Castlevania: Rondo of Blood

Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o décimo título original da série Castlevania. Para a sua conversão para o Super Nintendo, veja Castlevania: Dracula X.

Castlevania: Rondo of Blood[a] é um jogo eletrônico da série Castlevania, desenvolvido pela Konami e lançado para PC Engine no Japão em 29 de outubro de 1993.[1]

Castlevania: Rondo of Blood
Capa japonesa do jogo
Desenvolvedora(s) Konami
Diretor(es) Toru Hagihara
Designer(s) Reika Bando, Toshiharu Furukawa, Kouji Yamada
Compositor(es) Akira Souji, Keizo Nakamura, Tomoko Sano, Mikio Saito
Série Castlevania
Plataforma(s) PC Engine
Conversões PlayStation Portable
Lançamento
    PC Engine[1]

    Virtual Console[carece de fontes?]

    Gênero(s) plataforma,
    fantasia,
    metroidvania
    Modos de jogo um jogador
    Castlevania
    (Sharp X68000)
    Castlevania: Bloodlines

    O "X" do título japonês, Akumajō Dracula X, refere-se ao algarismo romano significando "dez", visto que este é o décimo jogo cronologicamente lançado pela série original Akumajō Dracula no Japão.[1] Entretanto, a capa do guia oficial de estratégia do jogo contém o título escrito como Dracula-X Reincarnation of Blood (Dracula-X Reencarnação do Sangue).[2]

    Seus relançamentos incluem uma conversão de 1995 para o Super Nintendo, Castlevania: Dracula X, o remake de 2007 para o PlayStation Portable, Castlevania: The Dracula X Chronicles, e a versão original via Virtual Console do Wii no Japão em 2008, e na América do Norte e regiões PAL em 2010.

    EnredoEditar

    Rondo of Blood se passa em 1792. A história é focada em Richter Belmont, o herdeiro do chicote Vampire Killer e descendente direto de Simon Belmont.[3] Richter vai até o castelo após sua amada Annete ser sequestrada por Shaft, um servo de Dracula, para ser usada como isca para uma armadilha.[4]

    Em sua missão, Richter acaba resgatando outras mulheres, incluindo: Maria Renard, uma órfã que insiste em acompanhá-lo;[5][3][6] Terra, uma freira que o confunde com uma manifestação de Deus;[7] Iris, a filha do médico do vilarejo;[8] e finalmente Annette.[9] Após eliminar Shaft, Richter enfrenta e derrota Dracula, expondo-o à luz do Sol e causando seu desaparecimento.[10]

    JogabilidadeEditar

    O jogador deve guiar Richter através de nove fases,[11] com quatro rotas alternativas,[12] enquanto ele busca resgatar sua amada Annette e eventualmente enfrentar Dracula.[13] Richter usa o icônico chicote Vampire Killer como arma principal, em conjunto com uma de outras seis armas secundárias: um machado, uma adaga, água benta, um grimório, um relógio de bolso, e uma cruz.[14] Richter pode resgatar outras mulheres durante o jogo, uma das quais, Maria Renard, se torna um personagem jogável.[15][16] Ela ataca usando suas pombas e uma de outras seis armas secundárias: um filhote de tigre branco, um filhote de dragão, um filhote de fênix, uma tartaruga, ovos, ou notas musicais.[17][14]

    Rondo of Blood incorpora elementos de títulos anteriores de Castlevania que tipicamente apresentam jogabilidade linear, assim como um protagonista do clã Belmont.[18] O jogo faz uso de fases sem limite de tempo, mas que possuem mais de uma saída para outras fases; isso afeta os ambientes seguintes, os monstros, e o chefe que o jogador deve enfrentar no final da fase.[18] Rondo of Blood também apresentou a habilidade de usar armas secundárias para criar um super ataque, algo que foi reutilizado em títulos subsequentes.[16] Sua sequência direta, Castlevania: Symphony of the Night, reusa muitos de seus monstros.[18]

    DesenvolvimentoEditar

    Rondo of Blood é o décimo título da franquia Castlevania.[11] Produzido pela Konami, foi lançado originalmente para PC Engine no Japão em 29 de outubro de 1993.[1][12][19] Foi dirigido por Toru Hagihara, com o design de personagens feito por Reika Bando, Toshiharu Furukawa, e Kouji Yamada.[carece de fontes?]

    Em 1995, foi convertido para o Super Nintendo como Castlevania: Dracula X. Em 2007, recebeu o remake Castlevania: The Dracula X Chronicles para PlayStation Portable. A versão original foi relançada para o Virtual Console do Wii no Japão em 2008, na América do Norte em 15 de março de 2010, e nas regiões PAL em 19 de março de 2010.[carece de fontes?]

    Trilha sonoraEditar

    Rondo of Blood faz uso de Red Book e de uma placa de som onboard, permitindo uma maior qualidade musical.[20][21] Akira Souji, Keizo Nakamura, Tomoko Sano, e Mikio Saito foram os compositores da trilha sonora.[22][23] As músicas Rondo of Blood, Overture, Beginning, e Opus 13 apareceram como um bônus de pré-ordem de Castlevania: Portrait of Ruin.[24]

    RecepçãoEditar

     Recepção
    Resenha crítica
    Publicação Nota
    IGN Virtual Console: 9/10 [18]
    Nintendo Life Virtual Console:           [20]
    GameFan 391/400[25]

    A recepção da versão para PC Engine de Rondo of Blood foi positiva. Electronic Gaming Monthly afirmou que ele "poderia facilmente ser o melhor título da plataforma até então", e argumentou que o único aspecto negativo é que não seria lançado nos Estados Unidos,[26] premiando-o com o "Melhor jogo japonês de ação de 1994".[27] A IGN premiou a versão do Virtual Console do Wii com "Escolha do Editor", descrevendo-o como agradável e afirmando que "valeu a espera".[18] Corbie Dillard, do Nintendo Life, elogiou o design das fases, a trilha sonora, os gráficos, e o nível de dificuldade.[20] A GamePro afirmou que "declará-lo o melhor Castlevania de todos os tempos seria um tapa no Castlevania IV do SNES, mas considerá-lo como um dos dez melhores side-scrollers de todos os tempos é inquestionável."[28]

    Ver tambémEditar

    Notas

    1. Conhecido no Japão como Akumajō Dracula X: Chi no Rondo (悪魔城ドラキュラX 血の輪廻 (ロンド) Akumajō Dorakyura Ekkusu: Chi no Rondo?, lit. Castelo Demoníaco do Dracula X: Rondó de Sangue)[1]

    Referências

    1. a b c d e «悪魔城ドラキュラX 血の輪廻» (em japonês). Konami. Consultado em 20 de agosto de 2020 
    2. Konami. «Capa do Official Strategy Guide na versão em inglês» (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2008. Arquivado do original em 29 de outubro de 2007 
    3. a b Konami (2007). Castlevania: The Dracula X Chronicles –Instruction booklet. [S.l.: s.n.] p. 4 
    4. Konami Computer Entertainment Japan (23 de outubro de 2007). Castlevania: The Dracula X Chronicles (em inglês). PlayStation Portable. Konami. Dracula: That young lady has a certain "connection" with my old foes...the Belmonts. Bring her alive. I have a most amusing idea. / Shaft: By your command. 
    5. «Castlevania: Rondo of Blood Instruction Manual». Castlevania Crypt.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2016. Arquivado do original em 23 de novembro de 2017. Maria Lenard / Daughter of distant kinship with the House of Belmont. 
    6. Konami Computer Entertainment Japan (23 de outubro de 2007). Castlevania: The Dracula X Chronicles (em inglês). PlayStation Portable. Konami. Maria: Are you that man Annette was talking about? / Richter: You know about Annette? Where is she? / Maria: We were together when they brought us here, but now... / Richter: I see... / Maria: Don't worry, I'll help you! [...] Richter: Ha! No, no. Just...be good, go home, back to your mom and dad. They're worried about you. / Maria: ...No, they know I'm safe with you. / Richter: ?! / Maria: They can see it from Heaven. They were killed. 
    7. Konami Computer Entertainment Japan (23 de outubro de 2007). Castlevania: The Dracula X Chronicles (em inglês). PlayStation Portable. Konami. Tera: Oh God in heaven! You've answered my prayers! / Richter: It's dangerous here. Hurry up and run! / Tera: Such majesty. You can only be... the manifestation of God Himself! Oh, great Lord! Your servant, Sister Tera, thanks you with all her soul! 
    8. Konami Computer Entertainment Japan (23 de outubro de 2007). Castlevania: The Dracula X Chronicles (em inglês). PlayStation Portable. Konami. Iris: Just relax. My father's a doctor... 
    9. Konami Computer Entertainment Japan (23 de outubro de 2007). Castlevania: The Dracula X Chronicles (em inglês). PlayStation Portable. Konami. Annette: Richter... Richter, it's you! / Richter: You're all right. [...] She'll be in danger either way until I settle things with Dracula. And so will you, Annette... Just get as far away from here as you can. / Annette: All right. 
    10. Konami Computer Entertainment Japan (23 de outubro de 2007). Castlevania: The Dracula X Chronicles (em inglês). PlayStation Portable. Konami. Dracula: Impossible... You've beaten me? / Richter: I'm a Belmont. That's my job. / Dracula: H-Humanity will call me back again. It always does. Its desire is insatiable... / Richter: You're right. We never learn. But we'll have to someday. And in the meantime, if you do come back, someone like me will be waiting. 
    11. a b Thorsen, Tor. «Castlevania: Rondo of Blood drips onto VC, Rage of the Gladiator strikes WiiWare». GameSpot (em inglês). Consultado em 5 de setembro de 2010 
    12. a b Bozon, Mark (18 de janeiro de 2008). «Castlevania: The Retrospective – Page 4». IGN (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 11 de junho de 2011 
    13. Joyny, Patrick (2 de fevereiro de 2007). «Previews: Castlevania: The Dracula X Chronicles» (em inglês). GameSpy. Consultado em 5 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 11 de julho de 2011 
    14. a b «Weapons/Spells – Castlevania: The Dracula X Chronicles Guide». IGN (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 14 de fevereiro de 2012 
    15. «Maidens – Castlevania: The Dracula X Chronicles Guide». IGN (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 31 de maio de 2010 
    16. a b Parish, Jeremy (1 de fevereiro de 2007). «Castlevania PSP Preview for PSP from 1UP». 1UP.com (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2010. Arquivado do original em 27 de setembro de 2007 
    17. «The Four Chinese Guardians» (em inglês). Consultado em 24 de julho de 2015. Cópia arquivada em 11 de agosto de 2015 
    18. a b c d e Thomas, Lucas M. (26 de março de 2010). «Castlevania: Rondo of Blood Review». IGN (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2010. Arquivado do original em 17 de agosto de 2012 
    19. «Akumajo Dracula X: Chi no Rondo — Release Summary». GameSpot (em inglês). Consultado em 5 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 25 de maio de 2011 
    20. a b c Dillard, Corbie (16 de março de 2010). «Castlevania: Rondo of Blood (virtual console) review». Nintendo Life (em inglês). Consultado em 5 de setembro de 2010. Arquivado do original em 20 de agosto de 2012 
    21. Whalen, Mike; Giancarlo Varanini. «The History of Castlevania – Page 7». GameSpot (em inglês). Consultado em 5 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 17 de junho de 2009 
    22. Raiga: Strato Fighter (Notas de mídia) (em inglês). Pony Canyon, Inc., Scitron Digital Contents Inc. 1991. Consultado em 28 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 19 de novembro de 2011 
    23. Konami Digital Entertainment Co., Ltd. (1993). Castlevania: Rondo of Blood (em inglês). Konami Digital Entertainment, Inc. Cena: staff credits 
    24. Kohler, Chris (10 de novembro de 2006). «Exclusive: Castlevania Music CD Track Listing!». Wired (em inglês). Consultado em 5 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2010 
    25. «Viepoint». GameFan (em inglês). 2 1 ed. Dezembro 1993 
    26. «The Belmont Series Continues On!». Electronic Gaming Monthly (em inglês) 55 ed. Sendai Publishing. Fevereiro 1994. p. 88 
    27. «Electronic Gaming Monthly's Buyer's Guide». Electronic Gaming Monthly (em inglês). 1995 
    28. «Overseas ProSpects: Dracula X». GamePro (em inglês) 58 ed. International Data Group. Maio 1994. p. 164 

    Ligações externasEditar