Abrir menu principal

Arenápolis

Município do estado de Mato Grosso, Brasil
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Arenópolis.
Arenápolis
  Município do Brasil  
Hino
Apelido(s) "Areia"
Gentílico arenapolitano
Localização
Localização de Arenápolis em Mato Grosso
Localização de Arenápolis em Mato Grosso
Arenápolis está localizado em: Brasil
Arenápolis
Localização de Arenápolis no Brasil
Mapa de Arenápolis
Coordenadas 14° 27' S 56° 50' 45" O
País Brasil
Unidade federativa Mato Grosso
Municípios limítrofes Denise, Nortelândia, Nova Marilândia e Santo Afonso.
Distância até a capital 234 km
História
Fundação 15 de dezembro de 1953 (65 anos)
Administração
Prefeito(a) José Mauro (P, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 416,785 km²
População total (estimativa IBGE/2016[2]) 9 576 hab.
Densidade 22,98 hab./km²
Clima tropical semi-úmido (Aw)
Altitude 247 m
Fuso horário Hora do Amazonas (UTC−4)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,704 alto
PIB (IBGE/2011[4]) R$ 101 867 875 mil
PIB per capita (IBGE/2011[4]) R$ 9 969,45
www.arenapolis.mt.gov.br (Prefeitura)

Arenápolis é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 14º27'01" sul e a uma longitude 56º50'46" oeste, estando a uma altitude de 247 metros. Sua população estimada em 2016 era de 9.576 habitantes. Possui uma área de 416,785 km².[1]

O município surgiu devido a busca do diamante em cascalho farto, e levou centenas de pessoas a partir do século XVIII a ocupar as margens do rio Ribeirão Areias e povoar o vilarejo que seria conhecido como Areias que bem mais tarde se emancipou, tendo o primeiro nome substituído por outro mais sonoro, passando a se chamar Arenápolis.[5][6]

Em Arenápolis está situado o polo de inacessibilidade do continente sul-americano, ou seja, o local mais distante do oceano a 14.05°S 56.85°W.

HistóriaEditar

Garimpo do diamanteEditar

A movimentação garimpeira na região do ribeirão Areias, que deu nome ao município, é tão antiga quanto o desenvolvimento histórico de Diamantino. Remonta ao século XVIII.[1]

A formação da cidade propriamente dita iniciou-se a partir de ações desencadeadas em 1936, quando garimpeiros devassaram a área da margem direita do Rio Santana, abaixo da confluência com o Ribeirão Areias, descobrindo formações favoráveis à cata do diamante.[5]

Iniciou-se o desmonte do cascalho promissor, sem surpresas, por volta de 1940, batearam as primeiras gemas às margens do Areias. Propagada a descoberta, afluíram à região novos garimpeiros.[5]

Arranchamento pioneiroEditar

Em face dos primeiros contingentes humanos se transferirem em massa para o local, logo se formou um arranchamento pioneiro, uma corrutela garimpeira a que se deu o nome de Areias, em referência ao Ribeirão Areias.[1]

Os primeiros ranchos foram construídos ao sabor dos acidentes naturais. Com o surgimento das primeiras casas comerciais, com novas construções não tão provisórias, houve uma sensível melhoria no arruamento urbano do povoado.[1]

Fundação do municípioEditar

O município foi criado pela Lei Estadual nº 704, de 15 de dezembro de 1953, de autoria do deputado Humberto Marcílio.[7] A denominação foi alterada para Arenápolis, por entenderem ser mais adequado. No entanto, não tiraram o sentido maior da origem do nome do município que é referência ao Rio Areias.[1]

Formação administrativaEditar

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Arenápolis pela Lei Estadual nº 704, de 15 de dezembro de 1953, sendo este desmembrado do município de Barra do Bugres, foi instalado oficialmente em 05 de fevereiro de 1954, no quadro fixado para vigorar no período de 1954 á 1958, o município até então é somente constituído do distrito sede Arenápolis (ex-povoado de Areias). Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15 de julho de 1960.[1][6]

Pela lei estadual nº 2069, de 14 de dezembro de 1963, é criado o distrito de Marilândia e anexado ao município de Arenápolis. Pela lei estadual nº 3785, de 30 de setembro de 1976, é criado o distrito de Santo Afonso e anexado ao município de Arenápolis. Em divisão territorial datada de 01 de janeiro 1979, o município é constituído de 3 distritos: Arenápolis, Marilândia e Santo Afonso.[1][6]

Pela lei estadual nº 5900, de 19 de dezembro de 1991, desmembra do município de Arenápolis o distrito de Nova Marilândia (ex-Marilândia), elevado à categoria de município. Pela lei estadual nº 5909, de 20 de dezembro de 1991, desmembra do município de Arenápolis o distrito de Santo Afonso, elevado à categoria de município.[1][6]

Em divisão territorial datada de 1997, o município é constituído somente do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.[1]

Referências

  1. a b c d e f g h i j «Mato Grosso » Arenápolis». IBGE Cidades. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2015. Consultado em 15 de dezembro de 2015 
  2. «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 13 de setembro de 2016. Consultado em 2 de novembro de 2016 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 15 de dezembro de 2015 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2007-2011». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 15 de dezembro de 2015 
  5. a b c «Do garimpo no rio areia nasce Arenápolis». OlharDireto. 2009. Consultado em 16 de dezembro de 2015 
  6. a b c d MAIERHOFER, P. H. P.; Arenápolis, 2015.
  7. «História de Arenápolis». Portal Mato Grosso. 2008. Consultado em 16 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 22 de dezembro de 2015 

Ligações externasEditar