Abrir menu principal

Estação Marquês de Pombal

estação do Metro de Lisboa
Metropolitano Lisboa logo.svg Marquês de Pombal
Uso atual Estação de Metrô Estação de Metro
Linhas MetroLisboa-linha-azul.svg Linha Azul
MetroLisboa-linha-amarela.svg Linha Amarela
Sigla MP
Posição Subterrâneo
Coroa tarifária L
Serviços Acesso à deficiente físico Elevador Escada rolante Parque de Estacionamento Venda de Bilhetes Centro de Informações Posto Policial Achados e Perdidos Rede sem fio aberta (Wi-Fi)
Conexões Terminal rodoviário
Informações históricas
Nome antigo Rotunda
Inauguração MetroLisboa-linha-azul.svg 29 de dezembro de 1959 (59 anos)
MetroLisboa-linha-amarela.svg 15 de julho de 1995 (24 anos)
Projeto arquitetônico José Santa-Rita, João Santa-Rita, Duarte Nuno Simões e Nuno Simões
Intervenções plásticas João Cutileiro, Charters de Almeida e Menez
Localização
Marquês de Pombal está localizado em: Metro de Lisboa
Metropolitano Lisboa logo.svg Marquês de Pombal
Localização na rede (mapa)
38° 43' 29" N 9° 9' 2" O
Concelho bandeiraLSB
Próxima estação
Sentido Reboleira Sentido Santa Apolónia
Parque Avenida
Metropolitano Lisboa logo.svg Marquês de Pombal
Sentido Odivelas Sentido Rato
Picoas Rato
Metropolitano Lisboa logo.svg Marquês de Pombal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a estação de metro em Lisboa. Se procura a interface no Caminho de Ferro de Luanda, veja Estação Ferroviária da Rotunda.

Marquês de Pombal (Rotunda até 1998) é uma estação dupla do Metro de Lisboa, onde se interligam duas linhas: a Linha Azul e a Linha Amarela. Situa-se no concelho de Lisboa, em Portugal, entre as estações Parque e Avenida (Linha Azul), e Picoas e Rato (Linha Amarela). É uma das onze estações pertencentes à rede original do Metro de Lisboa, inaugurada a 29 de dezembro de 1959, com a particularidade de ser, à data, a única estação de interface da rede.[1]

Esta estação está localizada na Praça do Marquês de Pombal. A estação possibilita o acesso ao topo da Avenida da Liberdade, ao Parque Eduardo VII e à Cinemateca Portuguesa. À semelhança das mais recentes estações do Metro de Lisboa, está equipada para poder servir passageiros com deficiências motoras; vários elevadores e escadas rolantes facilitam o acesso ao cais.[1]

Estação da Linha AzulEditar

Foi inaugurada a 29 de dezembro de 1959. O projeto arquitetónico original é da autoria dos arquitetos Francisco Keil do Amaral e Falcão e Cunha, e as intervenções plásticas da pintora Maria Keil. Em 15 de julho de 1995, no âmbito da desconexão do entroncamento de vias aí existente, foi concluída a remodelação completa da estação com base num projeto arquitetónico da autoria dos arquitetos José Santa-Rita e João Santa-Rita, e as intervenções plásticas dos escultores João Cutileiro e Charters de Almeida. A remodelação da estação implicou o prolongamento dos cais de embarque e a construção de um espaço de ligação à nova estação, da Linha Amarela.[1]

Estação da Linha AmarelaEditar

Foi inaugurada a 15 de julho de 1995 no âmbito da desconexão das atuais linhas Azul e Amarela. O projeto arquitetónico é da autoria dos arquitetos Duarte Nuno Simões e Nuno Simões, e as intervenções plásticas da pintora Menez.[1]

CorrespondênciasEditar

Autocarros UrbanosEditar

  Carris Editar

  AerobusEditar

Autocarros SuburbanosEditar

  Transportes Sul do TejoEditar

  • 151 Lisboa (Marquês de Pombal) ⇄ Charneca de Caparica (Solmar)
  • 155 Lisboa (Marquês de Pombal) ⇄ Costa de Caparica
  • 169 Santa Maria do Pinhal ⇄ Lisboa (Marquês de Pombal) (via Feijó)

  Vimeca / Lisboa TransportesEditar

  • 007 Lisboa (Marquês de Pombal) ⇄ Carnaxide (Hospital de Santa Cruz)
  • 011 Linda-a-Velha ⇄ Lisboa (Marquês de Pombal)
  • 013 Lisboa (Marquês de Pombal) ⇄ Queluz de Baixo (via Carnaxide/Queijas)
  • 015 Lisboa(Marquês De Pombal) ⇄ Centro De Urbanização De S.Marcos (Via LagoasPark TagusPark)
  • 107 Idanha (Urb.Campinas) ⇄ Lisboa (Marqués De Pombal)
  • 185 Amadora (Hospital) ⇄ Lisboa (Marquês de Pombal)

Galeria de imagensEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d «Marquês de Pombal». Diagrama e Mapa da Rede. Metropolitano de Lisboa. Consultado em 24 de fevereiro de 2012 

Ligações externasEditar