Abrir menu principal
Grande Prêmio de Mônaco de 2014
Circuit Monaco.png
Grande Prêmio de Mônaco de 2014.
Detalhes da corrida
Data 25 de maio de 2014
Nome oficial 2014 Formula 1 Grand Prix de Monaco
Local Circuito de Monte Carlo, Mônaco
Total 78 voltas / 260.520 km km
Pole
Piloto
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Tempo 1:15:989
Volta mais rápida
Piloto
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari
Tempo 1:18:479 (na volta 75)
Pódio
Primeiro
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Segundo
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes
Terceiro
Austrália Daniel Ricciardo Red Bull-Renault

O Grande Prêmio de Mônaco de 2014 (formalmente denominado 2014 Formula 1 Grand Prix de Monaco)[1] foi uma corrida realizada no Circuito de Monte Carlo, em Mônaco, em 25 de maio de 2014. Foi a sexta corrida da Temporada de Fórmula 1 de 2014.[2] Teve como vencedor o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, sendo sua quinta vitória, a segunda seguida em Monte Carlo. O inglês Lewis Hamilton, também da Mercedes, terminou em segundo, e o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, fechou o pódio.[3]

PneusEditar

Os compostos de pneus fornecidos pela Pirelli para este Grande Prêmio
Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições de condução Dry Type* Aderência Longevidade
Super Macio Vermelho   Slick Seco Option Mais aderência Menos durável
Macio Amarelo   Slick Seco Prime/Option Médio Médio
Intermediário Verde   Sulcos Molhado (água não estagnante) x x x
Chuva Azul   Sulcos Molhado (água estagnante) x x x

ResultadosEditar

Treino ClassificatórioEditar

Pos. Nu. Piloto Construtor Q1 Q2 Q3 Grid
1 6   Nico Rosberg Mercedes 1:17:678 1:16:465 1:15:989 1
2 44   Lewis Hamilton Mercedes 1:17:823 1:16:354 1:16:048 2
3 3   Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 1:17:900 1:17:233 1:16:384 3
4 1   Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1:18:383 1:17:074 1:16:686 4
5 14   Fernando Alonso Ferrari 1:17:853 1:17:200 1:16:686 5
6 7   Kimi Räikkönen Ferrari 1:17:902 1:17:398 1:17:389 6
7 25   Jean-Éric Vergne Toro Rosso-Renault 1:17:557 1:17:657 1:17:540 7
8 20   Kevin Magnussen McLaren-Mercedes 1:17:978 1:17:609 1:17:555 8
9 26   Daniil Kvyat Toro Rosso-Renault 1:18:616 1:17:594 1:18:090 9
10 11   Sergio Pérez Force India-Mercedes 1:18:108 1:17:755 1:18:327 10
11 11   Nico Hülkenberg Force India-Mercedes 1:18:432 1:17:846 11
12 22   Jenson Button McLaren-Mercedes 1:17:890 1:17:988 12
13 77   Valtteri Bottas Williams-Mercedes 1:18:407 1:18:082 13
14 8   Romain Grosjean Lotus-Renault 1:18:335 1:18:356 14
15 13   Pastor Maldonado Lotus-Renault 1:18:585 1:18:356 15
16 19   Felipe Massa* Williams-Mercedes 1:18:209 No Time 16
17 21   Esteban Gutiérrez Sauber-Ferrari 1:18:741 17
18 99   Adrian Sutil Sauber-Ferrari 1:18:745 18
19 17   Jules Bianchi Marussia-Ferrari 1:19:932 19
20 4   Max Chilton Marussia-Ferrari 1:19:928 20
21 10   Kamui Kobayashi Caterham-Renault 1:20:133 21
22 9   Marcus Ericsson Caterham-Renault 1:21:032 22
Tempo dos 107%: 1:22.985
Notas
  • No fim do Q1, ocorreu um incidente entre Felipe Massa (Williams) e Marcus Ericsson (Caterham).  Felipe Massa vinha em uma volta de desaceleração. Enquanto isso, Marcus Ericsson, em volta rápida, se aproximava. O brasileiro deixou a porta aberta para o sueco passar, mas o piloto sueco se precipitou acertando Felipe Massa. Sem conseguir trazer o carro para os boxes, Felipe Massa - mesmo avançando ao Q2 com o 10º tempo - não pôde participar do restante do treino e largará em 16°.[4]

CorridaEditar

Pos. Nu. Piloto Construtor Voltas Tempo/Retirado Grid Pontos
1 6   Nico Rosberg Mercedes 78 1:49:27.661 1 25
2 44   Lewis Hamilton Mercedes 78 +9.210 2 18
3 3   Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 78 +9.614 3 15
4 14   Fernando Alonso Ferrari 78 +32.452 5 12
5 27   Nico Hülkenberg Force India-Mercedes 77 +1 volta 11 10
6 22   Jenson Button McLaren-Mercedes 77 +1 volta 12 8
7 19   Felipe Massa Williams-Mercedes 77 +1 volta 16 6
8 8   Romain Grosjean Lotus-Renault 77 +1 volta 14 4
9 17   Jules Bianchi Marussia-Ferrari 77 +1 volta 21 2
10 20   Kevin Magnussen McLaren-Mercedes 77 +1 volta 8 1
11 9   Marcus Ericsson Caterham-Renault 77 +1 volta 22
12 7   Kimi Räikkönen Ferrari 77 +1 volta 6
13 10   Kamui Kobayashi Caterham-Renault 75 +3 voltas 20
14 4   Max Chilton Marussia-Ferrari 75 +3 voltas 19
Ret 21   Esteban Gutiérrez Sauber-Ferrari 59 Batida 17
Ret 77   Valtteri Bottas Williams-Mercedes 55 Motor 13
Ret 25   Jean-Éric Vergne Toro Rosso-Renault 51 Escapamento 7
Ret 99   Adrian Sutil Sauber-Ferrari 22 Batida 18
Ret 26   Daniil Kvyat Toro Rosso-Renault 10 Escapamento 9
Ret 1   Sebastian Vettel Red Bull-Renault 5 Motor 4
Ret 11   Sergio Pérez Force India-Mercedes 0 Acidente 10
NL 13   Pastor Maldonado* Lotus-Renault 0 Sistema de Combustível 15

Volta de LiderançaEditar

CuriosidadeEditar

  • Foi o primeiro e único dois pontos da carreira de Jules Bianchi e da história da Marussia. O francês terminou a corrida em oitavo lugar, mas levou uma punição de cinco segundos por alinhar de forma errada no grid, caindo para a nona posição.[5]
  • Primeiro abandono de Daniil Kvyat na carreira.
  • Pastor Maldonado foi autorizado a largar,mas um problema na volta de aquecimento (sistema da gasolina) o tirou da corrida

Tabela do campeonato após a corridaEditar

Observe que somente as cinco primeiras posições estão incluídas na tabela.

Referências

  1. Formula1.com. «2014 Formula 1 Grand Prix de Monaco» (em inglês). Consultado em 12 de abril de 2014 
  2. «Com México, Coreia e Nova Jersey fora, FIA confirma calendário de 2014 da F1 com 19 corridas». Consultado em 4 de dezembro de 2013 
  3. «Rosberg "ignora" Hamilton, vence em Mônaco e retoma ponta do Mundial». GloboEsporte.com. 25 de maio de 2014. Consultado em 25 de maio de 2014 
  4. «Rosberg erra, atrapalha Hamilton, e é pole em Mônaco. Sueco tira Massa» 
  5. «Após 82 GPs, Marussia marca seus primeiros pontos na F-1, com Bianchi». GloboEsporte.com. 25 de maio de 2014. Consultado em 25 de maio de 2014 

Ligações externasEditar