes aceita proposta do exterior e deixa o Paraná; Cristian de Souza assume». Globoesporte 
  16. «Paraná anuncia Wagner Lopes como novo técnico e fecha com dupla do Inter». Globoesporte 

Precedido por
Caio Júnior
Treinador do Criciúma
2014
Sucedido por
Gilmar Dal Pozzo
Precedido por
Ricardo Drubscky
Treinador do Goiás
2015
Sucedido por
Hélio dos Anjos
Precedido por
Koichiro Katafuchi
Treinador do Albirex Niigata
2017
Sucedido por
Masakazu Suzuki