Abrir menu principal

Grande Prêmio do México de 2015

Grande Prêmio do México de F-1 de 2015
Autódromo Hermanos Rodríguez 2015.svg
Grande Prêmio do México de 2015.
Detalhes da corrida
Data 1 de novembro de 2015
Nome oficial Formula 1 Gran Premio de México 2015
Local Autódromo Hermanos Rodríguez, Cidade do México, México
Total 69 voltas / 305.049 km
Pole
Piloto
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Tempo 1:19.480
Volta mais rápida
Piloto
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Tempo 1:20.521 (na volta 67)
Pódio
Primeiro
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Segundo
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes
Terceiro
Finlândia Valtteri Bottas Williams-Mercedes

O Grande Prêmio do México de 2015 (formalmente denominado Formula 1 Gran Premio de México 2015) foi uma corrida de Fórmula 1 disputada em 1 de novembro de 2015 no Autódromo Hermanos Rodríguez, Cidade do México, México.[1] Foi a décima sétima etapa da temporada de 2015 e marcou o retorno deste Grande Prêmio ao calendário da Fórmula 1, fato que não ocorria desde 1992. O ex-piloto brasileiro Emerson Fittipaldi foi designado embaixador do evento.[2]

No primeiro treino livre, o novo asfalto do Autódromo Hermanos Rodríguez ficou úmido por causa da chuva que caiu mais cedo e os pilotos tiveram um pouco de dificuldades para se manter no traçado.[3]

No segundo treino livre, faltando apenas dez minutos para o fim da atividade, a maioria dos pilotos se recolheu aos boxes para colocar compostos intermediários.[4]

Red Bull Racing faz um treino de pit stop antes do Grande Prêmio.

PneusEditar

Os compostos de pneus programados pela Pirelli para este Grande Prêmio[5]
Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições de Tempo Dry Type Aderência Longevidade
Macio   Slick
(P Zero)
Seco Soft Médio Médio
Médio   Slick
(P Zero)
Seco Medium Médio Médio
Intermediário   Sulcos
(Cinturato)
Molhado Intermediate
(água não estagnante)
x x
Chuva   Sulcos
(Cinturato)
Molhado Wet
(água estagnante)
x x

ResultadosEditar

Treino classificatórioEditar

Pos. Piloto Construtor Q1 Q2 Q3 Grid
1 6   Nico Rosberg Mercedes 1:20.436 1:20.053 1:19.480 1
2 44   Lewis Hamilton Mercedes 1:20.808 1:19.829 1:19.668 2
3 5   Sebastian Vettel Ferrari 1:20.503 1:20.045 1:19.850 3
4 26   Daniil Kvyat Red Bull-Renault 1:20.826 1:20.490 1:20.398 4
5 3   Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 1:21.166 1:20.783 1:20.399 5
6 77   Valtteri Bottas Williams-Mercedes 1:20.817 1:20.458 1:20.448 6
7 19   Felipe Massa Williams-Mercedes 1:21.379 1:20.642 1:20.567 7
8 33   Max Verstappen Toro Rosso-Renault 1:20.995 1:20.894 1:20.710 8
9 11   Sergio Pérez Force India-Mercedes 1:20.966 1:20.669 1:20.716 9
10 27   Nico Hülkenberg Force India-Mercedes 1:21.315 1:20.935 1:20.788 10
11 55   Carlos Sainz Jr. Toro Rosso-Renault 1:20.960 1:20.942 11
12 8   Romain Grosjean Lotus-Mercedes 1:21.577 1:21.038 12
13 13   Pastor Maldonado Lotus-Mercedes 1:21.520 1:21.261 13
14 9   Marcus Ericsson Sauber-Ferrari 1:21.299 1:21.544 14
15 7   Kimi Räikkönen Ferrari 1:21.422 1:22.494 19 3
16 14   Fernando Alonso McLaren-Honda 1:21.779 18 2
17 12   Felipe Nasr Sauber-Ferrari 1:21.788 15
18 53   Alexander Rossi Manor Marussia-Ferrari 1:24.136 16
19 28   Will Stevens Manor Marussia-Ferrari 1:24.386 17
Tempo dos 107%: 1:26.066
22   Jenson Button McLaren-Honda Sem tempo 20 1
Fonte:[6]
Notas

↑1 - Jenson Button não participou do treino classificatório devido aos problemas no motor.

↑2 - Fernando Alonso perdeu quinze posições do grid por por troca a caixa de câmbio e motor.

↑3 - Kimi Räikkönen perdeu cinco posições do grid por trocar a caixa de câmbio.

CorridaEditar

Pos. Nu. Piloto Construtor Voltas Tempo/Retirado Grid Pontos
1 6   Nico Rosberg Mercedes 71 1:50:52.703 1 25
2 44   Lewis Hamilton Mercedes 71 +1.954 2 18
3 77   Valtteri Bottas Williams-Mercedes 71 +14.592 6 15
4 26   Daniil Kvyat Red Bull-Renault 71 +16.572 4 12
5 3   Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 71 +19.682 5 10
6 19   Felipe Massa Williams-Mercedes 71 +21.493 7 8
7 27   Nico Hulkenberg Force India-Mercedes 71 +25.860 10 6
8 11   Sergio Perez Force India-Mercedes 71 +34.343 9 4
9 33   Max Verstappen Toro Rosso-Renault 71 +35.229 8 2
10 8   Romain Grosjean Lotus-Mercedes 71 +37.971 12 1
11 13   Pastor Maldonado Lotus-Mercedes 71 +38.538 9
12 9   Marcus Ericsson Sauber-Ferrari 71 +40.180 14
13 55   Carlos Sainz Jr. Toro Rosso-Renault 71 +48.772 11
14 22   Jenson Button McLaren-Honda 71 +49.214 20
15 53   Alexander Rossi Manor Marussia-Ferrari 69 +2 voltas 16
16 28   Will Stevens Manor Marussia-Ferrari 69 +2 voltas 17
Ret 19   Felipe Nasr Sauber-Ferrari 57 Freios 15
Ret 5   Sebastian Vettel Ferrari 50 Acidente 3
Ret 7   Kimi Räikkönen Ferrari 21 Colisão 18
Ret 14   Fernando Alonso McLaren-Honda 0 Unidade de Potência 19
Fonte:[7][8]

Tabela do campeonato após a corridaEditar

Somente as cinco primeiras posições estão incluídas nas tabelas.

Campeão
Vice-Campeão

Referências

  1. «Mexico» (em inglês). Formula1.com 
  2. «Emerson Fittipaldi named official Mexican GP race ambassador» (em inglês). Motorsport.com. 10 de julho de 2015 
  3. «Verstappen lidera 1º treino no México, marcado por fogo em carro de Nico». Globoesporte.com. 30 de outubro de 2015 
  4. «Rosberg supera RBR e lidera 2º treino. Hamilton é "apenas" 4º, e Massa o 10º». Globoesporte.com. 30 de outubro de 2015 
  5. «Pirelli confirm tyre allocation for Mexico City» (em inglês). Formula1.com. 13 de outubro de 2015 
  6. «Qualifying - Mexico» (em inglês). Formula 1. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  7. «Race Classification» (em inglês). FIA 
  8. «Nico Rosberg beats Lewis Hamilton to win F1 Mexican GP» (em inglês). Autosport.com. 1 de novembro de 2015 
Prova Anterior:
GP dos Estados Unidos de 2015
Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1
Temporada 2015
Próxima Prova:
GP do Brasil de 2015

Prova Anterior:
GP do México de 1992
Grande Prêmio do México Próxima Prova:
GP do México de 2016