Grande Prêmio de Mônaco

mais tradicional e a mais importante prova do calendário da Fórmula 1


O Grande Prêmio de Mônaco (português brasileiro) ou Grande Prémio do Mónaco (português europeu) é a mais tradicional e a mais importante prova do calendário da Fórmula 1.[2] Ele é disputado tradicionalmente no último fim de semana de maio,[2] em um Circuito de rua, em Monte Carlo, Mónaco, e tem 3.337 metros de extensão (o menor dentre todos os GPs do calendário),[3] que exigem dos pilotos muita precisão, devido a uma grande quantidade de curvas e a estreita largura das ruas que formam o percurso.

Mónaco Grande Prêmio de Mônaco[1]
Circuito de Mônaco
Monte Carlo Formula 1 track map.svg
Mapa do circuito.
Informações da corrida
Localização Monte Carlo, Mônaco
Voltas 78
Percurso 3,337 km (2,073 mi)
Total 260,286 km (161,734 mi)
Curvas 19
Pole Reino Unido Lewis Hamilton
Mercedes V6 Turbo
1min 10s 166
2019
Volta mais rápida
na prova
Reino Unido Lewis Hamilton
Mercedes V6 Turbo
1min 12s 909
2021
Anos disputados 78 (67 oficialmente)
Primeira disputa 1929 (oficialmente em 1950)
Última disputa 2021
Maior vencedor (pilotos) Brasil Ayrton Senna (6)
Maior vencedor (equipe) Reino Unido McLaren (15)
Última corrida (2021):
Pole Position
Piloto Mónaco Charles Leclerc[a]
Ferrari V6 Turbo
Tempo 1min 11s 113
Volta mais rápida
Piloto Reino Unido Lewis Hamilton
Mercedes V6 Turbo
Tempo 1min 12s 909
Pódio
Primeiro Países Baixos Max Verstappen
Red Bull-Honda V6 Turbo
1h 38min 56s 820
Segundo Espanha Carlos Sainz Jr.
Ferrari V6 Turbo
+8s 968
Terceiro Reino Unido Lando Norris
McLaren-Mercedes V6 Turbo
+19s 427

Juntamente com as 500 Milhas de Indianápolis e com as 24 Horas de Le Mans, o GP de Mônaco faz parte da chamada Tríplice Coroa do Automobilismo, que são as três mais prestigiadas corridas do automobilismo mundial.[4]

O GP foi disputado pela primeira vez em 1929. Em 1950, teve sua primeira participação na Fórmula 1 e a partir de 1955 passou a ser disputado regularmente pelo campeonato da Fórmula 1. Já teve alguns acidentes fatais, como o de Lorenzo Bandini em 1967. Curiosamente, com exceção do atual trecho da piscina, com suas quatro curvas, introduzido em 1973, o traçado de 3.337 metros é, basicamente, o mesmo que no dia 14 de abril de 1929 recebeu o I GP de Mônaco.[5]

O Grande Prêmio de Mônaco formou parte do primeiro Campeonato Mundial de Fórmula 1 desde 21 de maio de 1950, o ano da criação, ganho por Juan Manuel Fangio com um Alfa Romeo. De 1955 esta corrida foi disputada anualmente. Juntamente com a data da Fórmula 1, por exemplo carros históricos e categorias baixas são disputadas. O Fórmula Júnior correu em Mônaco, em 1950 e de 1959 até 1963. Entre 1964 e 1997 realizou uma corrida de Fórmula 3, que serviu como um ponto de encontro para os pilotos dos vários campeonatos nacionais na Fórmula 3. Fórmula 3000 internacional ocorreu em 1998 e marcou o início de 2005 ao seu sucessor, o GP2 Series. Fórmula 3 Euroseries correu em Mônaco apenas uma vez em 2005, e o World Series by Renault faz daquele mesmo ano.

Por ser a mais tradicional prova do calendário da Fórmula 1, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) faz algumas concessões para a corrida acontecer. Ele é o único da Fórmula 1 que não excede a distância total de 305 km do Grand Prix, devido a uma cláusula especial que a FIA aprovou para Mônaco. Apenas 78 voltas são disputadas, totalizando uma distância de 260 km. Isto porque, para atingir esta distância de 305 km, a prova teria que ser disputada em 92 voltas. Com uma velocidade média de 155 km/h, as 92 voltas seriam concluídas em tempo superior as 2 horas previstas em regulamento. Outra concessão, que aconteceu até 2016, tem a ver com a tradição dos pódios: o GP de Monaco era a única corrida do ano em que a estrutura levada aos outros 19 GPs não era montada. A premiação, tradicionalmente, sempre aconteceu nos degraus do primeiro andar do camarote da família real - os Grimaldi - do principado. Em 2017, porém, esta tradição mudou, já que o Automóvel Clube de Mônaco (ACM), que organiza a corrida, montou o pódio no segundo andar do camarote, com direito até àquelas bandeiras em LED.[3] Por fim, o GP de Monaco é o único que tem um dia livre voltado exclusivamente para eventos comerciais: a sexta-feira que antecede a prova. Para isso, os primeiros treinos são antecipados para a quinta-feira.[2]

O maior vencedor da história do evento é o brasileiro Ayrton Senna[6] que venceu seis vezes (1987, 1989, 1990, 1991, 1992 e 1993). Senna também é o piloto com o maior número de poles conquistadas: Cinco (1985, 1988, 1989, 1990 e 1991).[7] Estes feitos de Ayrton Senna da Silva, piloto brasileiro que faleceu em 1994, o levou a receber o apelido de Rei de Mônaco.

Vencedores do GP de MônacoEditar

O fundo rosa indica que a prova não fez parte do Mundial de Fórmula 1.

O fundo creme indica os Grandes Prêmios de Mônaco que fizeram parte do Campeonato Europeu de Automobilismo anterior à 2ª Guerra Mundial.

Por pilotoEditar

Ano Piloto Construtor Local Resumo
2021   Max Verstappen   Red Bull-Honda Montecarlo Detalhes
Corrida cancelada em 2020
2019   Lewis Hamilton   Mercedes Montecarlo Detalhes
2018   Daniel Ricciardo   Red Bull-TAG Heuer Detalhes
2017   Sebastian Vettel   Ferrari Detalhes
2016   Lewis Hamilton   Mercedes Detalhes
2015   Nico Rosberg Detalhes
2014 Detalhes
2013 Detalhes
2012   Mark Webber   Red Bull-Renault Detalhes
2011   Sebastian Vettel Detalhes
2010   Mark Webber Detalhes
2009   Jenson Button   Brawn-Mercedes Detalhes
2008   Lewis Hamilton   McLaren-Mercedes Detalhes
2007   Fernando Alonso Detalhes
2006   Renault Detalhes
2005   Kimi Räikkönen   McLaren-Mercedes Detalhes
2004   Jarno Trulli   Renault Detalhes
2003   Juan Pablo Montoya   Williams-BMW Detalhes
2002   David Coulthard   McLaren-Mercedes Detalhes
2001   Michael Schumacher   Ferrari Detalhes
2000   David Coulthard   McLaren-Mercedes Detalhes
1999   Michael Schumacher   Ferrari Detalhes
1998   Mika Häkkinen   McLaren-Mercedes Detalhes
1997   Michael Schumacher   Ferrari Detalhes
1996   Olivier Panis   Ligier-Mugen Honda Detalhes
1995   Michael Schumacher   Benetton-Renault Detalhes
1994   Benetton-Ford Detalhes
1993   Ayrton Senna   McLaren-Ford Detalhes
1992   McLaren-Honda Detalhes
1991 Detalhes
1990 Detalhes
1989 Detalhes
1988   Alain Prost Detalhes
1987   Ayrton Senna   Lotus-Honda Detalhes
1986   Alain Prost   McLaren-TAG Detalhes
1985 Detalhes
1984 Detalhes
1983   Keke Rosberg   Williams-Ford Detalhes
1982   Riccardo Patrese   Brabham-Ford Detalhes
1981   Gilles Villeneuve   Ferrari Detalhes
1980   Carlos Reutemann   Williams-Ford Detalhes
1979   Jody Scheckter   Ferrari Detalhes
1978   Patrick Depailler   Tyrrell-Ford Detalhes
1977   Jody Scheckter   Wolf-Ford Detalhes
1976   Niki Lauda   Ferrari Detalhes
1975 Detalhes
1974   Ronnie Peterson   Lotus-Ford Detalhes
1973   Jackie Stewart   Tyrrell-Ford Detalhes
1972   Jean-Pierre Beltoise   BRM Detalhes
1971   Jackie Stewart   Tyrrell-Ford Detalhes
1970   Jochen Rindt   Lotus-Ford Detalhes
1969   Graham Hill Detalhes
1968 Detalhes
1967   Denny Hulme   Brabham-Repco Detalhes
1966   Jackie Stewart   BRM Detalhes
1965   Graham Hill Detalhes
1964 Detalhes
1963 Detalhes
1962   Bruce McLaren   Cooper-Climax Detalhes
1961   Stirling Moss   Lotus-Climax Detalhes
1960 Detalhes
1959   Jack Brabham   Cooper-Climax Detalhes
1958   Maurice Trintignant Detalhes
1957   Juan Manuel Fangio   Maserati Detalhes
1956   Stirling Moss Detalhes
1955   Maurice Trintignant   Ferrari Detalhes
Não houve em 1953 e 1954
1952   Vittorio Marzotto   Ferrari Montecarlo Detalhes
Não houve em 1951
1950   Juan Manuel Fangio   Alfa Romeo Montecarlo Detalhes
Não houve em 1949
1948   Giuseppe Farina   Maserati Montecarlo Detalhes
Não houve de 1938 a 1947
1937   Manfred von Brauchitsch   Mercedes-Benz Montecarlo Detalhes
1936   Rudolf Caracciola   Mercedes-Benz Montecarlo Detalhes
1935   Luigi Fagioli   Mercedes-Benz Montecarlo Detalhes
1934   Guy Moll   Alfa Romeo Montecarlo Detalhes
1933   Achille Varzi   Bugatti Montecarlo Detalhes
1932   Tazio Nuvolari   Alfa Romeo Montecarlo Detalhes
1931   Louis Chiron   Bugatti Montecarlo Detalhes
1930   René Dreyfus   Bugatti Montecarlo Detalhes
1929   William Grover-Williams   Bugatti Montecarlo Detalhes

Por pilotos, equipes e países que mais venceram1Editar

↑1 (Última atualização: GP de Mônaco de 2021)
Contabilizados somente os resultados válidos pelo Mundial de Fórmula 1

Estatísticas do GP de Monaco de F1Editar

  • Desde 1950, o vencedor do Grande Prêmio de Mônaco largou apenas 10 vezes de uma posição pior que o terceiro Lugar do Grid;[8]
  • Vitória largando da posição mais distante do Grid de Largada do Grande Prêmio de Mônaco -   Olivier Panis, em 1996, que largou na 14a posição.[8]
  • Em 2019, na qualificação do GP do Mónaco Lewis Hamilton completou uma volta em 1.10.166 o torna o piloto mais rápido de sempre nas ruas do Principado[9].

NotasEditar

  1. Charles Leclerc estabeleceu o tempo de qualificação mais rápido, mas não começou a corrida. A posição da pole foi deixada vaga na grade. Max Verstappen, na segunda posição, foi o primeiro piloto do grid. Leclerc ainda é considerado como tendo ocupado a pole position.

Ver tambémEditar

Referências

  1. StatsF1.com - Mônaco StatsF1.com
  2. a b c globoesporte.globo.com/ O fator Alonso
  3. a b globoesporte.globo.com/ Tradição do pódio alterada em Mônaco
  4. Dan Knutson (3 de junho de 2003). «Points Race Stays Tight; Montoya Joins Elite Company With Victory». Consultado em 3 de dezembro de 2007. Arquivado do original em 6 de novembro de 2007 
  5. globoesporte.globo.com/ Mônaco: desprezado do início, GP é o mais importante e glamoroso da F-1
  6. Ayrton Senna, o Rei de Mônaco. Como Ayrton Senna se tornou o Rei de Mônaco.
  7. globoesporte.globo.com/ Fast Facts: GP de Mônaco
  8. a b Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome facts
  9. «GP Mónaco F1: A mais rápida volta de sempre no Mónaco» 

Ligações externasEditar