Abrir menu principal

Wikipédia β

Seleção Japonesa de Futebol

Japão
JapanFA.png
Alcunhas?  Samurais Azuis[1]
Associação 日本サッカー協会
Confederação AFC (Ásia)
Material desportivo?  Alemanha Adidas
Treinador Japão Akira Nishino
Capitão Makoto Hasebe
Mais participações Yasuhito Endō (152)
Melhor artilheiro Kunishige Kamamoto (80)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Japonesa de Futebol representa o Japão nas competições de futebol da FIFA. É filiada à instituição desde 1932. É administrada pela Japan Football Association. Já disputaram quatro Copas das Confederações, sendo uma das mais bem sucedidas seleções asiáticas dos últimos tempos.

Índice

HistóriaEditar

O primeiro resultado expressivo da seleção japonesa foi a medalha de bronze nas Olimpíadas de 1968. Entretanto, o país não contava com uma liga profissional e o esporte mais popular era o beisebol.

Entretanto, este panorama começou a mudar com a profissionalização do futebol e a criação da J-League em meados da década de 1990. O primeiro resultado expressivo foi a conquista da Copa da Ásia de 1992, sediada no próprio Japão. A conquista concedeu à seleção o direito de participar da Copa Rei Fahd de 1995, onde foi eliminado após duas goleadas.

A melhora também foi sentida nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 1994, onde o Japão só foi eliminado na última rodada[3] em um jogo que ficou conhecido por Agonia de Doha. Conseguiram sua primeira classificação para a Copa do Mundo de 1998, da qual foram eliminados ainda na fase de grupos.

A seleção japonesa vem conseguindo participar de todas as edições da Copa do Mundo desde então.[4] Em 2002, sediou o evento em conjunto com a Coreia do Sul, alcançando as oitavas de final. Em 2006, foi novamente eliminado na fase de grupos. Em 2010, chegou novamente às oitavas de final, na qual foi eliminado.[3] Também como país-sede, participou da Copa das Confederações de 2001 (apesar de também ter ganho a Copa da Ásia de 2000, título que também concede uma vaga na competição), onde conseguiu o 2º lugar.[5]

Em 2011, a seleção conquistou o tetracampeonato da Copa da Ásia,[6] garantindo assim uma vaga na Copa das Confederações FIFA de 2013, da qual foi eliminado na fase de grupos com três derrotas para as seleções brasileira, italiana e mexicana. Pouco antes do início do campeonato, em junho de 2013, foi o primeiro país a garantir uma vaga na Copa do Mundo FIFA de 2014,[7] na qual enfrentaria as seleções da Colômbia, da Costa do Marfim e da Grécia no Grupo C.[8] Foi eliminado precocemente na fase de grupos com um empate e duas derrotas.

Desempenho em Copas do MundoEditar

  • 1930 e 1934 - Não entrou
  • 1938 - Desistiu
  • 1950 - Banido
  • 1954 - Não se classificou
  • 1958 - Não entrou
  • 1962 - Não se classificou
  • 1966 - Não entrou
  • 1970 a 1994 - Não se classificou
  • 1998 - Fase de grupos
  • 2002 - Oitavas-de-final
  • 2006 - Fase de grupos
  • 2010 - Oitavas-de-final
  • 2014 - Fase de grupos
  • 2018 - Classificado

1998Editar

Estreando em mundiais, perderam as três partidas e foram eliminados sem ter a chance de marcar um só ponto na fase de grupos. Independente disso, a disputa do mundial foi um passo importante para tornar o futebol ainda mais popular no país.

Partidas na Copa:

2002Editar

Sediando o mundial ao lado da Coreia do Sul, conseguiram a classificação para a segunda fase e foram eliminados nas oitavas-de-final pela Turquia.

2006Editar

Já prevalecendo como uma das grandes potências do futebol asiático, o Japão foi eliminado na primeira fase da Copa do Mundo de 2006.

2010Editar

Novamente sob o comando de Takeshi Okada, que havia comandado o time em 1998, o Japão foi eliminado nas oitavas-de-final pelo Paraguai ao perder a disputa de pênaltis (3 - 5).

2014Editar

Com o técnico italiano Alberto Zaccheroni, o Japão, primeira seleção classificada para a Copa (fora o Brasil, classificado automaticamente como país sede) foi eliminado na fase de grupos após uma campanha quase exatamente igual à de 2006.

TítulosEditar

Continentais
Competição Títulos Anos
  Copa da Ásia 4 1992 , 2000 , 2004  e 2011 

  Campeão invicto

UniversíadasEditar

Hexacampeão da Universíada tendo conquistado a medalha de ouro em: 1995, 2001, 2003, 2005, 2011 e 2017.

Campanhas de destaqueEditar

Elenco atualEditar

Os seguintes jogadores foram convocados para os amistosos contra Mali e Ucrânia dia 23 e 27 de Março |-bgcolor=#006699 style="color:white;" !Nome!!Posição!!Clube |- ||Nakamura||Goleiro||align="left"|  Kashiwa Reysol |- ||Higashiguchi||Goleiro||align="left"|  Gamba Osaka |- ||Kawashima||Goleiro||align="left"|  Metz FC |- ||Shoji||Defesa||align="left"|  Kashima Antlers |- || Ugajin ||Defesa||align="left"|  [Urawa Reds Diamonds ]] |- ||Kurumaya||Defesa|| align="left"|  Kawasaki Frontale |- ||Nagatomo ||Defesa|| align="left" |  Japão Galatasaray |- ||[[|Tomoaki Makino | Makino ]]||Defesa||align="left"|  Urawa Reds Diamonds |- ||[[|Gotoku Sakai | Gotoku ]]||Defesa||align="left"|  Hamburg SV |- ||Masato Morishige ||Defesa||align="left"|  FC Tokyo |- ||Ueda||Defesa||align="left"|  Kashima Antlers |- ||Endo||Defesa ||align="left"|  Urawa Reds Diamonds |- ||[[|Kento Misao|Misao]]||Defesa||align="left"|  Kashima Antlers |- ||Yamaguchi ||Médio||align="left"|  Cerezo Osaka |- ||[[|Ryota Oshima|Oshima ]|| Médio||align="left"|  Kawasaki Frontale |- ||[[|Makoto Hasebe|Hasebe ]]|| Médio||align="left"|   Eintracht Frankfurt |- ||[[|Gaku Shibasaki |Shibasaki ]]|| Médio||align="left"|   Getafe |- ||[[|Keisuke Honda |Honda]]|| Médio||align="left"|   Pachuca |- ||[[|Shoya Nakajima|Nakajima]]|| Médio||align="left"|   FC Portimonense |- ||[[|Ryota Morioka| Morioka ]]|| Médio ||align="left"|   Anderlecht |- ||Kobayashi|| Avançado||align="left"|   Kawasaki Frontale |- ||Osako || Avançado||align="left"|   FC Kolñ |- ||[[|Takashi Usami|Usami ]]|| Avançado||align="left"|   Fortuna Dusseldorf ||Haraguchi ||Avançado||align="left|  Hertha Berlim ||Sugimoto ||Avançado||align="left|  Cerezo Osaka ||Akira Nishino||Treinador|| |- |}

CuriosidadesEditar

Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde abril de 2011).
  • É a única seleção de fora do continente americano a disputar uma Copa América, sendo eliminada na primeira fase em 1999.
  • É a seleção que mais vezes conquistou a medalha de ouro na Universíada.
  • O anime Captain Tsubasa teve o apoio do governo para promover o esporte no país. Após sua ascensão, o esporte tornou-se mais popular e a seleção japonesa obteve mais apoio por parte do público.

UniformesEditar

O uniforme não tem as cores nacionais (branco e vermelho), mas o azul da Japan Football Association.

Uniformes atuaisEditar

  • 1º - Camisa azul, calção e meias azuis.
  • 2º - Camisa cinza com detalhes de branco, calção branco e meias cinzas.
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo

Uniformes dos goleirosEditar

  • 1º - Camisa laranja, calção e meias laranjas.
     
 
 
Primeiro

Uniformes anterioresEditar

  • 2017
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
  • 2016
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
  • 2014
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
  • 2012
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
  • 2010
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
  • 2008
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
  • 2006
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo

Ver tambémEditar

Referências

  1. «A última chance dos samurais: astros são trunfo do Japão contra Colômbia - globoesporte.com». globoesporte.com. Consultado em 29 de junho de 2014. Cópia arquivada em 29 de junho de 2014 
  2. a b c FIFA.com (novembro de 2015). «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola». Consultado em 11 de novembro de 2015 
  3. a b «Futebol». Embaixada do Japão no Brasil. Consultado em 7 de abril de 2013 
  4. Bell, Jack (3 de agosto de 2012). «Success in Japan, New Test in China». The New York Times (em inglês). The New York Times Company. Consultado em 7 de abril de 2013 
  5. Relatório oficial da partida Site oficial da FIFA. Acessado em 8 de abril de 2013.
  6. Relatório oficial do jogo no site oficial da FIFA. Acessado em 8 de abril de 2013.
  7. «Japão é o primeiro país classificado para a Copa de 2014». Globo Esporte. Globo.com. 4 de junho de 2013. Consultado em 9 de dezembro de 2013 
  8. «Colômbia, Costa do Marfim, Japão e Grécia formarão Grupo C da Copa». R7. Grupo Record de Comunicação. 6 de dezembro de 2013. Consultado em 9 de dezembro de 2013