Abrir menu principal

O Barcelona Esportivo Capela (mais conhecido como Barcelona de Capela ou Barcelona-SP) é um clube brasileiro de futebol atualmente sediado na cidade de São Paulo, capital do estado homônimo.[1] Foi fundado em 20 de janeiro de 2004 e suas cores são vermelho, azul e amarelo.

Barcelona
Barcelona Esportivo Capela.png
Nome Barcelona Esportivo Capela
Alcunhas Barça
Mascote Elefante
Fundação 20 de janeiro de 2004 (15 anos)
Estádio Conde Rodolfo Crespi
Capacidade 5.000 lugares (originalmente)
Localização São Paulo, Estado de São Paulo, Brasil
Presidente Paulo Sérgio Moura
Treinador João Paulo
Material (d)esportivo Deka
Competição São Paulo Campeonato Paulista - Segunda Divisão
Website Site do clube
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Índice

HistóriaEditar

O Barcelona Esportivo Capela foi fundado em 20 de janeiro de 2004. O time estreou nas divisões inferiores do Campeonato Paulista na Série B2 daquele mesmo ano. O primeiro jogo do time foi em 17 de abril, um empate de 1 a 1 contra o tradicional Jabaquara. A equipe mandou seus jogos no Estádio Capelão e por pouco não se classificou para a segunda fase daquele campeonato.

No ano seguinte o time passou a mandar suas partidas na cidade de Ibiúna graças a uma parceria com a prefeitura daquela cidade. O time permaneceu jogando no Estádio Marcus Eduardo Carvalho Truvilho até 2007. Nessas três temporadas, todas na recém-criada Segunda Divisão Paulista, a equipe paulistana nunca passou da primeira fase. A performance foi muito abaixo do esperado e o Elefante conquistou apenas oito vitórias em 40 partidas disputadas.

Em 2008 o time de afastou do campeonato, voltando em 2009. Nesse ano a ideia era jogar no Estádio Aníbal de Freitas, pertencente ao Clube Guapira, localizado na Zona Norte da capital paulista. Por problemas com laudos, o clube jogou ali poucas vezes, chegando a mandar jogos também no Estádio Nicolau Alayon e também no Estádio Ulrico Mursa, em Santos. A campanha ruim, somada com a falta de um local fixo para atuar como mandante, fez com que o time novamente se afastasse do profissionalismo.

Nos anos seguintes a equipe disputou apenas alguns campeonatos de base. A aguardada volta do time ao futebol profissional aconteceu na temporada de 2015, outra vez na Segunda Divisão do Campeonato Paulista da FPF. A equipe paulistana fez parte do Grupo 2 da competição, junto com Internacional de Bebedouro, Elosport, Lemense, Olímpia, Amparo, São Carlos, Olé Brasil, Palmeirinha e Desportivo Brasil. O time também votou a atuar na cidade de São Paulo, mais precisamente no Estádio Nicolau Alayon.

No ano seguinte em 2016 a equipe disputou novamente alguns campeonatos de base e nos campeonatos profissionais o time disputou a Segunda Divisão do Campeonato Paulista da FPF. A equipe fez um bom campeonato comparado aos anos anteriores, pois fez 12 pontos em 14 jogos com: 3 vitórias, 3 empates e 8 derrotas. O time mandou seus jogos no Estádio Conde Rodolfo Crespi. Com o campeonato regular que fez em 2016 empolgou o time para a temporada de 2017.

Em 2017 a equipe disputou alguns campeonatos de base e a Segunda Divisão do Campeonato Paulista da FPF. Este último foi disputado por jogadores sub-23, podendo ter apenas 3 jogadores profissionais. O time jogou no Estádio Nicolau Alayon na cidade de São Paulo e fez uma campanha quase igual a campanha de 2015. A equipe somou 8 pontos em 14 jogos com: 1 vitória (na última rodada da fase de grupos), 5 empates e novamente 8 derrotas, igual a 2016. A equipe ficou em último no grupo 3 mas não desanimou e foi confirmada no Campeonato Paulista de Futebol da Segunda Divisão na edição de 2018.

Apesar de todas as dificuldades, o maior destaque da história do time foi ter revelado o jogador brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa.

EstatísticasEditar

ParticipaçõesEditar

  Promovido à divisão superior
  Rebaixado à divisão inferior
  Licenciamento no ano seguinte
Participações em 2019
Competição Temporadas Melhor campanha Anos A   R  
  Segunda Divisão 9 23° colocado (2016) 2005-2007  , 2009   e 2015-2019
Série B2 (extinta) 1 17º colocado (2004) 2004

Últimas dez temporadasEditar

 Ver artigo principal: Temporadas do Barcelona
Últimas dez temporadas do Barcelona Esportivo Capela
  Nacionais   Internacionais   Estaduais
Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continentais / Mundial Campeonato Paulista Copa Paulista
Ano Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div. Pos. Fase Máxima
2010 Licenciado
2011 Licenciado
2012 Licenciado
2013 Licenciado
2014 Licenciado
2015 D Não classificado SD 28º
2016 D Não classificado SD 25º
2017 D Não classificado SD 26º
2018 D Não classificado SD 34º
2019 D Não classificado SD 33º
Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Eliminado nas semifinais
     Campeão e promovido à divisão superior
     Vice-campeão e/ou promovido à divisão superior
     Rebaixado à divisão inferior
     Classificado à fase de grupos da Copa Libertadores
     Classificado à fase preliminar da Copa Libertadores
     Classificado à Copa Sul-Americana

Elenco atualEditar

Referências

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.