A Delart Estúdios Cinematográficos (também conhecida como Delart Rio, Delart TV, Delart Cine, Rivaton Studios e De La Riva Studios) é um estúdio de dublagem brasileiro localizado no bairro da Tijuca, com sede no Rio de Janeiro. Foi um dos primeiros estúdios do tipo no Brasil e foi fundado por Carlos de la Riva que foi um dos pioneiros na dublagem de filmes no país, antes trabalhou na Espanha e nos Estados Unidos. Após os encerramentos das atividades na Herbert Richers, se tornou o maior estúdio de dublagem da América Latina, e hoje trabalha para todas as mídias, incluindo cinema e televisão.[1]

Delart
Razão social Delart Estúdios Cinematográficos
Estúdio de dublagem
Slogan "Versão brasileira: Delart, Rio de Janeiro"
"Versão brasileiraː Delart, Rio"
Atividade Dublagem
Fundação 1985 (35 anos)
Sede R. Gen. Espírito Santo Cardoso, 230 – Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Pessoas-chave Carlos de La Riva (dono e fundador)
Sergio de La Riva (diretor de produção)
Produtos Dublagem e legendagem
Website oficial www.delart.com.br

Em 1960, seu filho, Carlos de la Riva Sáez, dá início às atividades no Brasil, através de um estúdio montado dentro da antiga TV Rio[2]. Em 1972, o estúdio foi fundado por Carlos de la Riva como Tecnisom. Originalmente a empresa se radicou no Museu de Arte Moderna. Anos mais tarde a Tecnisom mudara para a Rua Eliseu Visconti no bairro do Catumbi. Em 1985, o estúdio mudou de nome e virou Delart, e anos depois muda para o bairro da Tijuca. Atualmente Sérgio De La Riva, filho do fundador Carlos de la Riva, é dono e gerente de produção da Delart.[3]

Dubla para todos os grandes estúdios 20th Century Fox, Universal Pictures, Sony Pictures, Warner Bros. Paramount Pictures, DreamWorks, HBO, Netflix, Imagem Filmes, Diamond Filmes, LionsGate.[4]

Em 2008 a Delart inaugurou o "Rivaton", um moderno estúdio de mixagens para cinema.[5]

Também no ano de 2008 a Delart começou a passar por constantes processos de auditoria, para se enquadrar as politicas de segurança internacional do MPAA e se tornando mais uma vez a pioneira na adequação de seus estúdios as regras internacionais de segurança física e digital no Brasil.

Em 2018 a Delart conseguiu mais um marco na historia do cinema Brasileiro, inaugurando a primeira sala de mixagem comercial para o formato Dolby Atmos Theatrical da America do Sul.[carece de fontes?]

A Delart faz parte da história da dublagem no Brasil se tornando um dos maiores estúdios do Brasil e do mundo.[carece de fontes?]


Referências

  1. «Tijuca reúne quatro estúdios de dublage, inclusive um dos maiores da América Latina». O Globo. 8 de julho de 2014. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  2. «Delart, Rua Dr. Otávio Kelly, 71, Tijuca, Rio de Janeiro (2020)». www.findglocal.com. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  3. Ferreira, Gerson (20 de março de 2019). «Casa da Dublagem: Artigos de Revistas - As Casas de Dublagem (1ª Parte)». Casa da Dublagem. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  4. «Clientes | Delart – Estúdios Cinematográficos». delart.com.br. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  5. «Delart, Rua Dr. Otávio Kelly, 71, Tijuca, Rio de Janeiro (2020)». www.medioq.com (em bretão). Consultado em 22 de fevereiro de 2020 

Ligações externasEditar