Abrir menu principal

Campeonato Paulista de Futebol de 1983 - Segunda Divisão

Campeonato Paulista de Futebol de 1983
Segunda Divisão
Dados
Participantes 52
Período 17 de março – 4 de dezembro
Campeão XV de Piracicaba
Vice-campeão Noroeste
Melhor marcador brandao(xv de piracicaba)29gols
◄◄ 1982 São Paulo Soccerball.svg 1984 São Paulo ►►

O Campeonato Paulista de Futebol de 1983 - Segunda Divisão foi a 37ª edição do torneio promovida pela Federação Paulista de Futebol, e equivaleu ao segundo nível do futebol no estado de São Paulo.O XV de Piracicaba[1] conquistou o quarto título da competição, firmando-se como o maior campeão da Segunda Divisão. A conquista também garantiu ao XV o acesso para o Campeonato Paulista de 1984.

O vice campeão Noroeste disputou o "rebolo" com o Taubaté, penúltimo colocado da Primeira Divisão, mas foi derrotado duas vezes por 1 a 0, permanecendo, desta forma, na Segunda Divisão.

Forma de disputaEditar

Num dos regulamentos mais complexos já organizado, a competição de 1983, seguindo a tendência dos anos 80, foi dividido em 2 turnos. Cada turno teve 3 fases classificatórias.

  • Primeira Fase: As 13 equipes de cada grupo disputaram por pontos corridos em turno único, classificando-se os 8 mais bem colocados de cada grupo.
  • Segunda Fase: Os 8 melhores de cada grupo foram divididos em duas Séries de 4 times, totalizando 8 grupos, com o campeão de cada Série classificando-se para a final.
  • Final: São disputadas finais nos 4 grupos (Amarelo, Vermelho, Preto e Branco) em melhor de 3 pontos, com o campeão garantindo vaga na semifinal.

No segundo turno repete-se o sistema de disputa, onde surgem outros 4 campeões de grupos, que também garantem vaga na semifinal.

Participantes[2]Editar

GRUPO AMARELO:

GRUPO VERMELHO:

GRUPO PRETO:

GRUPO BRANCO:

SemifinaisEditar

Esta fase da competição reuniu os vencedores das finais dos 4 grupos, tanto do 1º, como do 2º turno.[3]

  • GRUPO AMARELO

Bandeirante de Birigui garantiu vaga automática para o Quadrangular Final, pois venceu as finais dos dois turnos do Grupo Amarelo, derrotando a equipe do Tanabi em ambas ocasiões.

  • GRUPO VERMELHO

30 de outubro de 1983: Sertãozinho 0 - 0 Noroeste
6 de novembro de 1983: Noroeste 2 - 0 Sertãozinho

  • GRUPO PRETO

30 de outubro de 1983: Nacional 1 - 1 São Bernardo
6 de novembro de 1983: São Bernardo 1 - 1 Nacional
9 de novembro de 1983: Nacional 2 - 0 São Bernardo[4]

  • GRUPO BRANCO

30 de outubro de 1983: União Barbarense 1 - 2 XV de Piracicaba
6 de novembro de 1983: XV de Piracicaba 2 - 0 União Barbarense

Fase finalEditar

O XV de Piracicaba foi campeão com uma rodada de antecedência ao vencer o Bandeirante em casa por 3 a 2. Na rodada final, realizada em 4 de dezembro, foi goleado pelo Nacional por 4 a 0 jogando com a equipe reserva, enquanto Bandeirante e Noroeste disputavam o vice campeonato, que valia a disputa do rebolo com o penúltimo colocado da Primeira Divisão. O Noroeste vencia até os 43 minutos do segundo tempo quando o Bandeirante marcou com o zagueiro Ulisses. O árbitro Luis Carlos Antunes correu para o centro do campo, até ver bandeira de seu auxiliar levantada. Vendo a pressão da torcida da casa, foi incapaz de anular o tento e correu para o vestiário, onde encerrou a partida.[5] O caso foi para o TJD, que manteve a vitória do Noroeste.

Quadrangular Final
Time Pts J V E D GP GS SG
1 XV de Piracicaba 09 6 4 1 1 9 8 +1
2 Noroeste 06 6 1 4 1 5 5 0
3 Bandeirante (Birigui) 05 6 2 1 3 9 8 +1
4 Nacional 04 6 1 2 3 7 9 -2

Jogo decisivoEditar

30 de novembro de 1983 XV de Piracicaba   3 - 2   Bandeirante (Birigui) Estádio Barão de Serra Negra, Piracicaba

Carluccio   7' 1T
Lima   20' 2T
Chicão   39' 2T
Dicão   13' 1T
Paulo César   52' 2T
Público: 15,241
Renda: Cr$ 18 800 000,00
Árbitro: Almir Ricci Peixoto Laguna

XV de Piracicaba: Pizelli, Carluccio, Ailton Luis, Dario (Paulinho, intervalo) e Otavio; Vadinho, Lima e Pianelli; Tim (Chicão, 14 do 2.°). Brandão e Gilberto. Técnico: Galdino Machado
Bandeirante: Fernando. Mauro, Ulisses. Edson Fumaça e Pecos; Paulo Cesar, Jaime (Sobral, 27 do 2º) e Dicão; Pedro Paulo, Lula e Zé Luis (Pedrinho, intervalo). Técnico: João Magoga

PremiaçãoEditar

Campeonato Paulista de 1983 - Segunda Divisão
 
XV de Piracicaba
Campeão
(4º título)

ReboloEditar

Noroeste, vice-campeão, e Taubaté, penúltimo colocado da Primeira Divisão, disputaram uma vaga no Campeonato Paulista de 1984,[6] com os seguintes resultados:

Estes resultaram garantiram o Taubaté na Primeira Divisão. Os jogos foram disputados no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Ver tambémEditar

Referências

  1. RSSSF Brasil. «São Paulo State - List of Second Division Champions». Consultado em 9 de janeiro de 2013 
  2. RSSSF Brasil. «São Paulo State - List of Second Division Participants 1916-2001». Consultado em 9 de janeiro de 2013 
  3. Folha de S. Paulo. «FPF marca os jogos da 2ª Divisão». Consultado em 10 de agosto de 2017 
  4. Folha de S. Paulo. «Nacional vence o São Bernardo, 2 a 0». Consultado em 10 de agosto de 2017 
  5. Folha de S. Paulo. «Bandeirante 0 x Noroeste 1». Consultado em 7 de agosto de 2017 
  6. Folha de S. Paulo. «Noroeste e Taubaté disputam o rebolo». Consultado em 10 de agosto de 2017 
  7. Folha de S. Paulo. «Taubaté continua na 1ª Divisão». Consultado em 10 de agosto de 2017 
  Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.