Abrir menu principal
Grande Prêmio de San Marino
de Fórmula 1 de 1995
Imola.svg
15º GP de San Marino realizado em Imola
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 30 de abril de 1995
Nome oficial 15° Gran Premio di San Marino
Local Autódromo Enzo e Dino Ferrari, Ímola, Emília-Romanha, Itália
Total 63 voltas / 308.385 km
Condições do tempo Chuva forte antes da prova, depois clareou
Pole
Piloto
Alemanha Michael Schumacher Benetton-Renault
Tempo 1:27.274
Volta mais rápida
Piloto
Áustria Gerhard Berger Ferrari
Tempo 1:29.568 (na volta 57)
Pódio
Primeiro
Reino Unido Damon Hill Williams-Renault
Segundo
França Jean Alesi Ferrari
Terceiro
Áustria Gerhard Berger Ferrari

Resultados do Grande Prêmio de San Marino de Fórmula 1 realizado em Imola em 30 de abril de 1995. Foi a terceira etapa da temporada e teve como vencedor o britânico Damon Hill, da Williams-Renault, que subiu ao pódio junto a Jean Alesi e Gerhard Berger, pilotos da Ferrari.[1][2][nota 1]

ResumoEditar

Um ano após o fatídico fim de semana de 1994, a Fórmula 1 voltava à Ímola, depois de sofrer alterações em seu traçado, sobretudo nos pontos mais críticos:

  • A curva Tamburello, onde Ayrton Senna sofreu o acidente que lhe tirou a vida, foi transformada em um "S", ampliando sua área de escape e deixando de ser uma curva de alta velocidade.
  • A curva Villeneuve, seguinte à Tamburello e também de alta velocidade, que vitimou o austríaco Roland Ratzenberger nos treinos de sábado, se tornou uma chicane.
  • A Variante Baixa, onde Rubens Barrichello sofreu grave acidente nos treinos de sexta-feira, deixou de ser uma sequência de duas chicanes, e se tornou uma única chicane que antecede à reta principal.
  • A Aqua Minerale perdeu uma chicane que existia ali.
  • Readequações nas áreas de escape.
  • Após às reformas, o circuito se tornou mais seguro, mas sofreu críticas por ter se tornado um circuito de difícil ultrapassagem.
  • Primeira corrida de Nigel Mansell pela McLaren.

Classificação da provaEditar

Treinos oficiaisEditar

Pos. Piloto Construtor Tempo Q1 Tempo Q2 Diferença
1 1   Michael Schumacher Benetton-Renault 1:27.274 1:27.413
2 28   Gerhard Berger Ferrari 1:27.282 1:38.801 + 0.008
3 6   David Coulthard Williams-Renault 1:27.459 1:27.600 + 0.185
4 5   Damon Hill Williams-Renault 1:27.537 1:27.512 + 0.238
5 27   Jean Alesi Ferrari 1:27.813 1:28.431 + 0.539
6 8   Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 1:28.343 Sem tempo + 1.069
7 15   Eddie Irvine Jordan-Peugeot 1:28.516 1:41.247 + 1.242
8 2   Johnny Herbert Benetton-Renault 1:29.403 1:29.350 + 2.076
9 7   Nigel Mansell McLaren-Mercedes 1:29.517 1:29.966 + 2.243
10 14   Rubens Barrichello Jordan-Peugeot 1:29.580 1:29.551 + 2.277
11 9   Gianni Morbidelli Footwork-Hart 1:29.582 1:31.147 + 2.308
12 26   Olivier Panis Ligier-Mugen/Honda 1:30.801 1:30.760 + 3.486
13 4   Mika Salo Tyrrell-Yamaha 1:31.221 1:31.035 + 3.761
14 30   Heinz-Harald Frentzen Sauber-Ford 1:31.358 1:31.423 + 4.084
15 3   Ukyo Katayama Tyrrell-Yamaha 1:31.630 1:31.736 + 4.356
16 25   Aguri Suzuki Ligier-Mugen/Honda 1:32.297 1:31.913 + 4.639
17 12   Jos Verstappen Simtek-Ford 1:32.156 1:32.425 + 4.882
18 23   Pierluigi Martini Minardi-Ford 1:32.445 1:33.832 + 5.171
19 10   Taki Inoue Footwork-Hart 1:32.988 1:32.710 + 5.436
20 24   Luca Badoer Minardi-Ford 1:33.071 1:33.430 + 5.797
21 29   Karl Wendlinger Sauber-Ford 1:33.494 1:33.554 + 6.220
22 16   Bertrand Gachot Pacific-Ford 1:33.892 1:35.253 + 6.618
23 11   Domenico Schiattarella Simtek-Ford 1:33.965 1:34.064 + 6.691
24 17   Andrea Montermini Pacific-Ford 1:35.169 1:35.282 + 7.895
25 22   Roberto Moreno Forti-Ford 1:37.612 1:36.065 + 8.791
26 21   Pedro Paulo Diniz Forti-Ford 1:36.686 1:36.624 + 9.350
Fonte: [1]

CorridaEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 5   Damon Hill Williams-Renault 63 1:41:42.522 4 10
2 27   Jean Alesi Ferrari 63 + 18.510 5 6
3 28   Gerhard Berger Ferrari 63 + 43.116 2 4
4 6   David Coulthard Williams-Renault 63 + 51.890 3 3
5 8   Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 62 + 1 volta 6 2
6 30   Heinz-Harald Frentzen Sauber-Ford 62 + 1 volta 14 1
7 2   Johnny Herbert Benetton-Renault 61 + 2 voltas 8
8 15   Eddie Irvine Jordan-Peugeot 61 + 2 voltas 7
9 26   Olivier Panis Ligier-Mugen/Honda 61 + 2 voltas 12
10 7   Nigel Mansell McLaren-Mercedes 61 + 2 voltas 9
11 25   Aguri Suzuki Ligier-Mugen/Honda 60 + 3 voltas 16
12 23   Pierluigi Martini Minardi-Ford 59 + 4 voltas 18
13 9   Gianni Morbidelli Footwork-Hart 59 + 4 voltas 11
14 24   Luca Badoer Minardi-Ford 59 + 4 voltas 20
NC 21   Pedro Paulo Diniz Forti-Ford 56 + 7 voltas 26
NC 22   Roberto Moreno Forti-Ford 56 + 7 voltas 25
Ret 29   Karl Wendlinger Sauber-Ford 43 Roda 21
Ret 16   Bertrand Gachot Pacific-Ford 36 Câmbio 22
Ret 11   Domenico Schiattarella Simtek-Ford 35 Suspensão 23
Ret 14   Rubens Barrichello Jordan-Peugeot 31 Transmissão 10
Ret 3   Ukyo Katayama Tyrrell-Yamaha 23 Spun Off 15
Ret 4   Mika Salo Tyrrell-Yamaha 19 Motor 13
Ret 17   Andrea Montermini Pacific-Ford 15 Câmbio 24
Ret 12   Jos Verstappen Simtek-Ford 14 Câmbio 17
Ret 10   Taki Inoue Footwork-Hart 12 Spun Off 19
Ret 1   Michael Schumacher Benetton-Renault 10 Acidente 1
Fonte: [1]

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas.

Notas

  1. Voltas na liderança: Michael Schumacher 9 voltas (1-9), David Coulthard 1 volta (10), Gerhard Berger 11 voltas (11-21), Damon Hill 42 voltas (22-63).

Referências

  1. a b c «1995 San Marino Grand Prix - race result». Consultado em 9 de agosto de 2019 
  2. MARIANTE, José Henrique. Hill vence em Imola e já é líder da F-1 (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 01/05/1995. Folha Esporte, p. 4-9. Página visitada em 9 de agosto de 2019.
Precedido por
Grande Prêmio da Argentina de 1995
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1995
Sucedido por
Grande Prêmio da Espanha de 1995
Precedido por
Grande Prêmio de San Marino de 1994
Grande Prêmio de San Marino
25ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio de San Marino de 1996