Abrir menu principal
Kim Basinger
Kim Basinger no Festival du cinéma américain à Deauville (Normandia, França) em Setembro de 1989.
Nome completo Kimila Ann Basinger
Nascimento 8 de dezembro de 1953 (65 anos)
Athens, Geórgia
Nacionalidade Estados Unidos americana
Ocupação Atriz, modelo, cantora, produtora e ativista dos direitos dos animais
Atividade 1971-presente
Cônjuge Ron Snyder (1980-1989)
Alec Baldwin (1993-2002)
Oscares da Academia
Melhor Atriz Coadjuvante
1998 - L.A. Confidential
Globos de Ouro
Melhor Atriz Coadjuvante em Cinema
1998 - L.A. Confidential
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Atriz Coadjuvante
1998 - L.A. Confidential (empatada com Gloria Stuart por Titanic)
Prémios National Board of Review
Melhor Atuação por um Elenco
1994 - Prêt-à-Porter
Página oficial

Kimila "Kim" Ann Basinger (Athens, 8 de dezembro de 1953) é uma atriz americana. Kim é de ascendência alemã, irlandesa e sueca e tem sangue indígena, da etnia cherokee.

Tem uma filha única chamada Ireland Eliesse Basinger Baldwin nascida em 1995 da então união com o ator Alec Baldwin.

ModeloEditar

Começou uma carreira de modelo aos 16 anos, quando venceu um concurso de beleza na sua cidade natal para depois conquistar o título de Miss Geórgia Junior.

Quando estava em Nova Iorque para concorrer ao título de Miss USA Junior, conheceu Eileen Ford, dona da Agência Ford, que a contratou como modelo. Kim relutou em aceitar o convite pois, desde então, pensava em uma carreira como cantora e atriz.

No início dos anos 70 seu belo rosto emoldurava a capa de numerosas revistas e centenas de outdoors. Alcançou o status de top model aos 20 anos de idade, com um salário diário de mil dólares. Alternava então seu trabalho como modelo com aulas de arte dramática e atuações em clubes de Greenwich Village.

BiografiaEditar

AtrizEditar

Em 1976 decidiu interromper sua carreira de modelo e mudou-se para Los Angeles com o propósito de iniciar a carreira de atriz.

Kim tornou-se conhecida quando fez o papel de bond girl no filme de 1983 007 Nunca Diga Nunca Outra Vez, estrelado por Sean Connery e se transformou em sex simbol com o filme de 1986 9 1/2 Semanas de Amor, contracenando com Mickey Rourke. Depois foi a namorada de Batman, no filme homônimo de 1989.

 
Kim Basinger na entrega do Oscar 1990.

Tinha projetos de se associar a Maurício de Sousa[1], mas acabou virando desenho animado sem o traço do brasileiro: no filme de 1992 Mundo Proibido, do qual também participa Brad Pitt.

Casou-se em 1993 com o ator Alec Baldwin, mas acabou se divorciando em 2002 de forma polêmica. Em 1997 participaria do premiado filme Los Angeles - Cidade Proibida, com o qual receberia o Oscar de melhor atriz coadjuvante e chegaria ao ponto alto da carreira como atriz dramática.

Em 1989, Kim comprou por 20 milhões de dólares uma pequena cidade - Braselton - de seu estado natal, a Geórgia, que pretendia transformar numa atração turística, com estúdios, um parque com personagens baseados na atriz e criados por Maurício de Sousa e um festival de cinema, mas enfrentou dificuldades financeiras e a revendeu em 1993.

Sua mãe também foi modelo. Kim tem dois irmãos - Mick (que é um diretor de marketing) e Skip - e duas irmãs - Ashley e Barbara. Kim Basinger sofre de agorafobia, que é o medo de estar em espaços abertos ou no meio de uma multidão. É colaboradora da PETA,[2] grupo defensor dos direitos dos animais.

Prêmios e indicaçõesEditar

 
Kim Basinger na entrega do Oscar 1990.
Oscar
  • 1998 - Melhor atriz coadjuvante, por L.A. Confidential
Prêmio Saturno
  • 2005 - Indicada melhor atriz coadjuvante, por Cellular
  • 1991 - Indicada melhor atriz coadjuvante, por Batman
  • 1990 - Indicada melhor atriz, por My Stepmother Is an Alien
BAFTA
  • 1998 - Indicada melhor atriz, por L.A. Confidential
Globo de Ouro
  • 1998 - Melhor atriz coadjuvante em filme de cinema, por L.A. Confidential
  • 1985 - Indicada melhor atriz coadjuvante em filme de cinema, por The Natural
Framboesa de Ouro
  • 2005 - Indicada pior perdedora dos primeiros 25 anos do framboesa de ouro;
  • 2001 - Indicada pior atriz, por Bless the Child
  • 2001 - Indicada pior atriz, por I Dreamed of Africa
  • 1995 - Indicada pior atriz, por The Getaway
  • 1993 - Indicada pior atriz, por Cool World
  • 1993 - Indicada pior atriz, por Final Analysis
  • 1992 - Indicada pior atriz, por The Marrying Man
  • 1987 - Indicada pior atriz, por Nine 1/2 Weeks

Notas

  1. «Kim». Monica.com.br. Consultado em 25 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 15 de janeiro de 2013 
  2. «Activistfacts» (em inglês). Activistfacts.com. Consultado em 29 de agosto de 2014 

Ligações externasEditar