Estação Baixa-Chiado

estação do Metro de Lisboa
Metropolitano Lisboa logo.svg Baixa - Chiado
Lisboa, metro.jpg
Uso atual Estação de Metrô Estação de Metro
Linhas Linha Azul
Linha Verde
Sigla BC
Posição Subterrâneo
Coroa tarifária L
Serviços Acesso à deficiente físico Elevador Escada rolante Parque de Estacionamento Venda de Bilhetes Centro de Informações Rede sem fio aberta (Wi-Fi)
Conexões 202 24E 28E 711 736 758
Informações históricas
Inauguração 8 de agosto de 1998 (21 anos)
18 de abril de 1998 (22 anos)
Projeto arquitetônico Álvaro Siza Vieira
Intervenções plásticas Ângelo de Sousa
Localização
Baixa - Chiado está localizado em: Metro de Lisboa
Metropolitano Lisboa logo.svg Baixa - Chiado
Localização na rede (mapa)
38° 42' 38" N 9° 8' 22" O
Concelho bandeiraLSB
Próxima estação
Sentido Reboleira Sentido Santa Apolónia
Restauradores Terreiro do Paço
Metropolitano Lisboa logo.svg Baixa - Chiado
Sentido Telheiras Sentido Cais do Sodré
Rossio Cais do Sodré
Metropolitano Lisboa logo.svg Baixa - Chiado
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a estação do Metro de Lisboa. Para a estação ferroviária da Linha do Alentejo, veja Apeadeiro de Baixa da Banheira.

Baixa-Chiado é uma estação dupla do Metropolitano de Lisboa, onde se interligam duas linhas: a Azul e a Verde. Situa-se no concelho de Lisboa, em Portugal, entre as estações Restauradores e Terreiro do Paço (Azul), e Rossio e Cais do Sodré (Verde). Embora os cais de embarque das duas linhas se localizem lado a lado, foram inaugurados em datas diferentes; o da Linha Verde em 18 de abril de 1998 e o da Linha Azul em 8 de agosto de 1998.[1]

Em 9 de setembro de 2011 a estação foi oficialmente renomeada para Baixa-Chiado PT Blue Station ao abrigo de um acordo de patrocínio firmado com a Portugal Telecom.[2] A concessão viria a ser desfeita em 2015.[carece de fontes?]

Esta estação está localizada na colina do Chiado sob a Rua Ivens, entre o Largo da Academia Nacional das Belas Artes e a Rua Garrett. Localizada a cerca de 45 metros da superfície, a estação Baixa-Chiado é a mais profunda de toda a rede do Metro de Lisboa.[1] A estação permite o acesso à Baixa Pombalina, ao Chiado, ao Elevador de Santa Justa, ao Convento do Carmo, ao Teatro da Trindade, ao Teatro Nacional de São Carlos e ao São Luiz Teatro Municipal.[1] O projeto arquitetónico é da autoria do arquiteto Álvaro Siza Vieira e as intervenções plásticas do pintor Ângelo de Sousa.[1]

Embora tenham sido instalados elevadores entre os cais de embarque e a plataforma intermédia, logo em 1998, nunca chegou a ser incorporado um ascensor entre a plataforma intermédia e a superfície. Para reduzir as dificuldades técnicas e os custos inerentes a esta intervenção, o Metropolitano de Lisboa optou por instalar uma simples plataforma elevatória, apoiada na escadaria e orçamentada em 29.541 euros.[3] Este equipamento, que assegura a ligação entre a plataforma intermédia e a superfície, entrou em funcionamento em Setembro de 2015.

SaídasEditar

Conta com duas:[1]

  • Uma na Rua da Vitória / Rua do Crucifixo (Baixa);
  • Uma no Largo do Chiado (Chiado).

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Estação Baixa-Chiado

Referências

  1. a b c d e «Baixa-Chiado». Diagrama e Mapa da Rede. Metropolitano de Lisboa. Consultado em 25 de fevereiro de 2012 
  2. Noronha, Nuno (9 de setembro de 2011). «Baixa-Chiado PT Blue Station é o novo nome da paragem de metro de Lisboa». Sapo Notícias. Consultado em 25 de fevereiro de 2012 
  3. «Estação de metro da Baixa-Chiado vai ter plataforma elevatória na próxima semana» 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre o Metropolitano de Lisboa é um esboço relacionado ao Projeto Metropolitanos do Mundo. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.