Abrir menu principal

Guerra de ediçõesEditar

@PauloMSimoes e DizzinessOfFreedom: Discutam o conteúdo do artigo aqui. Pedro H. diz×fiz 23h11min de 10 de fevereiro de 2019 (UTC)

O texto seguinte foi movido de: Usuário Discussão:PauloMSimoes

Amigo, você entende de teologia Católica? Já ouviu falar em infalibilidade papal? Antes de fazer comentários é bom ter entendimento do assunto, as fontes de menor autoridade na verdade só mostram que alguns autores Católicos o acusam de desvios da fé em uma pronunciação ex cathedra, mas não tem o menor peso isso no fato de que houve um desvio de ensino, isso pode ser verificado facilmente.DizzinessOfFreedom (discussão) 18h59min de 10 de fevereiro de 2019 (UTC)

E você não sabe o que são fontes fiáveis, justificando seus textos com blogs como Novus Ordo Watch e "gazetawarszawska" com um post publicado por seu "administrador", que não se sabe se tem autoridade para ser citado como fonte. Os artigos na Wikipédia não servem para se inserir teorias conspiratórias, sem referências válidas.--PauloMSimoes (discussão) 20h27min de 10 de fevereiro de 2019 (UTC)

Não está sendo justificado pelo Novus Ordo watch, mas pelas encíclicas papais, e pelo documento assinado por Francisco. Você deveria ler antes o que o artigo diz. DizzinessOfFreedom (discussão) 20h54min de 10 de fevereiro de 2019 (UTC)

DizzinessOfFreedom, você recolocou o texto, afirmando que não são blogs. São blogs, como linkei acima, como Novus Ordo Watch, que se propõe a "unmasking de modernist Vatican II Church" (leia à direita, "Latest Posts"). A outra fonte "gazetawarszawska" também é um blog publicado por seu administrador. As outras fontes no texto são primárias, como humanfraternity, que descreve o documento, sem fazer juízo sobre ele. Você está fazendo pesquisa inédita e espero que isso seja revisto por outros editores. Já fiz um pedido sobre isso e não vou mais me envolver nessa GE.--PauloMSimoes (discussão) 21h04min de 10 de fevereiro de 2019 (UTC)

Não é uma pesquisa inédita, há uma contradição entre o documento que Francisco assinou e as encíclicas papais. Uma contradição é uma incompatibilidade lógica entre dois termos, isso pode ser verificado por qualquer pessoa que olhar o documento de Francisco e as encíclicas papais nas referências. DizzinessOfFreedom (discussão) 21h08min de 10 de fevereiro de 2019 (UTC)

Você claramente está confirmando que é pesquisa inédita. Nenhum editor tem que comparar documentos para editar. A verificabilidade~e a validade dos textos na WP baseiam-se em fontes fiáveis.--PauloMSimoes (discussão) 21h11min de 10 de fevereiro de 2019 (UTC)

Como assim textos não podem ser comparados de fontes diferentes? Estou usando perfeitamente esse princípio na edição, de usar fontes confiáveis, justamente as encíclicas papais, e o documento de Francisco, que se contradizem. Tudo que está escrito pode ser confirmado pelas fontes, não tem nada inventado, nenhuma especulação pessoal. Ali fatos estão sendo lidados, não questões de opinião pessoal. Ora, se alguém posta algo com uma determinada fonte, não se pode comparar aquilo com outra fonte? Além disso os outros dois sites tem credibilidade, aliás não encontrei em nenhum lugar que um blog não pode ser usado como fonte. DizzinessOfFreedom (discussão) 21h28min de 10 de fevereiro de 2019 (UTC)

DizzinessOfFreedom escreveu Citação: Estou usando perfeitamente esse princípio na edição, de usar fontes confiáveis, justamente as encíclicas papais, e o documento de Francisco, que se contradizem. Isso prova a sua pesquisa inédita, não fundamentada por fontes válidas, mas apenas "comparando" o texto de uma encíclica com o de um documento assinado por dois líderes religiosos. Os outros sites (repetindo) são blogs não válidos, ou seja publicados por autores sem autoridade reconhecida. Já que "não encontrou em nenhum lugar que um blog não pode ser usado como fonte", vou colocar os links para as regras, que já havia citado antes:

Certo, mas aonde é definido quais seriam as falsas autoridades? Está me parecendo que você está se baseando em um subjetivismo, os sites tem certa popularidade, que é possível ser verificada, tanto pelo número de resultados de pesquisa em um search engine, como pelo próprio número de comentários. Mas a questão é que o corpo do texto se baseia apenas no documento com o ensinamento novo de Bergoglio, e que há uma contradição entre o que foi ensinado recentemente e o ensino tradicional da Igreja, isso não poderia ser uma edição inédita, já que é um fato, e não uma opinião pessoal. DizzinessOfFreedom (discussão) 14h32min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)

fontes fiáveis e independentes que confirmem isso? Trierweiller (discussão) 14h55min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)

Essas fontes são razoáveis e podem ser verificadas para quem entende o que tá escrito, mas me parece que não leram o que está escrito. Sim, eu tenho ainda outra fonte, o professor de filosofia Carlos Nougué que ganhou prêmios por traduções.[1][1].DizzinessOfFreedom (discussão) 15h00min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)

Referências

  1. Do Papa Herético pgs 233-238
Conte outra... Um livro publicado em 2017 para referenciar um evento de fevereiro de 2019?--PauloMSimoes (discussão) 15h11min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)
Fato é algo que aconteceu, a narração do fato é a opinião de quem narra e fonte fiável é outra coisa. Trierweiller (discussão) 15h14min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)
  1. Trata-se de um artigo muito sensível, no qual às críticas devem ter um peso devido;
  2. Creio que é o caso de criar um outro artigo sobre críticas de grupos ultraconservadores ao Papa Francisco;
  3. Sugestão de Fonte Oposição ao Papa Francisco: chegou a hora de parar com as críticas agressivas--Raimundo57br (discussão) 15h25min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)
Como pode isso ser uma sugestão de fonte para a seção de controvérsias? Óbviamente está o defendendo, pode ser colocado em outra seção. Eu conheço esse tipo de pensamento, além de falso, porque diz que o número de tradicionalistas é desprezível, não é verdade, somente a FSSPX tem 600 mil leigos atendendo as missas, tem uma fonte que diz que o número de tradicionalistas é aproximadamente 11% dos que atendem as missas. Mas isso não tem nada a ver com o problema de que houve um desvio de fé.DizzinessOfFreedom (discussão) 16h13min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)

Não é possível narrar diferentemente de que Francisco mudou o ensino tradicional da Igreja, não existe nenhuma outra forma de dizer isso. Apesar do evento ter ocorrido em 2019 não foi no evento que Francisco começou com essas inovações particulares, e é isso que o Professor Nougué demonstra no livro dele. De acordo com o livro “O chamado magistério conciliar, e em especial Francisco impõe a muitos de nós um grave dilema... diante dos desvios da fé que incorre.”[1]DizzinessOfFreedom (discussão) 16h06min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)

Referências

  1. Do Papa Herético pg. 233
Não nos cabe dizer se o Papa é ou não herético, para isso apresente-se fontes fiáveis e independentes. A discussão aqui deve se ater a construção do artigo e não a emitir juízo sobre a pessoa. Trierweiller (discussão) 16h22min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)
Você esta falando isso baseando-se no título do livro? O livro trata sobre os ensinos de Francisco e como eles desviam da fé, é exatamente isso o que estava escrito no artigo. DizzinessOfFreedom (discussão) 16h44min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)

Se gostamos de uma notícia ou não, não muda a veracidade. Vejo que a maioria aqui detestam essa notícia, ao ponto de que alguns querem se enganar de que deve ser falsa de alguma forma. Sinceramente também não gosto, mas não pode ficar escondido.DizzinessOfFreedom (discussão) 17h38min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)

Caro DizzinessOfFreedom, você está medindo as opiniões de outros editores com a sua régua. Quando escreve Citação: Se gostamos de uma notícia ou não, não muda a veracidade, essa "veracidade" não é o editor que julga, com base em comparações que venha a ter feito entre documentos. Isso é "recolha de dados", que está bem claro em WP:NPI. O que você está custando a entender é isso: não importa a sua opinião, mas sim a opinião de fontes notórias e confiáveis Cunhar um papa de "apóstata" em um verbete da Wikipédia é muito grave, se não for suportando fortemente por fontes fidedignas, autoridades no assunto. Esta discussão refere-se especificamente a um fato ocorrido em fevereiro de 2019, portanto encontre fontes absolutamente independentes e sérias que confirmem isso a partir dessa data, e que citem exatamente o documento assinado pelos religiosos. Caso contrário, será puro gasto desnecessário de energia e o nosso tempo aqui. Sem essa "trollagem" repetitiva de que "está claro quando se compara x com y, que o papa etc, etc...". Leia bem o que comentou acima o colega Trierweiller: Citação: Não nos cabe dizer se o Papa é ou não herético, para isso apresente-se fontes fiáveis e independentes--PauloMSimoes (discussão) 19h05min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)

ArquivoEditar

Grande Paulo. Você, que frequenta esta discussão mais do que eu, sabe dizer se algum destes tópicos antigos esta ativo? Se não, vou arquivar. Caio! (discussão) 16h39min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)

Prezado Caio!, penso que tudo anterior a 2019 já foi "pacificado".--PauloMSimoes (discussão) 17h58min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)
54270886] Feito. Caio! (discussão) 18h30min de 11 de fevereiro de 2019 (UTC)
Regressar à página "Papa Francisco".