Abrir menu principal

Copa América de 2007

XLII Copa América
Venezuela 2007
Dados
Participantes 12
Organização CONMEBOL
Anfitrião Venezuela
Período 26 de junho15 de julho
Gol(o)s 86
Partidas 26
Média 3,31 gol(o)s por partida
Campeão Brasil (8º título)
Vice-campeão Argentina
3.º colocado México
Melhor marcador Brasil Robinho – 6 gols
Melhor ataque (fase inicial) Argentina – 9 gols
Melhor defesa (fase inicial) México – 1 gol
Maior goleada
(diferença)
México 6 – 0 Paraguai
Estádio MonumentalMaturín
8 de julho
Público 1 050 230
Média 40 393,5 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador
(CONMEBOL)
Brasil Robinho
◄◄ Peru 2004 Soccerball.svg 2011 Argentina ►►

A Copa América de 2007 foi a 42ª edição do principal torneio entre seleções organizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Foi disputada entre 26 de junho e 15 de julho. Doze equipes disputaram a competição, os dez membros da CONMEBOL e dois convidados da CONCACAF, México e Estados Unidos.[1] A Venezuela, era o único país do continente sul-americano que ainda não havia sediado o evento.

O Brasil venceu o torneio pela oitava vez, ganhando o direito de representar a América do Sul na Copa das Confederações 2009, realizada na África do Sul.

Seleções participantesEditar

Equipes participantes
Grupo A:   Venezuela   Uruguai   Peru   Bolívia
Grupo B:   Brasil   Chile   México   Equador
Grupo C:   Argentina   Paraguai   Colômbia   Estados Unidos

A Costa Rica foi provisoriamente convidada pela CONMEBOL ante a rejeição inicial por parte da seleção dos EUA. Contudo, com a mudança de opinião dos norte-americanos, os costarriquenhos acabaram ficando de fora.

SedesEditar

Para a 42ª edição da Copa América, o comitê organizador do evento decidiu de início eleger oito cidades-sede. Antes da eleição, pelo menos 14 cidades apresentaram a candidatura, da qual se destacavam as cidades de Barquisimeto, Maracay, Valência, Valera e os estados de Portuguesa e Miranda. Cumpridas as exigências, as cidades escolhidas foram Barinas, Caracas, Ciudad Guayana (Puerto Ordaz), Maracaibo, Maturín, Mérida, Puerto La Cruz e San Cristóbal. Selecionadas as oito sedes, o comitê organizador decidiu reconsiderar também a candidatura de Barquisimeto que tinha um projeto de construção de um novo estádio, elevando para nove o número de sedes.

Escolhidas as cidades sede, o comitê organizador teve que enfrentar o problema de escassa infraestrutura esportiva de alto nível no país, com poucos estádios de futebol e nenhum que cumprisse as exigências da CONMEBOL; o maior estádio só tinha capacidade para 35.000 espectadores. Durante a primeira etapa o comitê decidiu aumentar a capacidade dos estádios mais conservados para 40.000 espectadores, enquanto se construiam novas praças esportivas em Mérida, Barquisimeto e Maturín. No caso da capital Caracas, optou-se pela remodelação do Estádio Olímpico em detrimento do Estadio Brígido Iriarte ou da construção de um novo. Inicialmente sede de uma das semifinais, o estádio sediará apenas a decisão de terceiro lugar por não cumprir com todas as exigências de segurança exigidas pela CONMEBOL.[2]

A previsão de gastos para a realização do torneio era de 40 milhões de dólares liberados pelo governo federal venezuelano, porém a cifra ultrapassou os 900 milhões de dólares, quase setenta vezes mais do que gastou-se na Copa América Peru 2004.[3]

Barinas

 

Barquisimeto
Estadio La Carolina Estadio Metropolitano de Fútbol de Lara
Capacidade: 27 500 Capacidade: 38 000
 
Maturín San Cristóbal
Estadio Monumental de Maturín Estadio Polideportivo de Pueblo Nuevo
Capacidade: 52 000 Capacidade: 45 559
   
Mérida Puerto Ordaz
Estadio Metropolitano de Mérida Polideportivo Cachamay
Capacidade: 45 000 Capacidade: 45 000
   
Puerto la Cruz Maracaibo Caracas
Estádio Olímpico Luis Ramos Estádio José "Pachencho" Romero Estádio Olímpico de Caracas
Capacidade: 40 000 Capacidade: 40 000 Capacidade: 40 000
     

ÁrbitrosEditar

A CONMEBOL convocou uma lista de treze árbitros e doze árbitros assistentes para a Copa América 2007. Um árbitro e um assistente também foram designados caso haja a necessidade de substituição.[4]

Dupla reserva

Fase de gruposEditar

Equipes classificadas às quartas-de-final
Equipes classificadas como melhores terceiros colocados
Equipes eliminadas

Na primeira fase, as doze equipes participantes são divididas em três grupos de cada equipe. O sorteio para a definição dos grupos aconteceu em Caracas no dia 14 de fevereiro de 2007, onde Venezuela, Brasil e Argentina foram cabeças de chave. As duas melhores equipes de cada grupo, mais os dois melhores terceiros colocados, avançam as quartas de final.

Todas as partidas seguem o fuso horário local (UTC-4).

Grupo AEditar

Seleção P J V E D GP GC SG
  Venezuela 5 3 1 2 0 4 2 2
  Peru 4 3 1 1 1 5 4 1
  Uruguai 4 3 1 1 1 1 3 -2
  Bolívia 2 3 0 2 1 4 5 -1
26 de junho Uruguai   0 – 3   Peru Estádio Metropolitano de Mérida, Mérida
18:05
Resumo Villalta   27'
Mariño   70'
Guerrero   89'
Público: 32 000
Árbitro:  PAR Carlos Amarilla

26 de junho Venezuela   2 – 2   Bolívia Estádio Polideportivo de Pueblo Nuevo, San Cristóbal
20:50
Maldonado   20'
Páez   55'
Resumo Moreno   38'
Arce   84'
Público: 42 000
Árbitro:  ECU Mauricio Reinoso

30 de junho Bolívia   0 – 1   Uruguai Estádio Polideportivo de Pueblo Nuevo, San Cristóbal
16:05
Resumo Sánchez   58' Público: 18 000
Árbitro:  USA Baldomero Toledo

30 de junho Venezuela   2 – 0   Peru Estádio Polideportivo de Pueblo Nuevo, San Cristóbal
18:20
Cichero   48'
Arismendi   79'
Resumo Público: 40 000
Árbitro:  MEX Benito Archundia

3 de julho Peru   2 – 2   Bolívia Estádio Metropolitano de Mérida, Mérida
18:35
Pizarro   34',   85' Resumo Moreno   24'
J. Campos   45'
Público: 31 650
Árbitro:  CHI Carlos Chandía

3 de julho Venezuela   0 – 0   Uruguai Estádio Metropolitano de Mérida, Mérida
20:50
Resumo Público: 42 200
Árbitro:  BRA Carlos Simon

Grupo BEditar

Seleção P J V E D GP GC SG
  México 7 3 2 1 0 4 1 3
  Brasil 6 3 2 0 1 4 2 2
  Chile 4 3 1 1 1 3 5 -2
  Equador 0 3 0 0 3 3 6 -3
27 de junho Equador   2 – 3   Chile Polideportivo Cachamay, Puerto Ordaz
18:35
Valencia   16'
Benítez   23'
Resumo Suazo   20',   80'
Villanueva   86'
Público: 35 000
Árbitro:  COL Óscar Ruiz

27 de junho Brasil   0 – 2   México Polideportivo Cachamay, Puerto Ordaz
20:50
Resumo Castillo   23'
Morales   28'
Público: 40 000
Árbitro:  ARG Sergio Pezzotta

1 de julho Brasil   3 – 0   Chile Estádio Monumental de Maturín, Maturín
16:05
Robinho   36' (pen),   84',   87' Resumo Público: 52 000
Árbitro:  PAR Carlos Torres

1 de julho México   2 – 1   Equador Estádio Monumental de Maturín, Maturín
18:20
Castillo   21'
Bravo   79'
Resumo Méndez   84' Público: 52 000
Árbitro:  BOL René Ortubé

4 de julho México   0 – 0   Chile Estádio José Antonio Anzoátegui, Puerto la Cruz
18:35
Resumo Público: 38 000
Árbitro:  PAR Carlos Amarilla

4 de julho Brasil   1 – 0   Equador Estádio José Antonio Anzoátegui, Puerto la Cruz
20:50
Robinho   55' (pen) Resumo Público: 38 000
Árbitro:  ARG Sergio Pezzotta

Grupo CEditar

Seleção P J V E D GP GC SG
  Argentina 9 3 3 0 0 9 3 6
  Paraguai 6 3 2 0 1 8 2 6
  Colômbia 3 3 1 0 2 3 9 -6
  Estados Unidos 0 3 0 0 3 2 8 -6
28 de junho Paraguai   5 – 0   Colômbia Estadio José "Pachencho" Romero, Maracaibo
18:35
Santa Cruz   30',   46',   80'
Cabañas   84',   88'
Resumo Público: 45 080
Árbitro:  URU Jorge Larrionda

28 de junho Argentina   4 – 1   Estados Unidos Estadio José "Pachencho" Romero, Maracaibo
20:50
Crespo   11',   60'
Aimar   76'
Tévez   84'
Resumo Johnson   9' (pen) Público: 40 000
Árbitro:  CHI Carlos Chandía

2 de julho Estados Unidos   1 – 3   Paraguai Estádio Agustín Tovar, Barinas
18:35
Clark   35' Resumo Barreto   29'
Cardozo   56'
Cabanãs   90+2'
Público: 28 500
Árbitro:  PER Víctor Rivera

2 de julho Argentina   4 – 2   Colômbia Estadio José "Pachencho" Romero, Maracaibo
20:50
Crespo   20' (pen)
Riquelme   34',   45'
D. Milito   90+1'
Resumo E. Perea   10'
Castrillón   76'
Público: 46 000
Árbitro:  BRA Carlos Simon

5 de julho Colômbia   1 – 0   Estados Unidos Estádio Metropolitano de Fútbol de Lara, Barquisimeto
18:35
Castrillón   15' Resumo Público: 40 300
Árbitro:  VEN Manuel Andarcia

5 de julho Argentina   1 – 0   Paraguai Estádio Metropolitano de Fútbol de Lara, Barquisimeto
20:50
Mascherano   79' Resumo Público: 40 300
Árbitro:  URU Jorge Larrionda

Melhores terceiros colocadosEditar

Ao final da primeira fase as duas melhores equipes entre as terceiro colocadas de cada grupo avançam às quartas de final.

Seleção P J V E D GP GC SG Grupo
  Chile 4 3 1 1 1 3 5 -2 B
  Uruguai 4 3 1 1 1 1 3 -2 A
  Colômbia 3 3 1 0 2 3 9 -6 C

Fase finalEditar

Quartas de final Semifinais Final
                   
7 de julho - San Cristóbal        
   Venezuela  1
10 de julho - Maracaibo
   Uruguai  4  
   Uruguai  2 (4)
7 de julho - Puerto La Cruz
     Brasil (pen)  2 (5)  
   Chile  1
15 de julho - Maracaibo
   Brasil  6  
   Brasil  3
8 de julho - Maturín
     Argentina   0
   México  6
11 de julho - Puerto Ordaz
   Paraguai  0  
   México  0 Terceiro lugar
8 de julho - Barquisimeto
     Argentina  3  
   Argentina  4    Uruguai  1
   Peru  0      México  3
14 de julho - Caracas

Quartas de finalEditar

7 de julho Venezuela   1 – 4   Uruguai Estádio Polideportivo de Pueblo Nuevo, San Cristóbal
18:05
Arango   41' Resumo Forlán   38',   90+1'
García   64'
Rodríguez   86'
Público: 42 000
Árbitro:  CHI Carlos Chandía

7 de julho Chile   1 – 6   Brasil Estádio José Antonio Anzoátegui, Puerto la Cruz
20:50
Suazo   76' Resumo Juan   16'
Júlio Baptista   23'
Robinho   27',   50'
Josué   68'
Vágner Love   85'
Público: 40 000
Árbitro:  URU Jorge Larrionda

8 de julho México   6 – 0   Paraguai Estádio Monumental de Maturín, Maturín
16:05
Castillo   5' (pen),   38'
Torrado   27'
Arce   79'
Blanco   87' (pen),
Bravo   90+1'
Resumo Público: 22 000
Árbitro:  ARG Sergio Pezzotta

8 de julho Argentina   4 – 0   Peru Estádio Metropolitano de Fútbol de Lara, Barquisimeto
18:50
Riquelme   47',   85'
Messi   61'
Mascherano   75'
Resumo Público: 40 300
Árbitro:  BRA Carlos Simon

SemifinalEditar

10 de julho Uruguai   2 – 2   Brasil Estádio José Encarnación Romero, Maracaibo
20:50
Forlán   36'
Abreu   70'
Relatório Maicon   13'
Júlio Baptista   40'
Público: 46 000
Árbitro:  COL Óscar Ruiz
    Penalidades  
Forlán  
Scotti  
González  
C. Rodríguez  
Abreu  
García  
Lugano  
4 – 5   Robinho
  Juan
  Gilberto Silva
  Afonso
  Diego
  Fernando
  Gilberto
 

11 de julho México   0 – 3   Argentina Polideportivo Cachamay, Puerto Ordaz
20:50
Resumo Heinze   44'
Messi   61'
Riquelme   66' (pen)
Público: 41 300
Árbitro:  CHI Carlos Chandía

Terceiro lugarEditar

14 de julho Uruguai   1 – 3   México Estadio Olímpico de la Universidad Central de Venezuela, Caracas
17:05
Abreu   22' Resumo Blanco   38' (pen)
Bravo   68'
Guardado   76'
Público: 30 000
Árbitro:  ECU Mauricio Reinoso

FinalEditar

 Ver artigo principal: Final da Copa América de 2007
15 de julho Brasil   3 – 0   Argentina Estádio José Encarnación Romero, Maracaibo
18:05
Júlio Baptista   4'
Ayala   40' (g.c.)
Dani Alves   69'
Relatório Público: 40 000
Árbitro:  PAR Carlos Amarilla

CampeãoEditar

Copa América 2007
 
BRASIL
Campeão
(8º título)

ArtilhariaEditar

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Copa América de 2007