Abrir menu principal

Cristian Martins Cabral

futebolista brasileiro

Cristian Martins Cabral, mais conhecido como Cristian Mendigo (Uruguaiana, 28 de agosto de 1979), é um futebolista brasileiro que atua como meio-campista. Atualmente joga pela Ferroviária.[1]

Cristian
Informações pessoais
Nome completo Cristian Martins Cabral
Data de nasc. 28 de agosto de 1979 (40 anos)
Local de nasc. Uruguaiana, (RS), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1, 69 m
Destro
Apelido Mendigo
Informações profissionais
Período em atividade 1999presente (20 anos)
Clube atual Ferroviária
Posição Meio-campo
Clubes de juventude
1998 Flamengo de Guarulhos
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19992000
2001
20022003
2004
2004
20052007
2006
2007
2007
2008
2009
2009
2010
2010
2011
20112012
2012
2013
2013
20142015
2015
2016
2016
2017
2017
2018
2019
2019
Velo Clube
Guarani
Juventus
Ituano
Paraná
Palmeiras
Coritiba (emp.)
Náutico (emp.)
Fortaleza (emp.)
Paraná
Vitória
Fortaleza
Ituano
Khazar Lankaran
Bragantino
Itumbiara
Treze
Cerâmica
Treze
Ituano
Ponte Preta (emp.)
Ponte Preta
Paraná
Velo Clube
Mogi Mirim
Aparecidense
Santo André
Ferroviária
0000 000(0)
0000 000(0)
0000 000(0)
0000 000(0)
0030 000(7)
0052 000(2)
0027 000(5)
0004 000(1)
0016 000(1)
0014 000(2)
0005 000(0)
0020 000(2)
0000 000(0)
0022 000(3)
0005 000(0)
0020 000(5)
0014 000(2)
0012 000(0)
0015 000(3)
0059 000(7)
0013 000(0)
0015 000(1)
0005 000(0)
0013 000(1)
0006 000(0)
0014 000(1)
0014 000(3)
0000 000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 1 de maio de 2019.

CarreiraEditar

InícioEditar

Cristian começou sua carreira profissional no time do Velo Clube, de Rio Claro. Durante o período de 1999 a 2004, obteve destaque no Campeonato Paulista, o que posteriormente lhe rendeu passagens em outros clubes de tradição do estado como o Guarani, Juventus e Ituano.

Atuando pelo Ituano, onde jogou a Série B do Campeonato Brasileiro de 2004, começou a se destacar. Em Junho de 2004, o meia foi vendido ao Paraná.

ParanáEditar

Contratado pelo clube, Cristian logo se destacou pela equipe, onde jogou o Campeonato Paranaense, a Séria A do Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana deste ano.

Apesar de uma campanha apenas regular na Série A, foi no clube que sua carreira foi lançada em âmbito nacional. Por seu desempenho e regularidade naquele ano, foi indicado ao prêmio Bola de Prata da Revista Placar[2] como melhor meia.

Suas boas atuações logo chamaram a atenção de grandes clubes brasileiros e também do exterior, que disputavam sua contratação. Até que em Janeiro de 2005, o meia é contratado pelo Palmeiras [3].

Cristian ainda retornaria ao Paraná em 2008, onde disputou Campeonato Paranaense, Copa do Brasil e a Série B do Brasileiro daquele ano.

PalmeirasEditar

No Palmeiras, Cristian chegou como grande promessa devido ao seu desempenho do ano anterior. Em sua passagem pelo clube, disputou o Campeonato Paulista de 2005 e 2006, a Série A do Brasileiro de 2005 e a Copa Libertadores da América de 2005.

O meia sempre teve boas atuações quando atuou pelo clube. Entretanto, devido a grande concorrência por um lugar no time titular (especialmente com o meia Juninho Paulista), o meia acabou sendo pouco aproveitado e no 2º semestre de 2006 foi emprestado pelo Palmeiras ao Coritiba.

CoritibaEditar

Cristian chegou ao Coritiba com a missão de retornar o clube a Série A do Brasileiro, pois o clube havia sido rebaixado a Série B em 2005. O meia era um dos jogadores mais importantes do elenco e constantemente cobrado pela torcida (às vezes excessivamente). Entretanto, naquele ano o clube terminou a competição em 6º lugar e não conseguiu o acesso a Série A. O jogador não teve seu vínculo renovado e foi então emprestado ao Náutico.

FortalezaEditar

Após uma breve passagem pelo Náutico, onde jogou a Copa do Brasil daquele ano e foi pouco aproveitado, Cristian foi emprestado ao Fortaleza em 2007. Assim como em outros clubes, o meia era um dos principais jogadores do elenco, também com a missão de retornar o clube a Série A do Brasileiro. Mesmo com boas atuações do jogador na Série B, o clube não conseguiu o acesso a Série A, terminando em 5º lugar.

O jogador ainda retornaria em 2009 para a disputa da Série B do Brasileiro[4]. Uma lesão atrapalhou sua segunda passagem pelo clube e a equipe acabou tendo um desempenho ruim, terminando o campeonato em 18º lugar e sendo rebaixada para Série C do Brasileiro.

Khazar LankaranEditar

Em 2010, o jogador teve sua primeira experiência no exterior jogando no Khazar Lankaran, do Azerbaijão[5]. No clube, que já contava com alguns brasileiros, o jogador atuou na Premier League 2009/2010 e na Copa do Azerbaijão 2009/2010. Na copa local, o Khazar Lankaran foi o vice campeão, garantindo uma vaga para a 1ª fase classificatória da Liga Europa da UEFA de 2010-11.

ItumbiaraEditar

Voltando do exterior, Cristian teve uma breve passagem pelo Bragantino, onde disputou apenas o Campeonato Paulista 2011. No semestre seguinte, o jogador transferiu-se para o Itumbiara. No clube, o mesmo disputou três campeonatos importantes para equipe: a 2ª divisão do Campeonato Goiano, em que o clube foi o vice-campeão, garantindo acesso a divisão principal; a Série D do Brasileiro de 2011, onde a equipe chegou até as oitavas de final (sendo posteriormente eliminada pelo STJD em um embróglio envolvendo outras duas equipes); e o Campeonato Goiano de 2012, em que o clube ficou em 5º lugar.

TrezeEditar

Cristian chegou ao Treze para a disputa da Série C do Brasileiro de 2012.[6] O meia rapidamente transformou-se no cérebro da equipe, organizando as principais jogadas do time e fazendo várias assistências para gols de seus companheiros, adotando também uma posição de liderança.[7] O clube terminou a competição em 5º lugar na primeira fase, não conseguindo a classificação para a fase seguinte, mas permanecendo na série C.[8]

Após uma rápida passagem pelo Cerâmica, o jogador retornou ao clube para a disputa da Série C de 2013.[9] Capitão e principal jogador do elenco[10], Cristian liderou a equipe na campanha que levou o clube às Quartas de final, onde foram eliminados pelo Vila Nova e perdendo assim o acesso a Série B.[11]

ItuanoEditar

Retornando 10 anos depois de sua primeira passagem pelo clube, Cristian foi um dos destaques do Ituano no Campeonato Paulista de 2014. A equipe não era considerada favorita ao título, mas chegou até a final do campeonato passando pelo Palmeiras na semifinal e vencendo o Santos nos pênaltis na decisão [12] (Cristian fez o gol da vitória de 1 x 0 no primeiro jogo)[13].

Ponte PretaEditar

Em setembro de 2015 acertou com a Ponte Preta por empréstimo para a disputa do Campeonato Brasileiro, assumindo assim a camisa 10 que era usada pelo meia Renato Cajá.

TítulosEditar

Palmeiras
Vitória
Ituano
Santo André


Referências

  Última atualização: 18 de janeiro de 2019.

Elenco atual da Associação Ferroviária de Esportes[1]
Pos. Nome Pos. Nome Pos. Nome
G   Gabriel Leite Z   Rayan M   PH
G   José Guilherme Z   Rodrigão A   Felipe Ferreira
LD   Alisson LE   Arthur Henrique A   Hygor
LD   Diogo Matheus LE   Julinho A   Jorge Eduardo
LD   Marcos Ytalo M   Anderson Uchôa A   Lúcio Flávio
Z   Elton M   Cristian A   Maurinho
Z   Gualberto M   Higor Meritão A   Uilliam
Z   Luiz Felipe M   Ikaro

Técnico:   Vinicius Munhoz

  1. «Elenco atual de Futebol». Site Ferroviária