Abrir menu principal

IZOD IndyCar World Championship de 2011

Las Vegas 2011
IZOD INDYCAR World Championships de 2011
Las Vegas Motor Speedway.PNG
Mapa do circuito.
Detalhes da corrida
Categoria IndyCar Series
Data 16 de outubro de 2011
Nome oficial IZOD IndyCar World Championship
Local Las Vegas Motor Speedway,
Las Vegas,  Nevada
Total programado 200 voltas / 482.803 km
Total programado 200 voltas / mi
Pole
Piloto
Brasil Tony Kanaan KV-Lotus
Tempo 0:50.0582 (2 voltas)
Cronologia
Temporada da IndyCar Series de 2011
Kentucky 2011
São Petersburgo 2012
IZOD IndyCar World Championship
Las Vegas 2007
(Champ Car)
Las Vegas 2012

O IZOD IndyCar World Championship de 2011 seria a décima-sétima e última corrida da temporada de 2011 da IndyCar Series. A corrida foi disputada no dia 16 de outubro no Las Vegas Motor Speedway, localizado na cidade de Las Vegas, em Nevada. Foi cancelada após o acidente envolvendo quinze carros na décima-primeira volta, que vitimou o britânico Dan Wheldon.[1]

Desafio dos cinco milhões de dólaresEditar

A IndyCar anunciou no início de 2011 que permitiria que pilotos de outras categorias disputassem a prova, e se esse piloto vencesse ganharia um prêmio de cinco milhões de dólares.[2][3] Porém, a categoria não conseguiu trazer pilotos de outras categorias, e acabou tendo mudar a regra. Apenas o inglês Dan Wheldon disputou o prêmio, sendo que ele largou na última posição e se vencesse dividirá o prêmio de cinco milhões de dólares com um torcedor.[4]

Na volta de número 11, Wheldon sofreu um acidente envolvendo 15 carros, e foi levado a um hospital. Devido às lesões na cabeça, não resistiu e faleceu, aos 33 anos de idade.

O acidente teve início após Wade Cunningham perder o controle do carro após tocar na roda traseira do canadense James Hinchcliffe durante uma disputa de ultrapassagem. Além de Wheldon e Cunningham, envolveram-se no acidente: Will Power (Penske) - que disputava o título - , Vítor Meira (A. J. Foyt Enterprises), Paul Tracy (Dragon Racing), J. R. Hildebrand (Panther), Jay Howard (Rahal Letterman Lanigan), Tomas Scheckter (Sarah Fisher Racing), Pippa Mann (Rahal Letterman Lanigan), Charlie Kimball (Chip Ganassi), Townsend Bell (Dreyer & Reinbold), Ernesto Viso (KV Racing), Alex Lloyd (Dale Coyne) e Buddy Rice (Panther).

Logo após a confirmação da morte de Wheldon, os 19 pilotos que escaparam do acidente deram 5 voltas no circuito em homenagem ao piloto inglês. O resultado da prova não foi contabilizado para as estatísticas da IndyCar. O escocês Dario Franchitti, da Chip Ganassi Racing, conquistou o tetracampeonato da categoria, mas o resultado ficou em segundo plano com a tragédia.

Pilotos e EquipesEditar

Foram escritos 34 carros para corrida.[5]

Piloto Equipe Chassis Motor Pneu
2   Oriol Servià Newman/Haas Racing Dallara Honda F
3   Hélio Castroneves Team Penske Dallara Honda F
4   J. R. Hildebrand (R) Panther Racing Dallara Honda F
5   Takuma Sato KV Racing Technology - Lotus Dallara Honda F
6   Ryan Briscoe Team Penske Dallara Honda F
7   Danica Patrick Andretti Autosport Dallara Honda F
8   Paul Tracy Dragon Racing Dallara Honda F
9   Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara Honda F
10   Dario Franchitti Chip Ganassi Racing Dallara Honda F
11   Davey Hamilton Dreyer & Reinbold Racing Dallara Honda F
12   Will Power Team Penske Dallara Honda F
14   Vitor Meira A. J. Foyt Enterprises Dallara Honda F
15   Jay Howard Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara Honda F
17   Wade Cunningham (R) Sam Schmidt Motorsports Dallara Honda F
18   James Jakes (R) Dale Coyne Racing Dallara Honda F
19   Alex Lloyd Dale Coyne Racing Dallara Honda F
22   Townsend Bell Dreyer & Reinbold Racing Dallara Honda F
24   Ana Beatriz (R) Dreyer & Reinbold Racing Dallara Honda F
26   Marco Andretti Andretti Autosport Dallara Honda F
27   Mike Conway Andretti Autosport Dallara Honda F
28   Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara Honda F
30   Pippa Mann (R) Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara Honda F
34   Sebastián Saavedra (R)[6] Conquest Racing Dallara Honda F
38   Graham Rahal Chip Ganassi Racing Dallara Honda F
44   Buddy Rice Panther Racing Dallara Honda F
57   Tomas Scheckter Sarah Fisher Racing Dallara Honda F
59   E. J. Viso KV Racing Technology - Lotus Dallara Honda F
67   Ed Carpenter Sarah Fisher Racing Dallara Honda F
77   Dan Wheldon Sam Schmidt Motorsports Dallara Honda F
78   Simona de Silvestro HVM Racing Dallara Honda F
82   Tony Kanaan KV Racing Technology - Lotus Dallara Honda F
83   Charlie Kimball (R) Chip Ganassi Racing Dallara Honda F
98   Alex Tagliani (R) Bryan Herta Autosport Dallara Honda F
06   James Hinchcliffe (R) Newman/Haas Racing Dallara Honda F

ResultadosEditar

Treino classificatórioEditar

Treino classificatório - 15 de outubro[7]
Pos. Piloto Equipe Volta 1 Volta 2 Tempo total
1 82   Tony Kanaan KV Racing Technology - Lotus 25.0340 25.0242 0:50.0582
2 2   Oriol Servià Newman/Haas Racing 25.0320 25.0299 0:50.0619
3 67   Ed Carpenter Sarah Fisher Racing 25.1066 25.0801 0:50.1867
4 98   Alex Tagliani Bryan Herta Autosport 25.1251 25.1022 0:50.2273
5 6   Ryan Briscoe Team Penske 25.1320 25.1408 0:50.2728
6 26   Marco Andretti Andretti Autosport 25.1292 25.1438 0:50.2730
7 28   Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport 25.1598 25.1333 0:50.2931
8 38   Graham Rahal Chip Ganassi Racing 25.1583 25.1535 0:50.3118
9 7   Danica Patrick Andretti Autosport 25.1754 25.1440 0:50.3194
10 27   Mike Conway Andretti Autosport 25.1773 25.1428 0:50.3201
11 3   Hélio Castroneves Team Penske 25.1750 25.1485 0:50.3235
12 17   Wade Cunningham (R) Sam Schmidt Motorsports 25.1814 25.1687 0:50.3501
13 9   Scott Dixon Chip Ganassi Racing 25.1672 25.2001 0:50.3673
14 06   James Hinchcliffe (R) Newman/Haas Racing 25.1848 25.1855 0:50.3703
15 4   J. R. Hildebrand (R) Panther Racing 25.1840 25.2006 0:50.3846
16 5   Takuma Sato KV Racing Technology - Lotus 25.2003 25.1871 0:50.3874
17 12   Will Power Team Penske 25.2153 25.1956 0:50.4109
18 10   Dario Franchitti Chip Ganassi Racing 25.2204 25.1984 0:50.4188
19 34   Sebastián Saavedra (R) Conquest Racing 25.2356 25.2184 0:50.4540
20 19   Alex Lloyd Dale Coyne Racing 25.2283 25.2306 0:50.4589
21 83   Charlie Kimball (R) Chip Ganassi Racing 24.5073 24.5181 0:49.0254
22 22   Townsend Bell Dreyer & Reinbold Racing 25.2883 25.2660 0:50.5443
23 57   Tomas Scheckter Sarah Fisher Racing 25.2914 25.2819 0:50.5733
24 11   Davey Hamilton Dreyer & Reinbold Racing 25.3588 25.2889 0:50.6477
25 14   Vitor Meira A. J. Foyt Enterprises 25.3747 25.3237 0:50.6984
26 8   Paul Tracy Dragon Racing 25.4167 25.4236 0:50.8403
27 15   Jay Howard Rahal Letterman Lanigan Racing 25.4637 25.4961 0:50.8598
28 30   Pippa Mann (R) Rahal Letterman Lanigan Racing 25.4970 25.4608 0:50.9578
29 24   Ana Beatriz (R) Dreyer & Reinbold Racing 25.4996 25.4591 0:50.9587
30 78   Simona de Silvestro HVM Racing 25.4694 25.4943 0:50.9637
31 59   E. J. Viso KV Racing Technology - Lotus sem tempo
32 18   James Jakes (R) Dale Coyne Racing sem tempo
33 44   Buddy Rice Panther Racing 25.2346 25.2064 0:50.4410[N1]
34 77   Dan Wheldon Sam Schmidt Motorsports 25.1540 25.7447 0:50.8987[N2]
Relatório[ligação inativa]
  • N1 Buddy Rice teve seu tempo cancelado por ter encostado os pneus na faixa branca na parte interna da pista.
  • N2 Dan Wheldon largou em último devido as regras do Go Daddy INDYCAR Challenge.

A corrida inacabadaEditar

Na volta 11, o neozelandês Wade Cunningham, da AFS Racing/Sam Schmidt Motorsports, perdeu o controle do seu carro no meio da pista durante uma disputa de ultrapassagem com James Hinchcliffe, atingindo 15 carros que vinham atrás. Todos bateram no muro e na grade de proteção do circuito. A corrida foi interrompida com bandeira vermelha, e os fiscais da indy ajudavam os pilotos um por um.

Enquanto todos saíam dos seus carros, Dan Wheldon não esboçava nenhuma reação. Seu carro, que ficou bastante destruído, foi coberto por uma lona amarela. A situação do bicampeão das 500 Milhas de Indianápolis era grave, e foi levado de helicóptero para o hospital de Las Vegas. Ele não ressitiu e faleceu. Os pilotos não-envolvidos no acidente, que estavam em reunião com a direção de prova, esperavam preocupados e com o anúncio oficial da morte de Wheldon, entraram em seus carros e deram cinco voltas na pista em homenagem ao inglês.

DespedidasEditar

Esta prova foi a última disputada por Danica Patrick (que foi para a NASCAR), Tomas Scheckter, Paul Tracy, Davey Hamilton, Alex Lloyd e Buddy Rice. A equipe Conquest Racing também deixou a Indy, porém fez uma parceria com a Andretti Autosport na SP indy 300 e nas 500 Milhas de Indianápolis. Foi também a última corrida com o chassi Dallara IR5, que deu lugar ao atual DW12 na temporada seguinte.

Referências

  1. «Dan Wheldon morre após acidente com 15 carros na Fórmula Indy». G1. 16 de outubro de 2011. Consultado em 16 de outubro de 2011 
  2. «Las Vegas fecha a temporada 2011». F1 Mania. 27 de fevereiro de 2011. Consultado em 10 de outubro de 2011. Arquivado do original em 2 de abril de 2015 
  3. «Indy paga US$ 5 milhões se vencedor em Las Vegas não disputar categoria». iG. 22 de fevereiro de 2011. Consultado em 10 de outubro de 2011. Arquivado do original em 2 de maio de 2011 
  4. «Indy divulga lista com 34 inscritos para corrida final de 2011 em Vegas». iG. 4 de outubro de 2011. Consultado em 10 de outubro de 2011. Arquivado do original em 17 de outubro de 2011 
  5. «IZOD INDYCAR World Championship - Entry List» (PDF) (em inglês). IndyCar. Consultado em 6 de outubro de 2011 [ligação inativa]
  6. «INDYCAR: Sebastian Saavedra returns to Conquest Racing for Las Vegas» (em inglês). Motorsport.com. 7 de outubro de 2011. Consultado em 13 de outubro de 2011 
  7. «IZOD IndyCar World Championship - Qualifications» (PDF) (em inglês). IndyCar. Consultado em 16 de outubro de 2011 [ligação inativa]
  Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.