Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Hortência Marcari
Informações pessoais
Modalidade Basquetebol
Nascimento 23 de setembro de 1959 (60 anos)
Potirendaba ,  São Paulo
Compleição Peso: 60 kg Altura: 1,74
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Atlanta 1996 Basquete Fem.
Campeonatos Mundiais
Ouro Austrália 1994 Basquete Fem.
Jogos Pan-Americanos
Ouro Havana 1991 Basquete Fem.
Prata Indianápolis 1987 Basquete Fem.
Bronze Caracas 1983 Basquete Fem.

Hortência[1] de Fátima Marcari (Potirendaba, 23 de setembro de 1959) é uma ex-jogadora de basquetebol brasileira. Considerada uma das maiores atletas femininas de seu esporte e como a melhor jogadora de copas do mundo da FIBA de todos os tempos em 2018,[2] entrou para o Hall da Fama do Basquetebol Feminino, dos Estados Unidos em 2002, e o Basketball Hall of Fame em 2005.

CarreiraEditar

Hortência é a maior pontuadora da história da seleção, com 3.160 pontos, marcados em 127 partidas oficiais, média de 24,9 pontos/partida. Já disputou cinco mundiais e duas Olimpíadas.

Depois de uma brilhante carreira como jogadora, tendo sucesso principalmente em Sorocaba, Hortência se tornou dirigente. Fora das quadras também teve grande êxito ao conquistar títulos no Data Control, no Fluminense (em parceria com o Data Control) e no Paraná BC.[3][4][5][6]

Em 2009, Hortência foi empossada diretora da Seleção Brasileira de Basquete Feminino, pelo então presidente da Confederação Brasileira de Basketball, Carlos Nunes.[7]

Em 25 de outubro de 2010, foi agraciada com a comenda da Ordem do Ipiranga pelo Governo do Estado de São Paulo.[8]

Vida pessoalEditar

Seu filho João Victor Marcari Oliva, fruto do casamento com o empresário José Victor Oliva, é ginete, tendo competido no hipismo nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016.

Entre 2005 e 2010 manteve um relacionamento com o jogador de futebol Rodrigão.[9]

Foi capa da revista masculina Playboy na edição brasileira de número 151 em fevereiro de 1988. Seu ensaio teve 10 páginas e foi produzido pelo fotógrafo J. R. Duran.[10]

Clubes como jogadoraEditar

TítulosEditar

Seleção Brasileira
  • Campeã sul-americana (Bolívia - 1978, Brasil - 1986 e Chile - 1989)
  • Medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos de Havana (Cuba - 1991)
  • Campeã do Mundial da Austrália (1994)
Clubes
  • Campeã paulista (1982, 1983, 1987, 1988, 1989, 1990, 1991, 1993)
  • Campeã da Taça Brasil (1984, 1987, 1989, 1991, 1992, 1994 e 1995)
  • Campeã do Sul-americano de clubes (1983, 1984, 1993 e 1996)
  • Campeã no Mundial Interclubes (1991, 1993 e 1994)
  • Campeã do Pan-americano de clubes (1994 e 1995)
Como dirigente

Campanhas de destaqueEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. De acordo com a ortografia da língua portuguesa seu nome deveria ser grafado Hortênsia
  2. «Hortência é escolhida a melhor jogadora de todos os tempos da Copa do Mundo da FIBA». bx3. Consultado em 9 de junho de 2019 
  3. a b «Hortência - personalidades - Estadao.com.br - Acervo». Estadão - Acervo. Consultado em 31 de agosto de 2019 
  4. Site Esporte Rio - Fluminense FC Campeão Brasileiro de Basquetebol Feminino de 1998, página editada em 4 de abril de 2008 e disponível em 19 de setembro de 2018.
  5. a b «Hortência na Federação Paranaense de Basketball | De Letra». Tribuna PR - Paraná Online. 27 de janeiro de 2009. Consultado em 31 de agosto de 2019 
  6. a b c «Folha de S.Paulo - Basquete: Sem pacto, Paraná migra para Mangueira - 28/07/2000». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 31 de agosto de 2019 
  7. «Sob nova direção, Brasil encerra maratona de treinos por vaga no Mundial» 
  8. «A artista plástica Maria Bonomi é homenageada no Palácio dos Bandeirantes». Memorial da América Latina. 4 de novembro de 2010. Consultado em 12 de março de 2018. Arquivado do original em 12 de junho de 2018 
  9. «Rodrigão vê desafio na Série B gaúcha em 17º clube e diz que casamento com Hortência ajudou na carreira». UOL. esporte.uol.com.br. 17 de janeiro de 2013. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  10. Oda, Tio. «Tiooda - Hortência na capa da Playboy de fevereiro de 1988». tiooda.com.br. Consultado em 28 de junho de 2018 
  11. «Folha de S.Paulo - Basquete: Fluminense "de aluguel' lidera o Brasileiro - 22/03/98». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 31 de agosto de 2019 
  12. «Folha de S.Paulo - Basquete: Flu derrota BCN e é campeão brasileiro - 22/04/98». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 31 de agosto de 2019 

Ligações externasEditar