Abrir menu principal
4 x 100 metros estafetas
Olímpico desde 1912 H / 1928 M
Desporto Atletismo
Praticado por Ambos os sexos
Campeões Olímpicos
Rio 2016
Homens  Jamaica
Bolt, Blake, Powell, Ashmeade
Mulheres  Estados Unidos
Bartoletta, Gardner, Felix, Bowie
Campeões Mundiais
Doha 2019
Homens  Estados Unidos
Coleman, Gatlin, Rodgers, Lyles
Mulheres  Jamaica
Fraser-Pryce, Jackson, Whyte, Smith

4 x 100 metros estafetas (português europeu) ou revezamento 4 x 100 metros rasos (português brasileiro) é uma modalidade olímpica de atletismo, disputada por equipes de velocistas. A prova é constituída por quatro percursos iguais de 100 metros, percorridos por quatro atletas alternadamente e em sequência, na mesma raia, completando uma volta inteira na pista padrão de 400 metros, carregando um bastão que deve ser passado entre eles.

HistóriaEditar

Apesar do conceito da corrida em revezamento poder ser traçado desde a Grécia Antiga, onde bastões com mensagens em seu interior eram entregues através de uma série de correios, os estafetas, daí o seu nome no português europeu, o revezamento moderno descende das corridas de caridade organizadas pelos bombeiros de Nova York nos anos 1880, em que bandeirolas vermelhas eram entregues a cada 300 jardas.[1]

O primeiro evento olímpico de revezamento foi introduzido nos Jogos de Londres 1908, mas foi disputada em duas "pernas" de 200 m, seguida de uma de 400 m e uma última de 800 m, completando quatro voltas no estádio e um total de 1600 metros.[1] Foi assim disputada por velocistas e meio-fundistas. A prova, como é atualmente, foi introduzida para homens em Estocolmo 1912 e a primeira campeã olímpica foi a equipe da Grã-Bretanha. No feminino, foi disputada pela primeira vez em Amsterdã 1928 e vencida pela equipe do Canadá.

Os atuais campeões olímpicos são a Jamaica e os Estados Unidos, respectivamente no masculino e no feminino, e as duas equipes também são as recordistas mundiais.

Historicamente, os Estados Unidos dominam esta prova no masculino, conquistando todas as medalhas de ouro olímpicas entre Antuérpia 1920 e Montreal 1976, com exceção de Roma 1960, vencida pelos alemães. Nos últimos anos, porém, este domínio vem sendo da Jamaica, que além de atual tricampeã olímpica também foi o primeiro revezamento do mundo a correr a prova em menos de 37 segundos.[1]

RegrasEditar

Quatro velocistas, na mesma raia designada e marcada no chão da pista, correm 100 m cada um para completar uma volta no estádio. Durante suas corridas individuais eles devem carregar um bastão que deve ser passado ao próximo corredor dentro de uma faixa de troca de 20 metros marcada no chão, 10 metros antes e 10 metros depois da linha de partida de cada "perna" subsequente. O corredor à frente geralmente começa a correr em velocidade total com um braço esticado para trás para receber o bastão do corredor anterior. A entrega dele fora da área designada resulta em desclassificação da equipe. Caso ocorra a queda do bastão, o atleta que recebeu deve voltar e buscar. Tecnicamente, é uma prova onde a sincronia perfeita na troca de bastões pode compensar uma inferioridade na velocidade dos corredores.[1]

RecordesEditar

De acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.[2][3]

Homens
Recorde
Marca
País
Atletas
Data
Local
 
36.84
 
Usain Bolt, Yohan Blake, Michael Frater, Nesta Carter
11 agosto 2012
Londres
 
36.84
 
Usain Bolt, Yohan Blake, Michael Frater, Nesta Carter
11 agosto 2012
Londres 2012
Mulheres
Recorde
Marca
País
Atletas
Data
Local
 
40.82
 
Carmelita Jeter, Bianca Knight, Allyson Felix, Tianna Madison
10 agosto 2012
Londres
 
40.82
 
Carmelita Jeter, Bianca Knight, Allyson Felix, Tianna Madison
10 agosto 2012
Londres 2012

Melhores marcas mundiaisEditar

As marcas abaixo são de acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.

HomensEditar

Posição Tempo País Atleta Data Local
1
36.84
 
Usain Bolt, Yohan Blake, Michael Frater, Nesta Carter
11 agosto 2012
Londres
2
37.04
 
Usain Bolt, Yohan Blake, Michael Frater, Nesta Carter
4 setembro 2011
Daegu
3
37.10
 
Usain Bolt , Asafa Powell , Michael Frater , Nesta Carter
22 agosto 2008
Pequim
37.10
 
Christian Coleman, Justin Gatlin, Michael Rodgers, Noah Lyles
5 outubro 2019
Doha
5
37.27
 
Usain Bolt, Yohan Blake, Asafa Powell, Nickel Ashmeade
19 agosto 2016
Rio de Janeiro
6
37.31
 
Usain Bolt , Asafa Powell , Michael Frater , Steve Mullings
22 agosto 2009
Berlim
7
37.36
 
Usain Bolt, Nickel Ashmeade, Kemar Bailey-Cole, Nesta Carter
18 agosto 2013
Moscou
37.36
 
Usain Bolt, Asafa Powell, Nickel Ashmeade, Nesta Carter
29 agosto 2015
Pequim
37.36
 
Adam Gemili, Zharnel Hughes, Richard Kilty, Nethaneel Mitchell-Blake
5 outubro 2019
Doha
10
37.38
 
Justin Gatlin, Tyson Gay, Mike Rodgers, Ryan Bailey
2 maio 2015
Nassau

MulheresEditar

Posição Tempo País Atleta Data Local
1
40.82
 
Carmelita Jeter, Bianca Knight, Allyson Felix, Tianna Madison
10 agosto 2012
Londres
2
41.01
 
Tianna Bartoletta, English Gardner, Allyson Felix, Tori Bowie
19 agosto 2016
Rio de Janeiro
3
41.07
 
Shelly-Ann Fraser, Elaine Thompson, Natasha Morrison, Veronica Campbell-Brown
29 agosto 2015
Pequim
4
41.29
 
Shelly-Ann Fraser, Carrie Russell, Kerron Stewart, Schillonie Calvert
18 agosto 2013
Moscou
5
41.36
 
Shelly-Ann Fraser-Pryce, Elaine Thompson, Christania Williams, Veronica Campbell-Brown
19 agosto 2016
Rio de Janeiro
6
41.37
 
Silke Gladisch, Sabine Rieger, Ingrid Auerswald, Marlies Göhr
6 outubro 1985
Camberra
7
41.41
 
Shelly-Ann Fraser, Sherone Simpson, Kerron Stewart, Veronica Campbell-Brown
10 agosto 2012
Londres
8
41.44
 
Shelly-Ann Fraser, Shericka Jackson, Nattaliah Whyte, Jonielle Smith
5 agosto 2019
Doha
9
41.47
 
Chryste Gaines, Marion Jones, Inger Miller, Gail Devers
9 agosto 1997
Atenas
10
41.49
 
Galina Malchugina, Natalya Voronova, Olga Bogoslovskaya, Irina Privalova
22 agosto 1993
Stuttgart
41.49
 
Michelle Finn, Gwen Torrence, Wendy Vereen, Gail Devers
22 agosto 1993
Stuttgart

Melhores marcas olímpicasEditar

As marcas abaixo são de acordo com o Comitê Olímpico Internacional – COI.[4]

HomensEditar

Posição Tempo País Atleta Medalha Local
1
36.84
 
Usain Bolt, Yohan Blake, Michael Frater, Nesta Carter
ouro
Londres 2012
2
37.10
 
Usain Bolt, Asafa Powell, Michael Frater, Nesta Carter
ouro
Pequim 2008
3
37.27
 
Usain Bolt, Yohan Blake, Asafa Powell, Nickel Ashmeade
ouro
Rio 2016
4
37.38
 
Jeff Demps, Darvis Patton, Trell Kimmons, Justin Gatlin
Londres 2012
5
37.39
 
Yohan Blake, Kemar Bailey-Cole, Michael Frater, Nesta Carter
Londres 2012
6
37.40
 
Michael Marsh, Leroy Burrell, Dennis Mitchell, Carl Lewis
ouro
Barcelona 1992
7
37.60
 
Ryota Yamagata, Shota Ilzuka, Yoshihide Kiryu, Aska Cambridge
prata
Rio 2016
8
37.61
 
Jon Drummond, Bernard Williams, Brian Lewis, Maurice Greene
ouro
Sydney 2000
9
37.64
 
Akeem Haynes, Aaron Brown, Brendon Rodney, Andre De Grasse
bronze
Rio 2016
10
37.65
 
Tyson Gay, Mike Rodgers, Christian Coleman, Jarrion Lawson
Rio 2016
  • As marcas dos EUA (37.38) e da Jamaica (37.39) foram conseguidas nas eliminatórias de Londres 2012; a marca dos EUA na final destes Jogos (37.04) foi anulada, a medalha de prata confiscada e a equipe eliminada após Tyson Gay testar positivo no antidoping. A marca dos EUA (37.65) foi conseguida durante as eliminatórias da Rio 2016.

MulheresEditar

Posição Tempo País Atleta Medalha Local
1
40.82
 
Carmelita Jeter, Bianca Knight, Allyson Felix, Tianna Madison
ouro
Londres 2012
2
41.01
 
Tianna Bartoletta, English Gardner, Allyson Felix, Tori Bowie
ouro
Rio 2016
3
41.36
 
Shelly-Ann Fraser-Pryce, Elaine Thompson, Christania Williams, Veronica Campbell-Brown
prata
Rio 2016
4
41.41
 
Shelly-Ann Fraser-Pryce, Sherone Simpson, Kerron Stewart, Veronica Campbell-Brown
prata
Londres 2012
5
41.60
 
Marlies Göhr, Bärbel Wöckel, Romy Müller, Ingrid Auerswald
ouro
Moscou 1980
6
41.64
 
Tianna Madison, Jeneba Tarmoh, Bianca Knight, Lauryn Williams
Londres 2012
7
41.65
 
Evelyn Ashford, Chandra Cheeseborough, Jeanette Bolden, Alice Brown
ouro
Los Angeles 1984
8
41.67
 
Marion Jones, LaTasha Colander, Lauryn Williams, Angela Williams
Atenas 2004
9
41.73
 
Tayna Lawrence, Sherone Simpson, Aleen Bailey, Veronica Campbell
ouro
Atenas 2004
10
41.77
 
Asha Philip, Desiree Henry, Dina Asher-Smith, Daryl Neita
bronze
Rio 2016
41.77
 
Tianna Bartoletta, English Gardner, Allyson Felix, Morolake Akinosun
Rio 2016
  • As marcas dos EUA de 41.64 e 41.67 foram conseguidas nas eliminatórias de Londres 2012 e Atenas 2004. A marca dos EUA (41.77) foi conseguida nas eliminatórias da Rio 2016.

Marcas da lusofoniaEditar

País
Masculino
Atleta
Ano
Local
Feminino
Atleta
Ano
Local
 
37.72
Rodrigo, Vitor Hugo, Derick, Paulo André
2019
Doha
42.29
Lemos, Krasucki, R. Santos, E. Santos
2013
Moscou
[5]
 
38.65
Obikwelu, Abrantes, Nascimento, Costa
2015
Rieti
44.70
Gomes, Vital, C. Tavares, S. Tavares
2009
Leiria
[6]
 
41.10
Gaspar, Ferraz, Machado, Melantcon
1981
Luanda
49.09
Machado, Milagre, Rodrigues, Maurício
1981
Luanda
[7]

Referências

  1. a b c d «4x100 metres relay». IAAF. Consultado em 14 de setembro de 2015 
  2. «4X100 METRES RELAY M». IAAF. Consultado em 14 de setembro de 2015 
  3. «- 4X100 METRES RELAY W». IAAF. Consultado em 14 de setembro de 2015 
  4. «48 PAST OLYMPIC GAMES». OIC. Consultado em 24 de abril de 2013 
  5. «Recordes». CBat. Consultado em 1 de setembro de 2015. Arquivado do original em 23 de setembro de 2015 
  6. «RECORDES DE PORTUGAL». FPA. Consultado em 1 de setembro de 2015. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  7. «estatisticas». FAA. Consultado em 1 de setembro de 2015