Abrir menu principal

Campeonato Cearense de Futebol de 2013

Campeonato Cearense de Futebol de 2013
Cearense Chevrolet 2013
Ceará
Dados
Participantes 11
Organização FCF
Período 5 de janeiro19 de maio
Gol(o)s 360
Partidas 134
Média 2,69 gol(o)s por partida
Campeão Ceará
Vice-campeão Guarany de Sobral
Campeão do interior Guarany de Sobral
Rebaixado(s)
Melhor marcador Giancarlo (Ferroviário – 19 gols
Melhor ataque (fase inicial) Ceará – 35 gols
Melhor defesa (fase inicial) Ceará – 17 gols
Maiores goleadas
(diferença)
Icasa 6–1 Guarany de Sobral
RomeirãoJuazeiro do Norte
15 de Janeiro
 
Ferroviário 7–2 São Benedito
Presidente VargasFortaleza
27 de fevereiro
Público 270 039
Média 2 015,2 pessoas por partida
◄◄ Ceará Cearense 2012 Soccerball.svg Cearense 2014 Ceará ►►

O Campeonato Cearense de Futebol de 2013 é a 99ª edição do torneio. A competição premiará os clubes com duas vagas para a Copa do Brasil de 2014, duas para a Copa do Nordeste de 2014 e uma para a Série D de 2013.

O Horizonte venceu a primeira fase e conquistou uma vaga na Copa do Brasil de 2014. O Maracanã foi rebaixado com 3 rodadas de antecedência e o São Benedito, na rodada posterior. Os dois clubes estrearam na 1ª divisão neste ano. O Crato ficou em 7º lugar na 'Primeira Fase' e por isso encerrou a participação no Cearense 2013, já que apenas os 6 melhores passavam de fase.

Na 'Segunda Fase', o Ferroviário não repetiu as boas atuações da fase anterior e, faltando 4 rodadas para o fim, não tinha mais chances, matematicamente, de conseguir uma vaga na semifinal. Na rodada posterior foi a vez do Guarani de Juazeiro ser eliminado e a partir de então jogar apenas para cumprir tabela. Com a eliminação dos dois clubes, Horizonte e Tiradentes disputaram a vaga na Série D de 2013 na última rodada, tendo o time da polícia militar vencido por 3 a 0 e conquistado a vaga na competição nacional. Icasa, Ceará, Fortaleza e Guarany de Sobral se classificaram para as semifinais.

Nas 'Semifinais', o Guarany de Sobral passou pelo Icasa, com placar agregado de 4 a 4, o Cacique passou por conta da regra do gol fora de casa. Na outra semifinal, Clássico-Rei, o Ceará passou com larga vantagem sobre o rival, Fortaleza, o placar agregado foi de 6 a 1.

Nas 'Finais', Ceará e Guarany de Sobral empataram o primeiro jogo da final de fronte a um Junco lotado, com mais de 8.000 pessoas. Para o segundo jogo da final, a torcida alvinegra lotou a Arena Castelão com mais de 50 mil pessoas e viu o alvinegro conquistar o tricampeonato empatando em 1 a 1 com o Guarany.

Índice

Fórmula de disputaEditar

Por estarem participando da Copa do Nordeste, Ceará e Fortaleza não disputam a primeira fase da competição, que será composta pelos outros nove clubes que se enfrentam em confrontos diretos, de "ida" e "volta", classificando-se para a segunda fase os seis primeiros colocados. O 1º colocado recebe dois pontos de bonificação e o 2º colocado recebe 1 ponto para a próxima fase. Os pontos conquistados nesta fase não influenciam na classificação geral. Na segunda fase, os seis clubes se juntam à Ceará e Fortaleza num octogonal, onde os clubes se enfrentam em confrontos diretos, de "ida" e "volta", classificando para as semifinais os quatro melhores. Nas semifinais, os jogos se dão por cruzamento olímpico (o 1° colocado enfrenta o 4° colocado e o 2° enfrenta o 3°), em dois jogos. Os vencedores se enfrentarão na final do campeonato, também em dois jogos.

O melhor classificado na primeira fase se junta ao campeão da competição na Copa do Brasil de 2014. Os dois finalistas ficam com as duas vagas para o Campeonato do Nordeste de Futebol de 2014. O clube melhor classificado na segunda fase, excluindo Ceará, Fortaleza, Icasa e Guarany de Sobral, fica com a vaga na Série D. [1]

Em 2013 serão rebaixados dois clubes, portanto, as equipes com piores rendimentos na primeira fase serão rebaixadas e deverão disputar a 2ª divisão do Campeonato Cearense de 2014.

Diferente dos anos anteriores, não teremos final do interior. A equipe melhor classificada, que residir fora da capital, será coroada como Campeã do Interior e para ela será entregue a Taça Padre Cícero de 2013.

Equipes participantesEditar

Equipe Cidade Em 2012 Estádios (capacidade) [2] Títulos
Ceará Sporting Club   Fortaleza 1º (Série A) Castelão (67.037) — Presidente Vargas (20.166) 41 (último em 2012)
Crato Esporte Clube   Crato 5º (Série A) Mirandão (8.080) 0 (não possui)
Ferroviário Atlético Clube   Fortaleza 9º (Série A) Presidente Vargas (20.166) 9 (último em 1995)
Fortaleza Esporte Clube   Fortaleza 2º (Série A) Castelão (67.037) — Presidente Vargas (20.166) 39 (último em 2010)
Guarani Esporte Clube   Juazeiro do Norte 6º (Série A) Romeirão (10.000) 0 (não possui)
Guarany Sporting Club   Sobral 7º (Série A) Junco (8.584) 0 (não possui)
Horizonte Futebol Clube   Horizonte 3º (Série A) Domingão (10.400) 0 (não possui)
ADRC Icasa   Juazeiro do Norte 8º (Série A) Romeirão (10.000) 0 (não possui)
Maracanã Esporte Clube Maracanaú 1º (Série B) Estádio Moraisão (5.000) 0 (não possui)
AD São Benedito São Benedito São Benedito 2º (Série B) Estádio Moraisão (5.000) — Tarcizão (5.000) 0 (não possui)
Associação Esportiva Tiradentes   Fortaleza 4º (Série A) Presidente Vargas (20.166) — Alcides Santos (7.100) 1 (1992)

Primeira faseEditar

ClassificaçãoEditar

Zona de classificação para a segunda fase
Zona de rebaixamento à Série B

Segunda faseEditar

ClassificaçãoEditar

Zona de classificação à fase final

*Horizonte ganhou 2 pontos por ter terminado a primeira fase em 1º lugar e o Ferroviário ganhou 1 ponto por terminar em 2º lugar.

Fase finalEditar

  Semifinais Final
                     
   Icasa 0 4 4  
   Guarany de Sobral (gf) 3 1 4  
     Guarany de Sobral 1 1 2
     Ceará 1 1 2
   Ceará 3 3 6
   Fortaleza 0 1 1

Classificação geralEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Zona de classificação ou rebaixamento
1   Ceará 34 18 10 4 4 35 17 +18 Copa do Nordeste de 2014 e Copa do Brasil de 2014
2   Guarany de Sobral 30 18 9 3 6 27 25 +2 Copa do Nordeste de 2014 e Taça Padre Cícero de 2013
3   Icasa 31 16 10 1 5 28 20 +8 Taça Padre Cícero de 2013
4   Fortaleza 26 16 8 2 6 22 19 +3
5   Tiradentes 22 14 6 4 4 21 21 0 Série D de 2013
6   Horizonte 21 14 5 4 5 18 17 +1 Copa do Brasil de 2014
7   Guarani de Juazeiro 9 14 3 0 11 13 31 -18
8   Ferroviário 9 14 2 2 10 10 24 -14
9   Crato 15 16 3 6 7 20 24 -4
10   São Benedito 12 16 2 6 8 20 34 -14 Segunda Divisão Cearense
11   Maracanã 11 16 2 5 9 10 26 -16

ArtilhariaEditar

Gols Jogador Time
19   Giancarlo Ferroviário
15   Maciel Guarany de Sobral
12   Adalgiso Pitbull Icasa
  Ribinha Tiradentes
11   Alemão Crato
  Chapinha Icasa
  Juninho Potiguar Icasa
10   Magno Alves Ceará
  Thiago Alagoano Horizonte

Taça Padre CíceroEditar

PremiaçãoEditar

Taça Padre Cícero de 2013
 
Guarany de Sobral
Campeão
(1º título)

Maiores públicosEditar

Esses foram os maiores públicos do Campeonato:

Público Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada
1 49.609   Ceará 1–1   Guarany de Sobral Arena Castelão 19 de maio Final
2 18.173   Ceará 2–0   Fortaleza Arena Castelão 17 de março 4ª rod/2ª fase
3 15.092   Fortaleza 0–1   Ceará Arena Castelão 14 de abril 11ª rod/2ª fase
4 8.239   Ceará 3–1   Icasa Arena Castelão 21 de abril 12ª rod/2ª fase
5 8.085   Fortaleza 1–0   Ferroviário Presidente Vargas 11 de março 2ª rod/2ª fase
6 7.350   Guarany de Sobral 1–1   Ceará Junco 16 de maio Final
7 7.318   Ceará 3–1   Fortaleza Presidente Vargas 12 de maio Semifinal
8 6.926   Icasa 4–1   Guarany de Sobral Romeirão 12 de maio Semifinal
9 6.825   Ceará 1–0   Ferroviário Arena Castelão 21 de março 5ª rod/2ª fase
10 6.482   Fortaleza 0–3   Ceará Presidente Vargas 5 de maio Semifinal

Estatísticas de PúblicoEditar

Média de públicoEditar

A média de público considera apenas os jogos da equipe como mandante.

  • i. ^ Considera-se apenas o público pagante

PremiaçãoEditar

Campeonato Cearense de 2013
 
CEARÁ
Tricampeão
(42º título)
Copa do Brasil de 2014: Copa do Nordeste de 2014: Série D de 2013:
  Ceará Sporting Club   Ceará Sporting Club   Associação Esportiva Tiradentes
  Horizonte Futebol Clube   Guarany de Sobral

Premiação (Troféu Verdes Mares)Editar

  • Melhor árbitro: Almeida Filho
  • Melhor assistente (árbitro): Thiago Brígido
  • Goleiro menos vazado: Fernando Henrique (Ceará)
  • Homenageado: Hamilton Rocha

Referências

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar